P. 1
Mostra 2008 - Estagio Relato

Mostra 2008 - Estagio Relato

|Views: 1.365|Likes:
Publicado porPlínio Caetano

More info:

Published by: Plínio Caetano on Dec 10, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/17/2013

pdf

text

original

Relatos de estágio na EJA Ensino Médio

Fernando Francisco¹ Plínio Alexandre dos Santos Caetano¹*
¹ Departamento de Química – Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto – Universidade de São Paulo. * pliniopasc@gmail.com

Justificativa
A Educação de Jovens e Adultos (EJA), Ensino de Suplência (por alguns conhecida como Supletivo), é uma maneira pela qual é possível passar por uma dada série do Ensino Fundamental e ou Ensino Médio por um período reduzido de tempo. O ciclo, ao invés de 1 ano, tem 6 meses meses. Questão em pauta – planejamento das aulas – a dúvida ou confusão da maioria dos professores está se o conteúdo programático deve ser o mesmo do que o do Ensino Regular nas disciplinas da EJA.

2

Realidade Encontrada
De modo geral, os professores transferem o plano de Ensino e sua proposta de aula do Ensino Regular para a Educação de Jovens e Adultos. Tal atitude leva, em diversas ocasiões a uma situação de insatisfação da comunidade docente, por não completar corretamente ao conteúdo ou ainda por conta de os conteúdos não ser totalmente internalizados pelos estudantes. Aula – estritamente convencional e conservadora, baseada em Livro didático e lousa; marcada pela ausência de parte experimental. Além disso, há outros fatores críticos:

3

Aspectos Relevantes
Diversidade Etária – Muitos Jovens e Adultos trabalham o dia todo e estão estudando apenas para a obtenção de documento de conclusão da Educação Básica

Exclusão – muitos jovens são convidados a cursar a EJA por dificuldades de aprendizagem ou condutas tidas pela comunidade educacional como indisciplinadas.

Freqüência

Violência – após anos de escolarização e de exclusão, uma das maneiras de chamar a atenção para si está em manifestações não tão bem aceitas.

4

Ensino de Química
Foram presenciadas, em campo, situações das mais diversas possíveis – como a confusão de alunos de 3º Ciclo de EJA Médio de conceitos de outros Ciclos – sob a perspectiva de memorização de conteúdos. Um aluno de 3º Ciclo fez confusão entre conteúdos de Insaturação em Cadeias Carbônicas com o conteúdo de 2º Ciclo de Insaturação de Soluções.

5

Considerações Finais
Percebeu-se que é bastante necessário que seja (re)pensada e (re)planejada a ação docente na Educação de Jovens e Adultos, de modo a tornar o conhecimento – buscado por uma necessidade do educando, muitas vezes – mais próximo e tangível ao indivíduo. Além de, proporcioná-lo de forma contextualizada e participativa ao indivíduo.

Uma vez que este é um relato, não foram mencionadas referências Bibliográficas Nosso referencial de observação neste estágio foram os materiais considerados em Psicologia Educacional e Metodologia do Ensino de Química II.

6

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->