Você está na página 1de 9

Parafina

5/19/12

Termoterapiaeditar o estilo do subttulo Clique para superficial

mestre

Caractersticas fsicas

Substncia branca em forma de cera obtida da destilao do petrleo Maleabilidade, condutividade trmica, ponto de fuso a cerca de 50C a 52; A temperatura para tratamento deve estar entre 42 a 52.
5/19/12

Equipamento

Recipiente consiste de uma cuba de ao inoxidvel revestido externamente com fibra de vidro. Deve possuir termostato para controle da temperatura.

5/19/12

Preparo para Aplicao

No interior do equipamento colocada a parafina em estado slido (blocos de 1 Kg); Alguns blocos de parafina acompanhados por uma essncia pode ser adicionada; so que

A parafina possui um elevado contedo calrico, o que proporciona um calor duradouro. 5/19/12

Mtodos de Aplicao

Direto ou imerso mais utilizado. Mergulha-se a mo ou p por alguns segundos no recipiente e retira-se. A parafina se solidifica formando-se fina pelcula. Aps alguns segundos repete-se o procedimento, pois a pelcula protege e isola a pele das outras imerses. Aps 8 ou 10 mergulhos obtmse uma camada grossa (Luva), que deve ser envolvida por um saco plstico e mantida por 20 minutos.

Pincelamento utilizado para reas difceis de mergulhar

Enfaixamento ou compressas as faixas ou compressas so mergulhadas na parafina e aplicadas no paciente


5/19/12

Batida parafina lquida batida com uma colher at

Luva de parafina formada

5/19/12

Luva de parafina sendo removida

5/19/12

Indicaes

Os Efeitos fisiolgicos so semelhantes as outras formas de calor superficial e produzem: Vasodilatao cutnea e intensa sudorese; Presso constritiva: podendo ser usada nas alteraes vasculares perifricas;
5/19/12

Contra-indicaes

Feridas abertas Infeces de pele Alergia parafina Dermatite aguda Sensibilidade trmica debilitada Circulao cutnea deficiente Enxertos de pele recm-cicatrizados
5/19/12