P. 1
A Ilustração No Livro Infantil: Uma análise através dos tempos

A Ilustração No Livro Infantil: Uma análise através dos tempos

4.83

|Views: 7.116|Likes:

More info:

Published by: Olhares da FaE - UFMG on Nov 23, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/17/2013

pdf

text

original

A ilustração no livro infantil

Uma análise através dos tempos
Universidade Federal de Minas Gerais Faculdade de Educação Aluna: Simone Elvina Rhis

“Este projeto teve origem a partir dos questionamentos sobre a ilustração: “como” a mesma se faz presente nos livros de literatura infantil e se continuam a ser apresentadas de forma igual ao longo das décadas de 80 e 90. Para isso, o presente trabalho baseou-se na análise de seis livros literários publicados neste período.”

Definindo ilustração
 Uma ilustração é uma imagem pictórica, geralmente figurativa

(representando algo material), embora algumas raras vezes também abstrata, utilizada para acompanhar, explicar, acrescentar informação, sintetizar ou até simplesmente decorar um Texto. Embora o termo seja usado frequentemente para se referir a desenhos, pinturas ou colagens, uma fotografia também é uma ilustração. Além disso, a ilustração é um dos elementos mais importantes do design gráfico.  São comuns em jornais, revistas e livros, especialmente na literatura infanto juvenil (assumindo, muitas vezes, um papel mais importante que o texto), sendo também utilizadas na publicidade e na propagando.

Origens da ilustração
 A ilustração editorial tem origens na

Iluminura, utilizada largamente na Idade Média, nos manuscritos, mas atualmente difere desta por se servir de meios mecânicos (e mais recentemente de meios fotomecânicos e digitais) para a sua reprodução. Portanto, a sua evolução e história está intimamente ligada à imprensa e à gravura.

Importância da Ilustração no livro infantil
As ilustrações são componente fundamental de um livro infantil. Durante muito tempo, a ilustração foi considerada como um auxiliar visual didático, uma espécie de bengala para o texto verbal. Atualmente, reconhece-se que a ilustração não deve desempenhar uma função meramente auxiliar e secundária mas estabelecer uma verdadeira interação com o texto escrito.

 “A ilustração convive e faz parte do contexto

da história da arte. Ela é um objeto de reprodução e está inserida em uma indústria cultural. Inter-relaciona-se com outras linguagens. Transita em um espaço multifacetado. Pertence a um período em que diferentes manifestações artísticas interagem e interpenetram.” (Mokarzel, 1998).

Os livros analisados
 No mundo da lua (1983);  O bando do cachorro quente (1986);  Ritinha Bonitinha (1990);  Joselito e seu esporte favorito (1996);  Dois idiotas sentados cada qual no seu barril

(1997);  Sikulume e outros contos africanos (2005);

Década de 80

 Os livros de literatura

infantil deste período privilegiam o “brincar”, o ser criança sem criar uma preocupação com o que está a volta da criança.

 Imagens do livro “No

mundo da lua” de Roseana Murray, publicado pela Editora Miguilim em 1983.

 Imagens extraídas do livro

infantil “O bando do cachorro quente” de BB Hiller e Neil W. Hiller. Este livro foi traduzido para o português por Cordélia Dias Aguiar e sua primeira publicação foi pela Scholastic, conceituada editora Norte americana.

As imagens encontradas nas obras analisadas durante este período tem a intenção de apenas ilustrar o texto escrito. Em todas as vezes são apresentadas após a escrita.

Década de 90
Foi possível observar através da análise das obras deste período que, a imagem começa a obter pequenas mudanças em sua apresentação no livro infantil. A ilustração passa a conduzir a criança a um novo pensar, a “criar”, a contar e recontar aquilo que está sendo visualizado. A imagem passa a ser apresentada antes do texto e os livros que passam a contar exclusivamente com a presença das ilustrações ganham mais destaque.

Nesta análise, as gravuras fazem parte do livro de imagem “Ritinha Bonitinha” de Eva Funari, publicado em 1990 e considerado altamente recomendável para crianças pela Fundação Nacional do livro infantil e juvenil.

 Outras temáticas

passam a ser abordadas, saindo do mundo do conto de fadas e aproximando a criança da realidade.

 A apresentação das

ilustrações passam a adotar cores mais fortes e são compostas por formas diversificadas.

 O tempo passa a ter

outra abordagem. “Não se é criança para sempre”

 Imagens do livro

“Joselito e seu esporte favorito” de Leo Cunha, feito em homenagem a escritora e teatróloga Sylvis Orthoff.

A partir de 2000....
 Podemos concluir

que a inclusão da criança nas questões da atualidade se faz muito presente através das obras literárias. Temáticas como a questão racial, moral e ética, de gênero e histórica passaram a ser abordadas de forma mais realística.

Referências Bibliográficas
Ilustração – extraído de http://pt.wikipedia.org/wiki/Ilustra%C3%A7%C3%A3o em 10/10/2008.  A importância da ilustração na literatura infantil – extraído de http://fadadacaixinhademusica.blogspot.com/2007/07/importncia-da-ilustraoinfantil.html em 12/10/2008  BARTOLIN, Sueli. A criança e a leitura de imagens. Extraído de www.ofaj.com.br/colunas_conteúdo.php em 21/09/2008.  BRAZ, Júlio Emílio. Sikulume e outros contos africanos. Ilustrações de Luciana Justiani. Editora Pallas, Rio de Janeiro, RJ – 2005.

CAMARGO, Luiz. Análise de Ou isto ou aquilo, de Cecília Meirelles. Extraído de www.unicamp.com.br/disserações em 21/09/2008  CUNHA, Léo. Joselito e seu esporte favorito. Ilustrações de Marilda Castanha. Nova Fronteira, Rio de Janeiro, 1996.  FUNARI, Eva. Ritinha Bonitinha .Ilustrações Eva Funari. Formato Editorial, Belo Horizonte, MG – 1990.  HILLER, BB e HILLER, Neil W. Ilustrações de A Delaney. Ediouro, Rio de Janeiro, RJ – 1986;

RAMOS, Flávia Brochetto e PANOZZO, Neiva Senaide Perty. Entre a ilustração e a palavra: buscando pontos de ancoragem. Extraído de www.unicamp.com.br/dissertações em 21/09/2008 ROCHA, Ruth. Dois idiotas cada qual no seu barril. Ilustrações Jaguar. Editora Ática, 2ª edição. Editora Ática, São Paulo, SP – 1997

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->