P. 1
Gesso na Construção Civil

Gesso na Construção Civil

|Views: 300|Likes:
Publicado porRaphael Cruz

More info:

Published by: Raphael Cruz on May 11, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/27/2014

pdf

text

original

Gesso na Construção Civil

Prof. Fred Rodrigues Barbosa

Definição
Gesso é o termo genérico de uma família de aglomerantes simples, constituídos basicamente de sulfatos mais ou menos hidratados e anidros de cálcio; são obtidos pela calcinação da gipsita natural, constituída de sulfato biidratado de cálcio geralmente acompanhado de uma certa proporção de impurezas, como sílica, alumina, óxido de ferro, carbonatos de cálcio e magnésio.
BAUER, L.A.F. (2005)

1

O que é?
• Pó branco • predominantemente – Ca2SO4.0,5H2O (semi-hidratado) OU – hemidrato • sacos 40 / 20 kg • pacotes 1kg

O que é?
Definição
A gipsita é um mineral abundante na natureza e como tal existem jazidas espalhadas por muitos países do mundo. Quimicamente é um sulfato de cálcio hidratado cuja fórmula é CaSO4.2H2O Tem a composição estequiométrica média de: 32,5% de CaO, 46,6% de SO3 e 20,9% de H2O.

2

Composição
Composição teórica dos sulfatos.

Fonte: JOHN; CINCOTTO (2007)

Fabricação
EXTRAÇÃO GIPSITA (Ca2SO4.2H2O) MOAGEM CALCINAÇÃO – 150 ∼ 350 ºC ↑ 1,5 a 2,0 H2O GESSO (Ca2SO4.xH2O)

CALOR

3

Sinônimos gipsita gipso gesso mais adequada ao mineral em estado natural termo mais apropriado para designar o produto calcinado 4 .Fabricação Reações Químicas . gesso de estucador.½H2O).Fabricação Fases: britagem da pedra. gesso rápido ou gesso de construção. Gesso na Construção Quando calcinada a temperatura da ordem de 160ºC a gipsita desidrata-se parcialmente.½ H2O + 1½ H2O Semi-hidratado ou hemidrato Temperaturas de 100 a 300ºC Denominações: Gesso de Paris. (CaSO4. Cozimento industrial feito a baixa temperatura CaSO4. trituração e queima. originando um semi-hidrato conhecido comercialmente como gesso.2H2O + calor Bi-hidratado CaSO4.

3%. com dilatação térmica linear da ordem de 0.0. com desprendimento de calor. 5 .Gesso na Construção FASES CALCINAÇÃO HETEROGÊNEA 100 ºC 150 ºC Secagem da umidade da matéria-prima Hemihidrato Ca2SO4.Endurecimento Reação de hidratação: inversa à anterior. e a retração por secagem é ligeiramente inferior a este valor.5H2O 150 ~ 250 ºC Anidrita III (instável) Ca2SO4 400 ~ 450 ºC Anidrita II (estável) Ca2SO4 Pouco solúvel Retarda a pega Gesso na Construção Endurecimento Reações Químicas .

Gesso na Construção PROPRIEDADES PEGA (temperatura e tempo de calcinação. álcool aceleradores: alúmen (silicato duplo de alumínio e potássio). sulfato de potássio. água amassamento e impurezas ou aditivos. sulfato de alumínio.) RESISTÊNCIA MECÂNICA ADERÊNCIA ISOLAMENTO 6 . Início de pega: 2 ou 3 minutos Fim de pega: 15 a 20 minutos Pode-se alterar o tempo de pega pela adição de: retardadores: Na2SO4. caseína. finura.Gesso na Construção Endurecimento Quantidade de água necessária: Teoricamente 25% Na prática 50 a 70% (evitar pega muito rápida). açúcar.

Gesso na Construção PROPRIEDADES Dentre as destacar: suas propriedades físicas vale a dureza 2 na escala de Mohs. cinza e amarronzada. a elevada solubilidade. branca. a densidade 2. a depender das impurezas contidas nos cristais. Gesso na Construção PEGA Influência da Temperatura na Pega de Pastas de Gesso Fonte: IBRACON 7 . varia entre incolor.35. e a cor que.

CINCOTTO (2007) Gesso na Construção ENDURECIMENTO Dureza x Resistência à Compressão Fonte: JOHN. CINCOTTO (2007) 8 .Gesso na Construção PEGA Relação água/gesso no tempo de pega Fonte: JOHN.

7 Fonte: IBRACON Gesso na Construção ENDURECIMENTO Relação a/g x Resistência à Compressão na Pasta CP’s 50 x 50 x 50 mm Fonte: JOHN. CINCOTTO (2007) 9 .Gesso na Construção ENDURECIMENTO Cristais e Porosidade da Pasta: relação a/g = 0.

. 10 . • Consumo de energia – < dentre aglomerantes • Poluição do ar – Combustíveis • CO2 (pequeno ) – libera H2O Gesso na Construção Empregos No seu estado natural a gipsita é utilizada pela indústria de cimento na fabricação de cimento Portland onde é adicionada ao clínquer. Na agricultura é utilizada como corretivo de solos alcalinos e também nos deficientes em enxofre e recebe a denominação de "gesso agrícola".Gesso na Construção IMPACTO AMBIENTAL • Reservas naturais – amplas – Duração .. na proporção de 3 a 5 % em peso. com a finalidade de retardar o tempo de pega.

Gesso na Construção Empregos Forros de gesso Elementos de Decoração Revestimentos – pastas e argamassas Elementos para Vedação – Painéis de gesso acartonado . metalúrgica e de plásticos. como aglomerante do giz.Drywall – Paredes divisórias com blocos de gesso Colas Gesso na Construção Empregos Aplicações É também muito utilizado na confecção de moldes para as indústrias cerâmica. como agente desidratante. 11 . engessamento de humanos e animais e como adubo. ortopédicos e dentários. em moldes artísticos.

Gesso na Construção Empregos Blocos de Gesso Gesso na Construção Blocos de Gesso Simples Hidrófugo Famílias de Blocos de Gesso Reforçado com Fibra de Vidro (GRG) Reforçado com Fibra de Vidro + Hidrófugo (GRGH) 12 .

Gesso na Construção Blocos de Gesso Blocos de Gesso Reforçados Gesso na Construção Blocos de Gesso DADOS TÉCNICOS ITENS Espessura (mm) Altura (mm) Comprimento (mm) Vazado (V) ou Compacto (C) Peso por bloco (kg) Peso (kg/m2) Resistência ao fogo (min) Índice de redução (db) 70 500 666 V 16 48 90 32 DADOS 76 500 666 V 18 54 90 32 80 500 666 V 24 72 90 35 100 500 666 C 34 102 90 38 13 .

Gesso na Construção Blocos de Gesso CARACTERÍSTICAS DOS SISTEMA ISOLANTE ACÚSTICO Reduz a transferência do barulho de um ambiente para outro CORTA FOGO Diminui a possibilidade de propagação de incêndio ISOLANTE TÉRMICO Mantém com mais facilidade a temperatura do ambiente RESISTENTE Capaz de suportar cargas suspensas como pia e lavatório DELGADO Aumenta a área útil dos ambientes VERSÁTIL Fácil de cortar. mantendo o ambiente confortável PRECISÃO Dimensões estáveis e padronizadas Gesso na Construção Blocos de Gesso Processo de Fabricação 14 . recompor SUPERFÍCIE LISA Pronta para receber acabamentos diversos HIGRO-ATIVO Regula a umidade do ar. montar .

Gesso na Construção Blocos de Gesso Processo de Fabricação Gesso na Construção Blocos de Gesso Processo de Fabricação 15 .

Gesso na Construção Blocos de Gesso Processo de Fabricação Gesso na Construção Blocos de Gesso Processo de Fabricação 16 .

Gesso na Construção Empregos Placas de Gesso Gesso na Construção Placas de Gesso Processo de Fabricação 17 .

Gesso na Construção Placas de Gesso Processo de Fabricação Gesso na Construção Placas de Gesso Processo de Fabricação 18 .

Gesso na Construção Placas de Gesso Processo de Fabricação Gesso na Construção Placas de Gesso Processo de Fabricação 19 .

Gesso na Construção Placas de Gesso Processo de Fabricação Gesso na Construção Empregos Gesso acartonado Drywall 20 .

Gesso na Construção Drywall Procedimento de Montagem – Divisórias Gesso na Construção Drywall Procedimento de Montagem – Divisórias 21 .

Gesso na Construção Drywall Procedimento de Montagem – Divisórias Gesso na Construção Drywall Procedimento de Montagem – Revestimento 22 .

10 Fim > 45 < 45 20 .10 > 1.10 23 .10 < 1.207/94 Classificação Gesso fino para revestimento Gesso grosso para revestimento Gesso fino para fundição Gesso grosso para fundição Tempo de Pega (min) Início > 10 > 10 4 .10 4 .10 > 1.45 20 .Gesso na Construção Drywall Procedimento de Montagem – Revestimento Gesso na Construção Revestimentos Características do Gesso para Revestimento Exigências da NBR 13.45 Módulo de Finura < 1.

Gesso na Construção Revestimentos Revestimento de gesso é o recobrimento de tetos e paredes com pasta de gesso. Blocos de Concreto Manual Blocos de Concreto Celular Aplicação Mecânica Substrato Blocos Cerâmicos Concreto Estrutural Gesso na Construção Revestimentos Espessura recomendada (HINCAPIE et al. revestimento aplicado manualmente = 5 ± 2mm revestimento aplicado mecanicamente = 10 ± 5mm Qualidade do revestimento Planeza Prumo Característica da pasta fresca Habilidade do profissional 24 . em uma ou mais camadas superpostas com acabamento final liso e homogêneo segundo a NBR 13867 (ABNT.1996).1997).

Gesso na Construção Revestimentos Características Favoráveis Elevada aderência. Gesso na Construção Revestimentos Características Favoráveis Baixa massa específica (da ordem de 1. podendo dispensar o uso de massa corrida no caso de pintura. 25 . Baixa condutibilidade térmica e demandam grande energia para a sua desintegração por ação térmica. em geral.050kg/m3). de uma a duas semanas. Dispensam prazos prolongados de cura. Facilitam acabamento decorativo. Mantém equilíbrio higrotérmico com o meio ambiente.

Propriedade Resistência à flexão Resistência à Compressão Dureza Resistência de Aderência Impacto Unidade Mpa Mpa Mpa Mpa mm Valor Médio 7.70 0. A pasta de gesso fresca propicia a corrosão de peças de aço-carbono comum. Gesso na Construção Revestimentos Os valores para as mais diversas propriedades mecânicas da pasta de gesso com a relação de a/g igual a 0.Gesso na Construção Revestimentos Características Desfavoráveis Não contribuem para a fixação de dispositivos de carga suspensa.0 17. Gesso pode reagir com o cimento Portland. pois não é alcalina e não pode passivar o aço. em presença de umidade. São bastante susceptíveis ao desenvolvimento de bolor. segundo (DIAS.73 26 . principalmente em edifícios com má ventilação e insolação.0 45.5 estão descritas na tabela 1.1994).0 0.

130 (Gesso para Construção Civil – Método de Ensaio) •NBR 13.207 (Gesso para Construção Civil – Especificações) Gesso na Construção Revestimentos: Gesso Liso 27 .128 / 12.127 / 12.Gesso na Construção Revestimentos: Gesso Liso • Componente: •Gesso para revestimento – gesso lento •Trabalhabilidade •Início de pega: 10 min •Fim de pega: 45 min •Aplicação em superfícies internas • (paredes e tetos) •Consumo • 10 kg/ m2 / cm de espessura •Normas •NBR 12.129 / 12.

200 •DIN 18.Gesso na Construção Revestimentos: Gesso Liso Gesso na Construção Revestimentos: Gesso projetado • Componente: •Gesso para revestimento – gesso lento. Cal e aditivos •Trabalhabilidade •70 min •Aplicação em superfícies internas (paredes e tetos) •Normas •NBR 7.550 28 . Calcáreo.

Gesso na Construção Revestimentos: Gesso projetado FERRAMENTAS Gesso na Construção Revestimentos: Gesso projetado 29 .

Gesso na Construção Revestimentos: Gesso projetado Gesso na Construção Revestimentos: Gesso projetado 30 .

Gesso na Construção Elementos decorativos Gesso na Construção Elementos decorativos SANCA DE ILUMINAÇÃO COLUNAS MOLDURAS 31 .

Gesso na Construção Elementos decorativos Gesso na Construção Elementos decorativos 32 .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->