Você está na página 1de 1

Decreto “E” n.° 6.048 de 21 de fevereiro de 1973 ° Acrescenta dois parágrafos ao art.

17 do Regulamento de Zoneamento aprovado pelo Decreto “E” n.º 3.800, de 20 de abril de 1970. O GOVERNADOR DO ESTADO DA GUANABARA no uso de suas atribuições legais, e Considerando que a urbanização de áreas de terreno para a construção de conjuntos integrados de grupamentos de edificações gera loteamentos e desmembramentos de forma que, em diversos lotes, os grupamentos de edificações neles projetados apresentam menos de 300 (trezentas) unidades residenciais, escapando assim da obrigatoriedade de doação de área para escola e construção e doação da mesma; Considerando que nesses conjuntos integrados a necessidade da escola é muito maior que em grupamentos menores isolados, justificando-se assim a correção da legislação vigente: Considerando a necessidade de preservar as reservas florestais do Estado e de proteger as propriedades possivelmente atingidas por obras de encostas em regiões de estabilidade geológica precária, até que sejam definidas em nova legislação as condições de aproveitamento urbanístico adequado, DECRETA: Art. 1.º - Ficam acrescentados ao art. 17 do Regulamento de Zoneamento aprovado pelo Decreto “E” n.º 3.800, de 20 de abril de 1970, os §§ 1.º e 2.º com as seguintes redações: “Art.17................................................................................................................................................. ............................................................................................................................................................ § 1.º - A obrigação de doação de área para escola e de construção e doação de escola de que trata este artigo se estende aos conjuntos integrados de grupamentos de edificações projetados em áreas de terreno contínuas, objeto de loteamento ou desmembramento, que, embora isoladamente apresentem menos de 300 (trezentas) unidades residenciais, na sua totalidade, ultrapassam este limite. § 2.º - Nos casos referidos no parágrafo anterior a escola terá capacidade correspondente ao número total de unidades residenciais do respectivo conjunto integrado, de acordo com os limites do quadro que faz parte deste artigo, e poderá ser construída na área de terreno destinada para esse fim no loteamento, quando for o caso.” ( O Regulamento de Zoneamento aprovado pelo Decreto “E” 3800 foi revogado pelo Decreto 322, de 3-3-1976) Art. 2.º - Os projetos de loteamento aprovados antes da vigência do Decreto “E” n.º 3.800, de 20 de abril de 1970, ficam cancelados nas partes relativas às áreas localizadas acima da cota 60 (inclusive) se as obras de urbanização dos logradouros situados nas mesmas áreas ainda não tiverem sido iniciadas na data da publicação deste decreto. Art. 3.º - Este decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Rio de Janeiro, 21 de fevereiro de 1973; 85.º da República e 14.º do Estado da Guanabara. A DE P. CHAGAS FREITAS Emílio Ibrahim da Silva Adhyr Velloso de Albuquerque Geraldo Augusto de Faria Baptista DOEG de 22/02/73

Interesses relacionados