ELUMA

ECO
L

ISO 9001:2000

EN T CAM E CO GI R O

RE

TO

CONEXÕES

SOLDÁVEIS

CONEXÕES SEM ANEL DE SOLDA
Produzidas em cobre ou bronze, de acordo com a Norma ABNT - NBR 11.720, utilizadas com tubosde cobre HIDROLAR (todas as classes) através de soldagem capilar.

CONEXÕES COM ANEL DE SOLDA
Estas conexões possuem as mesmas características das sem solda, porém com a vantagem de conter um anel interno com estanho na quantidade exata para soldagem. A solda fica localizada na metade do comprimento da bolsa da conexão, tornandose desnecessária a aplicação de solda externa para complemento.

ELUMA

ISO 9001:2000

Rumo à Excelência!

CONEXÕES
BUCHA DE REDUÇÃO
600-2 SEM ANEL DIÂMETRO NOMINAL (mm) 22 x 15 28 x 15 28 x 22 35 x 15 35 x 22 35 x 28 42 x 15 42 x 22 42 x 28 42 x 35 54 x 15 54 x 22 54 x 28 54 x 35 54 x 42 66 x 15 66 x 22 66 x 28 66 x 35 66 x 42 66 x 54 79 x 66 104 x 66 104 x 79 06 COM ANEL

SOLDÁVEIS

PONTA x BOLSA MASSA (g) 19,6 27,9 32,5 77,7 85,7 82,8 114,2 119,6 162,0 164,4 234,6 218,5 247,8 342,6 266,8 354,0 333,0 319,7 355,7 366,6 421,8 658,2 1007,3 1245,0 BRONZE COBRE MATERIAL

DIMENSÃO (mm) A B C 35,5 37,8 43,0 52,0 49,0 39,8 52,4 52,0 62,0 45,9 68,0 68,3 70,0 74,0 73,0 60,0 63,0 63,0 80,0 84,0 81,0 97,0 115,0 120,5 17,8 20,8 20,5 25,2 25,2 25,2 29,1 29,1 29,1 29,1 34,7 34,2 34,7 34,7 34,7 36,0 36,0 36,0 36,0 36,0 36,0 40,0 51,0 51,0 11,4 11,4 16,2 10,8 15,6 18,6 10,8 15,6 18,6 23,2 10,8 15,6 18,6 23,2 27,2 10,8 15,6 18,6 23,2 27,2 32,2 33,5 33,5 38,2

BUCHA DE REDUÇÃO
600-2D SEM ANEL DIAMETRO NOMINAL (mm) 50 x 42
Disponível somente sem anel de solda

PONTA x BOLSA A 61,0 DIMENSÃO (mm) B C 40,5 27,3 MASSA (g) 210,3 MATERIAL BRONZE

ELUMA

ISO 9001:2000

Rumo à Excelência!

2 55.2 32.6 18.0 60.9 49.2 32.9 92.2 33.CONEXÕES CONECTOR 603 SEM ANEL DIÂMETRO NOMI NAL(mm xp ol) 15 x 1/2" 22 x 1/2" * 22 x 3/4" 28 x 1/2" * 28 x 1" 35 x 1 1/4" 42 x 1 1/2" 54 x 2" 66 x 2 1/2" 79 x 3"** 104 x 4"** SOLDÁVEIS 02 COM ANE L BOLSA x BOLSA MASSA (g) 39.3 628.3 39.2 (*) Dis ponível somente sem anel de solda c ód 604-R Ros ca mac ho BSPT ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .1 265.5 552.9 68.0 B 10.5 50.6 18.9 43.0 67.8 15.5 60.3 102.4 1367.2 32.0 63.2 49.7 B 10.2 (*) Conector 603-R (s em anel) / Conec tor 02-R (c om anel) Ros ca Fêmea BSP (**) Dis ponível somente sem anel de solda CONECTOR 604 SEM ANEL DIÂMETRO NOMI NAL(mm xp ol) 15 x 1/2" 22 x 3/4" 28 x 1" 35 x 1 1/4" 42 x 1 1/2" 54 x 2" 54 x 2 1/2" * 66 x 2 1/2" 79 x 3" 104 x 4" 03 COM ANE L BOLSA x PONTA MASSA (g) 25.5 31.8 34.8 808.6 15.0 240.6 23.2 356.0 54.5 38.2 27.7 38.7 86.9 33.0 69.8 15.0 75.6 29.2 49.2 27.6 18.3 BRONZE MATERIAL DIMENS ÃO (mm ) A 22.8 377.0 178.7 89.8 34.6 818.0 52.6 23.7 466.2 33.4 1429.3 BRONZE MATERIAL DIMENS ÃO (mm ) A 28.8 46.3 204.9 68.

2 67.3 28.2 19.0 28.5 36.9 78.6 40.CONEXÕES COTOVELO 607 SEM ANEL DIÂMETRO NOMINAL (mm) 15 22 28 35 42 54 66 79 104 12 COM ANEL SOLDÁVEIS BOLSA x BOLSA MASSA (g) 16.0 29.2 23.0 103.5 26.9 38.7 137.3 59.0 BRONZE MATERIAL DIÂMETRO NOMINAL (mmxpol) 15 x 1/2" (10) 22 x 1/2" (11) 22 x 3/4" (10) 22 x 1" * 28 x 1" (10) 35 x 1 1/4" (10) DIMENSÃO (mm) A B 23.2 COTOVELO 707-3 SEM ANEL 10/11 COM ANEL BOLSA x BOLSA MASSA (g) 50.2 33.5 38.7 (*) Disponível somente sem anel de solda ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .4 69.6 48.4 817.3 66.0 41.2 304.3 2638.2 49.6 191.4 43.0 31.4 359.3 BRONZE COBRE MATERIAL DIMENSÃO (mm) A B 22.2 32.5 33.1 572.8 34.0 42.4 94.6 1242.7 11.8 197.0 25.4 16.2 27.4 20.

2 ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .0 CURVA 45° 606 SEM ANEL DIÂMETRO NOMINAL (mm) 15 22 28 35 42 54 66 79 104 14 COM ANEL BOLSA x BOLSA MASSA (g) 14.0 49.6 448.4 32.1 26.0 978.5 B 18.9 202.0 85.5 44.2 33.0 34.9 BRONZE MATERIAL DIMENS ÃO (mm ) A 22.0 47.7 320.3 59.8 37.5 38.0 347.0 BRONZE COBRE MATERIAL DIMENSÃO (mm) A 11.4 49.4 27.1 2000.CONEXÕES COT OVE LO 707-4 SEM ANEL DIÂMETRO NOMI NAL (mm xp ol) 15 x 1/2" 22 x 34" 28 x1" 35 x 1 1/4" 42 x 1 1/2" SOLDÁVEIS 13 COM ANE L BOLSA x PONTA MASSA (g) 35.0 36.2 23.2 19.4 16.8 223.3 667.5 42.1 29.4 153.

0 3170.0 986.3 24.4 1704.2 4791.8 MASSA (g) 100.3 1388.2 33.3 671.9 BRONZE MATERIAL Disponível somente sem anel de solda FLANGE CURTA 750-10 SEM ANEL DIÂMETRO NOMINAL (mm) 15 22 28 35 42 54 66 79 104 A 95 95 95 95 95 95 95 95 105 DIMENSÃO (mm) B 75 75 75 75 75 75 75 75 80 C 11.2 3328.7 121 149.8 1096.6 493.7 1584.5 237.0 MATERIAL BRONZE FLANGE 750-30 SEM ANEL DIÂMETRO NOMINAL (mm) 15 22 28 35 42 54 66 79 104 A 40 40 40 40 40 40 40 40 40 SAIDA DE CAIXA D`AGUA DIMENSÃO (mm) B C 200 200 200 200 200 200 200 200 200 46 52 65 78 90 100 125 140 173 MASSA (g) 441.3 39.3 754.0 443.) 15 22 28 Disponível somente sem anel de solda SOLDÁVEIS DIMENSÃO (mm) A 88.3 19.3 35.1 SAIDA DE CAIXA D`AGUA MASSA (g) 123.6 BRONZE MATERIAL Dis ponível somente s em anel de sol da ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .3 50.CONEXÕES CURVA DE TRANSPOSIÇÃO 736 SEM ANEL DIÂMETRO (pol.6 859.0 2616.2 278.9 2110.0 28.5 419.4 16.

6 230.5 20.2 32.0 5.21 19.4 48.8 125.0 BRONZE COBRE MATERIAL DIMENSÃO (mm) A B 23.4 104.0 220.9 68.0 kgf/cm ² 14.0 34.0 54.0 47.0 200.0 PRESSÃO MÁXIMA DE TRABALHO MOVIMEN TAÇ ÃO AXIAL MÁXIMO TEMPERSTURA MÁXIMA DE TRABALHO Dis ponível somente sem anel de solda = 5.0 12.0 kgf/cm² LUVA 600 SEM ANEL DIÂMETRO NOMINAL (mm) 15 22 28 35 42 54 66 79 104 01 COM ANEL BOLSA X BOLSA MASSA (g) 7.2 23.0 440.0 27.2 49.2 314.3 100.1 428.0 24.9 31.0 94.5 719.8 11.0 56.0 100.0 310.0 63.4 39.5 1351.0 126.2 ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .1 65.4 16.2 27.8 A 200 200 200 200 200 270 270 270 270 SOLDÁVEIS PONTA x PONTA DIMENS ÃO (mm ) B 60 60 60 60 60 95 95 95 95 C 20 20 20 20 20 25 25 25 25 = 25 m m = 150 °C FORÇA DE REAÇÃO (kgf) PARA P RESSÃO DE : 2.2 33.CONEXÕES JUNTA DE EXPANSÃO 900 SEM ANEL DIÂMETRO NOMI NAL (mm ) 15 22 28 35 42 54 66 79.7 38.5 kgf/cm ² 7.0 155.9 78.0 17.8 33.

5 42.05 79.5 1348.5 1351.35 54.8 46.5 32.13 54.0 141.9 ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .0 66.4 482.2 19.0 265.7 210.0 67.5 104.0 BRONZE COBRE MATERIAL DIMENSÃO (mm) A 21.0 117.5 57.1 309.30 28.6 125.82 79.6 755.5 235.80 105.13 66.2 30.30 35.5 719.6 30.12 35.2 MASSA f PF 22.35 67.52 104.12 28.5 197.0 450.35 42.0 218.0 86.CONEXÕES SOLDÁVEIS 724-5 LUVA PONTO FIXO / 724-6 LUVA GUIA DIÂMETRO NOMI NAL (mm ) 22 28 35 42 54 66 79 104 A 27.0 158.8 54.13 42.5 397.0 175.9 183.0 270.8 65.92 MATERIAL (g) 83.0 60.0 22.0 DIMENS ÃO (mm ) B fG 125.0 BRONZE Dis ponível somente sem anel de solda LUVA PASSANTE 601 SEM ANEL DIÂMETRO NOMINAL (mm) 15 22 28 35 42 54 66 79 104 05 COM ANEL BOLSA x BOLSA MASSA (g) 7.8 36.8 79.5 47.

0 21.6 119.CONEXÕES TAMPÃO 617 SEM ANEL 60 COM ANEL SOLDÁVEIS BOLSA MASSA (g) 5.7 BRONZE COBRE MATERIAL DIMENS ÃO (mm ) A 41.1 421.0 TÊ 611 SEM ANEL DIÂMETRO NOMI NAL (mm ) 15 22 28 35 42 54 66 79 104 15 COM ANE L BOLSA x BOLSA x BOLSA MASSA (g) 23.7 96.9 1082.1 134.7 ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .6 65.1 78.6 260.1 203.8 14.8 38.7 40.0 81.5 59.3 389.9 293.0 BRONZE COBRE MATERIAL DIÂMETRO NOMINAL (mm) 15 22 28 35 42 54 66 DIMENSÂO (mm) A 13.7 76.6 101.5 176.8 28.0 3180.0 32.5 18.8 48.5 B 20.4 22.5 67.4 95.0 1666.0 64.0 101.4 156.5 32.0 38.9 763.5 38.

7 484.3 188.0 107.7 598.6 1593.2 77.8 39.4 59.6 109.5 35.7 559.0 72.7 89.3 119.6 B 26.0 28.0 61.8 50.6 56.3 1510.2 81.9 289.6 410.0 700.2 MASSA (g) 51.8 60.6 52.9 357.1 98.9 36.2 90.0 63.CONEXÕES SOLDÁVEIS TÊ COM REDUÇÃO CENTRAL 611-RC SEM ANEL 16 COM ANEL BOLSA x BOLSA x BOLSA DIÂMETRO NOMI NAL (mm ) 22 x 15 x 22 28 x 15 x 28 28 x 22 x 28 35 x 15 x 35 35 x 22 x 35 35 x 28 x 35 42 x 15 x 42 42 x 22 x 42 42 x 28 x 42 42 x 35 x 42 54 x 15 x 54 54 x 22 x 54 54 x 28 x 54 54 x 35 x 54 54 x 42 x 54 66 x 22 x 66* 66 x 28 x 66* 66 x 42 x 66* 79 x 22 x 79* 79 x 28 x 79* 104 x 22 x 104* 104 x 28 x 104* DIMENS ÃO (mm ) A 53.3 85.5 33.6 249.2 847.4 49.8 654.6 218.4 69.0 42.7 95.6 BRONZE COBRE MATERIAL ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .5 101.0 71.4 38.8 901.0 91.6 407.8 45.9 322.5 29.0 104.8 72.3 31.0 77.2 36.2 97.0 72.0 654.8 44.4 54.0 76.0 92.6 125.9 518.

6 64.0 33.0 33.3 375.8 Rosc a Fêmea BSP DIÂMETRO NOMI NAL (mm x pol.0 Rosc a Fêmea BSP DIÂMETRO NOMI NAL (mm x pol.0 89.2 142.5 65.0 131.3 102.CONEXÕES SOLDÁVEIS TÊ COM ROSCA FÊMEA CENTRAL 712 SEM ANEL 19 COM ANEL BOLSA x BOLSA x BOLSA DIMENS ÂO (mm ) A 45 65 75 MASSA (g) 76.5 B 25.9 MATERIAL BRONZE (*) Di sponi vel somente s em anel de sol da TÊ COM REDUÇÃO LATERAL 611-RL SEM ANEL 26/27 COM ANE L BOLSA x BOLSA x BOLSA DIÂMETRO NOMI NAL (mm ) 22 x 15 x 15 (27) 22 x 22 x 15 (26) 28 x 22 x 22 (27) 28 x 28 x 22 (26) DIMENS ÃO (mm ) A 54.0 97.x mm) 15 x 1/2" x 15 22 x 3/4" x 22 28 x 1" x 28 * MATERIAL BRONZE (*) Di sponivel somente sem anel de solda TÊ COM ROSCA FÊMEA CENTRAL DE REDUÇÃO 712-RC SEM ANEL 20 COM ANEL BOLSA x BOLSA x BOLSA MASSA (g) 109.5 37.5 95.x mm) 22 x 1/2" x 22 28 x 1/2" x 28* 42 x 1" x 42 54 x 1" x 54 * DIMENSÂO (mm) A 52.2 COBRE MATERIAL ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .8 59.8 145.0 71.0 76.8 451.0 MASSA (g) 51.

x m m x pol .2 BRONZE MATERIAL Dis ponível somente sem anel de solda UNIÃO 733 SEM ANEL DIÂMETRO NOMI NAL (mm ) 15 22 28 35 42 54 09 COM ANE L BOLSA x BOLSA MASSA (g) 104.3 97.2 140.2 296.5 45.5 211.9 827.5 66.9 335.8 MASSA (g) 379.CONEXÕES SOLDÁVEIS TÊ DUPLA CURVA ( MISTURADOR) 764 SEM ANEL DIÂMETRO NOMI NAL pol.3 453.5 75.1 113.0 56.7 58.5 40.1 141.0 ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .) 1/2" x 15 x 1/2" 3/4" x 22 x 3/4" Rosc a Fêmea BSP 50 COM ANE L DIMENS ÃO (mm ) A 131 132 B 65.1 BRONZE MATERIAL DIMENS ÃO (mm ) A 35.4 1047.0 BOLSA x BOLSA x BOLSA MASSA C 52.1 B 65.8 78.0 64.8 612.8 (g) 215.1 BRONZE MATERIAL TÊ 45 749 SEM ANEL DIÂMETRO NOMI NAL (mm ) 35 42 54 BOLSA x BOLSA x BOLSA DIMENS ÃO (mm ) A 95.

CONEXÕES UNIÃO 733 SEM ANEL DIÂMETRO NOMI NAL (mm ) 66 79 104 09 COM ANE L SOLDÁVEIS BOLSA x BOLSA MASSA (g) 878.0 1420.6 BRONZE MATERIAL DIMENS ÃO (mm ) A 76.0 BRONZE MATERIAL ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .6 BRONZE MATERIAL DIMENS ÃO (mm ) A 41.0 35.0 UNIÃO 733-3 SEM ANEL DIÂMETRO NOMI NAL (mm x pol.5 47.0 88.0 22.0 DIMENSÃO (mm) B 22.0 445.0 108.0 143.0 C 121.8 55.2 170.5 SUPORTE DE TUBOS 205 DIÂMETRO NOMI NAL (mm) 15 22 A 27.) 15 x 1/2" 22 x 3/4" 28 x 1" Rosc a Fêmea BSP 33 COM ANE L BOLSA x BOLSA MASSA (g) 115.0 MASSA (g) 363.4 2551.7 270.

0 C 83.5 MATERIAL BRONZE SUPORTE DE TUBOS 202 DIÂMETRO NOMI NAL (mm) 15 22 A 27.0 MASSA (g) 243.0 SOLDÁVEIS DIMENS ÃO (mm ) B 22.0 35.5 91.0 35.7 BRONZE MATERIAL ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .CONEXÕES SUPORTE DE TUBOS 203 DIÂMETRO NOMI NAL (mm) 15 22 A 27.0 22.0 62.5 192.7 274.0 22.0 C 55.0 MASSA (g) 159.0 DIMENS ÃO (mm ) B 22.

cavaletes e em pontos de espera. Podem ser utilizadas nas interligações de materiais. não ressecam. não diminuem a secção com o passar do tempo e apresentam boa aderência com argamassa. não enferrujam. como torneiras e chuveiros.CONEXÕES ROSCA x ROSCA Conexões produzidas em bronze. possuem boa resistência mecânica. ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .

0 53.5 32.0 41.3 69.8 249.3 120.0 182.2 202.5 MASSA (g) 38.5 64.) 1/2" 3/4" x 1/2" * 3/4" 1" 1 1/4" 1 1/2" (*) 3/4" x 1/2" C od 602-R DIMENSÃO (mm) A 37.0 MASSA (g) 44.5 50.7 243.0 76.0 38.3 298.0 58.5 32.0 43.0 40.8 156.9 21.7 103.0 BRONZE MATERIAL 54.8 214.3 MATERIAL BRONZE NIPLE DUPLO 602 DIÂMETRO (pol.4 275.5 32.0 45.) 3/4" x 1/2" 1" x 3/4" 1 1/4" x 1/2" 1 1/4" x 3/4" 1 1/2" x 1/2" 1 1/2" x 3/4" ROSCA x ROSCA DIMENSÃO (mm) A 18.CONEXÕES BUCHA 30 DIÂMETRO (pol.5 32.7 62.5 MATERIAL BRONZE LUVA 700 DIÂMETRO NOMI NAL (pol .4 ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .) 1/2" 3/4" 1" 1 1/4" 1 1/2" 2" 3" DIMENS ÃO (mm ) A 30.0 34.6 MASSA (g) 63.8 297.

CONEXÕES LUVA DE REDUÇÃO 700-2 DIÂMETRO NOMINAL (pol.8 54.) 3/4" x 1/2" DIMENSÃO (mm) A 40.0 MATERIAL BRONZE ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .7 B 40.0 342.4 MASSA (g) 122.9 66.2 MASSA (g) 83.0 BRONZE MATERIAL COTOVELO COM REDUÇÃO 706-3 DIÂMETRO NOMINAL (pol.5 126.) 1/2" 3/4" 1" 1 1/4" 1 1/2" DIMENSÃO (mm) A 32.6 MASSA (g) 86.5 94.0 40.) 3/4" x 1/2" 1" x 3/4" ROSCA x ROSCA DIMENSÃO (mm) A 34.2 MATERIAL BRONZE COTOVELO 706 DIÂMETRO NOMINAL (pol.2 462.1 173.9 144.5 46.

.

CONEXÕES ROSCA x ROSCA ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .

CONEXÕES ROSCA x ROSCA ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .

ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! . não ressecam e oferecem boa aderência com a argamassa. registros. etc. para serem utilizadas com tubos de PVC marrom. Indicadas para uso nos pontos terminais para acoplamento com torneiras. chuveiros.CONEXÕES ELUMAPLAST Conexões produzidas em bronze com anel de PVC possuem ótima resistência.

7 MATERIAL BRONZE LUVA AZUL 500 EP DIÂMETRO NOMINAL (mmx pol) 25 x 3/4" 20 x 1/2" DIMENSÃO (mm) A 39.7 B 35.8 111.5 MASSA (g) 137.6 32.5 79.1 MATERIAL BRONZE BRONZE COTOVELO REDUÇÃO AZUL 506-3 EP DIÂMETRO NOMINAL (mmxpol) 25 x 1/2" DIMENSÃO (mm) A B 32. 513 .Tê Redução Central DIÂMETRO NOMINAL (mmx pol) 25 x 1/2" x 25 (*) 20 x 1/2" x 20 DIMENSÃO (mm) A 65.3 164.8 MASSA (g) 169.1 BRONZE BRONZE MATERIAL 39.8 MASSA (g) 92.6 66 B 33.5 28.4 BRONZE BRONZE MATERIAL ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .0 TE REDUÇÃO AZUL 511 (*) Cod.5 MASSA (g) 125.8 33.0 30.CONEXÕES COTOVELO AZUL 506 DIÂMETRO NOMINAL (mmx pol) 25 x 3/4" 20 x 1/2" ELUMAPLAST DIMENSÃO (mm) A 35.

CONEXÕES NPT Conexões produzidas em bronze são utilizadas na interligação de tubos hidrolar (por soldagem capilar) com acessórios que possuam o mesmo padrão de rosca (NPT). ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .

3 MASSA (g) 65.8 10.8 15.6 MASSA (g) 26.0 20.0 MATERIAL BRONZE COTOVELO 807-3 DIÂMETRO NOMINAL (mmxpol) 15 x 1/2" 22 x 3/4" Rosca NPT BOLSA x BOLSA DIMENSÃO (mm) A B 23.2 119.8 MATERIAL BRONZE ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .6 29.8 10.CONEXÕES CONECTOR 803 DIÂMETRO NOMINAL (mmxpol) 15 x 1/2" 22 x 3/4" Rosca NPT NPT BOLSA x BOLSA DIMENSÃO (mm) A B 28.6 MASSA (g) 54.3 49.8 15.4 MATERIAL BRONZE CONECTOR 804 DIÂMETRO NOMINAL (mmxpol) 15 x 1/2" 22 x 3/4" Rosca NPT BOLSA x PONTA DIMENSÃO (mm) A B 22.7 91.5 33.0 25.5 26.

1 29.1 84.CONEXÕES COTOVELO 807-4 DIÂMETRO NOMINAL (mmxpol) 15 x 1/2" 22 x 3/4" Rosca NPT NPT BOLSA x PONTA DIMENSÃO (mm) A B 22.9 157.0 18.9 MATERIAL COBRE / BRONZE ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .7 50.6 MASSA (g) 122.7 MATERIAL BRONZE UNIÃO 833-3 DIÂMETRO NOMINAL (pol.0 153.6 MASSA (g) 70.6 64.) 15 x 1/2" 22 x 3/4" Rosca NPT BOLSA x BOLSA DIMENSÃO (mm) A 42.1 26.0 MASSA (g) 44.9 MATERIAL BRONZE TÊ COM ROSCA FÊMEA CENTRAL 812 DIÂMETRO NOMINAL (mm x pol. x mm) 15 x 1/2" x 15 22 x 3/4" x 22 Rosca NPT BOLSA x BOLSA x BOLSA DIMENSÃO (mm) A 44.

pouca tendência ao incrustamento. gás. leves. fabricados pelo processo de extrusão e em seguida calibrados nos diâmetros comerciais por trefilação. facilidade de ser trabalhado. boa resistência mecânica. exigida para as ligações por meio de rosca. Sua composição química é de 99. Esses tubos são produzidos de acordo com a norma ABNTNBR 13206. etc. combate a incêndio. O processo de junção dos tubos com as conexões de cobre é feito por soldagem ou brasagem capilar. econômicas e fáceis de trabalhar. uma vez que se torna desnecessária uma espessura maior do tubo. permitindo o emprego de tubos de paredes finas.9% de cobre (no mínimo). esgoto da máquinade lavar louças. instalações industriais. Os tubos de cobre apresentam as seguintes características: boa resistência química. longa vida útil. água quente.) ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .TUBOS DE COBRE HIDROLAR Os tubos de cobre Hidrolar são tubos rígidos sem costura. boa resistência à corrosão. Estes tubos são utilizados nas instalações hidráulicas domiciliares ou industriais (água fria.

0 60.50 0.0 15 x 1.8 x 1.80 0.480 14. 0.0 66.092 2.Identificados por tampões plásticos na cor Azul.8 x 1.) (mm) KGF/CM2 KGF/CM 1/2” 15 15 x 0.392 0. (*) Nota Importante: Para instalações de gás combustível são indicados de acordo com as normas da ABNT (NBRs 13523 / 13932 / 13933 e 14570).0 42 x 1. normalmente são utilizados para: 1) Instalações de água fria e água quente.90 0.0 35 x 1.460 26.Especificações Técnicas Composição Química ESPECIFICAÇÃO ASTM CDA C12200 LIGAS ELUMA 122 DENOMINAÇÃO Cobre Fosforo DHP Cu 99.8 x 2.50 4. DIÂMETRO NOMINAL CLASSE E CLASSE A CLASSE I Kg/m 0.70 0.644 0.0 22 x 1.5 2 1/2” 66 66.1 1” 28 28 x 0.4 x 1.Identificados por tampões plásticos na cor Amarela.045 40.Identificados por tampões plásticos na cor Verde.4 1 1/2” 42 42 x 0.2 1 1/4” 35 35 x 0.271 24.ºC) (microhm/cm) (material recozido) (g/cm3) C12200 122 8.0 35 x 1.040 0. Kg/m SERVIÇO EXTERNO x ESP.5 3” 79 79.339 21.00 1.0 66.015 Mn As Zn Imp.0 27. São acoplados com conexões por soldagem capilar.94 0.0 42 x 1.337 18.0 79.755 PRESSÃO SERVIÇO 2 KGF/CM 88.90 1. Salvo indicação do projetista hidráulico.0 15 x 0.0 De acordo com a aplicação e identificação do tubo de cobre.203 41.901 1.360 34.TUBOS DE COBRE HIDROLAR DIÂMETRO DIÂMETRO DIÂMETRO PRESSÃO PRESSÃO EXTERNO x ESP.500 ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! . 2) Todas as instalações indicadas para tubo classe E.20 3.4 x 1.0 104.20 2.0 55.0 45.839 20.80 0.593 2.532 50.261 35.0 3/4” 22 22 x 0.0 *Tubos de Cobre sem costura. São acoplados com conexões por soldagem ou brasagem capilar.8mm para baixa pressão e tubos de classe A ou I para média pressão. instalações de gases combustíveis * e medicinais: TUBOS CLASSE A .810 0. - Propriedades Mecânicas ESPECIFICAÇÃO ASTM CDA LIGAS ELUMA TÊMPERA DIÂMETRO EXTERNO mm (in) ESPESSURA PAREDE mm (in) LIMITE RESISTÊNCIA kg / mm2 (Ib / in)2 LIMITE ESCOAMENTO kg / mm2 (Ib / in)2 ALONGAMENTO EM 2” (%) ROCKWELL ESCALA DUREZA TAMANHO DO GRÃO (mm) C12200 122 Mole * Duro Todas Todas Todas Todas 21 (30000) mín 31 (45000) mín Propriedades Físicas ESPECIFICAÇÃO ASTM CDA LIGAS DENSIDADE A 20º C ELUMA CONDUTIVIDADE TÉRMICA A 20º C (Cal / cm2.040 máx.200 24.7 x 1.9 4” 104 104.03 85 COEFICIENTE MÉDIO DE EXPANSÃO TÉRMICA p/ ºC x 10-6 20-300º C 17.s.0 28.0 20. 2 PAREDE (mm) PAREDE (mm) PAREDE (mm) (pol.0 104. são especificadas suas classes.206 2.318 69.90 0.673 25.0 42. instalações de combate a incêndio por hidrante e sprinklers: TUBOS CLASSE E .0 28 x 1. 3) Todas as instalações indicadas para tubo classe A e instalações industriais de alta pressão e vapor: TUBOS CLASSE I .7 MÓDULO DE ELASTICIDADE (Kg / mm2) MÓDULO DE RIGIDEZ (Kg / mm2) 12.20 1.0 22 x 0.7 x 1. Kg/m SERVIÇO EXTERNO x ESP. conforme Normas de Instalações Hidráulicas e Gás da ABNT.0 54 x 1.122 5. tubos de cobre sem costura com espessura mínima de parede 0.20 2.627 19. São acoplados com conexões por soldagem ou brasagem capilar.0 34.737 4.60 0.683 40.10 1.923 24. conforme indicação (em destaque) na tabela acima.50 3.0 54 x 1. 28 (40000) mín 30 T 55 mín (*) Especificação válida somente para tubos de cobre ELUMAGÁS CONDUTIVIDADE ELÉTRICA VOLUMÉTRICA A 20º C (% IACS) (material recozido) CALOR ESPECÍFICO RESISTIVIDADE A 20º C ELÉTRICA A 20º C (Cal/g.(ºC/cm) 40 mín 15 T 65 máx.90 min Pb Fe Sn Ni COMPOSIÇÃO % Al P 0.318 1.0 79.000 4. ( ) Tubos de Cobre .775 28.0 28 x 0.60 0.4 2” 54 54 x 0.4 x 1.10 1.7 x 1.

etc).TUBOS DE COBRE ELUMAGÁS Tubos de cobre ELUMAGAS são produzidos sem costura. São fornecidos em rolos. Normas Técnicas de Instalação: NBR 13523. NBR 13932. ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! . com processo de fabricação semelhante aos tubos HIDROLAR e SOLAR. NBR 13933 e NBR 14570. recebendo tratamento térmico posterior a trelifação. tornando-os flexíveis. São utilizados em instalações de gás para interligações com aparelhos (medidores de gás. botijões.

35 x 0.87 x 0.79 12.79 9.s. 28 (40000) mín 30 T 55 mín (*) Especificação válida somente para tubos de cobre ELUMAGÁS COEFICIENTE MÉDIO DE EXPANSÃO TÉRMICA p/ ºC x 10-6 20-300º C 17.79 PESO (kg/m) 0.94 0.52 x 0.092 2.Especificações Técnicas Composição Química ESPECIFICAÇÃO ASTM CDA C12200 LIGAS ELUMA 122 DENOMINAÇÃO Cobre Fosforo DHP Cu 99.03 85 12.193 0.088 0.90 min Pb Fe Sn Ni COMPOSIÇÃO % Al P 0.79 15.040 máx.333 0. - Propriedades Mecânicas ESPECIFICAÇÃO ASTM CDA LIGAS ELUMA TÊMPERA DIÂMETRO EXTERNO mm (in) ESPESSURA PAREDE mm (in) LIMITE RESISTÊNCIA kg / mm2 (Ib / in)2 LIMITE ESCOAMENTO kg / mm2 (Ib / in)2 ALONGAMENTO EM 2” (%) ROCKWELL ESCALA DUREZA TAMANHO DO GRÃO (mm) C12200 122 Mole * Duro Todas Todas Todas Todas 21 (30000) mín 31 (45000) mín Propriedades Físicas ESPECIFICAÇÃO ASTM CDA LIGAS DENSIDADE CONDUTIVIDADE TÉRMICA A 20º C ELUMA A 20º C (g/cm3) (Cal / cm2.040 0.810 0.500 ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .79 7.015 Mn As Zn Imp.05 x 0.76 x 0. 0.123 0.403 PRESSÃO SERVIÇO kgf/cm2 190 132 100 85 60 50 40 Tubos de Cobre .ºC) (microhm/cm) (material recozido) (material recozido) MÓDULO DE RIGIDEZ (Kg / mm2) C12200 122 8.158 0.263 0.TUBOS DE COBRE ELUMAGÁS DIÂMETRO EM POLEGADA 3/16” 1/4” 5/16” 3/8” 1/2” 5/8” 3/4” DIMENSÕES (mm) 4.000 4.79 6.70 X 0.94 x 0.(ºC/cm) 40 mín 15 T 65 máx.79 19.7 MÓDULO DE ELASTICIDADE (Kg / mm2) CALOR ESPECÍFICO RESISTIVIDADE CONDUTIVIDADE A 20º C ELÉTRICA ELÉTRICA A 20º C VOLUMÉTRICA A 20º C (% IACS) (Cal/g.

ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .TUBOS DE COBRE SOLAR Os tubos de cobre solar são tubos rígidos sem costura. Os tubos de cobre apresentam as seguintes características: boa resistência química. pouca tendência ao incrustamento. facilidade de ser trabalhado. fabricados pelo processo de extrusão e em seguida calibrados nos diâmetros comerciais por trefilação. Sua composição química é de 99. boa resistência à corrosão. boa resistência mecânica.9% de cobre (no mínimo). longa vida útil.

092 2.00 x 0.40 15.385 Tubos de Cobre .040 0.TUBOS DE COBRE SOLAR DIMENSÕES (mm) 9.Especificações Técnicas Composição Química ESPECIFICAÇÃO ASTM CDA C12200 LIGAS ELUMA 122 DENOMINAÇÃO Cobre Fosforo DHP Cu 99.138 0.500 ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .102 0. - Propriedades Mecânicas ESPECIFICAÇÃO ASTM CDA LIGAS ELUMA TÊMPERA DIÂMETRO EXTERNO mm (in) ESPESSURA PAREDE mm (in) LIMITE RESISTÊNCIA kg / mm2 (Ib / in)2 LIMITE ESCOAMENTO kg / mm2 (Ib / in)2 ALONGAMENTO EM 2” (%) ROCKWELL ESCALA DUREZA TAMANHO DO GRÃO (mm) C12200 122 Mole * Duro Todas Todas Todas Todas 21 (30000) mín 31 (45000) mín Propriedades Físicas ESPECIFICAÇÃO ASTM CDA LIGAS DENSIDADE CONDUTIVIDADE TÉRMICA A 20º C ELUMA A 20º C (g/cm3) (Cal / cm2.015 Mn As Zn Imp.000 4.50 28.40 12.301 0.52 x 0.7 MÓDULO DE ELASTICIDADE (Kg / mm2) CALOR ESPECÍFICO RESISTIVIDADE CONDUTIVIDADE A 20º C ELÉTRICA ELÉTRICA A 20º C VOLUMÉTRICA A 20º C (% IACS) (Cal/g. 28 (40000) mín 30 T 55 mín (*) Especificação válida somente para tubos de cobre ELUMAGÁS COEFICIENTE MÉDIO DE EXPANSÃO TÉRMICA p/ ºC x 10-6 20-300º C 17.50 PESO (kg/m) 0.00 x 0.ºC) (microhm/cm) (material recozido) (material recozido) MÓDULO DE RIGIDEZ (Kg / mm2) C12200 122 8.s.94 0.(ºC/cm) 40 mín 15 T 65 máx.40 22.03 85 12.90 min Pb Fe Sn Ni COMPOSIÇÃO % Al P 0.810 0.040 máx.164 0.00 x 0. 0.70 x 0.

Peso líquido: 500gr. evita oxidação das partes a serem soldadas. O fluxo de soldagem é removível em água. ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .26 0. DIÂMETROS E ESPESSURAS DE PAREDE DO ELUMAFLEX DIÂMETROS NOMINAIS (Polegada) (mm) QUANTIDADES APROXIMADAS DE SOLDA E FLUXO DIÂMETRO NOMINAL (mm) 15 22 28 35 42 54 66 79 104 1/2” 3/4” 1” 1 1/4” 1 1/2” 2” 2 1/2” 15 22 28 35 42 54 66 ESPESSURAS (mm) 5 e 10 5 e 10 5 e 10 10 10 10 10 QUANTIDADE DE SOLDA 0. ELUMAFLEX Isolante térmico para instalações de água quente e refrigeração.09 0. Disponível para conexões de diâmetro 15mm.4mm. Embalagem: Carretel .0 g 11. FLUXO LÍQUIDO PARA SOLDAGEM Utilizado no processo de soldagem.4 g 6.ACESSÓRIOS ESCOVA Utilizada no processo de soldagem para a limpeza da bolsa da conexão.5 g 9. SOLDA Solda Estanho x Cobre (Composição: 97% Sn x 3% Cu) utilizada no processo de soldagem de tubos de cobre com conexão de cobre ou bronze. Recomenda-se proteção mecânica quando exposta a intemperies.6 g 2.15 0.55 0.0 g 7. reserva-se no direito de alterar quaisquer especificações na sua linha de produtos sem aviso prévio.Células fechadas Condutividade Térmica: 0.05 g g g g g g g g g DADOS TÉCNICOS Material: Polietileno expandido .1 g 4.DIN 53428 A Eluma S. .7 g 1.2 g 1.85 0.3 g QUANTIDADE DE FLUXO PARA SOLDAR 0. Utilizada somente em conexões sem anel de solda.20 0.75 0.40% vol. 22mm e 28mm. Fornecidos em barras de 2 metros. Embalagem: Recipiente com peso líquido 100gr. Indústria e Comércio.A.035 kcal/mhºc Resistência Térmica: -40ºC a + 90ºC Absorção de água: 0. Fornecida em fio 2. permitindo a fluidez da solda.95 1.

PROCESSO SOLDAGEM Observe com atenção a sequência do processo de soldagem do tipo branda e siga as recomendações para garantir perfeita estanqueidade e resistência igual ou maior que a resistência do próprio tubo. até ver a solda correr em volta da união. 2 .Aplique a chama sobre a conexão para aquecer o tubo e a bolsa da conexão. deixando um filete em volta da união. Não ultrapasse o período de 30 minutos para realizar a soldagem. aplique o fluxo de solda na ponta do tubo e na bolsa da conexão. 5 .: A aplicação da solda é feita somente para conexões sem anel de solda. A quantidade correta de solda é aproximadamente igual ao diâmetro da conexão: 28mm de solda para uma conexão de 28mm.Corte o tubo no esquadro. . de modo que as partes a serem soldadas fiquem revestidas por uma fina camada de fluxo. Encaixe o tubo na conexão para soldar.Retire a chama e alimente com solda um ou dois pontos. até que a solda derreta quando colocada na união do tubo com a conexão. 6 . tipo escova de fio.Remova imediatamente o excesso de solda e fluxo com um pano seco enquanto a solda ainda permitir. Escarie o tubo e tire as rebarbas. após a aplicação do fluxo. esponja abrasiva fina ou palha de aço. Cuidado para não desbastar ou arranhar as partes a serem soldadas. retirando a oxidação da superfície. Evite excesso de fluxo.Limpe a bolsa da conexão e a ponta do tubo com material abrasivo. 4 . Obs.Com o pincel. lixa para metal. 3 . 1 .

Peças de diferentes fabricantes. seguir os procedimentos dos fabricantes dessas soldas e usar somente conexões sem anel de solda. 733 (de 66m a 104mm). 6) Evite o aquecimento excessivo das peças para não ocorrer a perda do fluxo por evaporação. 10) Para soldagem do tipo brasagem (Foscooper ou Prata). 5) Não executar a soldagem com presença de água no interior do tubo. . tornando-se desnecessária a aplicação de solda externa para complemento. As conexões com anel de solda possuem um anel interno com estanho na quantidade exata para soldagem. 3) A utilização do fluxo é necessária para as conexões com e sem anel de solda. para conexões sem anel de solda. 8) Ao término da instalação. que se dá pelo fenômeno físico da capilaridade. execute o teste de estanqueidade seguido da lavagem interna na tubulação. 9) Utilize somente tubos e conexões do mesmo fabricante. remover o anel interno de borracha. O resfriamento deve ser natural em temperatura ambiente. antes de executar a soldagem. durante a soldagem. 2) Consulte a tabela de quantidades aproximadas de solda e fluxo para orientação do consumo necessário destes materiais. podem não oferecer uma soldagem adequada entre as partes.PROCESSO Recomendações: SOLDAGEM 1) O roteiro descreve o processo de soldagem do tipo branda. pois o correto ajuste entre o tubo e a conexão é fundamental para a perfeita soldagem. 7) Para soldagem da União cod. com liga de estanho x cobre (97% x 3%). 4) Não resfriar com pano úmido ou água ao término da soldagem. 11) Utilizar fluxo para soldagem e solda fornecidos pela ELUMA.

0 1. c.223197 0.3 2.0 0.197162 DIÂMETRO NOMINAL (pol) 1/2 3/4 1 1 1/4 1 1/2 2 2 1/2 3 4 DIÂMETRO COBRE (nn) 15 22 28 35 42 54 66 79 104 Kgf/cm2 Kgf/cm lbf/pol lbf/pol 2 2 40 50 60 75 100 2 lbf/pol2 lbf/pol2 bar bar bar bar m.9 Tê passagem direta 0.5 2. 13206. a.7030768 1. poderão comprometer a boa resistência e durabilidade que dele se espera.5 2.8 0.0 3.3 Importante: O cobre é um dos metais mais resistentes e apropriados à condução de água e outros fluidos.5 2.980665 0. Observe corretamente as normas de instalação pertinentes constantes das NBRs nos 5626.0197162 14. c. 7198.7 1. atm 2 lbf/pol kgf/cm2 = metro de coluna d’água = atmosfera = psi = libra força por polegada quadrada = quilograma força por centimetro quadrado Perda de carga em conexões Comprimentos equivalentes para conexões de cobre Diâmetro Nominal (DN) 15 22 28 35 42 54 66 79 104 Cotovelo 90º 1. 13714 e 14570.4 2. 13932. Kgf/cm2 bar atm m. a falta de observância de normas técnicas corretas quando de sua instalação e utilização.2 3. que não tenha o tratamento adequado.5 0.9 1.967842 10.0 8. Porém.1 4.4 3.a.7 3.2 1.0 1.3 7.6 7.6 Tê passagem lateral 2.3 2. inclusive água de mina.0680492 0. c.8 1. 13933.6 7. expedidas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas . assim como a falta de cuidados no seu manuseio e armazenamento e a sua exposição a agentes agressivos.9869304 10. a.4 0.c. a.ABNT.ASSISTÊNCIA TÉCNICA TABELA DE CONVERSÕES DE Kgf/cm Kgf/cm 2 2 EQUIVALÊNCIA DE VALORES DIÂMETRO NOMINAL (nn) 15 20 25 32 PARA lbf/pol bar atm m.xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! .7 1.5044963 0.8 8.4 3.07030768 0.3 1.06894414 0. de poço ou de abastecimento público.1 1.2 2.9 4. 10897. Kgf/cm2 lbf/pol atm m.7 0. 2 2 MULTIPLICAR 14.3 Curva 45º 0. 11720.

Nestes casos e nos dos suportes metálicos. ar comprimido e vapor. arame. NBR 11720. substituindo a antiga por completo. como prego. bem como o uso de componentes de outras marcas na instalação. em linha reta. por no mínimo uma hora carregue a uma pressão de uma vez e meia a pressão de trabalho do tubo. por no mínimo uma hora. com água potável até que a água saia totalmente sem resíduos e impurezas. Dilatação Térmica: Nas instalações. medicinais. Nas tubulações enterradas. nunca fósforo ou outro tipo de chama. As redes de cobre devem estar instaladas a mais de 50 cm de distância das linhas elétricas e a mais de 30 cm quando protegidas por conduites e não devem ser utilizadas como aterramento elétrico. Evite contato direto com o solo ou outros metais. NBR 13932. Armazenagem / transporte Manter os tubos e conexões em local limpo. água fria. podendo realizar a proteção mecânica adicional com argamassa ou concreto. não é atacada por cal. Instalação: As normas são de acordo com a utilização Instalação de Água Quente e Fria : NBR 7198 e NBR 5626. No caso de reformas. sem costura (NBR 13206) e as conexões ELUMA de Cobre e Bronze (NBR 11720) são aprovados por todas as normas técnicas de fabricação e instalação. recomenda-se que a nova tubulação em cobre seja totalmente instalada. Teste Hidrostático (estanqueidade): Ao término da instalação. Use externamente água com sabão. a união se faz através de rosca em conexões de Bronze.ASSISTÊNCIA TÉCNICA ORIENTAÇÕES GERAIS Os tubos de cobre HIDROLAR. Isolamento Térmico: O ELUMALFEX deve ser aplicado em toda extensão da rede de água quente. Instalação de Combate a Incêndio por Hidrantes: NBR 13714. Lavagem da Tubulação: Após o teste de estanqueidade. aço. acima dos dez metros. NBR 14570. somente nos pontos de contato direto entre os diferentes metais. para aplicações hidráulicas de água quente. cimento nem areia. Devem ser observadas as normas de instalações pertinentes. Instalação de Combate a Incêndio por Sprinklers: NBR 10897. é recomendável a proteção do tubo para evitar o contato com possíveis produtos químicos presentes no solo. NBR 13523. com folha de alumínio corrugado ou similar. NBR 14570. faça o teste com todos os pontos totalmente fechados e toda tubulação exposta. carregue a pressão de quatro vezes a pressão máxima de trabalho. Evitar o contato direto do tubo de cobre com materiais ferrosos. a critério do instalador. instalações de combate a incêndio por hidrantes e sprinklers. para evitar que o excesso de peso provoque ovalização dos mesmos. e protegido quando exposto ao tempo. O empilhamento máximo dos tubos não deve ultrapassar cinco vezes o seu diâmetro. Água Fria e Quente: Com água potável e manômetro aferido. etc. com veda rosca. há a necessidade do uso de uma junta de expansão ou lira. Remova os tampões protetores no momento da aplicação. Não se utilizam juntas de expansão em instalações de gás e de combate a incêndio. conforme o caso. execute a lavagem interna da tubulação. Para instalações de água quente a temperatura de teste é de 80ºC. A tubulação de cobre não sofre com a umidade. Gases Combustíveis: Com ar comprimido ou gás inerte e manômetro aferido. Para flanges ou registros que não são de liga de cobre. com produtos químicos e choques mecânicos em seu manuseio. NBR 13933. . por meio de fitas anti-corrosivas específicas. de água quente. O ELUMAFLEX é o material indicado para isolamento térmico. não sendo de responsabilidade do fabricante. revestir o tubo com isolantes plásticos. dispensando o uso de argamassas e permite a movimentação do tubo dentro da parede. gases combustíveis. não enferruja não reduz a seção interna e nem forma incrustações. danos ou prejuízos causados pela instalação incorreta dos produtos. com o ponto mais extremo da instalação aberto. sendo a instalação antiga em ferro. Instalação de Gás Combustível: NBR 13206.

com. 500 . arquitetura e escolas técnicas. a fim de torná-los aptos a executarem as instalações hidráulicas com a mesma qualidade que são produzidos os tubos e conexões ELUMA. para profissionais da área.Fax: (0xx11) 4461-4132 Site: www.SP . estuda e recomenda soluções técnicas para projetos hidráulicos. efetua levantamentos e orçamentos de materiais.E-mail: conexoes@eluma. Através de suas Unidades Volantes de Treinamento (UVT’s) que estão tecnicamente equipadas.Tel.CEP 09220-901 . Regularmente promove palestras e cursos técnicos para construtores.B.com. instaladores.: (0xx11) 4463-7604 . revendedores e também para estudantes de engenharia. oferecem treinamento na própria obra.Santo André .ASSISTÊNCIA TÉCNICA O Departamento de Engenharia de Aplicações da ELUMA. Utinga . ELUMA ISO 9001:2000 Rumo à Excelência! Rua Felipe Camarão. projetistas hidráulicos.br .eluma.br . sem qualquer ônus para o solicitante.