Doenças Protozoárias.

Nome Doença
Trypanosoma cruziDoença de Chagas

Morfologia
-Amastigota: intracelular. (tecidos do hospedeiro vertebrado) -Epimastigota: intestino posterior do Barbeiro. -Tripomastigota: no sangue e fezes do barbeiro

Sintomas
Insuficiência cardíaca devida a lesões na musculatura do coração.

Transmissão
- Pelo vetor; Triatoma (Barbeiro) -Transfusão de sangue; -Congênita; -Acidentes de laboratório; -Oral; -Coito; -Transplante.

Diagnóstico
*Fase Aguda -Microscopia sanguínea (esfregaço): Detecção de tripomastigotas. -Sorologia: níveis de IgM elevados. -Imunoflorescência indireta. -Elisa *Fase Crônica -Sorologia: Níveis de IgM elevados. -Imunoflorescência indireta. -Elisa -PCR Clínico Laboratorial -Em fezes formadas - Em fezes diarréicas

Tratamento
- Nifurmox (Lampit) -Benzonidazol (Rochagan) -Nitroimidazol + thiabendazole (Megazol)

Profilaxia
-Melhoria habitações. -Combate ao barbeiro. -Controle doadores de sangue. -Vacinação em estudo. (?)

Filo Sarcomastigophora

Giardia lamblia

-Forma cística -Forma Trofozoíta

Diarréias acompanhadas de dores abdominais devido a lesões na parede intestinal.

Ingestão de alimentos (verduras, frutas, etc) ou água contaminados por cistos do protozoário.

-Metronidazol ou tinidazol.

- Higiene pessoal. - Proteção dos alimentos e tratamento da água; - Tratamentos dos indivíduos contaminados e seus animais domésticos.

*Fases do acesso malárico: . • Macroemicrogameta– encontrado no tubo digestivo do mosquito. .Srcocistos (cistos) – presentes nos músculos.: Toxoplasma significa corpo em forma de arco.Não ingerir carne de bovinos ou suínos crua ou mal cozida. -oocistos: Tem forma oval. • Trofozoítos–encontrado nos hepatócitos. -Exame parasitológico de fezes -Os medicamentos mais usados ainda possuem ação limitada sobre esse parasita .Animal a pessoa. náuseas. Plasmodium Malariae . • Icterícia. • Dor de cabeça. vômitos. • Assintomáticos ou • Febre. . diarreia. •Lavar a mão depois da manipulação de carne crua e após o contato com terra contaminada por fezes de gato. • Dor abdominal. • S. Sarcocystis Cryptosporidium . suilhominis: diarréia.Evitar a formação de criadouros.Melhoria de condições sanitárias. • Cozimento adequado da carne e congelamento da mesma para diminuir sua infectividade. Transmissão Picada do mosquito-prego. . . . . náuseas.Higiene dos alimentos e das mãos.Calafrios.gestantes para prevenir a infecção placentária.Meronte (esquizontes) – presentes no endotélio dos vasos sanguineos do hospedeiro intermediário. Profilaxia .Malária -P. calor. dores abdominais. • Síndrome da mal absorção. •Clindamicina toxoplasmose ocular. -bradizoítos ou cistozoítos: esférico ou tem o contorno da célula parasitada. Tratamento • Quinina.Nome Doença Doenças Protozoárias.Bradizoidos – presentes dentre dos sarcocistos e possuem forma alongada semelhante a uma banana. . . abundante transpiração. . palidez. vivax -P. • S. sensação de alívio. esféricos ou ovóides.Tratamento dos doentes. •Amodiaquina. dor de cabeça.Melhoria de condições sanitárias. um pernilongo pertencente ao gênero Anopheles. Transmissão placentária. falciparum -P. após coloração com azul de metileno e Giemsa. • Calafrios. • Halofantrina: • Cloroquina.Sudorese:diminuição da temperatura. .Consumo de água fervida ou filtrada. . frio.Higiene dos alimentos e das mãos. . . . Uma das extremidades é mais afilada e a outra é mais arredondada. . • Diarréia aquosa volumosa. febre de (39a40°C). -trofozoítos ou taquizoítos: Apresenta-se com forma grosseira de banana ou meialua. . • Gametócitos–encontrado na corrente sanguínea. ovale Morfologia • Esporozoítos–forma infectante. . . Oocistos são pequenos. .Consumo de água fervida ou filtrada.Combate ao vetor. -Água contaminada. -Exame parasitológico de fezes -Biópsia do Intestino Delgado. carneiro). • Dor de cabeça. . malariae -P. hominis: disturbios gastrintestinais.Por alimentos contaminados com oocistos. calafrios e sudorese.Ingestão de leite cru. sulfadiaziana e ácido folínico durante quatro semanas. • Mefloquina. encontrada na glândula salivar do mosquitoprego.aumento do volume dos gânglios linfáticos.Indivíduos imunocompotentes – cura espontaneas. • Exames de sangue contagem de células – linfócitose e menos de 10% na contagem total de leucócitos. • Mulheres grávidas e pessoas com deficiência do sistema imunológico pirimetamina. •Espiramicina. • Perda de peso.Pela água de bebida ou de recreação contaminada com oocistos.eliminados pelas fezes de gatos ou de outros felídeos.Uso de repelentes. pulso rápido. . Febre. • Merozoítos–encontrado nas hemácias. . . -Reinfecção. anorexia e colicas. • Adenopatia .Evitar o desmatamento.Tratamento dos doentes. • Colite. • Eliminar as fezes juntamente com a areia onde os gatos defecam. Diagnóstico -Microscopia sanguínea (esfregaço): Visualização dos parasitos através de microscopia óptica. • Pneumopatias. • Sensação de mal-estar. distúrbios circulatórios.Ingestão de cistos presentes em carne crua ou mal cozida (porco.Ingestão de oocistos maduros . *Obs.Oocistos – presente nas fezes do homem. . casos de delírio. . • IgM e IgG.Transplante de órgãos ou transfusão sanguínea.Pessoa a pessoa. Sintomas -Febres e mal-estares cíclicas devido a substâncias tóxicas liberadas pelo protozoário no sangue.Visa aliviar os efeitos da diarréia e desidratação. .Uso de telas nas portas e janelas. . Toxoplasma gondii Toxoplasmose Filo Apicomplexa . -Ingestão de carne (bovina ou suína) crua ou mal cozida. vômitos. náusea.

Dieta láctea por alguns dias. .Água ou mesmo as mãos.Cistos é mais ou menos esférico.Metronidazol (Flagil). .Tetraciclinas.Higiene individual dos profissional – suínos.Pesquisa de cistos ou trofozoítas em preparações a fresco ou esfregaços corados. .Criação de suínos em boas condições sanitárias.Nome Doenças Protozoárias. Filo Microspora . .Culturas das fezes para evidenciação das formas (meio Paviola). . comum no porco) Morfologia . Sintomas Dor abdominal e diarréia Transmissão . Tratamento .Trofozoito – apresenta o corpo todo com cílio. Obs: o protozoários alimentam-se de amido. Diagnóstico . . Profilaxia .Engenharia sanitária (impedir a contaminação da água). .Ingestão de cistos – que contaminam alimentos. Doença Balantidium coli – Balantidose (Raro no homem.