Você está na página 1de 1

Isso aqui um trabalho!: um estudo acerca da produo de sentidos sobre trabalho por garotos de programa de Fortaleza.

. Para Marx, a essncia do homem est no trabalho. O que o homem produz o que ele . O trabalho coloca-se como central na vida dos homens: ele funciona como mediador da relao entre o homem e a natureza, entre o homem e o si mesmo. A pesquisa aqui apresentada, oriunda de um Grupo de Estudos promovido pelo PET Psicologia da UFC, prope uma reflexo acerca dos sentidos de trabalho para garotos de programa da cidade de Fortaleza. O interesse em trabalhar esse tema surge da quase inexistncia de produo cientfica sobre o assunto, entendendo que essa atividade laboral se compe de prticas, discursos e sentidos remotamente discutidos. Metodologicamente realizaram-se trs entrevistas semi-estruturadas. Estas, seguindo o consentimento prvio dos entrevistados, foram gravadas, transcritas e submetidas anlise segundo referencial proposto por Spink, autora que trabalha com o Construcionismo Social em estudos de Psicologia Discursiva, utilizando-se da idia de Produo de Sentido. Os resultados encontrados foram organizados em trs categorias: (a) como descreve, (b) como explica e (c) como apreendem os pensamentos de outros". So eles: (a) a no visualizao da prostituio como uma profisso, qui como um trabalho; o garoto de programa como mercador e mercadoria ao mesmo tempo; a relao entre os riscos da profisso e a concentrao dos garotos de programa nas saunas gay; a afetividade encenada no atendimento aos clientes; a relao obscura entre prazer e trabalho; (b) a entrada na atividade como busca de subsistncia; a suposta ojeriza em relao s prticas profissionais; (c) a falcia da vida fcil; a expectativa de altos ganhos financeiros; e o papel ativo/passivo no programa. Conclui-se que os sentidos atribudos e produzidos pelos garotos de programa acerca desse trabalho esto diretamente vinculados com a formao de suas identidades pessoais, seu posicionamento diante do mundo e seu auto-julgamento de valor.