1 (ENEM-03) Os dados abaixo referem-se à origem do petróleo consumido no Brasil em dois diferentes anos.

Analisando os dados, pode-se perceber que o Brasil adotou determinadas estratégias energéticas, dentre as quais podemos citar: A) a diminuição das importações dos países muçulmanos e redução do consumo interno. B) a redução da produção nacional e diminuição do consumo do petróleo produzido no Oriente Médio. C) a redução da produção nacional e o aumento das compras de petróleo dos países árabes e africanos. D) o aumento da produção nacional e redução do consumo de petróleo vindo dos países do Oriente Médio. E) o aumento da dependência externa de petróleo vindo de países mais próximos do Brasil e redução do consumo interno. 2 (ENEM-03) O quadro ao lado mostra a taxa de crescimento natural da população brasileira no século XX.

Analisando os dados podemos caracterizar o período entre A) 1920 e 1960, como de crescimento do planejamento familiar. B) 1950 e 1970, como de nítida explosão demográfica.

Professora Ju Rezende

C) apresentou o mesmo crescimento que a participação masculina no período de 1960 a 1980. B) apresentou. A Professora Ju Rezende . em geral. E) 1980 e 2000. A) a capital tornou-se mais rica. como de decréscimo da densidade demográfica. estão ambos relacionados à evolução média da violência no Estado de São Paulo. A associação entre estas duas linguagens — a gráfica e a escrita — permite concluir que. a curto prazo. pode-se afirmar que a participação percentual do trabalho feminino no Brasil A) teve valor máximo em 1950. D) diminui. D) 1970 e 1990. conforme as condições do trânsito. alcançará. enquanto que a participação masculina teve o menor valor em 1950. menor crescimento nas três últimas décadas. 4 (ENEM-03) Um dos aspectos utilizados para avaliar a posição ocupada pela mulher na sociedade é a sua participação no mercado de trabalho. Da leitura do gráfico. como de crescimento da taxa de fertilidade. se mantida a tendência.C) 1960 e 1980. tirados de um jornal. O gráfico mostra a evolução da presença de homens e mulheres no mercado de trabalho entre os anos de 1940 e 2000.F B) as cidades do interior enriqueceram e “atraíram” roubos. D) teve valor mínimo em 1940. E) diminui especialmente a incidência de roubos no Estado. o que não ocorreu com a participação masculina. 3 (ENEM-03) O gráfico e a frase acima. demorando mais nos horários de maior movimento. como de estabilização do crescimento demográfico. 5 (ENEM-03) O tempo que um ônibus gasta para ir do ponto inicial ao ponto final de uma linha varia. a participação masculina. C) a região metropolitana enriqueceu e o crime se estabilizou. percentualmente. a criminalidade no Estado. tanto quanto a masculina. E) apresentou-se crescente desde 1950 e. durante o dia.

deve tomar o ônibus no ponto inicial. com os argumentos de que os custos prejudicariam a economia americana e que o acordo era pouco rigoroso com os países em desenvolvimento. o tempo médio de duração da viagem conforme o horário de saída do ponto inicial. – Antônio viaja sempre no horário em que o ônibus faz o trajeto no maior tempo. por mês. (A) 05 horas a mais que João. no gráfico abaixo. (B) 10 horas a mais que João. estabelece que os países mais industrializados devem reduzir até 2012 a emissão dos gases causadores do efeito estufa em pelo menos 5% em relação aos níveis de 1990. (E) 60 horas a mais que João. 11/04/2001 Professora Ju Rezende . em média. Antônio gasta.empresa que opera essa linha forneceu. no período considerado no gráfico. um passageiro que necessita chegar até as 10h30min ao ponto final dessa linha. mais de 120 países. De acordo com as informações do gráfico. (D) 40 horas a mais que João. já haviam ratificado o protocolo. Essa meta estabelece valores superiores ao exigido para países em desenvolvimento. no período da manhã. Adaptado do Jornal do Brasil. 7 (ENEM-02) O Protocolo de Kyoto — uma convenção das Nações Unidas que é marco sobre mudanças climáticas. no máximo. No entanto. – na volta do trabalho. Bush anunciou que o país não ratificaria “Kyoto”. Considerando-se a diferença de tempo de percurso. ambos fazem o trajeto no mesmo tempo de percurso. até as: (A) 9h20min (B) 9h30min (C) 9h00min (D) 8h30min (E) 8h50min 6 (ENEM-03) João e Antônio utilizam os ônibus da linha mencionada na questão anterior para ir trabalhar. o presidente George W. incluindo nações industrializadas da Europa e da Ásia. nos EUA. Até 2001. nas seguintes condições: – trabalham vinte dias por mês. – João viaja sempre no horário em que o ônibus faz o trajeto no menor tempo. (C) 20 horas a mais que João.

na região metropolitana de São Paulo. III. Comparando-se a emissão média de monóxido de carbono dos veículos a gasolina e a álcool. pode. assinale a alternativa que representa um argumento que se contrapõe à justificativa dos EUA de que o acordo de Kyoto foi pouco rigoroso com países em desenvolvimento. 8 (ENEM-02) A tabela mostra a evolução da frota de veículos leves.-se afirmar que I. E) A África do Sul apresenta uma emissão anual per capita relativamente alta.Considerando os dados da tabela. a emissão média do poluente monóxido de carbono (em g/km) por veículo da frota. Professora Ju Rezende . II. no transcorrer do período 1992-2000. em meados de 1997. o veículo a álcool passou por um aprimoramento tecnológico. o veículo a gasolina passou a poluir menos que o veículo a álcool. C) A emissão per capita da Rússia assemelha-se à da União Européia. B) Nos países em desenvolvimento as emissões são equivalentes às dos EUA. no período de 1992 a 2000. D) As emissões de CO 2 nos países em desenvolvimento citados são muito baixas. A) A emissão acumulada da União Européia está próxima à dos EUA. e o gráfico. a frota a álcool emitiu menos monóxido de carbono.

C) confusão mental e falta de coordenação motora. de sensibilidade e das reações motoras. A ingestão de uma lata de cerveja provoca uma concentração de aproximadamente 0. B) I eII C) II D) III. B) aparente normalidade.) O protocolo de Kyoto prevê que os países industrializados reduzam suas emissões de CO2 até 2012 em 5. em sua maior parte são causados por erro do motorista. o motivo é o fato de dirigir após o consumo de bebida alcoólica. Adaptado da Folha de São Paulo.9 (ENEM-03) Os acidentes de trânsito. Bush. no Brasil. mas com alterações clínicas. É correto o que se afirma apenas em A) I..2%. A tabela abaixo mostra os efeitos sobre o corpo humano provocados por bebidas alcoólicas em função de níveis de concentração de álcool no sangue: Uma pessoa que tenha tomado três latas de cerveja provavelmente apresenta A) queda de atenção. E) II e III 10 (ENEM-02) Em março de 2001. CO 2 emitido nos últimos 50 anos por alguns países. dizendo que o acordo é prejudicial à economia norte-americana em um momento em que o país passa por uma crise de energia (. E) estupor e risco de parada respiratória. o presidente dos Estados Unidos da América. Em boa parte deles. em relação aos níveis de 1990. 11/04/2001.. George W. D) disfunção digestiva e desequilíbrio ao andar. causou polêmica ao contestar o pacto de Kyoto. juntamente com os valores de emissão máxima de CO2 por habitante no ano de 1999.3g/L de álcool no sangue. O gráfico mostra o total de Dados populacionais aproximados (nº de habitantes): — EUA: 240 milhões Professora Ju Rezende .

E) II E IV 12 (ENEM-02) No gráfico estão representados os gols marcados e os gols sofridos por uma equipe de futebol nas dez primeiras partidas de um determinado campeonato. E) 24. III. D) 20. A maior parte das mulheres adultas é agredida por parentes consangüíneos. proximadamente. terá acumulado um número de pontos igual a A) 15. E) 1340 anos CO2 o 11 (ENEM-02) A tabela refere-se a um estudo realizado entre 1994 e 1999 sobre violência sexual com pessoas do sexo feminino no Brasil. É verdadeiro apenas o que se afirma em A) I e III. biológicos. Considerando que. B) 230 anos c) 460 anos D) 850 anos. adotivos e padrastos. são autores de mais de 1/3 dos casos de violência sexual envolvendo crianças. C) 18. ao final da décima partida.— BRASIL: 160 milhões Se o Brasil mantivesse constante a sua população e o seu índice anual máximo de emissão de tempo necessário para o Brasil atingir o acumulado atual dos EUA seria. Levantamento dos casos de violência sexual por faixa etária A partir dos dados da tabela e para o grupo feminino estudado. Professora Ju Rezende . A mulher não é poupada da violência sexual doméstica em nenhuma das faixas etárias indicadas. Os pais. IV. B) 17. neste campeonato. III e IV. a equipe em questão. igual a A) 60 anos. II. As adolescentes são vítimas de quase todos os tipos de agressores. são feitas as seguintes afirmações: I. 1 ponto por empate e 0 ponto em caso de derrota. as equipes ganham 3 pontos para cada vitória. B) I E IV C)IIE IV D) I.

nos Jogos Olímpicos de Sydney. socioeconômicas e étnicas. ainda que seus resultados possam refletir características culturais. 15 (ENEM – 2004) O número de atletas nas Olimpíadas vem aumentando nos últimos anos. uma indústria testou cinco sistemas com diferentes fluxos de entrada de água suja e fluxos de saída de água purificada. (A) cada país participante conquistou pelo menos uma. pois a de mulheres vem diminuindo a cada Olimpíada. obtém-se maior eficiência na purificação por meio do sistema A) I B)II C)III D) IV E)V 14 (ENEM) As Olimpíadas são uma oportunidade para o congraçamento de um grande número de países. Professora Ju Rezende . Nas últimas cinco Olimpíadas.13 (ENEM-03) Visando adotar um sistema de reutilização de água. (C) os cinco países mais populosos obtiveram os melhores resultados. (B) homens. Supondo que o custo por litro de água purificada seja o mesmo. (C) homens. (E) cerca de um quarto foi conquistado pelos Estados Unidos. Mais de 10. o total de 300 medalhas de ouro conquistadas apresentou a seguinte distribuição entre os 196 países participantes como mostra o gráfico. como mostra o gráfico. na mesma proporção. Em 2000. (B) cerca de um terço foi conquistado por apenas três países. Esses resultados mostram que. esse aumento ocorreu devido ao crescimento da participação de (A) homens e mulheres.000 atletas participaram dos Jogos Olímpicos de Sydney. pois a de mulheres praticamente não se alterou. em 2000. na distribuição das medalhas de ouro em 2000. (D) os cinco países mais desenvolvidos obtiveram os melhores resultados. sem discriminação política ou racial.

(E) R$ 230. Supondo que o mês tenha 30 dias e que o custo de 1 KWh é de R$ 0. (E) mulheres. (E) 7/25. é de aproximadamente (A) R$ 135. 17(ENEM-2005) As 23 ex-alunas de uma turma que completou o Ensino Médio há 10 anos se encontraram em uma reunião comemorativa. como mostra a pesquisa abaixo. Pense na situação em que apenas os aparelhos que constam da tabela abaixo fossem utilizados diariamente da mesma forma. Professora Ju Rezende . A distribuição das mulheres.40. Tabela: A tabela fornece a potência e o tempo efetivo de uso diário de cada aparelho doméstico. (D) 7/23. A probabilidade de que a criança premiada tenha sido um(a) filho(a) único(a) é (A) 1/3.(D) mulheres. (B) 1/4. 18 (UFMG) A escolaridade dos jogadores de futebol nos grandes centros é maior do que se imagina. (B) R$ 165. (D) R$ 210. Várias delas haviam se casado e tido filhos. Um prêmio foi sorteado entre todos os filhos dessas ex-alunas. pois a de homens vem diminuindo a cada Olimpíada. realizada com os jogadores profissionais dos quatro principais clubes de futebol do Rio de Janeiro. é mostrada no gráfico abaixo. (C) 7/15. o consumo de energia elétrica mensal dessa casa. pois a de homens 16 (ENEM – 2005) Podemos estimar o consumo de energia elétrica de uma casa considerando as principais fontes desse consumo. (C) R$ 190. de acordo com a quantidade de filhos.

1992. a quantidade de fármaco existente no organismo no final do intervalo é igual a 50% da quantidade no início desse intervalo. p. se uma dose desse antibiótico for injetada às 12 h em um paciente. o percentual dos jogadores dos quatro clubes que concluíram o Ensino Médio é de aproximadamente: (A) 14%. Assim. A meia-vida do antibiótico amoxicilina é de 1 hora. o percentual dessa dose que restará em seu organismo às 13 h 30 min será aproximadamente de (A) 10%. F. 24/7/2005. o que acontece com a quantidade de fármaco no organismo humano ao longo do tempo.(O Globo. Wannma. Professora Ju Rezende . (D) 60%. (C) 25%. D.) De acordo com esses dados. 40. (E) 50%. de forma genérica. Fuchs e Cher l. (C) 54%. (B) 15%. tempo necessário para que a quantidade original do fármaco no organismo se reduza à metade. (B) 48%. 19 (ENEM – 2007)A duração do efeito de alguns fármacos está relacionada à sua meia-vida. (D) 35%. O gráfico acima representa. A cada intervalo de tempo correspondente a uma meia-vida. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. (E) 68%. Farmacologia Clínica.

a tabela mostra que. (B) Nordeste. (D) Sul. a porcentagem de mães que. Ao ingerir leite materno. Ministério da Saúde. nas diversas regiões do Brasil. percentualmente. a criança adquire anticorpos importantes que a defendem de doenças típicas da primeira infância. 21(ENEM – 2007) Globo Rural. amamentavam seus filhos nos primeiros meses de vida. É título adequado para a matéria jornalística em que o gráfico acima seja apresentado: (A) Apicultura: Brasil ocupa a 33. jun. em 2005. em 2005.o lugar 22 (ENEM – 2007) 61) Professora Ju Rezende .a posição no ranking mundial de produção de mel – as abelhas estão desaparecendo no país (B) O milagre do mel: a apicultura se expande e coloca o país entre os seis primeiros no ranking mundial de produção (C) Pescadores do mel: Brasil explora regiões de mangue para produção do mel e ultrapassa a Argentina no ranking mundial (D) Sabor bem brasileiro: Brasil inunda o mercado mundial com a produção de 15 mil toneladas de mel em 2005 (E) Sabor de mel: China é o gigante na produção de mel no mundo e o Brasil está em 15. (C) Sudeste. (E) Centro-Oeste. 2005.20 (ENEM – 2007) A tabela abaixo representa. as crianças brasileiras que estavam mais protegidas dessas doenças eram as da região (A) Norte./2007. Nesse sentido.

de acordo com a definição apresentada. 23 (ENEM – 2008) O gráfico abaixo mostra a área desmatada da Amazônia. conclui-se que. em km2. A máquina ideal. menos energia e água. simultaneamente. mais ela consome energia elétrica. (B) a quantidade de energia elétrica consumida por uma máquina de lavar roupa é inversamente proporcional à quantidade de água consumida por ela.Figura I Figura II Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (com adaptações). Professora Ju Rezende . no conjunto pesquisado. As figuras acima apresentam dados referentes aos consumos de energia elétrica e de água relativos a cinco máquinas industriais de lavar roupa comercializadas no Brasil. no período de 1988 a 2008. (C) a máquina I é ideal. a cada ano. (E) a máquina que mais consome energia elétrica não é a que consome mais água. quanto a rendimento econômico e ambiental. Com base nessas informações. (A) quanto mais uma máquina de lavar roupa economiza água. (D) a máquina que menos consome energia elétrica não é a que consome menos água. é aquela que gasta.

000 km2. Maria. (C) a área desmatada a cada ano manteve-se constante entre 1998 e 2001. (B) a área desmatada foi menor em 1997 que em 2007. mas não corre risco de desenvolver doenças. Cristina. As informações do gráfico indicam que (A) o maior desmatamento ocorreu em 2004. (D) a área desmatada por ano foi maior entre 1994 e 1995 que entre 1997 e 1998. (B) Maria está magra. Antônio e Sérgio. (E) Sérgio está com sobrepeso. (D) Antônio está com sobrepeso e o risco de desenvolver doenças é muito elevado.br>.com. Internet: <www. conforme mostra a tabela abaixo. 1993 e 1994 é maior que 60. (C) João está obeso e o risco de desenvolver doenças é muito elevado. Considere as seguintes informações a respeito de João. Os dados das tabelas indicam que (A) Cristina está dentro dos padrões de normalidade. (E) o total de área desmatada em 1992. 24 (ENEM – 2008) O índice de massa corpórea (IMC) é uma medida que permite aos médicos fazer uma avaliação preliminar das condições físicas e do risco de uma pessoa desenvolver certas doenças.Fonte: MMA. mas não corre risco de desenvolver doenças. Professora Ju Rezende .somatematica.

GABARITO 1. (D) mais da metade das pessoas que vivem na rua e que ingressaram no ensino superior se diplomou. uma pesquisa nacional sobre a população que vive na rua. (E) as pessoas que declararam o desemprego como motivo para viver na rua também declararam a decepção amorosa.E 18.25 (ENEM – 2008) O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) realizou. completo ou incompleto. constatou-se que a maioria dessa população sabe ler e escrever (74%).D 12.A 20.B 4.D 14. Outros dados da pesquisa são apresentados nos quadros abaixo.922 pessoas em 71 cidades brasileiras. p. (B) as pessoas que vivem na rua e cursaram o ensino fundamental.C 11. (C) existem pessoas que declararam mais de um motivo para estarem vivendo na rua. 21 (com adaptações).C 7.1% vivem de esmolas e que. Istoé.D 8.A 10. entre os moradores de rua que ingressaram no ensino superior.D 2.E 5. Nesse levantamento.D 19.E Professora Ju Rezende . 7/5/2008.E 17. 0.A 21. tendo sido ouvidas 31.E 16.C 13. que apenas 15. são aquelas que sabem ler e escrever.E 6. 50) As informações apresentadas no texto são suficientes para se concluir que (A) as pessoas que vivem na rua e sobrevivem de esmolas são aquelas que nunca estudaram.B 15. em parceria com a ONU.B 3.7% se diplomou.B 9.

22232425- E D C C Professora Ju Rezende .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful