Você está na página 1de 2

Dor de Pensar

O tema A Dor de Pensar um tpico central da poesia de Fernando Pessoa ortnimo. O poeta, nos poemas Ela canta, pobre ceifeira e Gato que brincas na rua, sugere que sofre com o excesso de razo, o que estar na base da sua infelicidade, por, nomeadamente, lhe anular as sensaes. Esta ideia est patente nas expresses A cincia / Pesa tanto e o que em mim sente st pensando no primeiro poema, e no segundo nos versos E sentes s o que sentes / s feliz porque s assim. Contudo, paradoxalmente, afirma igualmente no querer abdicar da sua conscincia (Ter a tua alegre inconscincia / E a conscincia disso!; Ah, poder ser tu, sendo eu!). Assim, este problema insolvel leva a que a dor de pensar seja recorrente no discurso pessoano.

Rita Pereira, n21 12B

Dor de Pensar
Sendo ns possuidores de pensamento como podemos ser felizes? Esta uma das questes levantadas por Fernando Pessoa relativamente temtica da dor de pensar, isto , da dualidade entre o sentir e o pensar. Para Pessoa, a vida s merece ser vivida na ausncia de pensamento, pois algum consciente da realidade no pode ser inteiramente feliz. A inteligncia constitui um instrumento de destruio da felicidade, da a dicotomia do sentir/pensar estar representada em diversos poemas de Pessoa tais como Ela canta pobre ceifeira, Liberdade... Quando afirma Grande a poesia, a bondade e as danas/ Mas o melhor do mundo so as crianas (Liberdade), pretende demonstrar que crianas vivem em inconscincia, em liberdade, da serem o smbolo da satisfao, pois o que nos retira esta liberdade o pensamento.

Sara Raquel n 22 12 B