1º - Coloca a tua folha de papel cavalinho formato A4 na posição horizontal.

© Paulo Lemos 2012

2º - Realiza uma esquadria de 1cm a toda a sua volta.

© Paulo Lemos 2012

3º - Utiliza a régua para encontrares as linhas diagonais.

© Paulo Lemos 2012

4º - Efetua os traçados necessários para marcares o centro da folha.

© Paulo Lemos 2012

5º - Apaga qualquer linha de construção auxiliar deixando apenas a marca central.

© Paulo Lemos 2012

6º - Traça com o compasso três circunferências concêntricas com raios 5cm, 5,5cm e 8,5cm.

© Paulo Lemos 2012

7º - Com o auxílio da régua e do esquadro traça o diâmetro da circunferência interior. A partir dos novos pontos traça ligeiramente as marcas que te permitirão dividir a circunferência em seis partes iguais.

© Paulo Lemos 2012

8º - Apaga qualquer linha que não necessites e certifica-te que os traços e pontos auxiliares se mantêm visíveis.

© Paulo Lemos 2012

9º - Une os pontos cruzados obtendo a divisão da circunferência interior em seis partes iguais.

© Paulo Lemos 2012

10º - Apaga os traços auxiliares de que já não necessites.

© Paulo Lemos 2012

11º - Com o auxílio da régua de 50cm prolonga os traços de divisão da circunferência interior de forma a obteres as divisões das restantes circunferências.

© Paulo Lemos 2012

12º - Considera os novos pontos obtidos e procede à divisão de cada arco utilizando o compasso, tal como na divisão de um segmento de reta.

© Paulo Lemos 2012

13º - Entre cada dois pontos, abre o compasso com mais de metade do comprimento total do arco e realiza os traçados necessários.

© Paulo Lemos 2012

14º - Traça uma linha reta iniciada no centro da circunferência que cruze a linha da circunferência exterior.

© Paulo Lemos 2012

15º - Repete o mesmo processo para o lado oposto.

© Paulo Lemos 2012

16º - Continua a realização dos traçados necessários.

© Paulo Lemos 2012

17º - Conclui a realização dos traçados necessários.

© Paulo Lemos 2012

18º - Apaga todos os traços auxiliares e mantém o teu trabalho tal como o seguinte exemplo.

© Paulo Lemos 2012