P. 1
Atividade Areas Figuras Planas Vest

Atividade Areas Figuras Planas Vest

|Views: 3.954|Likes:
Publicado porRodrigo C Bossois

More info:

Published by: Rodrigo C Bossois on Apr 17, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF or read online from Scribd
See more
See less

06/19/2013

pdf

ATIVIDADE ÁREA DE FIGURAS PLANAS 1.

(Ufv) Seja AB o diâmetro de uma circunferência de raio r, e seja C um ponto da mesma, distinto de A e B, conforme figura a seguir.

a) Sendo o ângulo AïC=’, determine a área do triângulo ABC, em função de ’ e r. b) Esta área é máxima para qual valor de ’.

2. (Ufes) No triângulo ABC da figura, temos AD = CF = BE = 2 cm e DC = FB = EA = (1 + Ë3) cm. Calcule a medida, em graus, do ângulo AÊD e a área do triângulo DEF.

3. (Fgv) Na figura a seguir, o triângulo ABF é eqüilátero. Sendo dado que BC = CD = DE = EF, escreva a área do quadrilátero CPQE, em função da área S, do triângulo ABF.

4. (Ita) Um triângulo acutângulo de vértices A, B e C está inscrito numa circunferência de raio (5Ë2)/3. Sabe-se que åæ mede 2Ë5 e æè mede 2Ë2. Determine a área do triângulo ABC. 5. (Puc-rio) Quais são as dimensões de um retângulo cujo perímetro é 25 m e cuja área é 25 m£? 6. (Puc-rio) Um triângulo retângulo tem área 6 cm£ e perímetro 12 cm. Quanto mede a hipotenusa?

7. (Uerj) João recorta um círculo de papel com 10 cm de raio. Em seguida, dobra esse recorte ao meio várias vezes, conforme ilustrado na figura 1. Depois de fazer diversas dobras, abre o papel e coloca o número 1 nas duas extremidades da primeira dobra. Sucessivamente, no meio de cada um dos arcos formados pelas dobras anteriores, João escreve a soma dos números que estão nas extremidades de cada arco. A figura 2 a seguir ilustra as quatro etapas iniciais desse processo. Considere que João recortou a dobradura referente à figura da etapa 3 na linha que corresponde à corda AB indicada na figura 3. Ele verificou, ao abrir o papel sem o pedaço recortado, que havia formado o polígono da figura 4.

Calcule a área da parte do círculo que foi retirada pelo corte. 8. (Uerj) Considere um setor circular AOC, cujo ângulo central š é medido em radianos. A reta que tangencia o círculo no extremo P do diâmetro CP encontra o prolongamento do diâmetro AB em um ponto Q, como ilustra a figura.

Sabendo que o ângulo š satisfaz a igualdade tgš = 2š, calcule a razão entre a área do setor AOC e a área do triângulo OPQ.

9. (Uerj) Um tabuleiro retangular com pregos dispostos em linhas e colunas igualmente espaçadas foi usado em uma aula sobre área de polígonos. A figura a seguir representa o tabuleiro com um elástico fixado em quatro pregos indicados pelos pontos A, B, C e D.

Considere u a unidade de área equivalente ao menor quadrado que pode ser construído com vértices em quatro pregos do tabuleiro. Calcule, em u, a área do quadrilátero ABCD formado pelo elástico. 10. (Ufc) Seja – uma semi-circunferência de diâmetro AB e raio 1. Encontre o maior valor possível para a área de um retângulo PQRS construído de tal modo que R e S estejam sobre AB e P e Q sobre –. 11. (Ufjf) Considere o paralelogramo ABCD, a seguir, de área 24 cm£. Sejam M o ponto médio do segmento CD, E o ponto de interseção entre os segmentos AC e BM e AB = 8 cm.

a) Calcule a altura do paralelogramo com relação à base CD. b) Encontre a área da figura plana hachurada em cinza.

12. (Ufla) Dado um quadrado ABCD de área 4 cm£ em que B é o ponto médio do segmento DE, calcule a medida do segmento CE .

13. (Ufrj) A, B e D são pontos sobre a reta r e C e C‚ são pontos não pertencentes a r tais que C, C‚ e D são colineares, como indica a figura a seguir.

Se S indica a área do triângulo ABC e S‚, a área do triângulo ABC‚, e sabendo que DC = 7, CC‚ = 9 e S‚ = 4, determine S•. 14. (Ufv) De um piso quadrado de 34 cm de lado recortam-se pequenos triângulos retângulos isósceles de cateto x, de modo a obter um piso em forma de octógono regular, conforme ilustra a figura a seguir. Considere Ë2 = 1,4.

a) Determine o valor de x. b) Calcule a área de um dos triângulos recortados. c) Calcule a área do octógono. 15. (Unifesp) Na figura, os triângulos ABD e BCD são isósceles. O triângulo BCD é retângulo, com o ângulo C reto, e A, B, C estão alinhados.

a) Dê a medida do ângulo BÂD em graus. b) Se BD = x, obtenha a área do triângulo ABD em função de x. TEXTO PARA A PRÓXIMA QUESTÃO (Ufsm) A construção da cobertura de um palanque usado na campanha política, para o 1¡. turno das eleições passadas, foi realizada conforme a figura. Para fixação da lona sobre a estrutura de anéis, foram usados rebites assim dispostos: 4 no primeiro anel, 16 no segundo, 64 no terceiro e assim sucessivamente. 16.

Supondo que todos os anéis da cobertura do palanque num mesmo plano formem um gráfico de oito setores iguais, a razão entre a área da região hachurada e o comprimento da circunferência externa do anel externo é a) o dobro do raio. b) a quarta parte do raio. c) a metade do raio. d) o triplo do raio. e) a terça parte do raio.

17. (Ufv) Duas placas metálicas, medindo 4 cm de largura e 6 cm de comprimento, estão sobrepostas e fixadas no ponto médio M. Com um giro de 45° em uma das placas, obtém-se uma região poligonal comum às duas placas, conforme ilustra a figura a seguir.

A área dessa região poligonal, em cm£, é: a) 1 + 4Ë2 b) 4 + 4Ë2 c) 5 + 4Ë2 d) 2 + 4Ë2 e) 3 + 4Ë2 18. (Enem) Um terreno com o formato mostrado na figura foi herdado por quatro irmãos e deverá ser dividido em quatro lotes de mesma área. Um dos irmãos fez algumas propostas de divisão para que fossem analisadas pelos demais herdeiros. Dos esquemas a seguir, onde lados de mesma medida têm símbolos iguais, o único em que os quatro lotes não possuem, necessariamente, a mesma área é:

19. (Enem) Uma empresa produz tampas circulares de alumínio para tanques cilíndricos a partir de chapas quadradas de 2 metros de lado, conforme a figura. Para 1 tampa grande, a empresa produz 4 tampas médias e 16 tampas pequenas.

As sobras de material da produção diária das tampas grandes, médias e pequenas dessa empresa são doadas, respectivamente, a três entidades: I, II e III, para efetuarem reciclagem do material. A partir dessas informações, pode-se concluir que a) a entidade I recebe mais material do que a entidade II. b) a entidade I recebe metade de material do que a entidade III. c) a entidade II recebe o dobro de material do que a entidade III. d) as entidades I e II recebem, juntas, menos material do que a entidade III. e) as três entidades recebem iguais quantidades de material. 20. (Fatec) O lado de um octógono regular mede 8 cm. A área da superfície desse octógono, em centímetros quadrados, é igual a a) 128 . (1 + Ë2) b) 64 . (1 + Ë2) c) 32 . (1 + Ë2) d) 64 + Ë2 e) 128 + Ë2 21. (Fatec) Na figura a seguir tem-se o quadrado ABCD, cujo lado mede 30 cm. As retas verticais dividem os lados åæ e èî em 6 partes iguais; as retas horizontais dividem os lados åî e æè em 4 partes iguais.

Considere o maior número possível de círculos que podem ser construídos com centros nos pontos assinalados, raios medindo 5 cm e sem pontos internos comuns. Se do quadrado forem retirados todos esses círculos, a área da região remanescente, em centímetros quadrados, será igual a a) 150 . (6 - ™) b) 160 . (4 - ™) c) 180 . (5 - ™) d) 180 . (4 - ™) e) 300 . (3 - ™) 22. (Fgv) Na figura, a reta suporte do lado BC do triângulo ABC passa pelo centro da circunferência —. Se A = 15°, BC = 4 cm, e o raio de — mede 2 cm, a área sombreada na figura, em cm£, é igual a

a) (9 - ™)/3 . b) [6 (Ë3) - 2™]/3 . c) (9 - 2™)/3 . d) [3 (Ë3) - ™]/3 . e) [2 (Ë6) - ™]/3 .

23. (Fuvest) O triângulo ACD é isósceles de base CD e o segmento OA é perpendicular ao plano que contém o triângulo OCD , conforme a figura:

Sabendo-se que OA = 3, AC = 5 e senOCD = 1/3, então a área do triângulo OCD vale a) 16(Ë2)/9 b) 32(Ë2)/9 c) 48(Ë2)/9 d) 64(Ë2)/9 e) 80(Ë2)/9 24. (Fuvest) No retângulo ABCD da figura tem-se CD = Ø e AD = 2Ø. Além disso, o ponto E pertence à diagonal BD, o ponto F pertence ao lado BC e EF é perpendicular a BD. Sabendo que a área do retângulo ABCD é cinco vezes a área do triângulo BEF, então BF mede

a) Ø(Ë2)/8 b) Ø(Ë2)/4 c) Ø(Ë2)/2 d) 3Ø(Ë2)/4 e) ØË2

25. (Ita) Sejam P• e P‚ octógonos regulares. O primeiro está inscrito e o segundo circunscrito a uma circunferência de raio R. Sendo A a área de P e A‚ a área de P‚, então a razão A/A‚ é igual a a) Ë(5/8). b) 9 (Ë2)/16. c) 2 [(Ë2) - 1]. d) [4(Ë2) + 1]/8. e) (2 + Ë2)/4. 26. (Ita) Considere: um retângulo cujos lados medem B e H, um triângulo isósceles em que a base e a altura medem, respectivamente, B e H, e o círculo inscrito neste triângulo. Se as áreas do retângulo, do triângulo e do círculo, nesta ordem, formam uma progressão geométrica, então B/H é uma raiz do polinômio a) ™¤x¤ + ™£x£ + ™x - 2 = 0 b) ™£x¤ + ™¤x£ + x + 1 = 0 c) ™¤x¤ - ™£x£ + ™x + 2 = 0 d) ™x¤ - ™£x£ + 2™x - 1 = 0 e) x¤ - 2™£x£ + ™x - 1 = 0 27. (Ita) Sejam r e s duas retas paralelas distando 10 cm entre si. Seja P um ponto no plano definido por r e s e exterior à região limitada por estas retas, distando 5 cm de r. As respectivas medidas da área e do perímetro, em cm£ e cm, do triângulo equilátero PQR cujos vértices Q e R estão, respectivamente, sobre as retas r e s, são iguais a a) 175[(Ë3)/3] e 5Ë21 b) 175[(Ë3)/3] e 10Ë21 c) 175Ë3 e 10Ë21 d) 175Ë3 e 5Ë21 e) 700 e 10Ë21 28. (Ita) Considere o quadrado ABCD com lados de 10 m de comprimento. Seja M um ponto sobre o lado åæ e N um ponto sobre o lado åî, eqüidistantes de A. Por M traça-se uma reta r paralela ao lado åî e por N uma reta s paralela ao lado åæ, que se interceptam no ponto O. Considere os quadrados AMON e OPCQ, onde P é a intersecção de s com o lado æè e Q é a intersecção de r com o lado îè. Sabendo-se que as áreas dos quadrados AMON, OPCQ e ABCD constituem, nesta ordem, uma progressão geométrica, então a distância entre os pontos A e M é igual, em metros, a a) 15 + 5Ë5 b) 10 + 5Ë5 c) 10 - Ë5 d) 15 - 5Ë5 e) 10 - 3Ë5 29. (Puc-rio) A hipotenusa de um triângulo retângulo mede 10 cm e o perímetro mede 22 cm. A área do triângulo (em cm£) é: a) 50 b) 4 c) 11 d) 15 e) 7

30. (Puc-rio) Num retângulo de perímetro 60, a base é duas vezes a altura. Então a área é: a) 200. b) 300. c) 100. d) 50. e) 30. 31. (Uece) O retângulo LMNP está dividido em três quadrados (q, q‚ e qƒ) e um retângulo (r).

A razão entre as medidas do lado menor e do lado maior de r é 1/2. A razão entre as áreas de r e de LMNP é a) 1/2 b) 1/16 c) 1/20 d) 1/24 32. (Uece) As retas r e s são paralelas, a distância entre elas é 7 m e o segmento AB, com A Æ r e B Æ s, é perpendicular a r. Se P é um ponto em AB tal que o segmento AP mede 3 m e X e Y são pontos em r e s, respectivamente, de modo que o ângulo XPY mede 90°, a menor área possível do triângulo XPY, em m£, é a) 21 b) 16 c) 14 d) 12 33. (Uece) A medida, em cm£, da maior área possível de um retângulo inscrito em uma circunferência cuja medida do raio é 1 cm é a) 2 b) 3 c) 2Ë3 d) 3Ë2

34. (Uece) Na figura a seguir, os triângulos PQR e RST são eqüiláteros e congruentes e a medida de cada um de seus lados é x metros. O ponto M é a interseção dos segmentos PS e QR e os pontos P, R e T são colineares.

Assinale a alternativa na qual se encontra a área, em metros quadrados, do triângulo PMT. a) (Ë3) x£ b) [(Ë3)/2] x£ c) [(Ë3)/3] x£ d) [(Ë3)/4] x£ 35. (Uece) A corda PQ de uma circunferência S, cuja medida do diâmetro é 10 m, é o diâmetro de uma outra circunferência menor, que passa pelo centro de S. A medida da área da região limitada pela circunferência menor é: a) 25™/2 b) 15™/2 c) 10™/2 d) 20™/2 36. (Ueg)

Na venda de uma chácara com formato e dimensões dados na figura acima, o corretor recebeu uma comissão de cinco por cento sobre o preço de venda. Como o preço de venda do metro quadrado foi de 12 reais, o corretor recebeu de comissão a) R$ 11.040,00. b) R$ 10.205,00. c) R$ 10.095,00. d) R$ 8.785,00.

37. (Uel) Um retângulo é inscrito no triângulo eqüilátero de lado a, de modo que a base do retângulo está contida na base do triângulo, como ilustra a figura a seguir.

Se a altura do retângulo é a/3, então a área do retângulo em função do lado do triângulo é dada por: a) A = [a£ (9 - 2Ë3)] / 27 b) A = [a£ (9 + 2Ë3)] / 27 c) A = [a£ (9 - 2Ë3)] / 18 d) A = [a£ (9 + 2Ë3)] / 18 e) A = [a£ (2 - 3Ë2)] / 3 38. (Ufc) Um triângulo eqüilátero, um quadrado e um círculo têm o mesmo perímetro. Se At e Aq , Ac denotam respectivamente as áreas do triângulo, do quadrado e do círculo, podemos afirmar que: a) At > Aq > Ac b) Ac > Aq > At c) Aq > At > Ac d) Aq > Ac > At e) Ac > At > Aq 39. (Ufes) Ao redor de uma piscina retangular com 10 m de comprimento por 5 m de largura, será construído um revestimento de madeira com x metros de largura, representado na figura a seguir.

Existe madeira para revestir 87,75 m£. Qual deverá ser a medida x para que toda a madeira seja aproveitada? a) 9,75 m b) 7,25 m c) 3,75 m d) 3,25 m e) 2,25 m 40. (Ufes) Num triângulo ABC, M é o ponto médio do lado æè. Sabendo-se que AB = 4 cm, BC = 6 cm e AM = 3 cm, a área do triângulo ABC é a) 2Ë2 cm£ b) 3Ë2 cm£ c) 6 cm£ d) 4Ë5 cm£ e) 9 cm£ 41. (Ufes) Um hexágono regular ABCDEF está inscrito em uma circunferência de raio r. Se M é o ponto médio do lado åæ, qual é área do quadrilátero MBCD? a) Ë3r£/2 b) Ë3r£/3 c) Ë2r£/2 d) 2Ë2r£/3 e) 3Ë2r£/4 42. (Ufla) Um cão de guarda é amarrado a uma corda de 9 m de comprimento, fixada a uma argola que desliza por uma barra de ferro posicionada ao longo de uma das paredes de um galpão. Assim, o cão pode proteger uma considerável região ao redor do galpão. Qual a área da região na qual o cão pode circular mesmo estando preso por essa corda?

a) [(81™/2) + 180] m£ b) 180 m£ c) 200 m£ d) (81™ + 180) m£

43. (Ufmg) O octógono regular de vértices ABCDEFGH, cujos lados medem 1 dm cada um, está inscrito no quadrado de vértices PQRS, conforme mostrado nesta figura:

Então, é correto afirmar que a área do quadrado PQRS é a) 1 + 2Ë2 dm£ b) 1 + Ë2 dm£ c) 3 + 2Ë2 dm£ d) 3 + Ë2 dm£ 44. (Ufpr) Na figura a seguir, os pontos A e P pertencem à circunferência de centro na origem e raio 1, o ponto R pertence ao eixo das abscissas e o ângulo t, em radianos, pode variar no intervalo, (0, ™/2) , dependendo da posição ocupada por P. Com base nessas informações, considere as afirmativas a seguir:

1. O comprimento do segmento AP é 2cos t. 2. A área do triângulo OAP, em função do ângulo t, é dada por f(t) = (1/2) sen t. 3. A área do triângulo ORP, em função do ângulo t, é dada por g(t) = (1/4) sen(2t). Assinale a alternativa correta. a) Somente a afirmativa 3 é verdadeira. b) Somente a afirmativa 2 é verdadeira. c) Somente as afirmativas 2 e 3 são verdadeiras. d) Somente as afirmativas 1 e 3 são verdadeiras. e) Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras.

45. (Ufrs) Numa esquina cujas ruas se cruzam, formando um ângulo de 120°, está situado um terreno triangular com frentes de 20 m e 45 m para essas ruas, conforme representado na figura a seguir.

A área desse terreno, em m£, é a) 225. b) 225Ë2. c) 225Ë3. d) 450Ë2. e) 450Ë3. 46. (Ufrs) Um triângulo equilátero foi inscrito em um hexágono regular, como representado na figura a seguir.

Se a área do triângulo equilátero é 2, então a área do hexágono é a) 2Ë2. b) 3. c) 2Ë3. d) 2 + Ë3. e) 4.

47. (Ufrs) Seis octógonos regulares de lado 2 são justapostos em um retângulo, como representado na figura adiante.

A soma das áreas das regiões sombreadas na figura é a) 16. b) 16Ë2. c) 20. d) 20Ë2. e) 24. 48. (Ufsc) Assinale a(s) proposição(ões) correta(s) (01) No capítulo XCIV, denominado Idéias Aritméticas, do livro "Dom Casmurro", de Machado de Assis, temos: "Veja os algarismos: não há dois que façam o mesmo ofício; 4 é 4, e 7 é 7. E admire a beleza com que um 4 e um 7 formam esta coisa que se exprime por 11. Agora dobre 11 e terá 22; multiplique por igual número, dá 484, e assim por diante. Mas onde a perfeição é maior é no emprego do zero. O valor do zero é, em si mesmo, nada; mas o ofício deste sinal negativo é justamente aumentar. Um 5 sozinho é um 5; ponha-lhe dois 00, é 500." Com base nas considerações anteriores sobre o sistema de numeração decimal, um número natural X é formado por dois algarismos cuja soma é 12. Invertendo-se a ordem desses algarismos, obtém-se um número que excede X em 54 unidades, então o número X está compreendido entre 10 e 30. (02) Se a área de um terreno triangular é 90.000 vezes maior que a área da maquete desse terreno e se os lados do triângulo da maquete medem 4 cm, 5 cm e 6 cm, então o perímetro do terreno é de 45 m. (04) Observe a figura 1. Se o lado do triângulo eqüilátero inscrito na circunferência mede 6Ë3 cm, então o lado do quadrado circunscrito à circunferência mede 6 cm. (08) Três meninos participaram de uma corrida. O desempenho de cada um deles está representado nos gráficos da figura 2. Observando-se os gráficos pode-se constatar que o primeiro menino fez o trajeto sempre com a mesma velocidade. O segundo menino, depois de percorrer certa distância, parou e prosseguiu a corrida com a mesma velocidade que ele tinha. O terceiro menino partiu com uma velocidade pequena e em certo momento aumentou esta velocidade.

49. (Ufsc) Assinale a(s) proposição(ões) correta(S). (01) No ponto de ônibus da Praça X passa um ônibus para a Linha Vermelha de 15 em 15 minutos e um ônibus para a Linha Amarela de 25 em 25 minutos. Se os dois ônibus passaram juntos às 10 horas, na primeira vez em que voltarem a passar juntos pelo ponto serão 10 horas e 40 minutos. (02) Um carpinteiro tem um bloco de madeira, na forma de um paralelepípedo retângulo, com as dimensões 112 cm, 80 cm e 48 cm. Se o carpinteiro deve cortar esse bloco em cubos idênticos, com a maior aresta possível e sem que haja sobra de material, então a medida da aresta dos maiores cubos que ele pode obter é 16 cm. (04) A medida do menor ângulo formado pelos ponteiros de um relógio às 9h10 min é 150°. (08) O proprietário de uma pizzaria calcula uma pizza circular de 20 centímetros de diâmetro por pessoa. Para uma festa com 36 pessoas seriam necessárias 16 pizzas circulares de 30 centímetros de diâmetro. (16) Aumento sucessivo de 10% e 20% no preço de um determinado produto é equivalente a um único aumento de 30%. 50. (Ufu) Na figura a seguir, a área do triângulo ADE corresponde a 20% da área do quadrado ABCD.

Para que a área do triângulo EBC seja igual a 30 cm£, o lado do quadrado ABCD deve ser igual a a) 5 cm. b) 5Ë3 cm. c) 10 cm. d) 10Ë2 cm. 51. (Ufv) Na figura a seguir, os pontos P, P‚,...,P‚ são pontos médios dos lados dos quadrados. Sabendo-se que a área do círculo é ™b£, é CORRETO afirmar que a área total da figura é: a) 32b£ b) 36b£ c) 30b£ d) 34b£ e) 16b£

52. (Ufv) Na figura abaixo, A, B, C e D são pontos do círculo de centro O. Sabe-se que åæ = èî = 4 e que a área do triângulo AOB é 6. Então a área da região sombreada é igual a:

a) 6™ - 12 b) 13™ - 12 c) 13™ - 4 d) 11™ - 12 e) 6™ - 6 53. (Ufv) Une-se um dos vértices de um quadrado aos pontos médios dos lados que não contêm esse vértice, obtendo-se um triângulo isósceles (veja a figura a seguir). A área deste triângulo, em relação à área do quadrado, representa percentagem de:

a) 38,5% b) 37,5% c) 36,5% d) 35,5% e) 39,5%

54. (Ufv) Na figura a seguir, ABC é um triângulo retângulo com catetos de medidas æè=3 e æå=4; a circunferência de centro O, inscrita no triângulo, tangencia os lados do mesmo nos pontos E e D. A área do polígono ABEOD é igual a: a) 4 b) 1 c) 3 d) 2 e) 5

55. (Ufv) A área máxima de um retângulo que tem 24m de perímetro é: a) 35 m£ b) 27 m£ c) 49 m£ d) 32 m£ e) 36 m£ 56. (Ufv) A figura abaixo ilustra um terreno em forma de trapézio, com as medidas, em quilômetros (km), de três de seus lados.

A área do terreno, em km£, é igual a: a) 215 b) 210 c) 200 d) 220 e) 205

57. (Unesp) A figura representa um triângulo retângulo de vértices A, B e C, onde o segmento de reta DE é paralelo ao lado AB do triângulo.

Se AB = 15 cm, AC = 20 cm e AD = 8 cm, a área do trapézio ABED, em cm£, é a) 84. b) 96. c) 120. d) 150. e) 192. 58. (Unifesp) Se um arco de 60° num círculo I tem o mesmo comprimento de um arco de 40° num círculo II, então, a razão da área do círculo I pela área do círculo II é a) 2/9. b) 4/9. c) 2/3. d) 3/2. e) 9/4.

59. (Unifesp) Dois triângulos congruentes ABC e ABD, de ângulos 30°, 60° e 90°, estão colocados como mostra a figura, com as hipotenusas AB coincidentes.

Se AB = 12 cm, a área comum aos dois triângulos, em centímetros quadrados, é igual a a) 6. b) 4Ë3. c) 6Ë3. d) 12. e) 12Ë3. 60. (Unifesp) Na figura, o ângulo C é reto, D é ponto médio de AB, DE é perpendicular a AB, AB = 20 cm e AC = 12 cm.

A área do quadrilátero ADEC, em centímetros quadrados, é a) 96. b) 75. c) 58,5. d) 48. e) 37,5.

61. (Unifesp) Você tem dois pedaços de arame de mesmo comprimento e pequena espessura. Um deles você usa para formar o círculo da figura I, e o outro você corta em 3 partes iguais para formar os três círculos da figura II.

Se S é a área do círculo maior e s é a área de um dos círculos menores, a relação entre S e s é dada por a) S = 3s. b) S = 4s. c) S = 6s. d) S = 8s. e) S = 9s.

GABARITO
1. a) A = r£ . sen (2’) b) ’ = 45° 2. AÊD = 45°, área = 3Ë(3)/2 cm£ 3. S/2 4. 6 u.a. 5. 2,5 m e 10 m 6. 5 7. 100 (™ - 2Ë2) cm£ 8. 1/2 9. Seja S a área do quadrilátero ABCD. Pela fórmula de Pick obtemos S = (5/2) + 24 -1 = 51/2 u. 10. 1 u.a.

11. a) 3 cm b) 10 cm£ 12. 2Ë5 cm 13. S• = 14 14. a) x = 10,2 cm b) 52,02 cm£ c) 947,92 cm£ 15. a) 22° 30' b) (x£Ë2)/4 unidades de área. 16. [B] 17. [B] 18. [E] 19. [E] 20. [A] 21. [A] 22. [A] 23. [B] 24. [E] 25. [E] 26. [D] 27. [B] 28. [D] 29. [C] 30. [A] 31. [C] 32. [D]

33. [A] 34. [D] 35. [A] 36. [C] 37. [A] 38. [B] 39. [E] 40. [D] 41. [A] 42. [D] 43. [C] 44. [C] 45. [C] 46. [E] 47. [E] 48. 02 49. 02 + 08 = 10 50. [C] 51. [E] 52. [B] 53. [B] 54. [A] 55. [E] 56. [B] 57. [B]

58. [B] 59. [E] 60. [C] 61. [E]

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->