P. 1
Queimaduras

Queimaduras

4.83

|Views: 27.599|Likes:

More info:

Published by: Jean Marconi Carvalho on May 31, 2007
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/05/2013

pdf

text

original

QUEIMADURAS - É a lesão dos tecidos produzida por substância corrosiva ou irritantes pela ação do calor ou emanações radioativas.

Em geral, as queimaduras são classificadas, segundo a extensão e a profundidade, em: • queimadura de 1º grau • queimadura de 2º grau • queimadura de 3º grau Falaremos, a seguir, sobre cada uma delas. 1º GRAU: São queimaduras na superfície da pele com a forma de uma bolha (flictena), avermelhamento do local (eritema) e dor intensa. São as mais comuns e, a menos que a área queimada seja grande, não ameaçam a vida da vítima. 2º GRAU: São queimaduras mais profundas na pele (atingem a derme). Podem existir ou não as flictenas (bolhas), o local fica muito vermelho e também ocorre dor intensa. Estas queimaduras deixam cicatrizes indesejáveis, se não tratadas convenientemente. Dependendo da área atingida, podem causar estado de choque. 3º GRAU: São as queimaduras que destroem a pele e atingem as estruturas internas (vasos, nervos, músculos). Não se forma bolha e o local fica cinzento (sem sangue). Representam grande ameaça à vida da vítima. As principais medidas de socorro visam prevenir o estado de choque, controlar a dor e evitar a contaminação. Recomenda-se: • Não colocar remédios caseiros (por ex.: nata de leite, azeite, pó de café etc.) sobre nenhuma queimadura. Isto só dificulta a limpeza e aumenta o risco de contaminação. • O melhor tratamento local imediato para as queimaduras de 1º e 2º grau (mesmo as causadas pelo sol) é a aplicação de compressas bem embebidas em álcool e que devem ser trocadas quando o álcool evapora. Este tratamento tópico reduz a dor e diminui a contaminação. • Nas queimaduras de 3º grau, apenas cubra o local com pano limpo ou gaze esterilizada e aguarde decisão médica. • Não fure, jamais, as bolhas (flictenas) que se formam na região queimada. Isto só aumenta a contaminação. • Não tente remover tecidos que estão grudados na área queimada. • Todo paciente queimado precisa de líquidos. Se a vítima estiver consciente, dê-lhe água, sucos ou chás em abundância. • Todas as queimaduras que envolvem face, dobras do corpo, mãos e órgãos genitais são graves e devem ser tratadas no hospital. ATENÇÃO - Ao socorrer um queimado em corrente elétrica, verifique primeiro se o circuito está desligado. - O risco de vida (gravidade do caso) não está no grau da queimadura, e sim, na extensão da superfície atingida. Quanto maior a área queimada, mais grave é o caso. - Avaliação da área queimada: use a "regra dos nove": • cabeça - 9% da superfície do corpo

• • • • • •

membro superior esquerdo - 9% membro superior direito - 9% tórax e abdome (frente) - 18% tórax e região lombar (costas) - 18% membro inferior esquerdo - 18% membro inferior direito - 18%

- Considere: --> pequeno queimado: menos de 10% da área corpórea queimada. --> grande queimado: mais de 10% da área queimada.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->