Você está na página 1de 1

POSEAD / FGF Curso: Metodologia do Ensino da Fsica Turma: 10.

2011 Disciplina: A Construo do Conhecimento na Educao e as Teorias da Aprendizagem Cursista: Adelmo Luiz Rodrigues Filho Primeira atividade Primeiramente quero tratar da parbola que inicia o texto da Unidade I, pois ele traz uma realidade clara do que temos atualmente em sala de aula, ou seja, os nossos alunos nem sempre esto dispostos a aprender o que temos a ensinar. A flexibilizao do currculo, que j se discute com certa amplitude, no representa que podemos ensinar o que os alunos querem aprender, ou pelo menos o que os alunos tem mais afinidade ou habilidade, temos que ensinar o que se prope. Deveria o ensino mdio ser dividido por rea em que os alunos pretendem se formar, fazendo um preparativo melhor e mais direcionado para os discentes. Das concepes apresentadas o interacionismo , sem dvida, o que melhor traduz as necessidades do ser humano que temos por aluno, uma vez que no podemos admitir pessoas passivas e vistas somente como meros instrumentos de trabalho. Dos processos de desenvolvimento, o filogentico o que mais comumente conhecimentos com relao aos nossos alunos, mas o que realmente os influenciam dentro da sala de aula o ontogentico e que, em muitos casos, no conhecemos para poder interferir de forma adequada nas necessidades dos alunos. Quanto ao tema aprendizagem e motivao, como educadores devemos ter condies de motivar nossos alunos. Mas minha viso a seguinte: quer algo mais motivador do que ensinar e aprender? Quer algo mais motivador do que assistir a uma boa aula? Quanto ao ensaio do professor Gilberto Teixeira o que mais me chama ateno o convite que o autor faz para a quebra de paradigmas, ou seja, a insero de novos conceitos dentro da educao (sobretudo superior, que enfoque do ensaio). Do texto selecionei uma frase como destaque: No podemos perder o sentido do que fazemos.