P. 1
Apostila Curso IHM-Ativa

Apostila Curso IHM-Ativa

|Views: 1.263|Likes:
Publicado porregiespindola

More info:

Published by: regiespindola on Apr 23, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/15/2012

pdf

text

original

Sections

Apostila AT3 1

PROGRAMAÇÃO DE INTERFACES
HOMEM-MÁQUINA UNIVERSAL









CURSO AT3



Apostila AT3 2


1. ATIVA AUTOMAÇÃO................................................................................................................ 4
1.1. FILOSOFIA: ...................................................................................................................... 4
2. OBJETIVOS .............................................................................................................................. 5
2.1. PRÉ-REQUISITOS............................................................................................................ 5
2.2. TEMPO DE DURAÇÃO E HORÁRIO DO CURSO........................................................... 5
3. GUIA RÁPIDO........................................................................................................................... 6
4. INICIALIZANDO UM PROJETO................................................................................................ 7
4.1. ESCOLHA DA IHM............................................................................................................ 7
4.2. ESCOLHA DO(S) DRIVER(S) DE COMUNICAÇÃO ....................................................... 8
4.3. CARACTERÍSTICAS DA PORTA SERIAL....................................................................... 9
4.3.1. CONFIGURAÇÕES ..................................................................................................9
4.3.2. ENDEREÇAMENTO............................................................................................... 10
5. COMPONENTES DE UM PROJETO ..................................................................................... 11
6. SELEÇÃO DE FONTES.......................................................................................................... 12
7. CRIAÇÃO DE PÁGINAS......................................................................................................... 13
8. ÍCONES DE ACESSO RÁPIDO.............................................................................................. 14
9. CAMPOS NUMÉRICOS.......................................................................................................... 16
9.1. CONFIGURAÇÕES GERAIS.......................................................................................... 16
9.2. ENDEREÇAMENTO DE OPERANDOS......................................................................... 17
9.3. HABILITANDO A EDIÇÃO ............................................................................................. 17
10. COMPILAÇÃO DO PROJETO.............................................................................................. 18
11. MODO DE PROGRAMAÇÃO ............................................................................................... 19
12. ENVIO DO PROJETO........................................................................................................... 20
13. SENHAS ( PASSWORDS )................................................................................................... 21
14. DATA / HORA ....................................................................................................................... 22
15. RÓTULO DE TEXTOS (TEXT LIST)..................................................................................... 23
15.1. CONFIGURAÇÕES GERAIS........................................................................................ 23
15.2. INSERINDO MENSAGENS DE RÓTULO.................................................................... 24
16. INSERÇÃO DE FIGURAS..................................................................................................... 25
EXERCÍCIO 1 .......................................................................................................................... 26
17. RÓTULO DE IMAGENS ( SYMBOLIC FIELD ) ................................................................... 27
18. BARGRAPH .......................................................................................................................... 28
EXERCÍCIO 2 .......................................................................................................................... 30
19. TOUCH BUTTON ( BOTÃO DE TOQUE )........................................................................... 31
19.1. FUNÇÕES DO BOTÃO TOUCH ................................................................................. 31
19.2. THRESHOLD................................................................................................................ 34
19.3. IHM’S DE TECLAS ....................................................................................................... 35


Apostila AT3 3


20. ALARMES / MESSAGE AREA.............................................................................................. 36
20.1. ALARMES / MESSAGE AREA ..................................................................................... 36
20.2. ALARMES / MESSAGE AREA ..................................................................................... 37
20.3. ALARMES / MESSAGE AREA ..................................................................................... 38
21. CONFIGURAÇÕES GERAIS ............................................................................................... 39
EXERCÍCIO 3 .......................................................................................................................... 40
22. EXCHANGE AREAS............................................................................................................. 41
23. EXEMPLOS DE EXCHANGE AREAS.................................................................................. 42
24. OPERAÇÕES AUTOMÁTICAS............................................................................................. 43
24.1. AÇÃO (ACTION) ........................................................................................................... 43
24.2. EVENTO (EVENT) ........................................................................................................ 44
24.3. CONDIÇÃO DE HABILITAÇÃO (ENABLE CONDITION) ............................................. 44
25. RECURSOS INTERNOS ...................................................................................................... 45
26. RECEITAS............................................................................................................................. 47
26.1. VARIÁVEIS DA RECEITA............................................................................................. 48
26.2. CAMPO ASCII............................................................................................................... 49
26.3. CAMPO NUMÉRICO .................................................................................................... 50
26.4. SALVANDO OS VALORES NO BUFFER .................................................................... 51
26.5. ESCOLHA DE RECEITAS DO BUFFER...................................................................... 52
26.6. ENVIANDO A RECEITA ESCOLHIDA PARA O CP..................................................... 53
EXERCÍCIO 4 ........................................................................................................................... 54
27. IMPRESSÃO DE UM PROJETO .......................................................................................... 55
28. BACKUP E RESTAURAÇÃO DE PROJETO........................................................................ 56
29. HELP..................................................................................................................................... 57

















Apostila AT3 4


1. ATIVA AUTOMAÇÃO

A Ativa Automação atua há 11 anos no mercado industrial em todo o território
nacional com o objetivo de distribuir equipamentos para automação com a
tecnologia e qualidade da marca Ativa.
Nosso compromisso é garantir a satisfação de nossos clientes proporcionando
soluções de alto nível tecnológico com produtos compatíveis com a necessidade
do mercado, pós-venda, reparo e manutenção de diversas marcas, respaldo
técnico e estoque de todos os itens comercializados.
Oferecemos ainda acompanhamento de processos e consultoria, suporte
técnico 24 horas e treinamentos para todos os produtos. A Ativa Automação
caracteriza-se por ser uma empresa voltada a solução de hardware em
automação industrial.

1.1. FILOSOFIA

“Nosso compromisso é a parceria com nossos clientes”




















Apostila AT3 5


2. OBJETIVOS

O objetivo é fixar nos alunos os conceitos básicos de utilização e programação
das IHM’s Universais ATIVA, através da apresentação de exemplos de aplicações
e da solução de exercícios.

2.1. PRÉ-REQUISITOS

Os pré-requisitos mínimos para que os alunos possam cursar
satisfatoriamente o curso AT3, são:

Conceitos de eletricidade básica
Conceitos de lógicas de relés
Conceitos básicos de informática

2.2. TEMPO DE DURAÇÃO E HORÁRIO DO CURSO

O curso tem duração de 2 dias com horário estabelecido das 8h às 17h
com intervalos de 1h para almoço e 15 minutos para café (9h30min e às
15h30min) totalizando 16 horas/aula.











Apostila AT3 6


3. GUIA RÁPIDO

1. Conectar o cabo de programação do PC à VT
2. Executar o programador VTWin através do ícone

3. Uma vez aberto, selecione a IHM desejada

4. Em components , na pasta PLC selecione o driver a ser usado

5. Arraste o pacote do driver escolhido, para a porta de comunicação da IHM
(MSP ou ASP)

6. Double-click na porta, e no pacote do driver, configure os parâmetros de
velocidade, paridade, data bit e também o endereço (se houver) do CLP

7. Double-click no ícone da IHM, habilita o desenvolvimento do projeto

8. Após a elaboração do projeto, salve-o

9. Para compilá-lo vá ao menu Tools -> Compile projection

10. Então basta colocar a IHM em modo de programação.

No software VTWin no menu: Tools -> Download project







Apostila AT3 7


4. INICIALIZANDO UM PROJETO

4.1. ESCOLHA DA IHM

Ao iniciar o software VTWIN a tela de escolha dos modelos das IHMs
(Project Selection) e automaticamente aberta.














Todos os modelos da linha
de IHM estão disponíveis no
software

Apostila AT3 8



Um projeto de rede de IHM’s (ESANET) também poderá ser selecionado
nesta tela, como mostrado.








4.2. ESCOLHA DO(S) DRIVER(S) DE COMUNICAÇÃO

Na caixa Components, selecione a pasta PLC e escolha a marca e o
modelo do PLC desejado. Após a escolha arraste o bloco do driver até a porta de
comunicação da IHM.
















Apostila AT3 9


4.3. CARACTERÍSTICAS DA PORTA SERIAL

4.3.1. CONFIGURAÇÕES

As características: Baud rate, paridade, data bit, entre outros, da porta de
comunicação, deverão estar configuradas identicamente com a porta de
comunicação do CLP.

















Apostila AT3 10


4.3.2. ENDEREÇAMENTO

Na caixa Device Address, digite o endereço da IHM de acordo com a
configuração do PLC escolhido.
















Apostila AT3 11


5. COMPONENTES DE UM PROJETO

Para inicializar o projeto, clique no desenho da IHM escolhida, abrindo assim a
caixa Project Components



Em Object list, verificamos todos os componentes já criados no projeto.
















Apostila AT3 12


6. SELEÇÃO DE FONTES

Menu
Configuration Project language and fonts

Escolha da fonte utilizada no projeto
É possível escolher fontes do próprio VTWIN ou fontes do Windows
Em projeto podemos selecionar mais de um tipo de fonte















Apostila AT3 13


7. CRIAÇÃO DE PÁGINAS

Na criação das telas podemos configurar alguns parâmetros, tais como:

Nome da página
Intervalo de atualização
Cor de fundo
Página de ajuda












Apostila AT3 14


8. ÍCONES DE ACESSO RÁPIDO

Inserção de textos na tela

Campo numérico para monitoração e/ou edição de operandos do CP

Campo ASCII para inserção de caracteres AscII

Campo dinâmico para rotular textos através dos estados do operando
definido

Gráfico em barras

Campo dinâmico para rotular imagens através dos estados do operando
definido

Campo móvel de imagens para movimentação no plano cartesiano X,Y

Inserção de data e hora

Inserção figuras / desenhos (*.BMP, *.JPEG, *.ICO, *.TIFF, *.WMF)

Criação de Touch Botton (Botões)


Apostila AT3 15


Inserção de áreas de Touch

Gráfico de tendência

Dimensões da fonte. X1, X2 e X4

Criação de desenhos


Mostra grade do Touch Screen





















Apostila AT3 16


9. CAMPOS NUMÉRICOS

9.1. CONFIGURAÇÕES GERAIS


Menu
Fields Numeric

Ícone para inserção de um campo numérico.



Ao inserir um campo numérico, algumas informações deverão ser
configuradas na página General, como número de dígitos visíveis, formato do
número (decimal, binário, hexadecimal ou ponto flutuante)
Um operando do CP deverá ser endereçado. Para configurá-lo clique no
botão New e selecione qual equipamento e qual operando onde se deseja coletar
as informações.



Apostila AT3 17


9.2. ENDEREÇAMENTO DE OPERANDOS



9.3. HABILITANDO A EDIÇÃO



Para classificar um
operando como
monitoração ou edição
é necessário a seleção
da opção input enable
Em Device selecione o
driver (equipamento)
onde a IHM irá buscar
informações
No campo Data área
contem os nomes dos
operandos do CLP

Apostila AT3 18


10. COMPILAÇÃO DO PROJETO


Menu
Tolls Compile Project

Todo projeto, após seu termino, deve ser compilado.
Na tela de compilação, algumas informações do projeto serão mostradas:
se o projeto contém erros, advertências, a capacidade de memória total, memória
livre e memória utilizada.












Apostila AT3 19


11. MODO DE PROGRAMAÇÃO

Para colocar a IHM em estado de programação é necessário tocar as
extremidades diagonais. Como mostrado:













Apostila AT3 20


12. ENVIO DO PROJETO


Menu
Tolls Compile Project

Após a compilação do projeto, não contendo erros, o programa está apto
para ser enviado.

***A interface deverá estar em estado de programação para haver a recepção do
projeto.***



Selecione a porta de comunicação disponível do micro onde está
conectado o cabo de comunicação, velocidade, atualizar ou não o firmware.








Apostila AT3 21


13. SENHAS (PASSWORDS)

Menu
Configuration passwords

É possível configurar 10 senhas diferentes para o projeto.
A senha cadastrada como zero é a “senha mestre”. Com esta senha e
possível realizar todas as operações que necessitem de senha.



Logout timeout: Tempo de validade da senha, com um range de 1 a 500 minutos.
Logout page: Especifica em qual tela a IHM movera após a inserção da senha
correta.










Apostila AT3 22


14. DATA / HORA


Menu
Fields Date

Nos campos data/hora, deve-se configurar o formato da visualização dos
campos.

Exemplo:

Data: dd/mm/aa ou mm/dd/aa
Hora: 12 ou 24 Hs



















Apostila AT3 23


15. RÓTULO DE TEXTOS (TEXT LIST)

15.1. CONFIGURAÇÕES GERAIS


Menu
Fields Text List

A função Text List é utilizada para rotular mensagem de texto.



Um rótulo de mensagens poderá se basear em três tipos de configuração:

Single bit: Basea-se em um unico bit, a partir do seu nível lógico
Bit group: Grupo de 32 bits onde cada bit (nível alto ou baixo)
corresponderá a uma mensagem
Value: Baseia-se em valores dos operandos para fazer as movimentações
das mensagens

Clique botão Add
para adicionar uma
nova lista de textos

Apostila AT3 24


15.2. INSERINDO MENSAGENS DE RÓTULO

Os valores definidos em Value serão os parâmetros onde a IHM se
baseará para mostrar a mensagens.




















Apostila AT3 25


16. INSERÇÃO DE FIGURAS


Menu
Object Image

Ícone utilizado para inserir figuras no projeto.

Clicar no Botão New para importar a figura / desenho. Essa imagem poderá
ter as seguintes extensões: *.BMP, *.BMP, *.JPEG, *.ICO, *.TIFF, *.WMF e
outras.













Apostila AT3 26


EXERCÍCIO 1

Crie uma página na IHM que tenha as seguintes informações:

1. Data
2. Hora
3. Desenho de um Motor
4. Status desse Motor

O motor deverá trazer os seguintes status:

Acelerando
Rotação Máxima
Desacelerando
Motor Parado

Obs: Utilizar o endereço “M0” para variar os status do motor. O status será
editável, porém, solicitará uma senha.

Layout




Apostila AT3 27


17. RÓTULO DE IMAGENS (SYMBOLIC FIELD)


Menu
Fields Symbolic

A função Symbolic Fild serve para rotular imagens diferentes através de
valores vindos do PLC.














Para inserir nova(s)
imagem(ns) clique no botão
Add e localize a figura do
diretório específico.


Apostila AT3 28


18. BARGRAPH


Menu
Fields Bar

A função Bargraph possibilita a inserção de gráficos de barras no projeto.
Na declaração do operando de referência para o gráfico de barra faz-se
necessário colocar um valor mínimo e um valor máximo para a variável. Exemplo:











Apostila AT3 29


Após a configuração da variável e seus limites, podemos configurar os
atributos do gráfico de barras.




















Apostila AT3 30


EXERCÍCIO 2

Crie uma página na IHM que contenha as seguintes informações:

1. Desenho de um Tanque (Graphics / BMP / 16 Colour / Vessels /
Serbatoio camino.bmp)
2. Bargraph dentro do tanque indicando nível do tanque.
3. Valor real do tanque
4. Endereço para Set-Point do tanque
5. Data/Hora
6. Senha para alterar Set-Point
7. Status do Tanque (Enchendo, Esvaziando, Cheio, Vazio)
8. Setas de indicação da direção do Tanque (Graphics / ARW04UP e
ARW01DN)

Endereços

Bargrafh e valor real: “M0”
Set-Point: “M1”
Status e Setas: “M2”




Apostila AT3 31


19. TOUCH BUTTON (BOTÃO DE TOQUE)

19.1. FUNÇÕES DO BOTÃO TOUCH


Menu
Fields Touch Button

Uma tecla de função poderá ser configurada para ter as funções abaixo
descritas:



Go to page – essa opção tem a finalidade de ir para uma determinada
página
Permanently set bit – permanentemente força o bit para nível lógico alto
Permanently reset bit - permanentemente força o bit para nível lógico baixo
Momentary set bit – momentaneamente força o bit para nível lógico alto
esse bit estará “setado” enquanto esse botão estiver sendo tocado.


Apostila AT3 32


Momentary reset bit – momentaneamente força o bit para nível lógico
baixo, esse bit estará “resetado” enquanto esse botão estiver sendo
tocado.
Bit invert – tem a finalidade de inverter o estado lógico do bit. ( 01 ou 1 0 )
Value direct command – coloca um determinado valor definido em
operando do PLC
Macro – conjunto de instruções em um mesmo botão (16 funções por
botão)
Internal command – instruções / comandos internos da IHM
Sequence – Navegação das telas em uma IHM com teclado

EXEMPLO

Crie um projeto que contenha os seguintes botões:

Go to page 2 e na página 2 um botão para a pagina 1 Go to page 1
Permanente set bit (M73 BIT 0)
Permanente reset bit (M73 BIT 0)
Momentary set bit (M73 BIT 1)
Momentary reset bit (M73 BIT 1)
Bit invert (M73 BIT 2)
Value direct command: Comando para adicionar valor 5 na Memória 0
(ADD)
Senha para mudar de página
Página de ajuda ( Help page )





,

Apostila AT3 33


Layout















Apostila AT3 34


19.2. THRESHOLD

A função do Threshold é utilizada para mudar o estado de um botão, como,
por exemplo, a cor ou imagem, dependendo do estado lógico de uma variável a
ser definida.


















Apostila AT3 35


19.3. IHM’S DE TECLAS

Nas IHM’s de teclas as funções das teclas são as mesmas citadas acima.



IHM gráfica com 25 teclas de funções.



Apostila AT3 36


20. ALARMES / MESSAGE AREA

A criação de lista alarmes está dividida em três partes:
Exchange area
Memory area
Descrição da mensagem e configuração do bit referente do alarme

20.1. ALARMES / MESSAGE AREA

Exchange Area

Menu
Window Project components Exchange Area

Utilizado para configurar o alarme.





Apostila AT3 37


20.2. ALARMES / MESSAGE AREA

Memory area

Utilizado para configurar os endereços do PLC utilizados para alarmes.


















Apostila AT3 38


20.3. ALARMES / MESSAGE AREA

Descrição da mensagem e configuração do bit referente do alarme ou da
mensagem de informação.

















No índice Options é
possível selecionar a
opção para salvar os
alarmes no buffer da IHM

Apostila AT3 39


21. CONFIGURAÇÕES GERAIS

Configuration Project Setting

Configurações gerais da IHM e Alarmes.



Start up page – Página onde será inicializado.
Beep on screen touch – Sonoro quando a tela é tocada.











Apostila AT3 40


EXERCÍCIO 3

1. Criar 5 Alarmes com opção de salvá-los no buffer
2. Criar um botão para visualizar o histórico de alarme
3. Criar 3 Mensagens de informação (information messages)

Layout

Primeira Pagina
















Apostila AT3 41


22. EXCHANGE AREAS

São áreas de memórias utilizadas para interagir a IHM com o CLP.
Através dessas áreas podemos, por exemplo, forçar uma página, iniciar o
modo de proteção de tela, memória das teclas, página atual e outras.

Áreas de troca de dados são classificadas em 3 tipos:

Input Area:
Alarme area (1..16 Word)
Message area (1..16 Word)

Status Area:
Command answer area
Key status area
Led status area
Print status area
Recipe status area
Terminal status area

Command Area:
Function command area (4 Word)
Internal green leds command area (blinking light)
Internal green leds command area (fixed light)
Internal red leds command area (blinking light)
Internal red leds command area (fixed light)





Apostila AT3 42


23. EXEMPLOS DE EXCHANGE AREAS

A Função Command Area é composta por 4 words:

Estrutura
Word Significado
0 Número do comando
1 1°parâmetro
2 2°parâmetro
3 3°parâmetro

Comando para forçar página (Force page):
Word Valor
0 2 código da operação
1 X número da página onde se deseja ir
2 - não utilizada
3 - não utilizada

Comando para reconhecimento de todos os alarmes (acknowledge):
Word Valor
0 43 código da operação
1 - não utilizada
2 - não utilizada
3 - não utilizada

Comando para habilitação de proteção de telas (set screen saver):
Word Valor
0 12 código da operação
1 X tempo de espera para habilitação, em minutos (1-30)
2 - não utilizada
3 - não utilizada

Apostila AT3 43


24. OPERAÇÕES AUTOMÁTICAS

Menu
Window Project components Exchange Area

24.1. AÇÃO (ACTION)

Podemos definir dois tipos de ação para ser executa automaticamente:
Função - como descritos anteriormente
Equação (Operação matemática envolvendo adição, subtração, divisão e
multiplicação)










Apostila AT3 44


24.2. EVENTO (EVENT)

Esse recurso é utilizado para definir a partir de quando será realizada a
função automaticamente. A função pode dar início a partir de temporizadores
internos ou através de uma variável vinda do CP.
Variável
Timer (no total 32 temporizadores; range: 100ms a 25s)

24.3. CONDIÇÃO DE HABILITAÇÃO (ENABLE
CONDITION)

Quando habilitada essa função, podemos definir quando uma determinada
ação será tomada pela IHM.

Por exemplo:
Só executar a “Ação” pré-determinada, quando os valores da VAR_0001
estiver Maior ou Igual ao valor 5.




Apostila AT3 45


25. RECURSOS INTERNOS

As IHM’s possuem um “próprio driver”, ou seja, é possível simular um algumas
aplicações utilizando esse recurso.
No total são 2K bytes que estão disponíveis.



Onde:
IR = Word 16 bits (0-1023)
BIT= Bit (0-16367)







Apostila AT3 46


EXEMPLO

Utilização de memórias internas da IHM e operações automáticas.

Desenvolva um software utilizando o driver interno da IHM:
3 figuras variando de 3 em 3 segundos
Gráfico de barras (limitado em 50)

























Apostila AT3 47


26. RECEITAS

Menu
Configuration Data memory structure
















Número limite de
caracteres para edição

Apostila AT3 48


26.1. VARIÁVEIS DA RECEITA



















Selecione as variáveis que
farão parte da receita.
Esses campos deverão ser
editáveis.


Apostila AT3 49


26.2. CAMPO ASCII


Menu
Fields Text
















O campo ASCII é criado para
nomear uma receita.
Na caixa de seleção Source,
selecione a opção Data
memory structure, e na caixa
Variable Recipe code.
Esse campo deverá ser editável.


Apostila AT3 50


26.3. CAMPO NUMÉRICO


Menu
Fields Numeric
















Na caixa de seleção Source, selecione a
opção Data memory item, e na caixa
Variable a variável que será utilizada na
receita.


Apostila AT3 51


26.4. SALVANDO OS VALORES NO BUFFER

Para salvar as memórias, já com os valores definidos e o nome pelo
operador, utilizamos um botão Touch Button com funções internas (Internal
command). Save recipe in data memory.



















Apostila AT3 52


26.5. ESCOLHA DE RECEITAS DO BUFFER





















Para escolher uma
receita armazenada no
buffer, utilizamos um
botão Touch Button
com funções internas
(Internal command)
Display recipe
directory

Apostila AT3 53


26.6. ENVIANDO A RECEITA ESCOLHIDA PARA O
CP

Para enviar uma receita já selecionada pelo usuário cria-se um botão
Touch Button com funções internas (Internal command).
Send recipe to device



Procedimento para criação das receitas

Antes de uma receita ser enviada para o CP, é necessário
Descrever um nome para a receita, utilizando o campo ASCII
Inserir os valores nas memórias classificadas como receita, utilizando
Numeric Field.
Salvar esses valores no buffer da IHM
Escolher a receita, pelo nome, armazenada no buffer
Então, enviá-la ao CP



Apostila AT3 54


EXERCÍCIO 4

Crie uma receita com 5 produtos diferentes onde cada produto deverá
conter 4 ingredientes.
Faça também os campos numéricos para visualizar os valores enviados
para o CLP.
Utilize as memórias M0 à M3.

Produto: Chocolates
Choquito
Prestígio
Charge
Bis
Twix

Ingredientes
Chocolate
Água
Açúcar
Leite





Apostila AT3 55


27. IMPRESSÃO DE UM PROJETO

Na tela principal

Menu
Tools Print















Na caixa de seleção
Avaliable Sections,
selecione as informações
desejadas para serem
impressas

Apostila AT3 56


28. BACKUP E RESTAURAÇÃO DE PROJETO

Menu
Tools Backup / Restore



Backup

O projeto e/ou as receitas armazenadas na IHM poderão ser salvos como
um backup, Não é permitido modificações neste projeto backup por se tratar de
um arquivo compilado.

Restore (restauração)

Após realizado o backup, esse arquivo compilado já esta pronto para ser
mandado para a IHM.








Apostila AT3 57


29. HELP

Menu
Contents

Nesse tópico obtemos um auxílio geral sobre programação do software,
pinagem do cabo de programação da IHM e cabos de comunicação com o PLC.
















You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->