P. 1
A Moreninha Joaquim Manuel de Macedo Romantismo

A Moreninha Joaquim Manuel de Macedo Romantismo

|Views: 332|Likes:
Publicado porAbraao Andrade

More info:

Published by: Abraao Andrade on May 29, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/04/2014

pdf

text

original

A moreninha Joaquim Manuel de Macedo romantismo A moreninha Joaquim Manuel de Macedo Joaquim Manuel de Macedo nasceu no Rio de Janeiro

em 1820. Em 1844 formou-se em Medicina no Rio de Janeiro, e no mesmo ano estreou na literatura com a publicação daquele que viria a ser seu romance mais conhecido, "A Moreninha", que lhe deu fama e fortuna imediata. Além de médico, Macedo foi jornalista, professor de Geografia e História do Brasil no Colégio Pedro II, e sócio fundador, secretário e orador do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, desde 1845. Em 1849 fundou, juntamente com Gonçalves Dias e Manuel de Araújo Porto-a legre, a revista Guanabara, que publicou grande parte do seu poema-romance A nebulosa — considerado por críticos como um dos melhores do Romantismo. Foi membro do Conselho Diretor da Instrução Pública da Corte (1866). Joaquim Manuel de Macedo abandonou a medicina e criou uma forte ligação com Dom Pedro II e com a Família Imperial Brasileira, chegando a ser preceptor e professor dos filhos da Princesa Isabel. Era amigo íntimo e confidente de uma celebridade da Corte, Manuel José de Araújo Porto-a legre, Cônsul do Brasil na Alemanha, de quem recebeu uma longa e histórica correspondência pela qual o remetente se declara um espírita convicto e apaixonado pelo credo que na metade do século XIX fora codificado por Allan Kardec, na França. Fase literária O Romantismo no Brasil teve como marco fundador a publicação do livro de poemas "Suspiros poéticos e saudades", de Domingos José Gonçalves de Magalhães, em 1836, e durou 45 anos. Nos primórdios dessa fase literária, 1833, um grupo de jovens estudantes brasileiros em Paris, sob a orientação de Gonçalves Magalhães e de Manuel de Araújo Porto Alegre, inicia um processo de renovação das letras, influenciados por Almeida Garret e pela leitura dos românticos franceses. Em 1836, ainda em Paris o mesmo grupo de brasileiros funda a Revista Brasiliense de Ciências, Letras e Artes, cujos dois primeiros números traziam como epígrafe: "Tudo pelo Brasil e para o Brasil". Ainda no mesmo ano, no Brasil - momento histórico em que ocorre o Romantismo, 14 anos após a sua Independência - esse movimento é visível pela valorização do nacionalismo e da liberdade, sentimentos que se ajustavam ao espírito de um país que acabava de se tornar uma nação rompendo com o domínio colonial. Características do romantismo Subjetivismo; sentimentalismo; nacionalismo; maior liberdade formal; vocabulário mais brasileiro; religiosidade; evasão; indianismo; a idealização da realidade; escapismo; o culto a natureza; a idealização da mulher.

Dois parte: sobre a historia

O desenvolvimento da narrativa compreende os fatos ocorridos na ilha. o convida juntamente com mais dois companheiros. pois a história possui início. 1.ENREDO A história de “A Moreninha” gira em torno de uma aposta feita por quatro estudantes de Medicina da cidade do Rio de Janeiro do fim da primeira metade do século XIX. na casa de sua avó. Carolina.” . astuta e persistente na obtenção de seus objetivos encarna a jovem índia Ahy..o amor de Augusto pela D. Esse impedimento de ordem moral permitirá o acontecimento de várias ações até que. mais conhecida como "Moreninha". d.. Carolina revelará ser ela mesma a menina a quem o jovem Augusto jurara amor eterno. Leopoldo. jovial. Filipe propõe-lhe um desafio: se a partir daquele final de semana Augusto se envolver sentimentalmente com alguma (e só uma!) mulher por no mínimo 15 dias.Personagens principais Augusto: A figura de Augusto resume um certo tipo de estudante alegre.. Nas linhas finais da obra. saltava nesse momento fora do batel. deverá escrever um romance no qual contará a história de seu primeiro amor duradouro. Ana. o próprio Augusto nos informa seu título: "A Moreninha". Filipe. a Moreninha. Ele próprio garante aos colegas ser incapaz de amar uma mulher por mais de três dias.. no final do livro ele está de casamento marcado com Carolina e o romance que deveria escrever já está pronto. Carolina. e depois deu a mão a seu pai para ajudá-lo a desembarcar. Por causa da fama de namorador do colega. Não sabes o que tens perdido. Carolina: É muito jovem e "moreninha" e também travessa. Fabrício. D. já no capítulo XXIII . Paula. O conflito principal do romance se desenvolve no decorrer da narrativa . no início capítulo III . Apesar de Augusto garantir que não correrá esse risco. ao final da história. que espera incansavelmente por seu amado Aoitin – uma antiga história da ilha que D. D. Augusto. Augusto. a passarem o fim de semana em uma ilha. fez no início da adolescência um juramento amoroso que atrasaria a concretização de seu amor por Carolina. inteligente. Ana conta a Augusto. dona joana. Felipe. d . O enredo apresenta unidade e organicidade. Tobias.Ana. Personagens secundários Rafael.”. . No final ela revela para Augusto que era a menina para quem lhe prometera casamento. Um de seus amigos. é tido pelos amigos como namorador inconstante. Fabrício e Leopoldo. Com de sólidos princípios morais. Um deles.“Augusto. com efeito. meio e fim.. inteligente e namorador.“— Bem-vindo seja. Ali também estarão duas primas e a irmã de Filipe.até o momento em que Augusto retorna para a ilha juntamente com seu pai. Violante.

cai aos pés de d.. “ Onde se passa a historia No Rio de Janeiro. e termina no dia do pedido de casamento. Sé faltava à derradeira capa do breve. semelhante ao náufrago que no derradeiro extremo se agarra a mais leve tábua. era sua última esperança. Aquela relíquia. ele se abraçava com ela. que começou a descosê-Lo precipitadamente”..Clímax O clímax do romance ocorre quando D. exclamando: — O meu camafeu!…O meu camafeu!. mas. 20 de agosto do mesmo ano. com efeito. Qual parte do livro você mais gostou A minha parte preferida foi quando augusto descobre que a Carolina era a menina pra quem ele tinha feito um juramento de amor eterno quando ainda eram crianças. no final do Capítulo XXXIII: “A menina. e. . E teve a promessa feita com Felipe de escrever seu romance que também foi preservada. Mesmo tendo feito uma promessa de amor eterno a uma menina na qual nem sabia deu nome essa promessa foi feita em sua juventude. por um narrador onisciente. entusiasmado e como delirante. entregou o breve ao estudante. ei-la que cede e se descose alta uma pedra. ao deixar cair um breve contendo um camafeu.Carolina revela a Augusto. O palco central do romance é a Ilha de Paquetá na casa da vo de Felipe Quando Os eventos narrados desenrolam-se durante os trinta dias pelos quais a aposta era válida. O narrador está presente em todos os lugares da história Três parte soldagem pessoal. que é a mulher a quem ele tinha prometido se casar na sua infância. A aposta foi feita em 20 de julho de 1844.. e Augusto. mesmo assim não deixou de cumprir sua promessa. Carolina.. Em que pessoa é narrado O romance é narrado na terceira pessoa. E enfim ficou livre desse juramento pedindo ela em casamento e escrevendo o seu romance perdendo a aposta que havia feito com Felipe Qual personagem você mais gostou O personagem que eu mais gostei no livro a moreninha foi o Augusto porque e tinha princípios e sempre cumpria suas promessas. que se dizia milagrosa. uma segunda-feira.

jovens estudantes de medicina. O amor por Carolina. No geral você gostou do livro Sim. a Moreninha. Leopoldo e Fabrício. assumiria o compromisso de escrever um romance contando tal paixão. para a resolução feliz do aparente conflito. mas cujo nome desconhece e de quem nunca mais teve notícia. e até velhinhos de 80 anos. 5 parte sinopse a moreninha é uma obra escrita por Joaquim Manuel de Macedo o primeiro livro escrito na fase literária do romantismo. muito angelical. 4 parte resumo completo Augusto. Você gostou do final do livro Sim. uma história emocionante. vão passar o dia de Sant’Ana em uma certa ilha.Se você pudesse escolher qual personagem seria por que Eu seria o augusto porque ele é o personagem principal e é um namorador. Um romance divertido. como a história da Moreninha? Diríamos que é especial. que vai desde a infância. um de seus colegas. Augusto ganha o amor de Carolina. sente-se atraído pela simpatia de Carolina. . é a primeira obra do romantismo no brasil com quase 200 anos de existência. entretanto. supera esse compromisso e ele está disposto a casar-se com ela. e também ao mesmo tempo. porque hoje em dia nós não vemos mais na realidade um amor tão fiel como o de Augusto à D. Carolina e Augusto que é bem travesso. O tempo passa e Augusto volta outras vezes á ilha ara visitar a moça. Eu fiquei bastante surpreendido ao saber que Carolina era a menina ao qual augosto tinha se aprisionado fazendo aquela promessa de amor. ele responde que já está pronto e que se chama A Moreninha. Quando lhe perguntam sobre o romance que irá escrever. Augusto. de propriedade da avó de Filipe. No final. irmã de Filipe. confessa-lhe que está preso ao juramento de fidelidade feito a uma menina. Carolina. Muito menos o romance entre D. para jovens. Apesar de apaixonado por ela. adultos. faz uma aposta com Filipe: se ficasse apaixonado por uma jovem durante quinze dias ou mais. Nos dias em que fica na ilha. mas perde a aposta com Filipe. descobrem que eles são as duas crianças que juraram fidelidade muitos anos atrás. apaixonante. quando tinha 13 anos. que se dizia incapaz de se apaixonar por muito tempo apenas por uma mulher. que os pais contam pra seus filhos na hora de dormir.

Não há surpresas de que algo diferente possa acontecer. Augusto. Justificando seu comportamento leviano. esses é um dos livros no qual as pessoas deviriam ler não por obrigação mas por curiosidade pois é um dos nossos tesouros literários . Augusto descobre ser a Moreninha o seu primeiro amor. muito feliz. ser apenas uma atitude de defesa o juramente de amor eterno. aposta que não se apaixonará por nenhuma das belas jovens que. que. perdera de vista. feito na infância a uma menina. Apesar de seus firmes propósitos não resiste a graça feiticeira de Carolina. a inteligente e brejeira Moreninha. Ana.Um grupo de rapazes combina um fim de semana festivo. cujo prêmio era escrever seu próprio romance essa é uma obra quase bi centenária que atravessa gerações e nunca perde sua ''magica'' que ainda vai durar vários centenários e impressionar varias pessoas com o amor quase perfeito entre augusto e Carolina. É leitura bem apropriada a pessoas sonhadoras demais. A história é um tanto ingênua. perdia a aposta. considerado pelos colegas extremamente volúvel em questões do amor. Augusto confessa a D. e o final da história é bem previsível. desde então. sem muitas complicações. Cumpria-se o destino e o protagonista. Depois de muitas peripécias. avó de Carolina. encontraria na festa. na casa da avó de um deles. algumas até cômicas. certamente.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->