Você está na página 1de 2

1.

Auditor do Tesouro Municipal 2008 ESAF (Questo 01)


1- Duas pessoas fizeram uma aplicao financeira. A pessoa A aplicou R$ 100.000,00, taxa efetiva de juros de 0,5% a. m. e a pessoa B aplicou R$ 50.000,00, taxa nominal de 6% a. a. Em ambos os casos as capitalizaes so mensais e os juros sero pagos junto com o principal. Ao final de 1 (um) ano podemos afirmar que: a) O juro recebido pela pessoa A maior do que o juro recebido pela pessoa B. b) No h proporcionalidade entre juros de A e B. c) A taxa efetiva de juros de A maior do que a taxa efetiva de B. d) A taxa nominal de B maior do que a taxa nominal de A. e) Os montantes finais so iguais.

Resoluo
Toda vez que o exerccio trouxer uma taxa de juros em uma unidade de tempo (ex: semestral ou anual) e disser que a capitalizao para essa taxa em outra unidade de tempo (ex: ms ou bimestre), no podemos usar os valores dados sem antes transform-los. Isso porque existe diferena entre Taxa Nominal e Taxa Efetiva. Veja: I Taxas nominais so aquelas que esto definidas em um perodo de tempo diferente do perodo de capitalizao (s serve para informar que o regime de capitalizao a juros compostos). Nas frmulas de matemtica financeira sempre devemos usar a Taxa Efetiva, e no a Nominal. Por isso vamos aprender a transformar uma taxa nominal em efetiva. Pode ser transformada em taxa efetiva por meio do conceito de taxas proporcionais. muito simples transform-la: usa-se uma Regra de Trs Simples (diretamente proporcional): Exemplo: Taxa nominal = 14% ao ano, com capitalizao semestral Como 1 ano tem 2 semestres. A Regra de trs fica: 14% 1 ano 14% 2 semestres X 1 semestres (que o tempo de capitalizao dada) Resolvendo: 2.X = 14x1 X = 14/2 Taxa Efetiva = 7% ao semestre

II Taxas equivalentes so aquelas referidas a perodos de tempo diferentes, mas que, quando aplicadas a um mesmo capital, pelo mesmo prazo, geram o mesmo montante. Exemplo Juros Simples [Frmula do Juro Simples: M = C (1 + in), onde: M = Montante, C = Capital, i = taxa de juros efetiva, n = perodo de tempo]: i1 = 12% ao ano i2 = 1% ao ms Se aplicadas a um capital de R$ 10.000,00 por seis meses, o resultado ser o mesmo montante, veja: M = C (1 + in) M1 = 10.000 x (1 + 0,12 x ) = 10.600 M2 = 10.000 x (1 + 0,01 x 6) = 10.600 Ou seja, as taxas i1 = 12% ao ano e i2 = 1% ao ms so equivalentes, pois geram um mesmo montante ao final de um mesmo perodo. Agora vamos ver isso com Juros Compostos:
Exemplo Juros Compostos: Uma empresa aplica R$ 300,00 taxa de juros composto de 4% ao ms por 10 meses. Frmula do Juro Composto M= C x (1+i)n M = 300 x (1+0,04)10 M = 444,0733 Taxa proporcional uma taxa linear, logo voc tem que encontrar a taxa equivalente para 10 meses. Usando a frmula dos Juros: J = M C = C x (1+i)n C J = C [(1+i)n - 1] Taxa equivalente = [(1+0,04)10 - 1)] x 100 Taxa equivalente = 48,02% para 10 meses (equivalente a 4% ao ms)