Você está na página 1de 4
TDN > Softwares de Gestão > Microsiga Protheus > Business Intelligence > Workflow > Boletim
TDN > Softwares de Gestão > Microsiga Protheus > Business Intelligence > Workflow > Boletim
TDN > Softwares de Gestão > Microsiga Protheus > Business Intelligence > Workflow > Boletim
TDN
> Softwares de Gestão
> Microsiga Protheus
> Business Intelligence
> Workflow
> Boletim
> Boletim Técnico
Boletim Técnico: Fluxo TOTVS ECM no Sistema
Ocorrência
Melhoria
Resumo
A melhoria desenvolvida neste boletim tem como objetivo disponibilizar funções que permitam a exibição defluxos de instâncias de processos
no TOTVS ECM dentro do Sistema.Para que as melhorias deste boletim funcionem corretamente é necessário que o TOTVS ECM
estejadevidamente configurado e em execução, bem como os devidos parâmetros de integração com MicrosigaProtheus (MV_ECMEMP,
MV_ECMWS), os quais não serão discutidos neste boletim por não seremfuncionalidades novas.
ID do Chamado
SCJIKJ
Aplicabilidade
Fluxo TOTVS ECM no Sistema
Produtos
Microsiga 10
Módulos
Portais
Business Intelligence
Países
todos
Sistema Operacional
todos
Bancos de Dados
todos
Nome + Fonte
biECMWF, biPrtECMWF (ecmworkflow.prw)
Parâmetros Envolvidos
MV_ECMEMP, MV_ECMWS
Número da FNC
000000015622010
Ajustes no Compatibilizador

Não

Integridade Referencial Não

Aplicação de Patch

Procedimentos para Configuração

Para o correto funcionamento das funções disponibilizadas nesta melhoria é necessária a configuração da

chave “BrowserEnabled” no arquivo de configuração (ini) do TOTVS Smart Client, conforme abaixo:

[config]

BrowserEnabled=1

Procedimentos para Utilização

1 - Função para visualização de um fluxo de processo no TOTVS ECM, utilizando o código do processo no

Sistema como parâmetro de entrada:

Função:

biPrtECMWF(cTpProc, cIdProc[, nWidth][, nHeight][, cCaption][, cUsr][, cHashPwd])

Parâmetros:

cTpProc – Tipo de Processo

cIdProc – Código do Processo no Microsiga Protheus

nWidth – Largura da janela de visualização (padrão = 750px)

nHeight – Altura da janela de visualização (padrão = 550px)

cCaption – Título da janela (padrão = “TOTVS ECM”)

cUsr – Usuário (padrão = usuário logado no Sistema)

cHashPwd – Senha do usuário no formato “MD5:” + hash md5 da senha (padrão = hash MD5 do

usuário logado no Sistema)

Exemplo:

#INCLUDE "PROTHEUS.CH"

#INCLUDE "APWEBSRV.CH"

#INCLUDE "TBICONN.CH"

user function viewWf1()

biPrtECMWF("TESTE", "111")

return

SIGAWF – Fluxo TOTVS ECM no Sistema – 3

2 - Função para visualização de um fluxo de processo no TOTVS ECM, utilizando o código da instância no

TOTVS ECM como parâmetro de entrada:

Função:

biECMWF(cIdProc[, nWidth][, nHeight][, cCaption][, cUsr][, cHashPwd])

Parâmetros:

cIdProc – Código da Instância no TOTVS ECM

nWidth – Largura da janela de visualização (padrão = 750px)

nHeight – Altura da janela de visualização (padrão = 550px)

cCaption – Título da janela (padrão = “TOTVS ECM”)

cUsr – Usuário (padrão = usuário logado no Sistema)

cHashPwd – Senha do usuário no formato “MD5:” + hash md5 da senha (padrão = hash MD5 do

usuário logado no Sistema)

Exemplo:

#INCLUDE "PROTHEUS.CH"

#INCLUDE "APWEBSRV.CH"

#INCLUDE "TBICONN.CH"

user function viewWf2()

biECMWF ("111")

return

3 – Classe para permitir uso livre de URL para acesso ao visualizador de fluxo de processo no TOTVS

ECM

Classe:

biECMWorkFlow

Métodos:

3.1 - buildToken(cUser, cHashPwd) – Retorna um token válido para acesso às funções do TOTVS ECM.

Parâmetros:

cUser – Usuário (padrão = usuário logado no sistema)

cHashPwd – Senha do usuário no formato “MD5:” + hash md5 da senha (padrão = hash MD5 do

usuário logado no Sistema)

3.2 - buildUrl( cIdProc ) - Constrói uma URL a partir do código de uma instância ECM.

Parâmetros:

4 – SIGAWF – Fluxo TOTVS ECM no Sistema

cIdProc – Código da instância do processo no TOTVS ECM

3.3 - getUrl() – Retorna a URL gerada pelo método buildURL().

3.4 - getErrors() – Retorna detalhes dos erros ocorridos nos processamentos.

Exemplo:

#INCLUDE "PROTHEUS.CH"

#INCLUDE "APWEBSRV.CH"

#INCLUDE "TBICONN.CH"

user function viewWf3()

local oECMwf := nil

local cErrMsg := ""

local lOk := .T.

local cId := ""

oECMwf := biECMWorkflow():new()

cId := biPrt2Ecm("TESTE", "111") //Converte código de processo Protheus para ECM

lOk := oECMwf:buildToken() //Gera token (para uso interno)

lOk := lOk .and. oECMwf:buildUrl( cId ) //Gera URL

if lOk

msgInfo( oECMwf:getUrl() )

else

cErrMsg := ""

aEval( oECMwf:getErrors(), {|x| cErrMsg += ( x + CRLF )} )

msgStop( cErrMsg )

endif

return

Informações Técnicas

Tabelas Utilizadas: WFE – Equivalência Protheus ECM