Você está na página 1de 1

O SIGNO DO DELINQUENTE E A REPRESENTAO CINEMATOGRFICA.

Marcelo Francisco. Universidade Federal do Paran, Cincias Sociais. Felipe Miguel de Souza Universidade Federal do Paran, Direito. (Sociologia)

Resumo: O presente artigo discute a representao cinematogrfica do filme O contador de histrias (2009), de Luiz Villaa, e Os incompreendidos (1965), de Franois Truffaut, no que tange a representao do processo de marginalizao social e criminalizao. Com efeito, desde o cotejo, em paralelo, das produes cinematogrficas acima referidas, distintas no espao e no tempo, reflete-se acerca do imaginrio construdo em relao educao, marginalidade e ao crime. Assim, tendo como base a configurao da representao cinematogrfica do processo em que as personagens - Roberto e Antoine - estruturam um ethos incompatvel com as normas sociais da sociedade que os envolve, apontar-se-o as estratgias adotadas com o propsito de normalizao dos agentes que se apresentam, em ambos, desviantes do ethos do bom menino; bem como se analisar o empregado de castigos fsicos e de violncia simblica que promovem o deteriorar da auto-imagem do ser. Em meio a isso, busca-se refletir acerca da relao entre a construo da imagem do delinquente e as concepes de mundo que orientam as relaes sociais.