P. 1
fundamentos da administração pública

fundamentos da administração pública

|Views: 1.805|Likes:
Publicado porlidian_2105

More info:

Published by: lidian_2105 on May 06, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/04/2013

pdf

text

original

Apostila Básica - Questões Comentadas


Fundamentos da Administração Pública - Prof. Roberto César
1
Tópicos 1 e 2

Fundamentos da Administração Pública Olá, candidato(a)s!
Em primeiro lugar, espero que todo(a)s estejam bem! E em um segundo momento quero dizer que é um prazer
tê-los conosco nesses encontros onde estaremos falando sobre os tópicos 1 e 2 da disciplina Fundamentos da
Administração Pública, formatado especialmente para o concurso de
Assistente em Administração e todos os cargos de nível superior
do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Alagoas (IFAL), cuja banca examinadora será a
COPEVE
.Segundo o Edital nº 05/PRDI/DGP, de 15 de junho de 2011,
estes tópicos 1 e 2 da disciplina Fundamentos da Administração Pública abrangerá, juntamente com os
outros tópicos desta mesma disciplina, na prova objetiva de conhecimentos básicos, 5 questões.
Nosso estudo sobre os
tópicos 1 e 2 da disciplina Fundamentos da Administração Pública
terá,1encontro de no mínimo2horas/aula,
onde abordaremos de maneira direta o conteúdo programático constante do edital e, ainda,incluiremos questões
de concursos anteriores relativas aos temas apresentados.A formatação deste estudo foi preparada para que
você se sinta apto e estimulado a compreender e aproveitar damaneira mais adequada tudo o que lhe for
apresentado, sentindo-se confiante a fazer uma boa prova.Pessoal, lembrem-se... Antes de começar a
estudar, você precisa realmente querer estudar. Isso faz toda adiferença. Dedique seu tempo (de 2
às 4 da manhã!!), atenção e concentração e não se preocupe com os outroscandidatos que estão
disputando juntamente com você uma das vagas ofertadas para este concurso, porque umaserá
sua. Faça a sua parte! Se você quiser, você será um(a) grande vitorioso(a)!E então? Aceita o desafio? Comece
agora mesmo seus estudos sobre os
tópicos 1 e 2 da disciplina Fundamentosda Administração Pública.
O material apresentado a seguir refere-se a um resumo (bem prático e necessário!) que fiz tomando como
referênciaa obra do
Augustinho Vicente Paludo
sobre
Administração Pública: teoria e mais de 500 questões.
Ametodologia apresentada para este formato (
QUESTÕES COMENTADAS
) propõe a análise de questões deconcursos, fornecendo em sala de aula o respectivo gabarito e comentários,
mostrando, inclusive, as peculiaridadese as chamadas "pegadinhas" de algumas bancas, especificamente
a “
COPEVE

.
BONS ESTUDOS!Prof. Roberto CésarTópicos 1 e 2

Fundamentos da Administração Pública Pequena Fundamentação TeóricaTÓPICO 1

Administração Pública e Governo: conceito e objetivos1. Conceito de Administração Pública:
A Administração Pública pode ser conceituada sob duasformas distintas:

Em
sentido subjetivo ou sentido formal

Em
sentido objetivo ou sentido material
Apostila Básica - Questões Comentadas

Fundamentos da AdministraçãoPública - Prof. Roberto César
2
Não
sentido formal
,
Administração Pública
é o conjunto de entes(pessoas jurídicas*, órgãos* e agentes públicos*) que tem a incumbência de
exercer uma das funções do Estado :a função administrativa
.No sentido material Administração Pública
é a
própria função administrativa que incumbe ,predominantemente, ao Poder Executivo
.Agora, sob uma
visão global da ciência administrativa
,
Administração Pública
é
todo o aparelhamento do Estado
preordenado à
realização de seus serviços
, visando à
satisfação das necessidades coletivas
.A
Administração Pública
, em
sentido amplo (visão global)
, compreende: o
Governo
(que toma as decisões políticas), a
estrutura administrativa
(conjunto de entes) e a
gestão pública
(que executa essas decisões políticas e administrativas).
1.1 Objetivos da Administração Pública:
De forma resumida, podemos dizer que a
administração pública
tem os seguintes objetivos:

Melhorar
a qualidade da prestação de seus serviços à sociedade;

Aprimorar
o controle social (permitindo à sociedade um melhor controle da administração pública);

Combater
o patrimonialismo e o clientelismo;

Fazer
mais ao menor custo possível (aumentando substancialmente sua eficácia);

Valorizar
o servidor público.
1.2 Atividades da Administração Pública:

Serviço Público

são prestações concretas que representam em si mesmas, utilidades ou comodidades materiaispara a população
em geral, oferecidas pela Administração Pública formal ou por particulares delegatários.

Polícia Administrativa -
são restrições ou condicionamentos impostos ao exercício de atividades privadas embenefício do interesse
público; exemplo típico são as atividades de fiscalização.
Dica:
A
Polícia Administrativa
não se confunde
com a
Polícia Judiciária
, nem com
Polícia Militar
.A
Polícia Militar
(responsável pela prevenção dos crimes) atua antes da ocorrência, evitando que ele aconteça.Caso essa
atividade falhe, passa a agir a
Polícia Judiciária
(responsável pela repressão dos crimes), que investigao fato e viabiliza a futura ação penal. Diferente é
a atividade da
Polícia Administrativa
(responsável pelo poder depolícia), que atua na proteção administrativa do interesse público.

Fomento -
são incentivos à iniciativa privada de utilidade pública, por exemplo, mediante a concessão
debenefícios ou incentivos fiscais.

Intervenção

são intervenções do Estado no setor privado.
Apostila Básica - Questões Comentadas

Fundamentos da AdministraçãoPública - Prof. Roberto César
3
2. Conceito de Governo: Governo
é a
expressão política do comando
, da
fixação dos objetivos do Estado
e de
manutenção ou invocação da ordem pública.
A expressão “Governo”
é usualmente utilizada
para designar a instância máxima de administração executiva,
geralmente reconhecida como a liderança máxima de um Estado ou de uma Nação.Pode-se dizer que
forma de governo
é um conceito que se refere à maneira como se dá
a instituição dopoder na sociedade
e como se dá
a relação entre governantes e governados
.
Exemplos de forma degoverno
:
República e Monarquia.
Sistema de governo
não se confunde com a forma de governo, pois este termo (sistema de governo) dizrespeito
ao modo como se relacionam os poderes
(as relações entre o Legislativo e o Executivo).
Exemplos de sistema de governo
:
Presidencialismo e Parlamentarismo
.
2.1 Principais tipos de Governo:

Anarquismo
: ausência ou falta de governo. É uma filosofia política que engloba teorias, métodos e ações que objetivam a
eliminação total de todas as formas e tipos de governo compulsório.

Democracia
: poder exercido pelo povo. Pode ser dividida ainda em democracia representativa onde o povo delega seus
poderes por meio de eleições e democracia direta onde o povo exerce diretamente o poder.

Despotismo
: governo de um líder reconhecido pela população como salvador carismático. É um tipo de Governo em que o
poder se encontra nas mãos de apenas um governante.

Ditatura:
governo de um líder reconhecido pela população como repressor. É o regime político em que o governante (ou
grupo governante) não responde à lei, e não tem legitimidade conferida pela escolha popular.

Monarquia
: governo baseado na herança nobiliárquica. É um tipo de regime político que reconhece um monarca como chefe
de Estado.

Oligarquia
: governo de um pequeno grupo político que compartilha interesse ou relações familiares. Tem-se, por oligarquia,
o governo de poucos em benefício próprio, com amparo na tradição familiar.

Plutocracia
: governo de pessoas ricas. É um sistema político no qual o poder é exercido pelo grupo mais rico.

Teocracia
: governo de um estado religioso ou orientado por valores exclusivo de uma religião. É um regime degoverno em
que as ações políticas, jurídicas e policiais são submetidas às normas de alguma religião.

Tirania
: governo com poder ilimitado.
Apostila Básica - Questões Comentadas

Fundamentos da AdministraçãoPública - Prof. Roberto César
4
3. Conceito de Estado:
O conceito de Estado
varia segundo o ângulo
em que é considerado;

Do ponto de vista
sociológico
, Estado
é corporação territorial dotada de um poder de mando originário;

Sob o aspecto
político
, Estado
é comunidade de homens, fixada sobre um território, com potestade superiorde ação, de mando e de
coerção;

Sob o
prisma constitucional
, Estado
é pessoa jurídica territorial soberana.3.1 Elementos componentes do Estado:
MEIRELLES destaca que o Estado para ser considerado em sua plenitude, é composto de
povo
,
território
e
governo soberano
, sendo que estes
três elementos
devem estar obrigatoriamente presentes para queconsideremos como Estado uma determinada comunidade.
Pulo do Gato
:Formas de Estado:
Estado Unitário, Estado Federado e Estado Confederado.Estado Unitário
O
Estado Unitário
é caracterizado pela
centralização político-administrativa
, ou seja, há um único PoderExecutivo, Legislativo e Judiciário para todo o território do Estado, existindo por
conseguinte uma unidade depoder.
Pode existir uma descentralização administrativa, jamais uma autonomia administrativa.
Comoexemplo encontra-se: Portugal, França e Bélgica.
Estado Federado
O
Estado Federal
distingue-se por existir uma
descentralização político-administrativa
. O território doEstado é dividido em diversas unidades territoriais que gozam de autonomia administrativa,
financeira elegislativa. Assim, o poder se reparte no espaço territorial, gerando uma multiplicidade de
organizaçõesgovernamentais. Como exemplo encontra-se: Brasil, Argentina e Estados Unidos.
ConfederaçãoConfederação
é a união permanente de vários Estados soberanos, com o fito de assegurar a defesa externae a paz interna.
Como exemplo encontra-se:???
3.2 Poderes do Estado:

Poderes Estruturais
, formados pelo
Executivo, Legislativo e Judiciário
, responsáveis pela efetiva gestão doEstado, cada um com responsabilidades específicas;

Poderes Instrumentais
, que é o composto de
leis, decretos e demais normas regulamentadoras, cuja maior éa Constituição.
Apostila Básica - Questões Comentadas

Fundamentos da AdministraçãoPública - Prof. Roberto César
5
3.3 Organização do Estado
:Como o Estado atua por meio de órgãos, agentes e pessoas jurídicas (entes estatais), sua organizaçãoengloba
três situações fundamentais:

Centralização
: Na centralização, o
Estado executa suas tarefas diretamente por meio dos órgãos eagentes administrativos
que compõem sua estrutura funcional.
Exemplo de Centralização
:
Administração Pública Direta.

Descentralização
: Na descentralização, ele (Estado)
o faz indiretamente por meio de outras pessoasjurídicas
. Pode ser por meio de
outorga
ou
delegação
.Há
outorga
quando o Estado cria uma entidade e a ela transfere, por lei, a titularidade e a execução dedeterminado serviço
público.Há
delegação
, quando o Estado transfere, por contrato (concessão ou consórcio público) ou ato unilateral(permissão ou
autorização), unicamente a execução do serviço, para que o ente delegado o preste àcoletividade, em nome
próprio e por sua conta e risco, mas nas condições e sob o controle do Estado.
Exemplo de Descentralização:
Administração Pública Indireta (outorga) e Parcerias Público-Privados(delegação).

Desconcentração
: Na desconcentração temos uma
distribuição de competências no âmbito internoda própria entidade
encarregada de executar um ou mais serviços.
Exemplo de Desconcentração
: INSSquando cria Postos de Atendimentos.
Tópico 2

Evolução dos modelos de Administração Pública.
Partindo-se de uma
perspectiva histórica
, verificamos que a
Administração Pública
evoluiu através detrês modelos básicos:

ADM. PÚB. PATRIMONIALISTA;

ADM. PÚB. BUROCRÁTICA;

ADM. PÚB. GERENCIAL.1. Administração Pública Patrimonialista
O
Patrimonialismo
é uma
forma de exercício da dominação
por uma autoridade.A
Base de sua legitimidade é a tradição
, cujas características principais repousam no
poder individual dogovernante
que, amparado por seu aparato administrativo recrutado com base em critérios pessoais, exerceo poder político
sob um determinado território.No Brasil, a
Administração Pública Patrimonialista
,
em sua essência
, ocorreu deste a Proclamação daIndependência (
1821
) até aproximadamente a República Velha (
1930
).No Patrimonialismo, o
aparelho do estado
funciona como uma
extensão do poder do soberano
e os seus
auxiliares
possuem
status de nobreza real
;Os
cargos públicos
são considerados
prebendas ou sinecuras
;
Apostila Básica - Questões Comentadas

Fundamentos da AdministraçãoPública - Prof. Roberto César
6
A
res publica
não é diferenciada da
res principis
.Em consequência, a
corrupção e o nepotismo
são inerentes a esse tipo de administração;No momento em que o
capitalismo e a democracia
se tornam dominantes, o
mercado e a sociedade civil
passam a se distinguir do estado;Neste novo momento histórico, a
Administração Pública Patrimonialista
torna-se uma excrescênciainaceitável.Ao
grupo que dominava o poder
durante o estado patrimonialista, Raymundo Faoro denominou de
estamento burocrático.2. Administração Pública Burocrática
Do livro “Introdução a Organização Burocrática”, do
Bresser Pereira
com o Fernando Prestes Motta, osautores afirmam que: Se adotarmos uma definição curta e perfeitamente
enquadrada dentro dos moldes dafilosofia aristotélica, diremos que uma
burocracia é um sistema social racional, ou um sistema social emque a divisão do trabalho é
racionalmente realizada tendo em vista os fins visados.
Há pelo menos três grandes causas que levaram à formação da administração pública burocrática:a)
Processo de racionalização
capitalista
b)
Expansão e complexificação do papel do Estado
:c)
Ampliação da democracia e a criação de políticas públicas para garantir direitos sociais:
No Brasil, a
Administração Pública Burocrática
,
em sua essência
, ocorreu deste a era Vargas (
1930
) atéo estabelecimento do PDRAE (
1995
).Surge para combater a
corrupção e o nepotismo
patrimonialista;Constituem
princípios orientadores
do seu desenvolvimento:

Profissionalização;

Idéia de carreira;

Hierarquia funcional;

Impessoalidade;

Formalismo
Apostila Básica - Questões Comentadas

Fundamentos da AdministraçãoPública - Prof. Roberto César
7
Os
controles administrativos
visando a evitar a corrupção e o nepotismo são sempre
a priori
.O
controle
tranforma-se na própria razão de ser do funcionário;Em consequência, o
estado volta-se para si mesmo
, perdendo a noção de sua missão básica, que é servira sociedade.O grande
instrumento de superioridade
da Administração Pública Burocrática é
conhecimentoprofissional (profissionalização)
.
3. Administração Pública GerencialÉ um modelo contingencial voltado para o atendimento do cidadão:
Enquanto a
Administração Pública Burocrática
é auto-referida
, a
Administração Pública Gerencial
éorientada para o cidadão
.
Princípios da Administração Gerencial:

Descentralização administrativa
, através da delegação de autoridade para os administradores públicos seremtransformados em gerentes
crescentemente autônomos;

Descentralização do ponto de vista político
, transferindo recursos e atribuições para os níveis políticosregionais e locais;

Organizações com poucos níveis hierárquicos
ao invés de piramidal;

Pressuposto da confiança limitada
e não da desconfiança total;

Controle por resultados a posteriori
, ao invés do controle rígido, passo a passo, dos processosadministrativos da Administração Pública Burocrática;

Administração voltada para o atendimento do cidadão
, ao invés de auto-referida.No Brasil, a
Administração Pública Gerencial
,
em sua essência
, ocorreu deste o estabelecimento doPDRAE (
1995
),
até os dias atuais.
A Administração Pública Gerencial
emerge
como resposta, de um lado,
à expansão das funçõeseconômicas e sociais do estado
e, de outro,
ao desenvolvimento tecnológico e á globalização daeconomia;
A
eficiência
da
Administração Pública Gerencial
torna-se essencial
.
Apostila Básica - Questões Comentadas

Fundamentos da AdministraçãoPública - Prof. Roberto César
8
A
ênfase
da
Administração Pública Gerencial
passa a ser orientada predominantemente pelos valores da
eficiência e qualidade
na prestação de serviços públicos e pelo desenvolvimento de uma
cultura gerencial
nas organizações;A
diferença fundamental
entre a Administração Pública Gerencial e Administração Pública Burocrática
estána forma de controle
, que deixa de basear-se nos processos para concentrar-se nos resultados.Na
Administração Pública Gerencial
, a
estratégia
volta-se:1. Para a
definição precisa dos objetivos
que o administrador público deverá atingir em sua unidade;2. Para a
garantia de autonomia
do administrador na gestão dos recursos humanos, materiais e financeirosque lhe forem colocados à disposição
para que possa atingir os objetivos contratados;3. Para o
controle ou cobrança a posteriori
dos resultados.
Pulo do Gato
A Nova Administração Pública evoluiu por meio de três modelos: o
gerencialismo puro
, o
consumerism
e o
publicservice orientation
. Estes três modelos ocorreram em vários países, mas foram três visões da administração públicaque se
ressaltaram no modelo gerencial britânico.Abrúcio elaborou o esquema a seguir, em que ele faz uma pequena
comparação quanto aos principais objetivos
de cada visão e quanto a sua relação com a sociedade, ou melhor, com seu “público
-
alvo”.
Gerencialismo Puro
: Perspectiva > economia

eficiência

contribuintes
.
Consumerism
: Perspectiva > efetividade

qualidade

consumidores.
Public Service Orientation
(PSO): Perspectiva > produtividade

equidade

cidadãos.
Apostila Básica - Questões Comentadas

Fundamentos da AdministraçãoPública - Prof. Roberto César
9
Questões Comentadas1. (CESPE/SGAAC/2006) No que se refere às formas de Estado e formas e
sistema de governo, assinalea opção correta.
a) Estado unitário é aquele em que não ocorre a chamada descentralização administrativa à mercê do
podercentral.b) A federação é uma forma de governo em que o sistema federativo é intocável, sendo que os
estados-membros possuem o poder de se auto-organizarem.c) Para Aristóteles, a democracia é uma forma de
governo, entendida como o governo de todos; mas paraMaquiavel são formas de governo a República e a
monarquia.d) O parlamentarismo e o presidencialismo são formas de governo previstas no texto constitucional.
Comentário:Espaço para anotações:
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
__ 2. (ESAF/MPOG/2005) Os Estados federais apresentam, quanto à sua estrutura, alguns aspectos
constantes,independentemente dos casos concretos:
( ) Divisão de poderes entre União e unidades federadas mantendo-se vínculos de coordenação e autonomia.( )
Preeminência da Constituição Federal sobre o ordenamento jurídico das unidades federadas, sendo asalterações
na primeira sujeitas a ratificação pelas unidades federadas.( ) Limitações à descentralização a fim de preservar a
unidade jurídica nacional.( ) Soberania do Estado Nacional perante os demais Estados Nacionais e Organismos
Internacionais,soberania de que não gozam as unidades federadas.( ) Articulação entre unidade e pluralidade.As
afirmações acima se referem a esses aspectos constantes. Indique se são verdadeiras (V) ou falsas (F) eassinale
a opção correta.a) V, V, V, V, Vb) F, F, F, F, Fc) V, F, V, V, Vd) V, V, F, F, Ve) V, F, F, F, V
Apostila Básica - Questões Comentadas

Fundamentos da AdministraçãoPública - Prof. Roberto César
10
Comentário:Espaço para anotações:
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
__ 3. (ESAF/SFC/2000) Em relação ao federalismo e à descentralização política, não se pode afirmar que:
a) O que realmente caracteriza o Estado federal é o princípio constitucional que lhe impõe o respeito
àscompetências das unidades federativas.b) Na descentralização administrativa tem-se um fenômeno
de derivação dos poderes administrativos doaparelho político-administrativo do Estado.c) No federalismo,
a determinação do nível de autonomia constitucional das instâncias subnacionais é decompetência legislativa
estadual.d) O federalismo baseia-se nos princípios da autonomia das partes e da participação no todo.e) Ao
Estado unitário é permitido mudar o ordenamento precedente, mediante o próprio órgão
legislativo, vialei ordinária ou constitucional.
Comentário:Espaço para anotações:
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
__ 4. (ESAF/Analista de Planejamento e Orçamento/MPOG/2000) Sobre a bipartição clássica que
distingue ossistemas de governo parlamentar e presidencial é correto afirmar que:
a) A natureza do sistema partidário é pouco relevante para a diferenciação entre os vários tipos
de regimeparlamentar.b) Os governos parlamentares nasceram, desenvolveram-se e encontram sua mais alta
expressão no âmbito dossistemas republicanos.c) Nos sistemas parlamentares quase nunca o líder do partido ou
da coalizão de partidos vitoriosos torna-seautomaticamente o primeiro-ministro.d) O sistema de governo
presidencial é caracterizado, em seu estado puro, pela acumulação, num cargo único, dospoderes de Chefe de
Estado e Chefe de Governo.

Apostila Básica - Questões Comentadas

Fundamentos da AdministraçãoPública - Prof. Roberto César
11
e) No sistema presidencialista o presidente não representa a nação nas relações internacionais, apesar de
ocuparuma posição central em relação a todas as forças e instituições políticas.
Comentário:Espaço para anotações:
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
__ 5. (ESAF/MPOG/2008) O modelo de gestão pública burocrático, com base nos postulados
weberianos, éconstituído de funcionários individuais, cujas características não incluem:
a) liberdade pessoal e obediência estrita às obrigações objetivas do seu cargo, estando submetidos a um
sistemahomogêneo de disciplina e controle do serviço.b) exercício do cargo como profissão única ou principal,
com perspectiva de carreira: progressão por tempo deserviço ou mérito, ou ambas.c) competências funcionais
fixas em contrato e segundo qualificações profissionais verificadas em provas ecertificadas por diplomas.d)
apropriação dos poderes de mando inerentes ao cargo (exercício da autoridade), mas não dos meios materiais
deadministração, nem do próprio cargo.e) nomeação, numa hierarquia rigorosa dos cargos, sendo remunerados
com salários fixos em dinheiro.
Comentário:Espaço para anotações:
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
__

Apostila Básica - Questões Comentadas

Fundamentos da AdministraçãoPública - Prof. Roberto César
12
6. (ESAF/EPPGG-MPOG/2002) A administração pública burocrática surgiu no século XIX em substituição
àsformas patrimonialistas de administrar o Estado. Indique qual das informações a seguir define as
diferençasentre estas duas abordagens.
a) No patrimonialismo não existe uma definição clara entre patrimônio público e bens privados,
com a proliferação donepotismo e da corrupção enquanto a burocracia é uma instituição administrativa que
usa os princípios daracionalidade, impessoalidade e formalidade em um serviço público profissional.b) No
patrimonialismo os governantes consideram-se donos do Estado e o administram como sua propriedade,sendo
Weber um dos seus defensores. A administração pública burocrática surgiu como uma resposta ao aumentoda
complexidade do Estado e à necessidade de organização das forças armadas.c) No patrimonialismo a
administração pública era um instrumento para garantir os direitos de propriedade, já
aadministração pública burocrática estabeleceu uma definição clara entre res publica e bens privados.d) No
patrimonialismo a administração pública é governada pela preservação e desenvolvimento do patrimônio
doEstado, sem se preocupar com a defesa dos direitos civis e sociais. A administração
burocrática está ligada aoconceito do Estado de Bem-Estar Social, combatendo o nepotismo e a
corrupção.e) No patrimonialismo a autoridade é exclusivamente hereditária, gerando corrupção e ineficiência,
enquanto aestratégia adotada pela administração pública burocrática

o controle formalista dos procedimentos

garante umamelhor utilização dos recursos públicos.
Comentário:Espaço para anotações:
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
__ 7. (ESAF/EPPGG-MPOG/2003) O século XIX marca o surgimento de uma administração pública
burocrática
em substituição às formas patrimonialistas de administrar o Estado. O chamado “patrimonialismo”
significa
a incapacidade ou relutância do governante em distinguir entre o patrimônio público e seus bens
privados.Assinale a opção que indica corretamente as características da administração pública
burocrática.
a) Serviço público profissional, flexibilidade organizacional e nepotismo.b) Serviço público profissional e um sistema
administrativo fruto de um arranjo político, formal e racional.c) Serviço público profissional e um sistema
administrativo impessoal, formal e racional.d) Serviço público fruto de um arranjo entre as forças
políticas e um sistema administrativo seletivo de acordo com osdiversos grupos de sustentação da
base de governo.e) Serviço público orientado para o consumidor, ênfase nos resultados em detrimento dos
métodos e flexibilidadeorganizacional.

Apostila Básica - Questões Comentadas

Fundamentos da AdministraçãoPública - Prof. Roberto César
13
Comentário:Espaço para anotações:
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
__ 8. (ESAF/EPPGG-MPOG/2003) A administração burocrática clássica, baseada nos princípios
daadministração do Exército prussiano, foi implantada nos principais países europeus no final do século
XIX.Ela foi adotada porque era uma alternativa muito superior à administração patrimonialista do Estado.
Quaisdas seguintes características básicas pertencem ao conceito de burocracia de Weber?
I. Ligação entre os patrimônios públicos e privados.II. Autoridade funcional baseada no estatuto.III. Gestão
voltada para resultados.IV. Caráter hierárquico das relações de trabalho.V. Caráter impessoal das relações
profissionais, sem ódios ou paixões.VI. Critérios de mérito para atribuição de responsabilidades e evolução na
carreira.VII. Autoridade derivada de normas racionais-legais.Estão corretos apenas os itens:a) III, VIIb) II, VI,
VIIc) II, IV, V, VI, VIId) II, III, VIIe) II, VI
Comentário:Espaço para anotações:
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______

Apostila Básica - Questões Comentadas

Fundamentos da AdministraçãoPública - Prof. Roberto César
14
9. (ESAF/Auditor

Rec. Federal/2009) Sobre a organização do Estado brasileiro, é correto afirmar que:
a) Administrativamente, os municípios se submetem aos estados, e estes, por sua vez, submetem-se à União;b)
Quando instituídas, as regiões metropolitanas podem gozar de prerrogativas políticas, administrativas efinanceiras
diferenciadas em relação aos demais municípios do estado;c) Quando existentes, os territórios federais gozam da
mesma autonomia político-administrativa que os estadose o Distrito Federal;d) O Distrito Federal é a Capital
Federal;e) Embora, por princípio, todos os entes federados sejam autônomos, em determinados casos, os
estadospodem intervir em seus municípios.
Comentário:Espaço para anotações:
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
__
10. (ESAF/Auditor/AFT/2006) O modelo gerencial da Administração Pública pode ser identificado
comogerencial puro, consumerism e public service orientation, cada um com focos distintos. Indique a
opção queindica corretamente o público-alvo das ações do modelo consumerism.
a) O cidadão-usuáriob) O contribuintec) O cidadãod) O cliente consumidore) O usuário contribuinte
Comentário:Espaço para anotações:
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
______
________________________________________________________________________________________
__
Gabarito: 1-C; 2-C; 3-C; 4-D; 5-D; 6-A; 7-C; 8-C; 9-E; 10-D.


of 14
Leave a Comment
68cd09eb0083bb

json

You must be logged in to leave a comment.
Enviar
Caracteres: 400

json

You must be logged in to leave a comment.
Enviar
Caracteres: ...
Apostila Básica - Tópicos 1 e 2 - Fundamentos da Administração Pública - IFAL - 2011
Download or Print
975 Reads
Informações e classificação
Categoria: Não classificado.
Rating:

Upload Date: 11/02/2011
Copyright: Atribuição não comercial
Tags: This document has no tags.
Flag document for inapproriate content


Uploaded by
Tadeu Patêlo Barbosa
Seguir
Baixar
 Embed Doc
 Copy Link
 Add To Collection
 Comments
 Readcast
 Share
×
Share on Scribd:
Readcast


Pesquisar
TIP Press Ctrl-F⌘F to quickly search anywhere in the document.

Pesquisar
Search History:
Searching...
Result 00 of 00
00 results for result for
p.
More from This User
Documentos relacionados
More From This User

13 p.

28 AFT TURBINADO Pronto e Finalizado

68 p.

Bresser Pereira - Plano Diretor BOM MATERIAL P TÓPICO 2 - Fundament...

14 p.

Apostila Básica - Tópicos 1 e 2 - Fundamentos da Administração Públ...
Next






























































Quero receber a Newsletter Scribd e eventuais comunicados sobre a conta.
Carregar um documento
Pesquisar Documentos
 Siga-nos!
 scribd.com/scribd
 twitter.com/scribd
 facebook.com/scribd
 Sobre
 Imprensa
 Blog
 Parceiros
 Scribd 101
 Material da web
 Suporte
 Perguntas frequentes
 Desenvolvedores/API
 Vagas
 Termos
 Copyright
 Privacidade
Copyright © 2012 Scribd Inc.
Idioma:
Português
scribd. scribd. scribd. scribd. scribd. scribd. scribd. scribd. scribd.
< div style="display: none;"><img src="http://pixel.quantserve.com/pixel/p-13DPpb-yg8ofc.gif"
height="1" width="1" alt="Quantcast" /></div>


, Administração Pública é o conjunto de entes(pessoas jurídicas*, órgãos* e agentes públicos*) que tem a incumbência de exercer uma das funções do Estado :a função administrativa .No sentido material Administração Pública éa própria função administrativa que incumbe ,predominantemente, ao Poder Executivo .Agora, sob uma visão global da ciência administrativa , Administração Pública é todo o aparelhamento do Estado preordenado à realização de seus serviços , visando à satisfação das necessidades coletivas .A Administração Pública , em sentido amplo (visão global) , compreende: o Governo (que toma as decisões políticas), a estrutura administrativa (conjunto de entes) e a gestão pública (que executa essas decisões políticas e administrativas). 1.1 Objetivos da Administração Pública: De forma resumida, podemos dizer que a administração pública tem os seguintes objetivos: Melhorar a qualidade da prestação de seus serviços à sociedade; Aprimorar o controle social (permitindo à sociedade um melhor controle da administração pública); Combater o patrimonialismo e o clientelismo; Fazer mais ao menor custo possível (aumentando substancialmente sua eficácia); Valorizar o servidor público. 1.2 Atividades da Administração Pública: Serviço Público – são prestações concretas que representam em si mesmas, utilidades ou comodidades materiaispara a população em geral, oferecidas pela Administração Pública formal ou por particulares delegatários. Polícia Administrativa são restrições ou condicionamentos impostos ao exercício de atividades privadas embenefício do interesse público; exemplo típico são as atividades de fiscalização. Dica: A Polícia Administrativa

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->