Você está na página 1de 32

UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI

KENIA CARDOSO GONTIJO

RENILDO JUNIOR

BUSINESS PLAN

SANTO CÃO PET CARE

Projeto de Plano de Negócio apresentado como trabalho final na disciplina de

Seminário e Orientação ao Trabalho de Conclusão de Curso,

Professores Marcos Aurélio de Araújo Ferreira e Ítalo Fernando Minello.

São Paulo

2008
Santo Cão Pet Care

Av. Jurucê, 295 Moema

Tel.: 5555-5555

www.santocaopetcare.com.br

Set/2008

Versão 05

Elaborado por : Kenia Gontijo

Renildo Júnior

Conteúdo
1.SUMÁRIO EXECUTIVO..................................................................................... .............4

1.1.O mercado.............................................................................................. .............5

2.DESCRIÇÃO GERAL DO NEGÓCIO.............................................................. ..................6

2.1.Visão, Missão, Valores e Objetivos Estratégicos............................................ .......6

2.1.1.Visão................................................................................... .........................6

2.1.2.Missão....................................................................................... ...................6

2.1.3.Valores................................................................................ .........................6

2.1.4.Objetivos estratégicos........................................................................ ..........7

2.2.Abrangência de atuação e fontes de receita...................................................... ..7

2.3.Capital Inicial da empresa e participação % dos sócios ......................................7

2.4.Estágio atual da empresa............................................................... .....................8

2.5.Razão Social e nome fantasia ............................................................ .................8

2.6.Localização geográfica ......................................................... ..............................8

2.7.Alianças e parcerias estratégicas ....................................... ...............................9

3.PRODUTOS E SERVIÇOS........................................................................ ......................9

3.1.Descrição de serviços e produtos agregados............................................... ........9

3.1.1.Descrição dos serviços oferecidos:.................................................. .........10

3.1.2.Descrição dos produtos oferecidos:...................................................... ......10

3.2.Marca e Logomarca................................................................. ..........................10

3.3.Descrição da estrutura física................................................. ............................11

4.ANÁLISE DE MERCADO................................................................................ ..............11

4.1.Análise Macro Ambiente............................................................ ........................12

4.2.Matriz SWOT................................................................................... ...................13

4.3.Análise Externa............................................................................................ ......13

4.3.1.As principais forças do Santo Cão Pet Care ...............................................13

4.3.2.As principais fraquezas do Santo Cão Pet Care .........................................14

4.4.Análise Interna............................................................................................... ....14

4.4.1.Pontos fracos do Santo Cão Pet Care.........................................................14

4.4.2.Pontos fortes do Santo Cão Pet Care............................................ ..............14


4.5.Análise dos Concorrentes...................................................... ............................14

5.PLANO DE MARKETING E BRANDING.................................................... .....................15

5.1.Estratégias de marketing ........................................................................... ......15

5.1.1.Produto..................................................................................................... ..15

5.1.2.Preço......................................................................................... .................16

5.1.3.Praça......................................................................................... .................17

5.1.4.Promoção............................................................................. ......................17

5.1.5.Pessoas.............................................................................. ........................18

5.2.Estratégias de relacionamento ................................................ ........................18

5.3.Mercado alvo .............................................................................. ......................19

5.3.1.Dados demográficos e psicográficos................................... .......................20

5.4.Pesquisas de Mercado ......................................................... .............................21

5.5.Posicionamento da marca.............................................................................. ....21

6.PLANO FINANCEIRO........................................................................................... ........22

6.1.Viabilidade Econômico-Financeira....................................... ..............................22

6.1.1.Fluxo de caixa...................................................................... ......................23

6.1.2.Critério do valor presente líquido (VPL)...................................... ................24

6.1.3.Critério da taxa de retorno interna (TIR)....................................................24

6.2.Investimentos iniciais............................................................. ...........................24

6.3.Custos............................................................................................................. ...26

6.4.Projeções dos resultados DRE..................................................................... .......27

6.5.Fluxo de caixa, VPL,TIR e Payback......................................................... ............29

7.BIBLIOGRAFIA........................................................................................................ ....30

8.SITES/LINKS......................................................................................................... ......31

9.ANEXOS................................................................................................................. ....32

1. SUMÁRIO EXECUTIVO
Este plano de negócios tem como objetivo apresentar a análise da viabilidade
econômico-financeira de implantação de uma empresa prestadora de serviços de animais
domésticos, o “Santo Cão”, a ser localizado no bairro de Moema, zona Sul, da capital da
cidade de São Paulo.

1.1.O mercado

Hoje, as lojas para animais se especializaram na oferta de produtos indispensáveis


ao sofisticado cotidiano dessas adoráveis "criaturas domésticas". Com nome importado,
as "pet shops" de hoje são mais sofisticadas, oferecem produtos importados e serviços
diferenciados.

A prestação de serviço é um ato ou desempenho essencialmente intangível, que


vai ser oferecido para satisfazer um desejo ou necessidade sem a posse de um bem
físico, por isso, devemos fazer com que o consumidor percebe os seus serviços como
algo palpável. Em relação aos animais, devemos satisfazer seus donos, prestando
serviços de qualidade, uma vez que o carinho que muitos donos têm por eles.
Considerando-os muitas vezes um membro da família, justificando a proliferação de
negócios relacionados ao assunto.

O conhecimento demonstrado pelo proprietário da loja sobre seus produtos e


animais pode ser a diferença na conquista e formação da sua clientela, além de
qualidade, variedade, preço, bom atendimento e a atenção dispensada aos animais.

Conhecer e analisar os consumidores, concorrentes, fornecedores, e o ambiente


macroeconômico, é muito importante para revisar e se adaptar aos novos desafios e
oportunidades do mercado. Uma visão de fora para dentro em seu futuro negócio e uma
analise do próprio mercado em que você vai entrar, é um instrumento estratégico para
seus objetivos.

Este mercado desponta como uma promissora oportunidade de negócio para o


pequeno empreendedor, visto que, o número de animais de estimação vem crescendo
muito no Brasil, seguindo a tendência verificada nos Estados Unidos e na Europa. (01 -
Sebrae-sc)

2. DESCRIÇÃO GERAL DO NEGÓCIO

2.1.Visão, Missão, Valores e Objetivos Estratégicos

2.1.1.Visão

De acordo com Peters (2005), o primeiro dos atributos de organizações excelentes


e inovadoras está relacionado à visão corporativa acerca de uma estruturação de metas
para dirigir a empresa ao ápice. Tais metas podem não ser estáticas, pois é preciso
buscar uma melhor estratégia para alcançar objetivos maiores.

A visão da empresa é ser reconhecida como referencial na prestação de serviços e


carinho e cuidados com animais domésticos no bairro de Moema.

2.1.2.Missão

Em geral, a missão apresenta informações como os tipos de produto ou serviço


que a empresa oferece e quem são seus clientes, pois é uma declaração muito ampla da
diretriz organizacional, onde o processo de análise do ambiente é de fundamental
importância para seu desenvolvimento (CERTO; PETER; MARCONDES; CESAR, 2005).

A missão da empresa é atingir excelência em estrutura e serviços, além de


conquistar a satisfação e fidelização dos donos de animais domésticos. Ser reconhecida
como empresa amiga dos donos de animais de estimação, oferecendo serviços de
qualidade sempre que for solicitado.

2.1.3.Valores
Cuidar de animais domésticos é mais do que a prestação de um serviço ao seu
dono. É sentir satisfação em tê-los próximos e poder dar carinho e atenção. A
transparência também é um dever para que o cliente conheça e confie na empresa com
quem se relaciona. A busca de novos serviços para atender as necessidades dos clientes
é rotina na vida dos sócios. Respeitar e prestar serviço a comunidade é um dos valores
importantes na organização, mas sempre em linha com a realidade do negócio e com os
objetivos dos sócios.

2.1.4.Objetivos estratégicos

 Primeiro ano : Estruturação da empresa e captação de clientes.

 Segundo ano : Reforçar a marca, recuperar o investimento e ampliar a


estrutura para aumentar a produtividade

 Terceiro ano : Obter 18% do mercado local, TIR de 40% e ROI de 2,5.

2.2.Abrangência de atuação e fontes de receita

Oferecer, principalmente, serviços de pet shop visando atender proprietários de


animais de estimação no bairro de Moema, além da comercialização de produtos,
alimentos, cosméticos, medicamentos e acessórios do segmento.

2.3.Capital Inicial da empresa e participação % dos sócios

Para o lançamento da empresa serão captados R$ 250 mil inteiramente obtido


através de empréstimo do BNDES, sendo o investimento inicial de R$ 71 mil.

Corpo Administrativo:

Administração * Kenia Gontijo * 5555-5555


Marketing e Relacionamento * Adriana Rodrigues * 5555-5555

Financeiro * Adriano Rehder * 5555-5555

Compras e Manutenção * Renildo Junior * 5555-5555

2.4.Estágio atual da empresa

Trata-se de uma empresa nova no segmento de prestação de serviços de pet shop


com instalações adequadas para estes ramos de atividade, estacionamento com 03
vagas e irá contar com uma recepção aconchegante e em terreno com potencial para
esse tipo de empreendimento.

2.5.Razão Social e nome fantasia

Razão social: “Santo Cão Pet Care Ltda.”

Nome fantasia: “Santo Cão Pet Care”

2.6.Localização geográfica
Situado na zona Sul de São Paulo, no bairro nobre de Moema, próximos a
principais avenidas como Avenida Santo Amaro, Avenida Ibirapuera e Avenida dos
Bandeirantes e Shopping Ibirapuera.

2.7.Alianças e parcerias estratégicas

O Pet Shop pretende fazer parceria com a comunidade local, visando auxiliar na
educação, concientização e manutenção das calçadas do bairro de Moema através de
distribuição de saquinhos plásticos com mensagens sobre a preservação de ruas e
calçadas com a logomarca “Santo Cão Pet Care”, criando uma imagem positiva do
empreendimento interna e externamente.

3. PRODUTOS E SERVIÇOS

3.1.Descrição de serviços e produtos agregados

Ofereceremos produtos e serviços relacionados ao tratamento e cuidados


com animais. Tais como:
3.1.1.Descrição dos serviços oferecidos:
• Dog Walker
Passeios diários com os animais com horário previamente agendado.

• Hotel (com disponibilidade de web câmera)


Hotel 24horas, com câmera e envio via web (site do Pet Care)

• Livros e DVDs especializados


Mini livraria com livros e DVD’s sobre cuidados com animais e variedades
ligadas ao mundo PET.

• Agility
Buscamos e levamos os animais para banho, tosa, hospedagem e outros
serviços.

• Veterinário
Profissionais qualificados e com experiência.

• Serviço de agenciamento “Par Perfeito”


Através da base de dados de cadastro do Pet Care, ajudamos os donos a
encontrarem animais com a mesma raça para cruzamento.

3.1.2.Descrição dos produtos oferecidos:


• Ração
Xxx

• Roupinhas
Xxx

• Brinquedos
Xxx

3.2.Marca e Logomarca
A marca “Santo Cão Pet Care” será própria e registrada no Instituto Nacional de
Propriedade Industrial (INPI), e não será associada a nenhuma outra marca.

O logotipo acima foi criado na tentativa de fixar a marca na mente das pessoas e
de remeter nossos clientes a sensação de uma marca afetiva e responsável, através e
formas ricas e com detalhes de cores naturais.

Na loja haverá aromatização com cheiro de xampu para animais.

O Nome “Santo Cão” sugere o amor do dono pelo animal, como se idolatrando-o,
e o símbolo remete a isso também.

3.3.Descrição da estrutura física

O imóvel possui uma área útil/construída de 200 m², sendo uma construção
térrea a ser utilizada para fins comerciais/industriais, possui espaço reservado para
estacionamento com 03 vagas.

4. ANÁLISE DE MERCADO
4.1.Análise Macro Ambiente

Segundo Certo e Peter (2005) o propósito é avaliar o ambiente organizacional


para que a administração possa reagir adequadamente e intensificar o sucesso da
empresa.

Hoje, as lojas para animais se especializaram na oferta de produtos


indispensáveis ao sofisticado cotidiano dessas adoráveis "criaturas domésticas". Com
nome importado, as "pet shops" de hoje são mais sofisticadas, oferecem produtos
importados e serviços diferenciados.

A prestação de serviço é um ato ou desempenho essencialmente intangível,


que vai ser oferecido para satisfazer um desejo ou necessidade sem a posse de um bem
físico, por isso, devemos fazer com que o consumidor percebe os seus serviços como algo
palpável. Em relação aos animais, devemos satisfazer seus donos, prestando serviços de
qualidade, uma vez que o carinho que muitos donos têm por eles. Considerando-os
muitas vezes um membro da família, justificando a proliferação de negócios relacionados
ao assunto.

A prestação de serviço, ato por natureza intangível, tem como objetivo a


satisfação de um desejo ou suprimento de uma necessidade independente da posse de
um bem físico. É por isso que, como elementos difíceis de medir, provar ou sentir que
são, os serviços devem ser "vendidos" ao consumidor como algo palpável.

Conhecer e caracterizar quem são seus futuros clientes, o que eles compram e
desejam, por que eles compram, como são feitas as compras, quando eles compram e as
tendências de compra deles é essencial ao sucesso de seu negócio.

A maioria das empresas bem sucedidas estão constantemente em mudanças,


oferecendo oportunidades e apresentando ameaças.
Conhecer e analisar os consumidores, concorrentes, fornecedores, e o ambiente
macroeconômico, é muito importante para revisar e se adaptar aos novos desafios e
oportunidades do mercado. Uma visão de fora para dentro em seu futuro negócio e uma
analise do próprio mercado em que você vai entrar, é um instrumento estratégico para
seus objetivos.

Este mercado desponta como uma promissora oportunidade de negócio para o


pequeno empreendedor, visto que, o número de animais de estimação vem crescendo
muito no Brasil, seguindo a tendência verificada nos Estados Unidos e na Europa.

4.2.Matriz SWOT

Cada negócio precisa avaliar periodicamente suas forças e fraquezas internas.


A gerência – ou um consultor externo - analisa as competências de marketing,
financeiras, de fabricação e organizacionais e classifica cada fator como uma grande
força, uma força, uma característica neutra, uma fraqueza, ou uma grande fraqueza.
(KOTLER, 2000)

O negócio não precisa corrigir todos os seus pontos fracos, nem deve se
vangloriar de todos os seus pontos fortes. A grande pergunta é se o negócio deve se
limitar as oportunidades para as quais tem os recursos necessários ou se deve examinar
melhores oportunidades, para as quais pode precisar adquirir ou desenvolver maiores
forças. (KOTLER, 2000).

4.3.Análise Externa

4.3.1.As principais forças do Santo Cão Pet Care


 Localização – bairro residencial, com grande concentração de pessoas
solteiras;
 Mercado de Pet em crescimento, o setor apresenta crescimento de cerca de
17% ao ano;
 O Brasil possui a terceira maior população de cães do mundo;
 Mais de 60% das famílias de classe A,B e C tem animais de estimação;
 A humanização dos animais de estimação estimula o consumo;
4.3.2.As principais fraquezas do Santo Cão Pet Care
 Empresa nova na região, é necessário ganhar a confiança dos clientes;
 Concorrência com grandes redes Pet Shop, com altos investimentos no
setor;
 O Brasil tem normas técnicas e leis que dificultam a administração de
empresas deste tipo.

4.4.Análise Interna

4.4.1.Pontos fracos do Santo Cão Pet Care


 Falta de experiência do proprietário no ramo;
 Estimativas de custos e ocupação baseadas em levantamentos médios;
 Falta de capital próprio para iniciar o negócio;

4.4.2.Pontos fortes do Santo Cão Pet Care


 Ampla gama de serviços, atendendo a quase todas as necessidades dos
donos de animais;
 Forte trabalho na marca, outras redes não trabalham bem isso;

4.5.Análise dos Concorrentes

Através de informações coletadas em pesquisas com dados primários constata-se


que alguns concorrentes oferecem serviços e instalações similares, já outros possuem
particularidades que os diferenciam e destacam dos demais.

• Hovet Moema
Av. dos Eucaliptos, 242 Tel: 5093-1792 5561-3006
Centro de emergências e especialidades veterinárias, veterinário, medicamentos,
banho e tosa, rações e hotel 24hs.

• Moema's Zoo
Rua Jurecê, 903 Tel: 5055-3900 5052-9588
Estética canina especializada, hidromassagem, tratamentos fitoterápicos e
fisioterápicos, produtos de higiene e beleza, rações e acessórios para seu
animalzinho.

• Pet Days
Rua Graúna, 60 - (na mesma Rua da Pizzaria Bráz e do Bar Original) Tel: 5041-
2044
Pet shop com mais de 1000 metros quadrados. Grande variedade de produtos,
veterinário, banho, tosa e vários serviços diferenciados: hotel, creche, spa e
natação em piscina aquecida.

5. PLANO DE MARKETING E BRANDING

De acordo com Kotler e Keller (1998), fazer marketing significa satisfazer as


necessidades e os desejos dos clientes. O dever de qualquer negócio é fornecer valor ao
cliente mediante lucro. Em uma economia extremamente competitiva, com compradores
cada vez mais racionais diante de uma abundância de opções, uma empresa só pode
vencer ajustando o processo de entrega de valor e selecionando, proporcionando e
comunicando um valor superior.

O objetivo é criar uma marca de identidade e estilo de vida no Mercado Pet, para
pessoas que moram sozinhas no bairro de Moema, em São Paulo – capital.

5.1.Estratégias de marketing

Consiste nas decisões necessárias para determinar a maneira na qual o composto


de marketing, isto é, os cinco principais elementos de marketing (produto, preço, praça,
promoção e pessoas) sejam combinados simultaneamente.

5.1.1.Produto

Trata-se, principalmente, de uma prestação de serviço aos donos de animais


domésticos. A estratégia deve focar a exposição de diferenciais que o pet shop “Santo
Cão Pet Care” possuir, por meio da divulgação, de forma a atrair mais clientes e obter
uma fatia maior de mercado.

5.1.1.1.Definição dos instrumentos de diferenciação


 Diferenciação por meio dos serviços especializados – O Pet Shop oferecerá
serviços que podem ser considerados quase exclusivos como: serviço “Par
Perfeito”, aviso vencimento vacinas, dog walker;

 Diferenciação por meio de serviço prestado a comunidade – Incentivando a


preservação da limpeza de ruas e calçadas com a distribuição de saquinhos
plásticos para recolher fezes dos animais;

 Diferenciação por meio da qualidade no atendimento ao cliente –


Transmitindo cortesia, credibilidade, confiabilidade e responsabilidade.
Existirá uma equipe de funcionários treinados e capacitados para oferecer
serviços de qualidade.

5.1.2.Preço

Para uma empresa obter êxito no mercado atual é recomendado que se promova
um serviço de qualidade e não somente preços atrativos.

Os preços competitivos atraem os consumidores, mas não necessariamente os


tornam clientes fiéis. Qualquer Pet Shop pode diminuir os preços praticados, mas é
preciso que se dê ao cliente algo merecedor, como proporcionar um serviço personalizado
e individual, pois assim, ele pagará com prazer o preço estabelecido e ficará satisfeito,
levando-o voltar à empresa em busca de seus serviços.

Portanto, a oferta de valor para esse ramo será realizada a partir do que é
oferecido, a quem é oferecido e quando é oferecido. Objetiva-se com essa estratégia
atrair o maior número de clientes através dos diferenciais de valores propostos.

Deve-se considerar, no entanto, não somente o que é oferecido, mas se o


concorrente oferece o mesmo e qual valor é praticado. Essa política de desconto e
condição de venda deve ser formalizada para se evitar problemas de ordem legal e os
preços testados com observância do controle do volume de vendas e suas variações.
O preço dos serviços e produtos é definido e baseado nos preços dos concorrentes de
mercado, nos custos fixos diretos, nas instalações e nos serviços e no poder aquisitivo do
público alvo.

5.1.2.1.Propaganda (internet, jornais, revistas, folder, eventos)

 Divulgação através de site próprio e portais do bairro de Moema e


divulgação via mailing para pessoas cadastradas;

 Criação de web site dinâmico, com áreas de divulgação de promoções


especiais, novidades do Pet Shop e reservas online. Disponibilizar no site
fotos, vídeos e visão 360 º da área de hospedagem e área de atendimento
(banho e tosa);

5.1.2.2.Marketing direto

 Mala direta para associações e entidades ligadas à preservação ambiental;

 Mala-direta para empresas e clientes pessoais potenciais;

 Políticas de fidelização: envio de cartões de aniversário, aviso sobre


vencimento de vacinas e promoções em datas comemorativas e períodos
de baixa temporada;

5.1.3.Praça

Abordaremos os potenciais clientes em suas residências com a distribuição


de sacolinhas higiênicas nas portarias dos prédios com o logotipo e telefone da
nossa empresa.

5.1.4.Promoção

A princípio não atuaremos com promoções.


5.1.5.Pessoas

O corpo pessoal do Pet Shop deverá estar suficientemente incentivado, satisfeito e


motivado, para que possam atingir os objetivos, pois são eles os clientes internos, e “o
cliente interno é aquele que está ao nosso lado, na empresa, voltado para uma missão
comum. São os nossos colegas de trabalho, funcionários de uma mesma organização,
onde um é cliente interno do outro. Todos com objetivo de atender o cliente externo da
melhor maneira possível” (ABREU, 2000).

Ou seja, esse mercado interno (empregados), deve receber a primeira atenção e


de maneira adequada, para que o sucesso das operações da empresa reflita de maneira
positiva e gere bons resultados nos serviços, os quais dependem da interação de três
sujeitos: cliente interno (funcionário), o cliente externo (serviço) e o investidor (capital),
pois é essencial que estejam satisfeitos para satisfazerem os clientes, e esses clientes
satisfeitos são sinônimo de lucro para os investidores.

Torna-se assim de extrema importância o acompanhamento pessoal de cada


funcionário, desde o seu desempenho interno, até mesmo necessidades externas e
pessoais, pois muitas vezes, por motivos pessoais o funcionário pode não render o seu
melhor, mesmo tendo todos os instrumentos internos satisfeitos.

Os funcionários devem apresentar-se sempre atenciosos, cordiais e qualificados


para exercer suas funções. Devem receber treinamentos sobre formas de atendimento e
comunicação com o cliente. Deverão ser realizadas reuniões com o corpo de funcionários
para orientar sobre novas visões empresariais e fazê-los criar planos de crescimento
pessoal. Além disso, devem estar cientes de todos os objetivos, metas, políticas e valores
do Pet Shop.

Com relação à avaliação, deverá ser aplicado o controle baseado no comportamento,


garantindo vantagens para o Pet Shop, a partir da satisfação dos seus clientes; Ficam
definidos alguns aspectos de avaliação como cordialidade, pontualidade, organização e
aparência.

5.2.Estratégias de relacionamento
Para obter e manter nossos clientes, temos algumas estratégias, ligadas
principalmente aos relacionamento com clientes. Algumas delas são:

• Site
 No site teremos um acesso via senhas, onde os donos terão acesso
a ficha completa de seus animais.
 O site também disponibilizará a filmagem internar do Hotel, em
tempo real.

• Kit de boas vindas


 Na primeira visita ao PET daremos um kit com manta, escovinha e
biscoito Santo Cão.

• Cartão de aniversário para o cão


 Enviaremos um cartão de aniversário para os animais.

• Cartão Fidelidade
 Teremos descontos em tosas e outros serviços, incentivando a
fidelização de clientes.

• E-mail alertando sobre vencimento de vacinas


 Será enviado um e-mail aos donos avisando sobre vencimentos de
vacinas ou necessidade de exames de rotina nos animais.

• Marcação de aplicação vacinas via web


 As vacinas poderão ser marcadas via website, através da senha do
dono.

• Atendimento veterinário personalizado


 Um ou dois dias após atendimento veterinário, haverá um contato
com o dono, para saber sobre a situação e recuperação do animal.

Faremos também ações no bairro, como distribuição de saquinhos para coleta de


fezes de animais em prédios e casas com propaganda da nossa marca, links patrocinados
em sites de busca e anúncio em classificados do bairro.

5.3.Mercado alvo

Com base no que foi analisado, foi selecionado o segmento de solteiros residentes
no bairro de Moema, são eles:
• Jovens e adultos que moram sozinhos têm maior taxa de participação no mercado
de trabalho.

• Quanto mais ricos, mais educados, mais urbanos e mais velhos, mais tendem a
viver sozinhos hoje em dia.

• Rendimentos dos homens e mulheres que moram sozinhos são os mais elevados.

• Existem mais homens e mulheres sozinhos em regiões metropolitanas

Conclusão:

• Nosso público-alvo tem mais dinheiro e menos tempo para gastar;

• Precisam de uma companhia diária, porém não podem dispender muito tempo e
trabalho com cuidados;

• Enxergam o animal de estimação como um “filho”, ele é a sua família;

• Os animais ganham presentes, são “mimados” pelos donos;

5.3.1.Dados demográficos e psicográficos

• Moram sozinhos

• Tem muitos amigos

• Dá valor a família

• Viaja à trabalho e à lazer

• Gosta de sair com os amigos

• Gosta de ler

• Gosta de navegar na internet

• Vai ao cinema uma vez por semana


5.4.Pesquisas de Mercado

• O Brasil possui a terceira maior população de cães do mundo

• Predominarão os canais mais diferenciados ou os consagrados


Hipermercados?

• 63 a 64% das famílias classe A, B e C tem animais de estimação.

• Setor PET apresenta um crescimento médio de 17% ao ano (movimenta


R$ 1,5 BI/ano)

• A população de animais de estimação cresce proporcionalmente ao número


de pessoas

• Humanização dos animais de estimação, que estimula consumo

• A internet é o veículo mais utilizado para divulgação, por ser um veículo


relativamente barato e com elevado alcance junto ao público efetivo e
potencial.

• A existência de alguns produtos e serviços como estacionamentos, serviço


de delivery e horário de funcionamento, são considerados essenciais
devido à localização.

5.5.Posicionamento da marca

Qualidade e carinho no tratamento de animais.

O consumidor tem cérebro e coração, e a marca age sobre os dois, e essa é a


razão pela qual ela se transforma em um instrumento de fundamental importância para o
negócio. A marca agrega valor e personalidade ao produto o qual representa. Segundo
pesquisas realizadas têm confirmado que a rentabilidade final da empresa é sempre
diretamente proporcional à sua participação de mercado. E a participação de mercado
está diretamente ligada à força da marca. O que leva a conclusão de que uma marca
forte é um dos caminhos para se garantir uma alta rentabilidade para a empresa
(SAMPAIO, 1999).
6. PLANO FINANCEIRO

6.1.Viabilidade Econômico-Financeira

Para que o estudo de viabilidade se aproxime da realidade, deve-se partir de um


bom cenário, dispor de um bom modelo matemático para simulação, conhecer os
indicadores de qualidade fornecidos pelo modelo de cálculo e saber interpretar os
indicadores, estabelecendo critérios particulares de decisão.

Visto que é grande a quantidade de fatores intervenientes e que é longo o período


que decorre entre o momento da decisão e a conclusão do empreendimento, torna-se
necessário analisar objetivamente a viabilidade econômica e financeira do mesmo. No
processo decisório é importante levar em consideração a diferença entre a disponibilidade
de capital no presente e no futuro. Isto decorre da existência de incertezas e da
necessidade de remunerar o capital, através de uma taxa de juros. O dinheiro é um
recurso escasso, existindo um preço, que são os juros pagos pelo direito de uso deste
bem.

As técnicas mais comuns para a tarefa de análise econômica e financeira são a


taxa interna de retorno (TIR) e o valor presente líquido (VPL). Emprega-se também o
custo periódico (CP), período de retorno do investimento (pay back) e o índice de
lucratividade (IL). Geralmente, a análise busca identificar o lucro ou se a taxa de retorno
é maior do que a taxa de atratividade. Decidir é escolher entre alternativas disponíveis,
após uma análise baseada nos critérios da engenharia econômica. Caso haja apenas um
investimento em estudo, seu rendimento deverá ser comparado ao rendimento de
aplicações financeiras correntes no mercado, disponíveis ao investidor para o mesmo
volume de recursos. As taxas destas aplicações serão os parâmetros de comparação,
definindo a taxa mínima de atratividade deste investimento.

6.1.1.Fluxo de caixa

Fluxo de caixa é a apreciação das contribuições monetárias (entradas e saídas e


dinheiro) ao longo do tempo a uma caixa simbólica já construída. Pode ser representada
de uma forma analítica ou gráfica.

O fluxo de caixa de uma incorporação, por ser complexo, exige a montagem de


uma matriz, que relacione as transações financeiras com os períodos em que foram
efetuadas, podendo ser chamada de matriz do fluxo de caixa. O diagrama de fluxo de
caixa é uma representação dos fluxos de dinheiro ao longo do tempo. Graficamente,
emprega-se uma linha horizontal representando o tempo, com vetores identificando os
movimentos monetários, adotando-se convenções cartesianas: fluxos positivos para cima
e negativos para baixo. São considerados fluxos positivos os dividendos, as receitas ou
economias realizadas; são considerados fluxos negativos as despesas em geral, a
aplicação de dinheiro, o custo de aplicações ou as parcelas que foram deixadas de
receber.

Fluxos de caixa são construídos para dar apoio a decisões empresariais, estudar
aplicações de resíduos de caixa de permanência temporária e servir de base para a
obtenção dos indicadores necessários para a análise financeira. No caso do caixa da
incorporação, pode-se mencionar os seguintes indicadores, entre outros:

• exposição máxima (mês onde se verifica o maior saldo positivo);

• prazo de retorno e

• taxa de retorno.
Com a ajuda do fluxo de caixa, pode-se determinar o momento em que a
incorporação requisitará o ingresso de recursos de financiamento ou investimento, e
ainda, determinar o momento que parte do faturamento poderá ser transferida para o
retorno. (GALESNE, 1999)

6.1.2.Critério do valor presente líquido (VPL)

O VPL de um projeto de investimento é igual à diferença entre o saldo dos valores


presentes das entradas e saídas líquidas de caixa associadas ao projeto e ao
investimento inicial necessário, com o desconto dos fluxos de caixa feito a uma taxa k
definida pela empresa (TMA). Todo projeto de investimento que tiver um VPL positivo
será rentável; para um projeto analisado, havendo mais de uma variante rentável, o de
maior VPL será o mais lucrativo. É o valor presente dos retornos diminuídos dos
investimentos, descontados até a data da análise pela taxa de juros do custo do capital
(GALESNE, 1999).

6.1.3.Critério da taxa de retorno interna (TIR)

Por definição, a taxa que anula o valor presente líquido do empreendimento é


chamada de taxa interna de retorno (TIR). É uma taxa média de desconto do fluxo de
caixa, ou, em outras palavras, é a taxa que torna o valor presente dos fluxos de caixa
igual ao investimento inicial. É a mínima taxa de retorno que garante a recuperação da
quantidade investida. Todo projeto cuja taxa de retorno seja superior à taxa mínima de
rentabilidade que o dirigente da empresa exige para seus investimentos, o negócio é
interessante (GALESNE, 1999)

6.2.Investimentos iniciais
Foi relacionado todo o investimento necessário para desenvolvimento do projeto,
conforme quadro abaixo:

INVESTIMENTO FIXO: Sem 0 1o. Sem 2o. Sem 3o. Sem 4o. Sem 5o. Sem 6o. Sem

INSTALAÇÕES:

15.00
Reformas 5.000 - - 0 - - 5.000

Mobilia 3.540 - - - - - -
15.00
Total 8.540 - - 0 - - 5.000

EQUIPAMENTOS:

4.90
Mesas e Banheiras p/ banho e tosa 2.450 - 2.450 0 - 2.450 2.450

7.68
Equipamentos p/ Banho e Tosa 3.844 - 3.844 8 - 3.844 3.844

Outros Equipamentos 750 - - - - - -

Informática 6.050 - - - - - -

12.58
Total 13.094 - 6.294 8 - 6.294 6.294

VEICULOS:

16.00
Automóveis e Motos 16.000 - - 0 - - -

16.00
Total 16.000 - - 0 - - -

ESTOQUE DE MERCADORIAS:

Alimentos 10.000 - - - - - -

Higiene e Limpeza 3.000 - - - - - -

Medicamentos 2.000 - - - - - -

Acessórios 2.000 - - - - - -

Livros e DVD's 2.000 - - - - - -

Total 17.000 - - - - - -

DESP. PRÉ-OPERACIONAIS:

Legais 1.000 - - - - - -

Contabeis 330 - - - - - -

Total 1.330 - - - - - -

OUTROS DESEMBOLSOS:

Desenvolvimento de sistemas e site 10.000 - - - - - -

Compra de Software 5.000 - - - - - -

Total 15.000 - - - - - -

TOTAL INVEST. FIXO

CAPITAL DE GIRO

Despesas iniciais e Caixa - - - - - - -

TOTAL - - - - - - -

INVESTIMENTO TOTAL 70.964 - 6.294 43.58 - 6.294 11.294


8

6.3.Custos
As projeções de custos foram desenvolvidas com base nas premissas de
crescimento de 50% acompanhando o crescimento desse segmento:

2o.
1o. Sem Sem 3o. Sem 4o. Sem 5o. Sem 6o. Sem

CUSTO DE PRODUTOS VENDIDOS

85.50 193.50
Custo Banho 31.500 0 139.500 0 247.500 301.500

57.00 129.00
Custo Tosa 21.000 0 93.000 0 165.000 201.000

35.62 80.62
Custo Hotel 13.125 5 58.125 5 103.125 125.625

4.87 48.37
Custo Dog Walker 7.875 5 34.875 5 61.875 75.375

5.70 2.40
Custo Outros Serviços 2.100 0 1.800 0 3.000 3.500

25.65 10.80
Custo Produtos 9.450 0 8.100 0 13.500 15.750

214.35 464.70
Total: 85.050 0 335.400 0 594.000 722.750

DESPESAS
OPERACIONAIS MÊS

36 2.160 2.16 2.160 2.16 2.160 2.160


Telecomunicações 0 0 0

8.96 53.760 53.76 53.760 53.76 53.760 53.760


Salários e Encargos 0 0 0

12.00 72.000 72.00 72.000 72.00 72.000 72.000


Pró-labore 0 0 0

Publicidade e promoções - - - - - -

- - - - - -

127.92 127.92
Total: 127.920 0 127.920 0 127.920 127.920

DESP. ADMINISTRATIVAS MÊS

Aluguel/Condomínio 6.00 36.000 36.00 36.000 36.00 36.000 36.000


0 0 0

23 1.380 1.38 1.380 1.38 1.380 1.380


Manutenção escritório 0 0 0

33 1.980 1.98 1.980 1.98 1.980 1.980


Contador 0 0 0

7 420 42 420 42 420 420


Jornais e revistas 0 0 0

13 780 78 780 78 780 780


Material de Escritório 0 0 0

- - - - - -

40.56 40.56
Total: 40.560 0 40.560 0 40.560 40.560

DESPESAS FINANCEIRAS

Juros sobre empréstimos - - - - - -

Total: - - - - - -

382.83 633.18
TOTAL 253.530 0 503.880 0 762.480 891.230

6.4.Projeções dos resultados DRE


Na DRE podemos verificar o crescimento a partir do 2 ano, com o crescimento
da receita:

1o. Sem 2o. Sem 3o. Sem 4o. Sem 5o. Sem 6o. Sem

RECEITAS

Operacionais

142.50 232.50 322.50 412.50


Receita Banho 52.500 0 0 0 0 502.500

99.75 162.75 225.75 288.75


Receita Tosa 36.750 0 0 0 0 351.750

71.25 161.25 206.25


Receita Hotel 26.250 0 116.250 0 0 251.250

35.62 58.12 80.62 103.12


Receita Dog Walker 13.125 5 5 5 5 125.625

18.60 25.80 33.00


Receita Outros Serviços 4.200 11.400 0 0 0 40.200

Comissã Produto 10.500 28.50 46.50 64.50 82.50 100.500


o s 0 0 0 0

389.02 634.72 880.42 1.126.12


Sub-Total 143.325 5 5 5 5 1.371.825

Outras Receitas

Rendimentos aplicações - - - - - -

Sub-Total - - - - - -

389.02 634.72 880.42 1.126.12


Total: 143.325 5 5 5 5 1.371.825

12.44 28.17 36.03


Imposto s/ Receita 3,2% 4.586 9 20.311 4 6 43.898

376.57 614.41 852.25 1.090.08


RECEITA LÍQUIDA 138.739 6 4 1 9 1.327.927

CUSTO DE PRODUTOS VENDIDOS

85.50 139.50 193.50 247.50


Custo Banho 31.500 0 0 0 0 301.500

57.00 93.00 129.00 165.00


Custo Tosa 21.000 0 0 0 0 201.000

35.62 58.12 80.62 103.12


Custo Hotel 13.125 5 5 5 5 125.625

4.87 34.87 48.37 61.87


Custo Dog Walker 7.875 5 5 5 5 75.375

5.70 1.80 2.40 3.00


Custo Outros Serviços 2.100 0 0 0 0 3.500

25.65 8.10 10.80 13.50


Custo Produtos 9.450 0 0 0 0 15.750

214.35 335.40 464.70 594.00


Total: 85.050 0 0 0 0 722.750

162.22 279.01 387.55 496.08


LUCRO BRUTO 53.689 6 4 1 9 605.177

DESPESAS

127.92 127.92 127.92 127.92


Operacionais 127.920 0 0 0 0 127.920

5.48 5.48 5.48 5.48


Depreciação 914 5.483 3 3 3 3 5.483

40.56 40.56 40.56 40.56


Administrativas 40.560 0 0 0 0 40.560

Financeiras - - - - - -
173.963 173.96 173.96 173.96 173.96 173.963
Total: 3 3 3 3

(120.274 (11.737 105.05 213.58 322.12 431.214


LAIR ) ) 1 9 6

- - 35.71 72.62 109.52 146.613


Imposto s/ Lucro 34% 7 0 3

(120.274 (11.737 69.33 140.96 212.60 284.601


LUCRO LÍQUIDO ) ) 4 8 3

6.5.Fluxo de caixa, VPL,TIR e Payback


Através das projeções realizadas, temos o payback em 2 anos, trazendo uma
taxa interna de retorno bastante atrativa:

Semestre 0 1 2 3 4 5 6

(70.964 (6.294 6.29


Aportes de Investimento ) - ) 43.588 - 4 11.294

Geração de caixa:

( + ) Entradas de Caixa

143.32 880.42 1.126.12


Receitas 5 389.025 634.725 5 5 1.371.825

( - ) Saidas de Caixa

253.53 633.18 762.48


Custos 0 382.830 503.880 0 0 891.230

4.58 100.79 145.55


Tributos 6 12.449 56.029 4 9 190.511

258.11 733.97 908.03


Total de saídas: 6 395.279 559.909 4 9 1.081.741

(114.791 (6.254 146.45 218.08


( = ) Saldo do período ) ) 74.816 1 6 290.084

FLUXO c/ (70.964 (114.791 (12.548 146.45 224.38


118.404 301.378
INVESTIMENTO ) ) ) 1 0
(70.964 (185.755 (198.303 (79.899 66.55 290.93
Fluxo de caixa acumulado ) ) ) ) 3 3 592.311

Tempo de PayBack 0,0 0,0 0,0 3,5 0,0 0,0

RENTABILIDADE DO PROJETO

TAXA DE DESCONTO 18,0%

(70.964
INVESTIMENTO INICIAL )

Valor Presente do fluxo de caixa 251.029

VPL - Valor Presente Líquido 180.065

TIR - Taxa Interna de Retorno 40,8%

2,
ROI - (Return On Investment) 5

7. BIBLIOGRAFIA

KOTLER, Philip. Administração de Marketing. São Paulo: Atlas, 1998.

GALESNE, Alain, FENSTERSEIFER, Jaime E, LAMB, Roberto. Decisões de Investimento da


Empresa. São Paulo: Atlas, 1999.
PORTER, Michael E. Estratégia Competitiva: Técnicas para análise de indústrias e da
concorrência: Elsevier, 2004.

SALIM, César; HOCHMAN, Nelson; RAMAL Andréa e Silvina. Construindo Planos de


Negócios: Todos os planos necessários para planejar e desenvolver negócios de sucesso:
Campus, 2001.

CERTO, Samuel C.; PETER, J. Paul; MARCONDES, Reinaldo; CESAR, Ana Maria Roux.
Administração Estratégica: Planejamento e implantação da estratégia. Pearson
Education, 2005.

8. SITES/LINKS

a) LEITE, Renata. Muito além das pet shops 12/05/2008

http://www.sebrae-
sc.com.br/novos_destaques/oportunidade/default.asp?materia=15802

b) Pet Shops

http://www.sebrae-sc.com.br/ideais/printer.asp?cd_noticia=2733

c) FLORÊNCIO, Paulo. Mercado virtual de “Pet Shops” cresce em unidade e serviços


30/09/2004 Fonte Diário do Comércio & Indústria

http://www.sebrae-sc.com.br/ideais/default.asp?vcdtexto=3596&^^

d) Negócio bom pra cachorro. Qualidade faz diferença nos pets

http://www.sebrae-sc.com.br/ideais/default.asp?vcdtexto=3756&^^

e) Manual Plano de Negócios - Pet Shop SEBRAE


http://www.sebraesp.com.br/topo/produtos/publicações/comece%20certo/pdfs_comece_c
erto/pet_shop.pdf

9. ANEXOS

 IMOVEL - MOEMA

R$ 6.000

código do anúncio:cas0001

Data do anúncio: 06/05/2008 - ZAP id: IM1185608

• Cidade/Estado: SAO PAULO/SP


• Bairro/Distrito: MOEMA

• End.: Av. Jurucê


• Tipo: Comercial/ Industrial
• Subtipo: Casa Comercial
• Categoria: Térrea
• Área útil/construída: 200 m²
• Valor de Locação: R$ 6.000

• Valor do IPTU: R$ 250


• Código: cas0001
• Referência: Clique aqui