Você está na página 1de 1

Quando se quer amar Se ame primeiro Se arrume inteiro At no ter medo de ser amado E na procura De um beijo doce Adoce

sua boca Perfume o corpo e deixa rolar Ao encontrar Algum de repente Faa o clima Ficar bom pra gente Fale baixinho no seu ouvido pra comear Olho no olho Sorriso, sorriso Beijo na boca Corpo no corpo no quer mais soltar Teu corpo no meu Me alucina Teu corpo no meu Me desatina Teu corpo no meu Meu corpo no teu Tempo se perdeu No sou mais eu