1) Identifique o sentido – denotativo ou

conotativo – de cada uma das seguintes frases, utilizando para tal a numeração abaixo proposta:

DEN O TATI VO ( 1 ) ou C O NO TATI VO ( 2 ): (___) O meu pai é meu espelho. (___) Quebrei o espelho do banheiro. (___) Essa menina tem um coração de ouro. (___) A Praça da Sé fica no coração de São Paulo. (___) Ele fez um transplante de coração. (___) A minha melhor amiga completou vinte primaveras. (___) Na primavera os campos florescem. (___) O leão é um animal feroz. (___) Aquele homem é um leão. (___) Estava tudo em pé de guerra. (___) Ela estava com os pés inchados. (___) O alpinista conseguiu escalar a montanha. (___) Ela disse uma montanha de absurdos. (___) O meu relógio de ouro foi roubado. (___) Pedro nadava em ouro. (___) Não gosto nada de sapos. (___) Engolir sapos não é nada fácil. (___) Você é mesmo mau: tem um coração de gelo. (___) Tomo sempre suco com gelo. 2- OBSERVE os textos e responda às questões: Texto 1 O sol O Sol (do latim sol, solis[11]) é a estrela central do Sistema Solar. Todos os outros corpos do Sistema Solar, como planetas, planetas anões, asteroides, cometas e poeira, bem como todos os satélites associados a estes corpos, giram ao seu redor. Responsável por 99,86% da massa do Sistema Solar, o Sol possui uma massa 332 900 vezes maior que a da Terra, e um volume 1 300 000 vezes maior que o do nosso planeta. (Wikipédia)

Texto 2 O sol O sol tinge o céu com dedos dourados, Maravilha crepuscular... Eu sou o sol, sou eu que brilho. Para você, meu amor! (Ursula Avner) a) Apesar de apresentarem diferenças quanto à linguagem e à organização, os dois textos são semelhantes quanto ao tema. De que tratam os textos? b) Qual dos textos apresenta o uso da linguagem denotativa? EXPLIQUE. c) Qual dos textos apresenta o uso da linguagem conotativa? JUSTIFIQUE. 3- Dê o sentido conotativo e denotativo do seguinte provérbio: “De grão em grão, a galinha enche o papo.”

4 - Coloque: (1) DENOTAÇÃO; (2) CONOTAÇÃO. ( ) Relampejou durante toda a noite. ( ) Seus olhos relampejaram de ódio. ( ) A tristeza e a alegria moram no morro. ( ) Fecha-se a pálpebra do dia. ( ) Fecha-se a pálpebra do dia. ( ) O carro voava pelas ruas da cidade. ( ) O carro voava pelas ruas da cidade. ( ) “O livro caindo n’alma , é germe que faz a palma”. ( ) Esta cidade à noite é uma verdadeira Sodoma. ( ) “Que saudades da aurora da minha vida”. ( ) O cearense tem cabeça chata. ( ) Rui Barbosa era uma grande cabeça. ( ) “Serra magra e ossuda”. ( Serra sem vegetação. ( ) Entregou a alma ao Criador. ( ) Morreu. ( ) O rapaz roubou-lhe dois beijos. ( ) Todas as suas jóias foram roubadas. ( ) As asas cortam os céus. ( )As velas cortam os mares.

Ruy Castro. com bom poder aquisitivo.” E só então o belo rosto de Isabel se iluminou. Por sorte. . chame o canalizador para reparar o autoclismo da retrete. da classe média. mano.Quais palavras ou expressões do texto fazem parte da gíria dos adolescentes? c) Para convencer Papai Noel a lhe dar o aparelho de som. em Lisboa. a nós e aos portugueses.” Isabel franziu a testa e só entendeu as quatro primeiras palavras.O locutor do texto trata Papai Noel de modo formal ou informal? Grife no texto algumas expressões que justifiquem sua resposta.Exercícios (Gramática) 1) Leia este anúncio: E aí. Logo no primeiro dia. Papai Noel? Belê? A parada é a seguinte: eu. Folha de S. traduziu o recado: “Isabel. O senhor. Quem você imagina que seja o locutor desse texto? Por quê? b) A linguagem pode indicar tanto o grupo social a que pertence o locutor quanto o grau de intimidade existente entre os interlocutores.Considerando-se a intencionalidade do anúncio. por favor. ocorre um uso equivocado (errado) da língua portuguesa? Justifique sua resposta. Pelo visto. em matéria de língua. . Paulo. lida geralmente por pessoas adultas. meu velho. simula a situação de uma pessoa que faz um pedido a Papai Noel. convido a mina para ouvir um som da hora. o texto faz uso de uma variedade lingüística não padrão? 2) (FUVEST/2008) O autoclismo da retrete RIO DE JANEIRO – Em 1973. não sabe como é difícil hoje em dia agradar a mulherada.Na verdade. Houve um problema no banheiro da redação e eu disse à secretária: “Isabel. a gente troca umas idéias e aí. eu estava lhe pedindo que chamasse a Banda do Corpo de Bombeiros para dar um concerto particular de marchas e dobrados na redação. aquele que reproduz MP3 com 5000 watts de potência. por que. o locutor usa um argumento. então. Os textos dessa revista são predominantemente escritos na variedade padrão. Para isso. . em algum desses lugares. uma justificativa ou explicação. fui trabalhar numa revista brasileira editada em Lisboa. a) Em São Paulo. tô muito a fim. _______. um colega brasileiro. chame o bombeiro para consertar a descarga da privada. isto é. quem são os leitores que o anúncio tem em vista? . em Lisboa havia algum tempo e já escolado nos meandros da língua. Qual é esse argumento? d) Esse anúncio foi publicado às vésperas do Natal em uma revista de circulação nacional. que já tá velhinho. né? E então? Quebra essa pra mim. Observe a linguagem empregada no texto: . entende-se por “encanador” o que no Rio de Janeiro se entende por “bombeiro” e. tive uma amostra das deliciosas diferenças que nos separavam. por “canalizador”. você já tá ligado. tá ligado? Sabe como é: eu queimo uns CDs MP3. tô a finzaço mesmo. Isto permitiria afirmar que. a) O anúncio tem a finalidade de promover um aparelho de som de determinada marca. de ter um Mini System Titanium da Gradiente no meu quarto.

. Cada voz que canta o amor não diz Tudo o que quer dizer. Silenciosamente eu te falo com paixão.. Tem certas coisas que eu não sei dizer..Certas Coisas Lulu Santos Não existiria som Se não houvesse o silêncio Não haveria luz Se não fosse a escuridão A vida é mesmo assim. Cada voz que canta o amor não diz Tudo o que quer dizer... Tudo o que cala fala Mais alto ao coração. não e sim. não e sim.. Nós somos medo e desejo.. Tudo o que cala fala Mais alto ao coração.. Como quem ouve uma sinfonia De silêncios e de luz. Silenciosamente eu te falo com paixão. Como quem ouve uma sinfonia De silêncios e de luz.. Tem certas coisas que eu não sei dizer. Eu te amo calado. Eu te amo calado.. Nós somos medo e desejo.. Somos feitos de silêncio e som. Dia e noite. Somos feitos de silêncio e som.. . Dia e noite. A vida é mesmo assim.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful