P. 1
Cuidados de Enfermagem Com Drenos

Cuidados de Enfermagem Com Drenos

|Views: 55|Likes:
Publicado porLarissa Silva

More info:

Published by: Larissa Silva on Apr 18, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/22/2013

pdf

text

original

CUIDADOS DE ENFERMAGEM Explicar o procedimento e sua finalidade ao paciente e ao acompanhante; 2. Reunir o material; 3. Lavar as mãos 4.

Calçar as luvas de procedimento; 5. Pinçar a extensão do dreno; 6. Observar o aspecto da solução drenada e seu volume, para posterior anotação; 7. Abrir o frasco de drenagem; 8. Desprezar o conteúdo do frasco de drenagem no recipiente; 9. Lavar o frasco de drenagem com solução esterilizada e desprezar seu conteúdo no recipiente; 10. Preencher o frasco com nova solução esterilizada, até o nível especificado pelo fabricante ou até que o tubo do frasco de drenagem fique submerso na solução esterilizada; 11. Despinçar a extensão do dreno; 12. Marcar o nível original da nova solução em uma fita adesiva aderida verticalmente ao lado externo do frasco de drenagem; 13. Anotar em uma fita adesiva o volume da nova solução que foi colocada no frasco de drenagem, contendo data, hora e nome do profissional que realizou o procedimento e fixar ao frasco; 14. Registrar no prontuário do paciente o volume proveniente da drenagem, observada anteriormente, descontado o volume de solução esterilizada que foi colocada anteriormente no frasco, assim como o seu aspecto. a troca do curativo.... Explicar o procedimento e sua finalidade ao paciente ou ao acompanhante; 2. Reunir o material; 3. Lavar as mãos; 4. Posicionar o paciente lateralmente, sobre o lado onde não se encontra o dreno; 5. Calçar as luvas de procedimento; 6. Manter com uma das mãos o dreno fixado ao local; 7. Remover com a outra mão, cuidadosamente, o curativo;

Calçar luvas estéreis. para identificar se há presença de crepitações.8. Colocar gazes entre o dreno e a pele e sobre o dreno. 18. 12. 15. Retirar as luvas de procedimento. Colocar tiras largas de esparadrapo ou micropore para vedar completamente o curativo. 20. 11. ao redor do local de inserção do dreno. Observar se há presença de secreção nas gazes para posterior anotação (pequena quantidade de secreção sero-sanguinolento no local de inserção do dreno é comum). 16. 9. evitando dobras e voltas que possam prejudicar a drenagem. Observar a pele no local de inserção do dreno. Deixar o paciente confortável. 10. 19. 17. Observar o posicionamento correto do dreno. 14. Envolver com gaze a parte do dreno próximo à pele. Registrar no prontuário a troca do curativo. aspecto do local de inserção do dreno e as queixas do paciente . para posterior anotação. Manter a unidade em ordem. para identificar se há presença de hiperemia e/ou edema. Apalpar. delicadamente. 13. Limpar o local com solução com gaze embebida com solução anti-séptica.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->