P. 1
Resenha de Mar Adentro

Resenha de Mar Adentro

4.6

|Views: 57.472|Likes:
Publicado porNathália Lira
Resenha do Filme 'Mar Adentro' de Alejando Amenábar, que conta a história de um marinheiro que aos 26 anos sofre um acidente mergulhando em águas rasas, tornando-se tetraplégico. Então, descontente com a vida, ele luta ja justiça pelo direito de suicidar-se. Apesar de todas as dificuldades e de seu humor negro, a personagem nos comove a todo momento e nos torna cúmplices de sua luta pela eutanásia, mas ao mesmo tempo, nos traz um conflito interno, pois ainda assim é um homem voraz e capaz de despertar paixões.
Resenha do Filme 'Mar Adentro' de Alejando Amenábar, que conta a história de um marinheiro que aos 26 anos sofre um acidente mergulhando em águas rasas, tornando-se tetraplégico. Então, descontente com a vida, ele luta ja justiça pelo direito de suicidar-se. Apesar de todas as dificuldades e de seu humor negro, a personagem nos comove a todo momento e nos torna cúmplices de sua luta pela eutanásia, mas ao mesmo tempo, nos traz um conflito interno, pois ainda assim é um homem voraz e capaz de despertar paixões.

More info:

Published by: Nathália Lira on Dec 06, 2007
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial
Preço de Lista:$4,299.00 Comprar agora

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
See more
See less

10/01/2013

$4,299.00

USD

pdf

text

original

A REVOLUÇÃO DOS BICHOS

Amenábar, Alejandro e Gil, Mateo; Mar Adentro - O filme, 2004. Ramón Sampedro (Javier Bardem), um ex-marinheiro tetraplégico para quem o sentido da vida se perdeu há 26 anos e que, agora, luta na justiça para legalizar a eutanásia e finalmente poder "morrer com dignidade". Ramón era um mecânico de barcos que aos 20 anos já dava a volta ao mundo e aos 26, num mergulho em águas rasas, instalou-se para sempre numa cama, entre as quatro paredes torturantes de seu quarto. Desde então a vida para ele é uma "humilhante escravidão" e sua única fuga são os sonhos e a vidraça que separa o seu mundo, do alheio. Esse é um drama em que morte e vida digladiam-se o tempo todo e, para nós, que queremos tanto viver, o espírito suicida de Ramón parece incompreensível, até percebermos que a liberdade era o sentido de sua vida e, perdendo-a, o que resta não é mais vida, mas sim, sua migalha. O passado livre e vívido, vem e vai, invadindo sua memória e depois ficando para trás, em preto e branco nas fotografias. Nessas quase três décadas de clausura, houve tempo suficiente para pensar em tudo e decidir-se pela morte, o que lhe gera problemas com a igreja, a sociedade e até mesmo seus familiares . O filme nos torna partidários dessa idéia, quase cúmplices do personagem. Porém, a grande contradição é que nosso suicida seja um homem tão vital, tão lúcido, tão inteligente e sedutor, que recorre sempre ao humor (geralmente negro) e faz o mundo ao redor girar e a vida de todos fazer sentido. Além de também ser dono do sorriso mais encantador da Espanha. E é esse sorriso a primeira coisa que encanta Julia (Belén Rueda), uma advogada que, por causa de sua doença degenerativa, se solidariza com a causa de Ramón. Ela pergunta: "Por que você sorri tanto?". A resposta é desconcertante: "Aprendi a chorar com sorrisos". Logo também chega Rosa (Lola Dueñas), uma operária solitária que o procurou para demovê-lo da idéia, depois de tê-lo visto na TV. E ambas se apaixonam, ao mesmo tempo em que nós. E até mesmo em quem já sabe o fim da história, nasce a esperança de que o amor impeça a tragédia. A história é real, com algumas pinceladas de ficção. Mais uma vez a morte é trazida como tema pelo diretor (e roteirista, junto com Mateo Gil) Alejandro Amenábar, o mesmo de ‘Os Outros’ e ‘Preso na Escuridão’. Porém, dessa vez ele vem mais

trazendo poucos e fracos argumentos contrários. Mesmo com tais limitações. É um personagem que passa 90% do filme imóvel sobre a cama. a atuação consegue ser sublime. Para o filme teve de aprender sotaque galego e passar uma média de 5 horas diariamente na maquiagem para que pudesse envelhecer 20 anos. fáceis de serem contestados. Em contrapartida. mas a maior parte do tempo consegue ser brilhante. Sua parcialidade às vezes é exagerada. esse espanhol de 34 anos. Em algumas passagens expõe o sentimentalismo. um actor inclinado para o real. limitado a falas e expressões. Nathália Lira Jansen Melo .audacioso. já igualmente queridinho em seu país. a perfeição está em Javier Bardem.

Bibliografia Ficha Técnica Título Original: Mar Adentro Gênero: Drama Tempo de Duração: 125 minutos Ano de Lançamento (Espanha): 2004 Site Oficial: www.theseainside.com Distribuição: 20th Century Fox / Fine Line Features Direção: Alejandro Amenábar Roteiro: Alejandro Amenábar e Mateo Gil Produção: Alejandro Amenábar e Fernando Bovaira Música: Alejandro Amenábar Fotografia: Javier Aguirresarobe Desenho de Produção: Benjamín Fernández Direção de Arte: Benjamín Fernández Figurino: Sonia Grande Edição: Alejandro Amenábar .

União Educacional do Planalto Central . 06 de Dezembro de 2007 Nathália Lira Jansen Melo .UNIPLAC Faculdade de Ciências Agrárias do Planalto Central .AGROPLAC Mar Adentro Alejandro Amenábar e Mateo Gil Brasília.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->