P. 1
Tipos de Mercantilismo

Tipos de Mercantilismo

5.0

|Views: 6.069|Likes:
Publicado porisajaques

More info:

Categories:Types, Research, History
Published by: isajaques on Mar 20, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as TXT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/04/2013

pdf

text

original

Tipos de Mercantilismo As características do Mercantilismo (metalismo, balança comercial favorável, protecion ismo, intervencionismo estatal, colonialismo) são traços

gerais. Nem sempre eram com partilhadas por todos os Estados da época, como no fato de possuírem colônias, por exe mplo. As características diversas de cada país faziam com que não houvesse uma doutrin a fechada na economia. As práticas econômicas se adaptavam às circunstâncias de cada nação, como fica claro ao analisar os tipos de mercantilismo existentes. Mercantilismo espanhol: metalismo ou bulhonismo A Espanha era dona de um vasto império colonial, do qual extraía grandes quantidades de ouro e prata provenientes do México e do Peru. Isso explica o nome metalismo o u bulhonismo (do espanhol bullón) dado ao seu tipo de economia. Durante o ciclo do ouro, o metalismo esteve mais do que evidente na política portu guesa sobre o Brasil. Entretanto, o metalismo mostrou o erro na crença de riqueza por meio do entesouram ento de metais preciosos. Tanto Espanha quanto Portugal não produziam manufaturado s, importando grandes quantias de produtos de outros países (principalmente Inglat erra). Daí que toda a riqueza conquistada não se converteu em benefícios sólidos, por um grande erro de concepção e de planejamento das coroas ibéricas. Isso contribuiu com o gradativo enfraquecimento desse império. Mercantilismo inglês: comercialismo A Grã-Bretanha caracterizou o seu mercantilismo pelo comércio e pela navegação – eram eles os responsáveis por sua fonte de riqueza, haja vista que as colônias (as Treze Colôni as Inglesas, futuramente os Estados Unidos) possuíam poucos metais preciosos, ofer tando à sua metrópole pouca riqueza. Os ingleses não deixaram com que essa desvantagem redundasse em prejuízo. Fizeram do comércio de manufaturas com o exterior sua grande força, vendendo gêneros manufaturad os a países como a Espanha e Portugal. Daí a razão deste sistema baseado no comércio ser chamado de comercialismo. Mercantilismo francês: colbertismo O grande incentivador do mercantilismo francês foi o ministro de Luís XIV, Jean-Bap tiste Colbert. Sua figura foi tão forte que o sistema francês foi batizado em homena gem ao seu nome. O colbertismo utilizava-se de suas colônias na política econômica como fontes de matéria s-primas e mercados. Tal como a Inglaterra, Colbert estimulou a produção de manufaturados – o que já foi cham ado de “industrialismo”. Mas, diferentemente dos ingleses, a atenção nos produtos agrícola s era grande.Os franceses impediam a exportação de gêneros agrícolas, mantendo-os em bai xos patamares para que os trabalhadores gastassem pouco com a alimentação, evitando com que houvesse maiores reclamações em relação a seus salários baixos. Mercantilismo holandês A Holanda (na época chamada de Flandres, com territórios que atualmente compreendem a Bélgica e a própria Holanda) era um modelo de nação capitalista. Seu mercantilismo era peculiar – denominado de mercantilismo misto. Possuía grande p rodução manufatureira, excepcional marinha mercante e amplo domínio do comércio mundial. Entretanto, seu poder central era fraco e sua economia não conhecia o intervencio nismo governamental – algo tão característico dos países europeus da época. Era dominada p or grandes companhias de comércio, como a Companhia de Comércio das Índias Ocidentais, que travou negócios até em Pernambuco, durante o domínio holandês no Brasil. Mercantilismo em outros países

Outros países efetuavam políticas mercantilistas, como a Itália e a Alemanha, mas não re ceberam destaque por não se sobressaírem no cenário da época. A razão dessa posição secundári eriva da falta de uma intervenção governamental que não conseguia passar por cima dos múltiplos interesses particularistas existentes até então.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->