Você está na página 1de 14

CLC – Formadora - Catarina

Biografia
1920 - 1940
› Nasceu numa família pobre e numerosa;
› Veio da Beira Baixa, para Lisboa;
› Fez a escola primária em Lisboa;
› Cantou pela 1ª vez em público, na Escola primária da Tapada da Ajuda;
› Com 15 anos, Amália vai com a mãe e irmã, vender fruta para Alcântara;
› Em 1936, começa a aparecer nas marchas populares, como solista;
› 1939 – Estreia-se no retiro da severa, com Armandinho, entre outros. Com esta
actuação, ela começa a cantar em vários sítios;
› No ano de 1940, casa-se com o guitarrista Francisco da Cruz. Este casamento
dura apenas 2 anos;
› Nesse mesmo ano, actua no teatro Maria Vitória – Revista “Ora vai tu”.
1941 - 1943

› Amália começa a actuar no Solar da Alegria;


› José Melo passa a ser o seu empresário;
› Amália é convidada para fazer o “Pátio das
Cantigas”, pelo realizador António Lopes Ribeiro;
› Faz de Maria da Cruz – “Essa é que é essa”;
› Amália é convidada pelo embaixador Pedro
Pereira, a actuar em Madrid. Primeira actuação
no estrangeiro.
1944 - 1948

› Em 1944, chega ao Brasil, Rio de Janeiro, acompanhada do


maestro Fernando de Freitas;
› Actua no Casino de Copacabana, e na sua longa estadia pelo
Brasil, nasce um grande êxito – “Ai, Mouraria” - 1945;
› 1946 – Tem um convite de Hollywood, mas estreia-se no cinema,
em Lisboa – “Capas Negras”;
› Recebe o prémio SNI – para melhor actriz de cinema.
1949 - 1954

› Torna-se num símbolo nacional;


› Canta a 1ª vez em Paris - Chez Carrère e em Londres – Ritz;
› Em 1949, faz o filme "Vendaval Maravilhoso”, uma co-produção luso-brasileira;
› 1950 – Amália começa a ser reconhecida na Europa;
› Actua em Roma , com os mais prestigiados cantores clássicos do momento – teatro
argentina;
› É através do êxito “Coimbra” de Amália, que a cantora francesa Yvette Giraud faz a
música “Avril au Portugal”;
› Em 1950 – Tournée pela África, e Américas
› No ano de 1952 – Actua pela 1ª vez em NY, no La Vie en Rose;
› É a primeira portuguesa, a actuar na televisão americana, no famoso programa
“Coke Time with Eddie Fisher”;
› Assina contrato com a Valentim de Carvalho, e grava na EMI inglesa;
› Em 1957, lança um álbum “Amália Rodrigues sings Fado from Portugal and
Flamenco from Spain”, esse álbum é divulgado pela Inglaterra, e também pela
França;
1955 - 1961

› Em 1955, estreia-se como actriz dramática, com a peça “A


Severa”;
› No mesmo ano, filma “April in Portugal”;
› 1956 – Actua Olympia de Paris;
› Em menos de três anos, Amália atinge muita popularidade em
França;
› Assina contrato com uma editora francesa, mas acaba por
regressar à Valentim de Carvalho;
› Participa no filme “sangue Toureiro” – 1º a cores;
› Sucesso internacional, leva várias condecorações, pelo governo
português;
› 1959 é considerada uma das 4 melhores cantoras do Mundo;
› 1961 – Casa-se no Rio de Janeiro com o César Seabra;
1962 - 1967
› Inicia uma grande viagem da sua carreira com o compositor Alain
Oulman.

1968 - 1974

› Atinge o auge da sua Carreira, ganha o prémio da crítica


discográfica italiana.

1975 - 1999
› Actua em palcos brasieleiros, Paris e Nova York;
› Em 1984 atinge o 17º lugar no top de vendas de álbuns;
› 1985 – dá o seu primeiro grande concerto no Coliseu dos Recreios;
› Nesse ano o Ministro da cultura de Paris, condecorou-a;
› Outubro desse ano, em Toronto – Canada, passa a haver um dia
oficial de Amália Rodrigues;
› 1989 – Mário Soares, faz uma comemoração a nível nacional para
Amália;
› É recebida pelo Papa, em audiência privada;
› Publica um livro de poemas “Versos”, na editora Cotovia;
› Nova homenagem na expo 1998;
› Em 1999, morre Amália de uma doença que escondeu durante
tanto tempo.
Acontecimentos
históricos da sua
época
História das
Mulheres
› 1920 – As raparigas começar a puder frequentar colégios masculinos;
› 1926 – As mulheres começam a puder leccionar nos colégios de rapazes;
› 1931 – Reconhecimento do direito ao voto, às mulheres diplomadas com
cursos superior ou secundários;
› 1935 – Primeiras deputadas na Assembleia Nacional - Domitila de
Carvalho, Maria Guardiola e Maria Cândida Parreira;
› 1959 – Uma mulher que se case com um homem estrangeiro começa a
puder conservar a sua nacionalidade, se assim desejar;
› 1963 – Entra um novo decreto de lei, que proíbe a prostituição, passando
a ser punido com pena de prisão;
› 1963 – Reforma para as mulheres aos 62 e para os homens aos 65 anos;
› 1966 – Remuneração igual para os homens e para as mulheres;
› 1967 – Novo código civil – A família é dirigida pelo marido, a quem
compete decidir sobre a vida conjugal comum e os filhos;
› 1973 – Criação da Comissão para a política social relativa à mulher;
› 1974 – Revolução de 25 de Abril;
› 1975 – Alteração do artigo XXIV da Concordata, passando os casados
catolicamente a poder obter o divórcio civil ;
› 1976 – Os homens ficam proibidos de abrir as correspondências das
mulheres;
› Consultas de planeamento familiar;
› Igualdade para os homens e para as mulheres;
› 1978 - Mulher passa a ter igualdade na decisão da vida em comum e na
decisão de vida dos seus filhos;
› 1983 - Entrada em vigor do Código Penal ;
› 1984 – Educação sexual;
› 1987 – As mulheres passam a puder cumprir serviço militar;
O que fez pelo
país
Amália Rodrigues, foi um
ícone nacional, e era tão
aplaudida não só pela sua
música e pela sua voz, mas
sobretudo por ela ter
transmitido a vários países a
nossa cultura, música, língua,
o nosso Portugal.
FIM
Carla Reis
12/11/2008