P. 1
Camila Cascudo é nomeada Presidente da Funcarte

Camila Cascudo é nomeada Presidente da Funcarte

|Views: 26|Likes:
Publicado porCarol Reis
A ADVOGADA CAMILA Cascudo Barreto, 40, é a nova presidente da Fundação
Capitania das Artes. A nomeação saiu ontem no Diário Oficial do Município, junto com a indicação de Edson Soares do Nascimento,ex-diretor do departamento
de artes integradas, para a vice-presidência. A oito meses do fim do mandato da prefeita Micarla de Sousa, Camila diz que o que pretende fazer é cumprir o cronograma previsto: realizar os salões de artes visuais, garantir o pagamento
do Fundo de Incentivo à Cultura e cumprir, “da melhor maneira possível”, todos os projetos de lei.
A ADVOGADA CAMILA Cascudo Barreto, 40, é a nova presidente da Fundação
Capitania das Artes. A nomeação saiu ontem no Diário Oficial do Município, junto com a indicação de Edson Soares do Nascimento,ex-diretor do departamento
de artes integradas, para a vice-presidência. A oito meses do fim do mandato da prefeita Micarla de Sousa, Camila diz que o que pretende fazer é cumprir o cronograma previsto: realizar os salões de artes visuais, garantir o pagamento
do Fundo de Incentivo à Cultura e cumprir, “da melhor maneira possível”, todos os projetos de lei.

More info:

Published by: Carol Reis on Apr 30, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/30/2012

pdf

text

original

Últimas

8
/ NOVO JORNAL / NATAL, DOMINGO, 29 DE ABRIL DE 2012

Editor Viktor Vidal

E-mail pauta@novojornal.jor.br

Fones 84 3342.0358 / 3342.0374

CASCUDO NA FUNCARTE
/ CULTURA / CAMILA CASCUDO É NOMEADA PRESIDENTE DA CAPITANIA DAS ARTES
HUMBERTO SALES / ARQUIVO NJ

/ SESC / / VIOLÊNCIA /

QUATRO ASSASSINATOS EM SETE MINUTOS
Quatro homicídios em um intervalo de sete minutos marcaram a noite de sextafeira em Natal e Grande Natal. Segundo o tenente Espíndola da Polícia Militar, de plantão na manhã de ontem, o primeiro aconteceu às 21h22 na Rua Mestre Luciano, Conjunto Aliança, em Nossa Senhora da Apresentação, zona Norte da cidade. Francinaldo Gomes da Silva, 16, foi executado e Manoel França de Lima, 45, que estava próximo ao local, também foi atingido pelos disparos, mas não morreu. Segundo relatório da PM, outros três homens foram mortos em uma granja em Genipabu às 21h29. De acordo com o tenente Espíndola, o relatório da PM não aponta a suspeita em torno da motivação do crime ocorrido na zona Norte de Natal. Francinaldo caminhava pela rua quando dois homens chegaram de moto e efetuaram os disparos de revólver. Não foi informado quantos tiros foram efetuados. Sete minutos depois, na Rua Professora Maria Alice Rodrigues, na praia de Genipabu (Extremoz), Gilson Raimundo Bezerra, 47, Djanilson Bezerra, 45, e Francisco Canindé Filho, 34, foram mortos com mais de dez tiros. Dois homens não identificados chegaram ao local e, segundo os moradores, efetuaram mais de 10 disparos de arma de fogo. “O relatório não informa se há suspeitas sobre a motivação do crime, cabe à Polícia Civil investigar”, disse o tenente de plantão. De acordo com informações veiculadas na imprensa, os três homens foram executados enquanto descarregavam material de construção de um caminhão na praia de Genipabu. Os disparos teriam sido efetuados por uma pistola e espingarda calibre 12. Dentro da residência estava a esposa de Gilson, que ao ouvir os tiros conseguiu se trancar e se esconder dos bandidos. Informações preliminares dão conta que o crime pode ter sido motivado por acerto de contas, já que Djanilson tinha envolvimento com drogas e passagem pela polícia, por ter participado de uma tentativa de homicídio dois anos atrás. Ainda na noite de sexta, às 22h28, Leandro Clécio da Silva, 23, também foi vítima de disparos de arma de fogo. Leandro estava bebendo em um bar na Rua Augustinho Leitão, Praça Gentil Ferreira, Alecrim, e depois de se envolver numa briga, acabou atingido por dois disparos, mas não veio a óbito. O crime foi registrado como lesão corporal por arma de fogo.

CORRIDA E CIDADANIA NO DIA DO TRABALHADOR
NADA DE FICAR em casa e aproveitar o dia de “folga”. Na próxima terça-feira, o Sistema Fecomércio/ RN, por meio do SESC, vai comemorar o Dia do Trabalhador em grande estilo e de forma gratuita. Serão mais de 30 serviços para a população, entre eles, emissão de título de eleitor, identidade, o cinas gastronômicas e recreação infantil. A programação começa a partir de 08h na Praça Cívica [Petrópolis]. Além de todos os serviços, a grande expectativa também gira em torno da terceira edição da Corrida do Comerciário, que pela primeira vez acontece junto às comemorações do 1º de maio. A largada para as crianças acontece às 15h e para os adultos, às 16h. “Esperamos que 20 mil pessoas aproveitem todos os serviços e que 500 identidades sejam emitidas, mas corre o risco desse número ser superado. Qualquer pessoa pode participar e absolutamente tudo será gratuito”, garante o diretor regional do SESC, Laumir Barrêto, enfatizando também que 1.500 atletas participarão da corrida.

LOUISE AGUIAR
DO NOVO JORNAL

A ADVOGADA CAMILA Cascudo Barre-

to, 40, é a nova presidente da Fundação Capitania das Artes. A nomeação saiu ontem no Diário O cial do Município, junto com a indicação de Edson Soares do Nascimento, ex-diretor do departamento de artes integradas, para a vice-presidência. A oito meses do m do mandato da prefeita Micarla de Sousa, Camila diz que o que pretende fazer é cumprir o cronograma previsto: realizar os salões de artes visuais, garantir o pagamento do Fundo de Incentivo à Cultura e cumprir, “da melhor maneira possível”, todos os projetos de lei. Na vice-presidência da Capitania desde 2010, Camila já está familiarizada com a rotina do órgão. Entrou na Fundação como chefe do setor jurídico em 2009 e, no ano seguinte, passou à vice-presidência. Chegou a ocupar o mais alto cargo em exercício várias vezes nas ausências do ex-presidente Roberto Lima. A previsão da advogada é que na próxima quarta-feira já tome posse do cargo.

▶ Camila Cascudo diz que meta é cumprir o cronograma
“Ainda vou sentar com a prefeita, me reunir com a equipe, então acho que na quarta-feira estarei tomando posse”, diz. Outra meta de Camila é solver o maior número de processos pendentes existentes na Funcarte. Ela se refere aos débitos que a Fundação tem com diversos artistas potiguares. De acordo com a advogada, desde fevereiro, quando Micarla de Sousa promoveu nova reforma administrativa, mais de 100 processos já foram solucionados. “Os débitos estão bem menores”, diz, sem no entanto informar valores. Essa não será a maior preocupação da gestora, porque segundo ela mesma de ne, adota uma linha “muito austera”. “Só irei fazer o que realmente puder se efetivar”, acrescenta. O maior desao, porém, será aumentar o diálogo com a classe artística potiguar. “Seria precipitado de nir objetivos agora, porque ainda não conversei com a equipe, mas vou cumprir o que tem que ser feito com a maior transparência e diálogo. Sempre me envolvi com cultura e vou continuar”, naliza. Camila Cascudo, que é neta de Luís da Câmara Cascudo, também é presidente do Instituto Câmara Cascudo.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->