P. 1
Aula Genética

Aula Genética

|Views: 3.828|Likes:
lista para aula de genetica da salabioquimica. salabioquimica.blospot.com
lista para aula de genetica da salabioquimica. salabioquimica.blospot.com

More info:

Published by: Fabio Dias Magalhães on Mar 11, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/03/2013

pdf

text

original

Prof. Fabio Dias Magalhães salabioquimica.blogspot.com salabioquimica@gmail.

com

Genética
1. .(INTRODUCAO MENDEL)A.Cite duas vantagens da escolha de ervilhas na metodologia de pesquisa

empregada por Mendel VANTAGEM 1_____________________________________________________________________ VANTAGEM 2_____________________________________________________________________

b) Na época de Mendel, a hereditariedade era considerada resultado de uma “mistura” das características da mãe e do pai. Entretanto, os experimentos mendelianos evidenciaram que a herança era por transferência de “partículas”. Qual foi a evidência que a herança é particulada, e não por mistura, segundo esses experimentos? ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ 2. (UFMG) A.Representação esquemática de um núcleo de uma célula em meiose. A segregação dos alelos, descoberta por Mendel, ocorre: a)entre I eII b)entre II e III c) entre III e VI d) em I e) em II B.(UFMG 2002) Considerando a recombinação gênica, EXPLIQUE a diversidade dos seres vivos ___________________________________________________ ____________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ ____________________________________________________________________________________ 3. Considere que existe um gene que produz um fator que se localiza na membrana das hemácias, chamado de fator RH. Considere ainda que existe uma variante desse gene (alelo) que não produz esse fator. Chamaremos de “D” o alelo que produz esse fator RH e de “d” o alelo que não produz. Sabemos que um individuo não tem um alelo apenas, mas pares de alelos, que ele recebeu da mãe e do pai. Considerando isso, qual das alternativas abaixo apresenta o genótipo para o fenótipo RH+ (ou seja, presença do fator RH): a) apenas dd b) apenas DD c) apenas Dd d) apenas DD e Dd e) DD,Dd e dd 4.(Ufal 99) Para desempenhar sua função como material hereditário, o DNA possui duas propriedades. Identifique-as e descreva resumidamente cada uma delas. ____________________________________________ ____________________________________________ 5.(Ufrj 97) O ADN é um polímero constituído por vários nucleotídeos e as proteínas são polímeros constituídos por vários aminoácidos. Um gene é constituído por um número N de nucleotídeos que codifica uma proteína constituída por P aminoácidos. Por que sempre encontramos N > P ? ______________________________________________ ______________________________________________ ______________________________________________ 6.(Ufrj 2002) Em Junho de 2001, foi publicada a seqüência quase completa do genoma humano. Esse projeto contou com a participação de diversos laboratórios, que individualmente determinaram a seqüência de vários trechos diferentes do ADN de todos os cromossomos, a partir da amostra de somente um indivíduo, que permaneceu anônimo. Sabe-se, no entanto, que o ADN era de um indivíduo do sexo masculino. Por que foi importante determinar a seqüência do ADN de um homem e não de uma mulher? ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________

____________________________________________

Prof. Fabio Dias Magalhães salabioquimica.blogspot.com salabioquimica@gmail.com

_____________________________________________ 7..(UFMG 2007) Analise este heredograma, em que está representada a herança do daltonismo, condicionada por gene recessivo localizado no cromossoma X:

Considerando-se as informações contidas nesse heredograma e outros conhecimentos sobre o assunto, é CORRETO afirmar que A) o indivíduo I.2 apresenta o fenótipo normal e é portador do gene do daltonismo. B) o indivíduo II.4 recebeu o gene do daltonismo de qualquer um de seus genitores. C) os casais como I.1 e I.2 têm maior probabilidade de ter filhos do sexo masculino daltônicos. D) os filhos do sexo masculino de II.2 serão daltônicos, independentemente do genótipo do seu pai 8.(UFMG 2007) Nos mamíferos, a presença do cromossoma Y determina o fenótipo masculino. O gene SRY, presente nesse cromossoma, induz à diferenciação dos testículos. Considerando-se essas informações e outros conhecimentos sobre o assunto, é CORRETO afirmar que A) os indivíduos 46, XY que, na idade adulta, sofrem mutação nesse gene perdem as características sexuais. B) os indivíduos trissômicos com cariótipo 47, XYY apresentam dois testículos a mais. C) os indivíduos trissômicos 47, XXY possuem órgãos reprodutores masculinos e femininos. D) os testículos estão ausentes nos indivíduos 46, XY com deleção do gene SRY. 9.(UFMG 2009) Duas irmãs, que nunca apresentaram problemas de hemorragia, tiveram filhos. E todos eles, após extrações de dente, sempre tinham hemorragia. No entanto os filhos do irmão das duas mulheres nunca apresentaram esse tipo de problema. É CORRETO afirmar que essa situação reflete, mais provavelmente, um padrão de herança a)dominante ligada ao cromossoma Y. B) dominante ligada ao cromossoma X.C) recessiva ligada ao cromossoma X.D) restrita ao cromossoma Y.

10.(UFMG 2004) Observe estas figuras em que estão representados os cromossomos X e Y: A)No cromossomo Y, descobriu-se o gene SRY, que algumas evidências permitem apontar como responsável pela síntese de uma substância que atua na diferenciação dos testículos e, conseqüentemente, na definição do sexo masculino. Entretanto existem casos, relatados na literatura, de homens 46, XX e de mulheres 46, XY. EXPLIQUE por que ocorrem esses casos. ________________________________________ ________________________________________ ________________________________________ ___________________________________________
B)Analise este heredograma de uma família que apresenta vários casos de um tipo de raquitismo: A análise desse heredograma permite concluir que o tipo de raquitismo que caracteriza tal família é, provavelmente, determinado por herança dominante ligada ao cromossomo X. CITE a evidência que permite essa conclusão. JUSTIFIQUE

Prof. Fabio Dias Magalhães salabioquimica.blogspot.com salabioquimica@gmail.com
sua resposta. Evidência: __________________________________ Justificativa:_______________________________________________________________________________________ ________________________________________________________________________________________________ 11. (UFMG 2008)1. Observe esta figura, em que está representado o cromossoma X: A enzima G–6–PD (glicose seis fosfato desidrogenase), presente nas hemácias, está envolvida no metabolismo da glicose. Sabe-se que a deficiência dessa enzima torna a hemácia sensível a certas drogas por exemplo, alguns tipos de analgésicos. Considerando essas informações e outros conhecimentos sobre o assunto, ARGUMENTE a favor de ou contra cada uma das afirmativas que se seguem. A) O número de mulheres e de homens que podem desenvolver crises hemolíticas é igual. ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ B) Indivíduos com o mesmo genótipo mutante para a síntese da enzima G–6–PD podem apresentar fenótipos diferentes. ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ C) Os genes para o daltonismo e para a síntese de G–6–PD segregam-se independentemente. ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ ___________________________________________________________________________________ 2. Analise este quadro: Considerando a figura do cromossoma X apresentada no item 1 desta questão e as informações contidas nesse quadro, RESPONDA: A) Os genes que determinam os diferentes tipos da enzima G–6– PD são alelos? JUSTIFIQUE sua resposta. _________________________ _________________________ _________________________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________________________ B) É possível uma criança com genótipo favorável ao desenvolvimento de crise hemolítica grave ser filha de um casal, em que o homem e a mulher apresentam a variante enzimática B? JUSTIFIQUE sua resposta, explicitando seu raciocínio.

Prof. Fabio Dias Magalhães salabioquimica.blogspot.com salabioquimica@gmail.com
12. A genética molecular e a de populações foram ferramentas usadas, por pesquisadores do ICB-UFMG, a fim de responder à seguinte pergunta: Qual a contribuição ameríndia, européia e africana na descendência dos brancos brasileiros? Para tanto, amostras de DNA de brasileiros brancos de diferentes regiões foram estudadas, considerandose dois marcadores moleculares: o cromossomo Y e o DNA mitocondrial. Observe estas figuras: 1. Com base nas informações dessas figuras e em outros conhecimentos sobre o assunto, EXPLIQUE a escolha, nessa pesquisa, do cromossomo Y e do DNA mitocondrial como marcadores moleculares. A) Cromossomo Y: ___________________________________________ ___________________________________________ _______________________________ B) DNA mitocondrial: ____________________________________________________________ _____________________________________________________________________________ 2. Estima-se que, na época do descobrimento do Brasil, a população ameríndia era de 4.500.000 indivíduos. Por volta de 1871, esse número caiu para menos de 440.000. Nesse mesmo período, o total de brancos já era de 3.854.000 e o de negros, de 1.976.000. Na referida pesquisa do ICB-UFMG, estudos filogeográficos mostraram as seguintes proporções dos DNA mitocondriais, segundo a sua origem, em brasileiros brancos:

Considerando essas informações, EXPLIQUE a alta incidência do DNA mitocondrial ameríndio na população brasileira. _____________________________________________________________________________ _____________________________________________________________________________ 3. Observe esta figura, em que está representado o cromossomo Y: Sabe-se que a permutação (crossing over) é um fenômeno que aumenta a variabilidade genética. Assim sendo, EXPLIQUE a ausência de recombinação (permutação) na região Yespecífica. ____________________________________________________________ ____________________________________________________________ _______________________________________________________ _______________________________________________________ 4. Observe esta figura:

Prof. Fabio Dias Magalhães salabioquimica.blogspot.com salabioquimica@gmail.com

A) Considerando as informações desse estudo filogeográfico do cromossomo Y, CITE o haplogrupo de origem mais antiga.JUSTIFIQUE sua resposta. Haplogrupo: _________________________________________________________________ Justificativa: _________________________________________________________________ B) Registros fósseis sugerem que a possível origem geográfica dos primeiros Homo sapiens é africana.CITE o fator evolutivo que permitiu a ocorrência de um mesmo haplogrupo em continentes diferentes. ____________________________________________________ _________________________ 13. (UFMG 2007) Analise esta figura: Com base nas informações dessa figura e em outros conhecimentos sobre o assunto, faça o que se pede. 1. Uma mutação em um gene mitocondrial de tRNA ou de rRNA pode ser prejudicial para o organismo. A) CITE o nome do processo em que atuam o tRNA e o rRNA. _______________________________________________B) MARQUE com um X, diretamente na figura desta questão, o local onde se realiza esse processo.

Prof. Fabio Dias Magalhães salabioquimica.blogspot.com
2. A fadiga é, geralmente, um dos sinais clínicos presentes nos indivíduos portadores de doenças mitocondriais. CITE o nome de um tecido em que esse sinal clínico se apresenta. JUSTIFIQUE sua resposta. Tecido: _______________________________________________________________________ Justificativa: ___________________________________________________________________ ______________________________________________________________________________ 3. Analise esta figura e este heredograma:

Considerando o tipo de herança evidenciado nessa análise e usando a simbologia adequada, COMPLETE o heredograma, identificando os indivíduos afetados na segunda e na terceira gerações. 4. CITE uma característica da transmissão da herança mendeliana que a distingue da transmissão da herança mitocondrial. ______________________________________________________________________________

14. (UFMG 2007) 3. Observou-se uma alta incidência de surdez profunda na população de certa ilha. CITE o fator evolutivo que pode explicar esse fato. ________________________ ________________________ ________________________ ________ 4. CITE o nome do primeiro grupo de vertebrados terrestres que apresentou audição. ________________________ ________________________ ________________________ ______ 5. CITE duas funções do canto nas aves. Função 1: _____________________________________________________________________ Função 2: _____________________________________________________________________ 15. Os indivíduos albinos não possuem melanina – pigmento responsável pela cor e proteção da pele – e, por isso, são muito sensíveis à luz solar. Neste esquema, está representada parte da via biossintética para a produção desse pigmento: 6

Prof. Fabio Dias Magalhães salabioquimica.blogspot.com Com base nesse esquema e em outros conhecimentos sobre o assunto, é INCORRETO afirmar que A) a ausência da Enzima 1 resulta em um aumento da concentração de tirosina. B) casamentos entre indivíduos albinos podem gerar descendentes com melanina. C) diferentes genótipos podem dar origem ao albinismo. D) indivíduos AABB formam gametas do tipo AA e BB. 16.A anemia falciforme é uma doença que resulta da substituição de um aminoácido ácido glutâmico pela valina, na hemoglobina. Examinando a tabela do código genético a seguir, é possível identificar as alterações no RNA que formam o códon da valina na hemoglobina da anemia falciforme.

Identifique as duas alterações nos códons do RNA que mais provavelmente explicariam a transformação de ácido glutâmico em valina. Justifique a sua resposta. 17. Observe o esquema.

Com base nesse esquema e em conhecimentos sobre o assunto, é CORRETO afirmar que A) o gene HbA é dominante sobre o gene HbS. B) os indivíduos HbA/HbS e HbS/HbS devem apresentar os mesmos níveis de hemoglobina anormal. C) os indivíduos que produzem só hemácias anormais podem ser curados por meio de transfusão sangüínea. D) um determinado genótipo pode produzir diferentes fenótipos.

7

Prof. Fabio Dias Magalhães salabioquimica.blogspot.com 18 ________________________________________________ _______________________________________________ ________________________________________________ _________________________________________________ ________________________________________________ _______________________________________________ ________________________________________________ _________________________________________________ 19.(UFMG 2005) Sabe-se que a espécie humana não sintetiza os aminoácidos fenilalanina e tirosina; por isso, faz-se necessário acrescentá-los à dieta dessa espécie. Analise este esquema referente a algumas etapas do metabolismo da fenilalanina e da tirosina no homem: 1. Considerando as informações contidas no esquema dado, EXPLIQUE A) por que indivíduos fenilcetonúricos apresentam pele clara. __________________________ __________________________ __________________________ __________________________ __________________________ B) por que o “teste do pezinho” deve ser feito nos primeiros dias após o nascimento. ___________________________________________________________________________________ 2. Este gráfico apresenta a concentração plasmática percentual de tirosina, ao longo do tempo, no teste de tolerância à fenilalanina a que se submeteram três indivíduos: A) Considerando esse gráfico, a curva que caracteriza o resultado do indivíduo fenilcetonúrico é a _________ B) Com base nas informações desse gráfico, CITE os genótipos que devem corresponder às curvas I:________________________________________________ __________________________________________ II:_______________________________________________ __________________________________________ III:______________________________________________ __________________________________________ C) DETERMINE a probabilidade de os casais com 8

Prof. Fabio Dias Magalhães salabioquimica.blogspot.com genótipos correspondentes aos da curva II terem filhos do sexo feminino e normais. (Deixe seus cálculos registrados.)

20.A fibrose cística é a mais comum entre as doenças genéticas graves da infância. No Brasil, a sobrevida de pacientes com essa doença é, em média, de 12 anos. Analise este esquema:

Considerando as informações desse esquema e outros conhecimentos sobre o assunto, faça o que se pede. 1. EXPLIQUE a importância das enzimas produzidas pelo pâncreas para o desenvolvimento normal do indivíduo. _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ 2. EXPLIQUE por que as secreções pulmonares espessas aumentam a incidência de pneumonia nos indivíduos fibrocísticos. _________________________________________________________________________________ 3. Atualmente, estão descritas cerca de 1.000 mutações no gene da fibrose cística. Entre essas, a mais comum é a F508 . ou seja, a ausência do aminoácido fenilalanina na posição 508 da cadeia polipeptídica. A) Na mutação F508, o número de nucleotídeos envolvidos é ______________________________ . B) EXPLIQUE, do ponto de vista genético, por que pacientes com fibrose cística podem apresentar diferentes expressões fenotípicas da doença. _________________________________________________________________________________ 4. Analise este heredograma:

Com base nas informações desse heredograma, 9

Prof. Fabio Dias Magalhães salabioquimica.blogspot.com A) DETERMINE o tipo de parentesco que existe entre III.2 e III.3. _________________________________________________________________________________ B) DETERMINE a probabilidade de IV.2, ao se casar com uma pessoa heterozigota, ter criança com fibrose cística. (Deixe seus cálculos registrados, explicitando, assim, seu raciocínio.) 5. EXPLIQUE por que se observa um aumento na incidência da fibrose cística em populações isoladas. _________________________________________________________________________________ _________________________________________________________________________________ 21.A galactosemia clássica é uma doença genética que resulta na deficiência de uma enzima envolvida no metabolismo da galactose. Bebês com genótipo favorável à galactosemia são, geralmente, normais ao nascimento, mas, tão logo começam a ingerir leite, passam a desenvolver problemas gastrintestinais, catarata e retardo mental. Uma mulher, grávida, de seu primeiro filho consulta o médico, preocupada pelo fato de ter uma irmã, a caçula, em que foi diagnosticada galactosemia. Informa, ainda, que seus avós maternos, seus pais, seus dois irmãos mais velhos, seu marido e ela própria são normais. 1. Considerando essas informações, Represente, sob a forma de um heredograma, a história familiar dessa mulher. Para tanto, Use os critérios próprios de construção, os símbolos convencionais e a legenda explicativa comuns nesse tipo de representação.

2. Com base no heredograma construído, A) CITE o tipo de herança mais provável da galactosemia. Tipo de herança: Apresente duas razões que justifiquem sua resposta. Razão 1: Razão 2: B) CITE o(s) número(s) que identifica(m), nesse heredograma, indivíduo certamente heterozigoto. 3. Considerando que o marido dessa mulher grávida é heterozigoto para a galactosemia, DETERMINE a probabilidade de ela ter um bebê com genótipo favorável à doença. (Deixe seus cálculos registrados, explicitando, assim, seu raciocínio.) 4. Pelo teste do pezinho, é possível identificar um bebê com genótipo favorável à galactosemia. Quando isso ocorre, é comum afirmar-se que "o bebê manifestará os sintomas dessa doença".ARGUMENTE a favor de ou contra essa afirmativa.

22.(UNICAMP) Em várias culturas vegetais, os programas de melhoramento utilizam a heterose (vigor do híbrido). Nesses programas são desenvolvidas linhagens homozigotas por meio de sucessivas gerações autofecundadas. Duas linhagens, homozigotas para alelos diferentes, são então cruzadas e produzem os híbridos, que, em geral, são mais vigorosos e mais produtivos que os parentais. a) Esses indivíduos híbridos são geneticamente iguais entre si? Explique. b) Se o agricultor utilizar as sementes produzidas pelo híbrido nos plantios subseqüentes, o resultado não será o mesmo. Por quê?

10

Prof. Fabio Dias Magalhães salabioquimica.blogspot.com

Gabarito
1.a)Ciclo reprodutivo curto,facilidade de manipulação, fenótipos bem definidos (marcadores dos genes). 2. b)entre II eIII
B) B)"Durante a meiose, para a formação de gametas, ocorre permutação ou crossing-over entre

cromosssomos homólogos e segregação independente dos cromossomos, gerando variabilidade genética dos gametas e, consequentemente, diversidade." COMENTÁRIOS DA UFMG (GRIFO MEU): "Os seres vivos citados no texto reproduzem-se sexuadamente. Para os seres que tem esse tipo de reprodução, há dois processos que promovem variabilidade genética: mutação e recombinação gênica. Nas espécies que reproduzem-se assexuadamente, a mutação constitui fonte de variabilidade. Há dois mecanismos que promovem a recombinação gênica: a segregação independente dos cromossomos homólogos e a permutação, ou crossing-over, que ocorre entre os mesmos cromossomos durante a meiose. Na formação de gametas,genes localizados no em diferentes cromossomos tem segregação independente.Quanto mais pares de cromossomos homólogos uma espécie possuir, maior será o número de recombinações possíveis. Se consideramos a espécie humana, que possui 23 pares de cromossomos homólogos, sendo 23 herdados do pai e 23 herdados da mãe, o numero de gametas diferentes que um individuo pode gerar é de oito milhões: 2²³.” [o meu grifo salienta a exceção a segunda lei de Mendel:quando genes estão no mesmo cromossomo(linkage), a segregação deles não é independente. Ver questão 11, item C].

3.d

4. Transcrição e replicação (Ou informação e replicação). O DNA apresenta uma sequência de nucleotídeos que pode
codificar as instruções hereditárias e essa sequência pode ser transcrita em RNA (permitindo a síntese protéica). A
replicação do DNA permite a divisão celular e a transmissão desse material para as células filhas.

5. Porque, na expressão do DNA, existe uma relação de 3 nucleotídeos desse ácido para uma aminoácido na proteína. 6. Porque apenas o homem apresenta todos os cromossomos da espécie humana: 22 pares de autossômicos e os
sexuais X e Y.

7. A 8.D 9.C 10.. A) “Ocorrência de permuta rara, durante a gametogênse, na região SRY. O cromossoma X recebe o gene
SRY que está localizado no cromossomo Y.” COMENTÁRIOS DA UFMG:”O mecanismo de determinação do sexo tem sido objeto de investigação desde a antiguidade. Somente em 1959, houve indicações suficientes de que essa determinação está na dependência da presença ou na ausência do cromossomo Y. Essas indicações consistiam nos seguintes resultados, publicados neste ano: a)o relato de que camundongos com apenas um cromossomo X são fêmeas; b)a descoberta de que indivíduos com a síndrome de Klinefelter (47,XXY) era fenotipicamente masculinos. c)a descoberta do cariótipo 45, X em uma mulher com a síndrome de Turner; d)a descoberta de um homem com dois cromossomos extras- um X e um 21- e com as síndromes de Klinefelter e Down (48, XXY + 21) Assim, a presença de um cromossomo Y leva à masculinização, independente do numero de X presentes.A ausência desse cromossomo resulta em desenvolvimento feminino. Sabe-se, por outro lado, que a ação determinante do sexo Y se limita, especificamente, ao desenvolvimento de testículos. Atualmente, considerase que o fator determinante testicular está localizado na região determinante do sexo Y (SRY) e tem expressão específica nos testículos. Sob o ponto de vista evolutivo e para a manutenção da espécie, é improvável que o gene SRY esteja envolvido no pareamento entre os cromossomos X e Y, durante a meiose. Por outro lado, é importante que haja algum 11

Prof. Fabio Dias Magalhães salabioquimica.blogspot.com tipo de pareamento entre esses cromossomos, pois, se assim não for, eles podem segregar juntos(SIC).É fundamental que apenas pequenos segmentos dos cromossomos X e Y sejam homólogos e possam parear durante a meiose. A proximidade física do gene SRY à região pseudo-autossômica significa que, esporadicamente, ele pode ser capturado em um evento recombinante. Estudos moleculares evidenciam sequências do cromossomo Y na extremidade distal do braço curto do cromossomo X, em homens XX, em cerca de 85% dos casos. A ausência do gene SRY, determinante do testículo, pode explicar o fenótipo feminino nas mulheres XY.” B)”casal III.1 x III.2”. “O pai é afetado e teve todas as filhas também afetadas”

COMENTÁRIO UFMG: “Existem alguns critérios que são amplamente usados no reconhecimento da herança dominante ligada ao sexo: a) A característica não se distribui igualmente entre os dois sexos. b) Não há distribuição direta de homem para homem c) Os homens afetados tem todas as filhas afetadas e nenhum filho afetado. d) Mulheres afetadas podem ter 50% dos seus filhos, de ambos os sexos, afetados. A herança dominante ligada ao sexo só pode ser distinguida da herança autossômica dominante pela prole feminina de homens afetados. Como todas as filhas recebem um cromossomo X paterno, a descendência do sexo feminino de um homem afetado é de 100% afetada. Portanto, a evidência que permite concluir que o heredograma da questão se refere à herança ligada ao sexo é o casal III.1x III.2,pois o homem é afetado e tem todas suas filhas afetadas.”

11A)Contra: Apenas uma dose do alelo é necessário para a anomalia no homem. Na mulher,é necessária dose dupla do
alelo. B) A favor: O fenótipo é resultado da interação do genótipo com o ambiente. C) Contra: Os genes estão no mesmo cromossomo (linkage). 2.Sim. Esse é um caso de alelos múltiplos. B) Sim, no caso de homem XbY e mulher X-bXb.

12) marcador da herança masculina. B)marcador da herança feminina.
2.Alta contribuição genética de mulheres ameríndias em brasileiros brancos. OU: Evidência de cruzamento entre mulheres ameríndias e homens brancos. 3.Ausência de homologia completa com o cromossomo X. 4.A)Halogrupo 2, pois não sofreu, conforme o esquema, mutações. OU porque originou os outros halogrupos. B)Migrações

13 A.Tradução OU síntese protéica.
B) Ao lado na figura. As mitocôndrias apresentam ribossomos próprios que são o local da sua síntese protéica. 2. Tecido muscular estriado esquelético. Alta demanda energética. 3. A herança mitocondrial é evidenciada abaixo:

4. Ausência de cromossomos homólogos.OU Ausência de genes alelos. OU Ausência de segregação dos alelos.

14 Sim. Se o casal apresentar os genótipos CCdd x ccDD..
3. Isolamento geográfico OU endogamia (casamento co-sanguineo) OU deriva genética. 4. anfíbios. 5. sinalização de predador. Sinalização de presa. Corte. 12

Prof. Fabio Dias Magalhães salabioquimica.blogspot.com

15.D 16.GAA para GUA; GAG para GUG. São alterações de códon que ocorreram devido a apenas uma mutação cada. 17. D (exemplo de pleiotropia) 18.Ausência de dominância. 19.A)”Os indivíduos fenilcetonúricos são incapazes de converter fenilalanina em tirosina, que, por sua vez, é
utilizada na síntese de melanina. Nesses indivíduos, a única fonte de obtenção de tirosina é a dieta e, portanto, ocorre, neles, menor produção de melanina.” B)”Neste, período o teste do pezinho permite evitar o acúmulo de fenilalanina- aminoácido presente no leitecaso o recém-nascido tenha o bloqueio enzimático, e, consequentemente, a ocorrência de fenilcetonuria. 2. A)curva I B)I:aa II : Aa III:AA C) Aa xAa “Assim sendo, a probabilidade estatística descrita é, no caso de ¾ de os descendentes serem normais x1/2 serem do sexo masculino, de 3/8”.

20.1.Enzimas pancreáticas promovem a digestão do alimento.
2.. Facilita a retenção de bactérias. 3. A) 3 B)Como várias mutações podem acontecer no gene, vários fenótipos podem ser produzidos. 4. A)Primos B)1/6 5. Ocorrência de endogamia, que favorece o encontro e expressão de recessivos. OU Deriva gênica, fator evolutivo em que eventos aleatórios levam a modificação da freqüência gênica sem a influencia da adaptabilidade (o fenótipo desvantajoso pode ter a freqüência aumentada) e atua mais intensamente em populações pequenas.

21 1. Ao lado.
2.Tipo de herança: “Autossômica recessiva” Razão 1:”O indivíduo II.1, pai da mulher afetada, é normal, o que não seria possível se o caráter fosse ligado ao sexo.” Razão 2: “Os pais da mulher afetada são normais, portadores” Outras razões:”A característica não ocorre em todas as gerações”. “Ocorre transmissão horizontal da característica, ou seja, se mais de um membro da família for afetado este será irmão do probando (indivíduo analisado e indicado com uma seta) e não pais, tios, primos e avós” B)”II.1 e II.2. Observa-se, no heredograma, que os indivíduos II.1 e II.2 são normais e tiveram um filho afetado.” 3.”Sabe-se que os pais da mulher grávida são, certamente, heterozigotos. Assim sendo, os genótipos possíveis desse cruzamento são: Aa x Aa AA,Aa,Aa, aa 2/3 O genótipo aa foi excluído, uma vez que a futura mãe não apresenta galactosemia. Dessa maneira, a probabilidade de essa mulher ter um bebê com o genótipo favorável à doença vai depender do seu próprio genótipo, isto é , de ela ser heterozigota (2/3 Aa). Considerando-se que o marido é heterozigoto, segundo informação dada na proporção da questão, tem-se: III.3 Aa (2/3) x III.4 Aa(100%) AA,Aa,Aa,aa ¼ Portanto, a probabilidade de o bebê ter genótipo favorável à doença é de: 2/3 x1/4=2/12=1/6”

13

Prof. Fabio Dias Magalhães salabioquimica.blogspot.com 4. “A favor:Se ingerir leite, o recém-nascido manifestará os sintomas dessa doença” “Contra: O bebê que apresenta o genótipo favorável à galactosemia- aa – pode ser normal, caso o ambiente- mediante uma dieta sem leite- não seja favorável à manifestação da doença. Este exemplo visa mostrar que o fenótipo é o resultado da interação do genótipo com fatores ambientais. Assim sendo, um mesmo genótipo pode levar a fenótipos diferentes Essa questão apresentou, na análise estatística, um índice de acerto de 58%.”

22 a) São geneticamente iguais, pois o cruzamento dos parentais homozigotos produz apenas um tipo de genótipo, ou seja, todos os
indivíduos serão heterozigotos para todos os genes. b) Porque sendo ele heterozigoto, vai haver segregação nos descendentes, que não serão portanto idênticos entre si; serão formados indivíduos com COMENTÁRIOS DA UNICAMP: “A questão procurou verificar o entendimento das leis de diferentes genótipos, Mendel através de sua aplicação a uma situação prática, ou seja, os procedimentos relacionados à homozigotos ou heterozigotos exploração do vigor híbrido. Apesar de se referir ao genótipo completo das linhagens, a grande em cada par de alelos. Obs.: No maioria dos candidatos respondeu utilizando-se de cruzamentos com 1 ou 2 pares de alelos, o que item a, a explicação poderia ser foi aceito pela banca corretora. Muitos confundiram a situação proposta com hibridação entre complementada com exemplos espécies diferentes, respondendo que o híbrido não produziria sementes por ser estéril. Em relação de genótipos, como: às demais, esta questão mostrou índice de facilidade médio e alto poder de discriminação. a) AAbb x aaBB  Juntamente com as questões 1 e 10 apresentou o maior índice de discriminação na área de exatas; AaBb teve o segundo maior índice em humanas e biológicas. O grande número de notas zero (34,9%) e b) AaBb x AaBb  cinco (29,1%) foi atribuído ao fato de os dois itens estarem encadeados, de maneira que se o vários genótipos possíveis: candidato não soubesse a resposta a provavelmente erraria também b. Por outro lado, entendendo a AABB, AABb, AAbb, AaBB, questão, responderia facilmente tanto a quanto b.” AaBb, Aabb, aaBB, aaBb, aabb Ou: a) AA x aa  Aa b) Aa x Aa  AA, Aa, aa”

14

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->