P. 1
fispq. Óleo mineral

fispq. Óleo mineral

|Views: 951|Likes:

More info:

Published by: Handara Natal Revendedor on Mar 18, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/25/2013

pdf

text

original

Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico - FISPQ

PRODUTO: Data:

LUBRAX AV 60 IN
18/02/2011 Nº FISPQ: BR_GEI0003_P Versão: 0.0P Anula e substitui versão:

Página 1 de 6 todas anteriores

1

-

IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO E DA EMPRESA LUBRAX AV 60 IN BR_GEI0003 PETROBRAS DISTRIBUIDORA S.A. Gerência Industrial – GEI. Av. Fabor s/nº - Campos Elíseos 25225-030 Duque de Caxias (RJ). (0xx21) 2677 3119 / 2677 3189 0800 244433 (0xx21) 2677 3222

Nome do produto: Código interno de identificação: Nome da empresa: Endereço: Telefone: Telefone para emergências: Fax 2 -

COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÃO SOBRE OS INGREDIENTES Óleo mineral de petróleo do tipo naftênico, especialmente tratado para se enquadrar nas especificações dos óleos isolantes do tipo A, compostos de hidrocarbonetos dos tipos alcanos e cicloalcanos, com teores menores de hidrocarbonetos aromáticos e antioxidante. Hidrocarbonetos parafínicos; Hidrocarbonetos naftênicos; Hidrocarbonetos aromáticos; Hidrocarbonetos poliaromáticos; Aditivos: 0,30 g/100 mL.

PREPARADO Natureza química:

Ingredientes ou impurezas que contribuam para o perigo:

3

-

IDENTIFICAÇÃO DE PERIGOS Líquido combustível. Produto combustível e pouco tóxico. Pouco tóxico.

PERIGOS MAIS IMPORTANTES - Perigos físicos e químicos: - Perigos específicos: EFEITOS DO PRODUTO - Efeitos adversos à saúde humana: 4 -

MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS Caso ocorra a inalação de vapores oriundos do produto aquecido, remover a vítima para local arejado. Se a vítima não estiver respirando, aplicar respiração artificial. Se a vítima estiver respirando, mas com dificuldade, administrar oxigênio a uma vazão de 10 a 15 litros / minuto. Procurar assistência médica imediatamente, levando o rótulo do produto, sempre que possível. Retirar imediatamente roupas e sapatos contaminados. Lavar a pele com água em abundância, por pelo menos 20 minutos, preferencialmente sob chuveiro de emergência. Procurar assistência médica imediatamente, levando o rótulo do produto, sempre que possível.

Inalação:

Contato com a pele:

A combustão incompleta pode produzir monóxido de carbono e vapores de hidrocarbonetos leves. sempre que possível.Remoção de fontes de ignição: . pó químico e dióxido de carbono (CO2).0P Anula e substitui versão: Página 2 de 6 todas anteriores Contato com os olhos: Lavar os olhos com água em abundância. por pelo menos 20 minutos. Meios de extinção apropriados: Perigos específicos: Métodos especiais: Proteção dos bombeiros: 6 - MEDIDAS DE CONTROLE PARA DERRAMAMENTO OU VAZAMENTO Eliminar todas as fontes de ignição. óxidos de enxofre e nitrogênio. Remover os recipientes da área de fogo. a pele. mucosas e olhos: óculos de segurança herméticos para produtos químicos e proteção respiratória adequada. Evitar fazer esse arraste. incluindo conjunto autônomo de ar. avental e luvas impermeáveis. sempre que possível. Procurar assistência médica imediatamente. A combustão normal produz dióxido de carbono (CO2). Evitar a possibilidade de contaminação de águas superficiais ou mananciais. Em incêndios envolvendo esse produto.Prevenção da inalação e do contato com Usar botas. neblina d’água. levando o rótulo do produto. Restringir o vazamento à menor área possível.Controle de poeira: .Recuperação: . mantendo as pálpebras separadas. devidamente etiquetado e bem fechado. Conservar o produto recuperado para posterior eliminação. Procurar assistência médica imediatamente. lavar a sua boca com água limpa em abundância e fazê-la beber água. Na temperatura ambiente a inalação do vapor é insignificante. Resfriar com neblina d'água. Absorver com terra ou outro material absorvente. Produto com pressão de vapor muito baixa. O arraste com água deve levar em conta o tratamento posterior da água contaminada. os recipientes que estiverem expostos ao fogo.Neutralização: . Isolar o vazamento de todas as fontes de ignição. Se a vítima estiver consciente. Precauções pessoais . se isto puder ser feito sem risco. Precauções ao meio ambiente: Estancar o vazamento se isso puder ser feito sem risco. chamas e não fumar na área de risco. fagulhas. Ingestão: Notas para o médico: 5 - MEDIDAS DE COMBATE A INCÊNDIO Espuma para hidrocarbonetos. Métodos para limpeza . vapor d'água. Recolher o produto em recipiente de emergência.Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico . macacão de algodão. Usar de preferência um lavador de olhos. levando o rótulo do produto. impedir centelhas. Não direcionar o material espalhado para quaisquer sistemas de drenagem pública. não entrar em espaço confinado sem equipamento de proteção individual adequado. Não se aplica (produto líquido).FISPQ PRODUTO: Data: LUBRAX AV 60 IN 18/02/2011 Nº FISPQ: BR_GEI0003_P Versão: 0. Não provocar vômito.

aquecida ou perfurada.Disposição: Não dispor em lixo comum. se possível. Manipular respeitando as regras gerais de segurança e higiene industrial. Nota: 7 - MANUSEIO E ARMAZENAMENTO MANUSEIO Medidas técnicas . no caso de vazamentos ou contaminação de águas superficiais. etc). cloratos.FISPQ PRODUTO: Data: LUBRAX AV 60 IN 18/02/2011 Nº FISPQ: BR_GEI0003_P Versão: 0. em temperatura ambiente e sob pressão atmosférica.A evitar: Produtos e materiais incompatíveis: Materiais seguros para embalagem . Medidas de controle de engenharia: Parâmetros de controle . Armazenar em tanques e tambores. Oxidantes fortes (peróxidos. de forma a manter a concentração de vapores inferior ao Limite de Tolerância. A disposição final desse material deverá ser acompanhada por especialista e de acordo com a legislação ambiental vigente. Aquecimento prolongado a temperaturas superiores a 60 ºC pode degradar o produto. A embalagem vazia não deve ser soldada. Usar ferramentas anti-faiscantes. Providenciar ventilação local exaustora onde os processos assim o exigirem. Não armazenar perto de agentes oxidantes fortes e fontes de ignição. O uso de pressão para esvaziar o tambor também poderá resultar em explosão. Todos os elementos condutores do sistema em contato com o produto devem ser aterrados eletricamente. Confinar. Polietileno de alta densidade (PDEAD) e aço carbono revestido com verniz sanitário.Limites de exposição ocupacional .Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico . ácido crômico. sob o risco de haver explosão. mananciais ou solos. O local de armazenamento deve ter o piso impermeável. isento de materiais combustíveis e com dique de contenção para reter o produto em caso de vazamento.Adequadas: . Contactar o órgão ambiental local. Não descartar no sistema de esgoto ou em cursos d'água.Prevenção de incêndio e explosão: Utilizar equipamentos de proteção individual (EPI) para evitar o contato direto com o produto. Precauções para manuseio seguro: Orientações para manuseio seguro: ARMAZENAMENTO Medidas técnicas: Condições de armazenamento .Recomendados: 8 - CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL Manipular o produto em local com boa ventilação natural ou mecânica.0P Anula e substitui versão: Página 3 de 6 todas anteriores . para posterior recuperação ou descarte.Prevenção da exposição do trabalhador: .

Não se aplica (produto não dissociável). Incolor.Odor: pH: Temperaturas específicas . Miscível em solventes de hidrocarbonetos. Dado não disponível. 140 ºC.FISPQ PRODUTO: Data: LUBRAX AV 60 IN 18/02/2011 Nº FISPQ: BR_GEI0003_P Versão: 0.5 cSt (40 ºC). NR 15 .Anexo 11): . < 5 mmHg @ 20 ºC. usar equipamento de respiração autônomo ou conjunto de ar mandado.Proteção da pele e do corpo: Precauções especiais: Medidas de higiene: 9 - PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS Líquido límpido e claro.Faixa de destilação: Ponto de fulgor: Limites de explosividade no ar: Pressão de vapor: Densidade: Solubilidade .0P Anula e substitui versão: Página 4 de 6 todas anteriores .Cor: . Evitar o contato prolongado ou freqüente com o produto. Névoa de óleo: TLV/TWA: 5 mg/m .Valor limite (Brasil. cloratos. ACGIH): Equipamento de Proteção Individual . beber ou fumar ao manusear produtos químicos. Higienizar roupas e sapatos após o uso. Luvas de PVC em atividades de contato direto com o produto.Proteção das mãos: . Não comer. 180 – 426 ºC (760 mmHg). 3 Em baixas concentrações. -39 ºC.Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico . Manter chuveiros de emergência e lavador de olhos disponíveis nos locais onde haja manipulação do produto. Característico. 2. usar respirador com filtro químico para vapores orgânicos. .Valor limite (EUA. Se necessário usar aventais impermeáveis.Proteção respiratória: Não estabelecido. Em altas concentrações. Oxidantes fortes (peróxidos. Não se aplica (produto não inflamável). Aspecto . 9. Nas operações onde possam ocorrer projeções ou respingos. Insolúvel. Separar as roupas de trabalho das roupas comuns.Proteção dos olhos: .4 cSt (100 ºC). Portaria MTb 3214/78.Em solventes orgânicos: Ponto de fluidez: Viscosidade 10 ESTABILIDADE E REATIVIDADE Estável à temperatura ambiente e sob condições normais de uso. etc).Faixa de temperatura de ebulição: .Na água: . recomenda-se o uso de óculos de segurança ou protetor facial.Estado físico: . 0.8847 (20/4 ºC). Métodos gerais de controle utilizados em Higiene Industrial devem minimizar a exposição ao produto. Condições específicas Instabilidade: Materiais / substâncias incompatíveis: . ácido crômico.

DL50 (rato) > 25 g/kg (literatura). Se ocorrer aspiração para os pulmões. caso a caso. Devido à presença de aditivos potencialmente pode causar náusea e vômito. causando poluição. Devido à presença de aditivos potencialmente pode causar tosse. Pode causar irritação da pele.FISPQ PRODUTO: Data: LUBRAX AV 60 IN 18/02/2011 Nº FISPQ: BR_GEI0003_P Versão: 0. podendo evoluir até perda de consciência. óxidos de enxofre e nitrogênio. Névoa de óleo: Névoa de óleo: DL50 (coelho) > 5 g/kg (literatura). Irritante para os olhos. vapor d'água.Ingestão: Toxicidade crônica . dor de cabeça e perda de consciência em casos extremos. A combustão incompleta pode produzir monóxido de carbono e vapores de hidrocarbonetos leves.Contato com a pele: . embriaguez.Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico . vertigem e fraqueza. Devido à presença de aditivos. O contato prolongado ou repetido pode causar dermatite. dor no peito. Métodos de tratamento e disposição . pneumonia de origem química.Ingestão: 12 - INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS Deve-se estar atento para a possibilidade de contaminação de mananciais. Descartar em instalação autorizada.Efeitos sobre organismos do solo: 13 - CONSIDERAÇÕES SOBRE TRATAMENTO E DISPOSIÇÃO O tratamento e a disposição do produto devem ser avaliados tecnicamente.Efeitos sobre organismos aquáticos: . pois esses devem estar totalmente isentos de produtos de petróleo.Resíduos: . dor de cabeça. que são utilizados para a produção de água potável. O produto poderá se infiltrar no solo e atingir o lençol freático. Ecotoxicidade . vertigem.0P Anula e substitui versão: Página 5 de 6 todas anteriores Produtos perigosos de decomposição: A combustão normal produz dióxido de carbono (CO2).Inalação: Se o produto formar névoa ou gerar vapores por aquecimento. tonteiras. pode causar irritação local ou.Contato com a pele: . 11 - INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS Toxicidade aguda .Inalação: .Produto: .Inalação: . em casos mais graves. Não deve causar toxidez aguda por ingestão.Embalagens usadas: . Devido à presença de aditivos potencialmente pode causar metemoglobina e cianose. fraqueza.Contato com os olhos: . Descartar em instalação autorizada. a inalação prolongada potencialmente pode causar: dor de cabeça. náuseas. . perturbação. a exposição pode provocar irritação das mucosas e da parte superior das vias respiratórias.Ingestão: Efeitos locais .Contato com a pele: .

0P Anula e substitui versão: Página 6 de 6 todas anteriores 14 - INFORMAÇÕES SOBRE TRANSPORTE Produto não classificado como perigoso para transporte.Ficha de Informação de Segurança de Produto Químico .FISPQ PRODUTO: Data: LUBRAX AV 60 IN 18/02/2011 Nº FISPQ: BR_GEI0003_P Versão: 0. Nota: . As informações e recomendações constantes desta publicação foram pesquisadas e compiladas de fontes idôneas e capacitadas para emiti-las. Etiquetagem 16 OUTRAS INFORMAÇÕES Referências bibliográficas: Seção 14: Regulamento do Transporte Terrestre de Produtos Perigosos da Agência Nacional de Transporte Terrestre (Resolução Nº 420 de 31 de maio de 2004) e Relação de Produtos Perigosos no Âmbito Mercosul (Decreto 1797 de 25 de janeiro de 1996). A. Regulamentações nacionais Vias terrestres (Resolução 420/04 ANTT): 15 REGULAMENTAÇÕES Dados não disponíveis. sendo os limites de sua aplicação os mesmos das respectivas fontes. A Petrobras Distribuidora S. esclarece que os dados por ela coletados são transferidos sem alterar seu conteúdo ou significado. Os dados dessa ficha de informações referem-se a um produto específico e podem não ser válidos onde este produto estiver sendo usado em combinação com outros.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->