A GUERRA DOS CABANOS O presente trabalho busca analisar a importância da Cabanagem ou Guerra dos Cabanos na formação de uma identidade

nacional a partir da afirmação de uma identidade regional. A mais importante revolta popular da Regência representou uma continuação, por assim dizer, das manifestações que se sucederam na Província do Grão-Pará desde a independência do Brasil e recebeu esse nome devido à origem social de seus integrantes, os cabanos, moradores de casas de palha. Foi “o mais notável movimento popular do Brasil, o único em que as camadas pobres da população conseguiram ocupar o poder de toda uma província com certa estabilidade”, segundo o historiador Caio Prado Júnior. A principio liderada pela elite que lutava pelo poder, foi aos poucos ganhando caráter majoritariamente popular, onde índios, negros e mestiços se tornaram os personagens principais. Os cabanos lutavam, contra a miséria a qual estavam submetidos e contra os causadores dessa exploração social.

“Fica à Cabanagem a glória de ter sido a primeira insurreição popular que passou de simples agitação a uma tomada efetiva de poder’” (Caio Prado Júnior, Evolução Política do Brasil)

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful