Você está na página 1de 1

UNIO METROPOLITANA DE EDUCAO E SADE

ENFERMAGEM E HUMANIZAO NO AMBIENTE DE TRABALHO: uma reviso de literatura


OLIVEIRA,Mayara; OLIVEIRA,Mariana; CRUZ,Rebeca; PORTERLLA,Sandra

INTRODUO
Segundo Jeckel Filho ; Horbes, apud Mezomo( 2001) humanizao significa busca constante de harmonia e relacionamento, cada vez melhor, dos funcionrio entre si e destes com a administrao, visando sempre o atendimento integral do paciente. necessrio, que todos envolvidos possam est capazes e responsveis em realizar tarefas do cuidado humano em que gerem satisfao e qualidade de vida independente da instituio ou equipe de sade.

OBJETIVO
Compreender o significado cultural do cuidado humanizado para a enfermagem em seu ambiente de trabalho.

METODOLOGIA
O trabalho foi realizado a partir da reviso de literatura, onde foram investigadas obras e publicaes dos anos de 1993 2005. Todos os trabalhos foram de circulao nacional rastreados atravs da base dados no scielo. O critrio de incluso foram os artigos que contemplassem os temas abordados neste trabalho.

RESULTADOS
A enfermagem uma profisso que se desenvolveu atravs dos sculos, mantendo uma estreita relao com a histria da civilizao. Com o avano cientfico, tecnolgico e a modernizao de procedimentos, vinculados necessidade de se estabelecer controle, o enfermeiro passou a assumir cada vez mais encargos administrativos, afastando-se gradualmente do cuidado ao paciente, surgindo com isso necessidade de resgatar os valores humansticos da assistncia de enfermagem (MEZOMO, 2001; TAHKA,1998)

CONCLUSO
A expresso destes valores tem um poder muito grande na sociedade na formulao de polticas organizacionais e no que diz respeito aos direitos humanos, isso quer dizer d a populao o valor e atendimento merecido, realando as mudanas positivas na rea de atuao profissional. Formar e integrar ao corpo profissional seres de extrema competncia a fim de reverter a imagem tica do profissional de enfermagem.

REFERNCIAS
MEZOMO, Joo C. Hospital Humanizado: Humanizao de hospitais. Fortaleza: Prmios, 2001. TAHKA, V. O Relacionamento Mdico-Paciente. Porto Alegre: Artes Mdicas, 1988. --1-Acadmicos do 1 semestre do curso de Enfermagem. 2- Professora orientadora