Você está na página 1de 3
CURSO DE INTRODUCAO A BIBLIA A CRIACAO AINDA NAO TERMINOU - Durante séculos, a maioria das pessoas pensavam que Deus tinha criado tudo no comego de uma vez s5 e que depois o mundo tinha se conservado mais ou menos igual e intacto. Deus colocou o sol, as estrelas, a terra, cada qual no seu lugar e a partir dai todos ficavam dando as suas voltas. Esta idéia hoje ja nao funciona mais. Pensavam também que Deus tinha criado, desde 0 comego, O HOMEM, O CAVALO, A OVELHA, 0 LEAO e que todos eles tiveram descendentes iguais a si. Hoje sabemos que nao foi assim mas que a criagao de Deus se fez pouco a pouco... e que mesmo hoje pode aparecer nova especie. Podemos comparato mundo com uma crianga. A crianga @ criatura de Deus ao nascer, depois cresce, se instrui, se faz adulta. Sendo adulto é diferente de crianga que foi, porém continua sendo criatura de Deus, pois foi Deus quem lhe fez crescer. Q mesmo acontece com os seres vivos. Deus no comeco criou os seres que nds nem imaginamos. Aqueles deram origem aos que hoje conhecemos. No inicio nao havia animais de 4 pés, nem aves e muito menos, © HOMEM. Na_verdade n&o houve uma criacao nica e total desde o comego, mas a criagao comegada ia continuar seu caminho com as forcas que Deus tinha colocado dentro dela, da mesma forma que todo o pé de mangueira ja esta todo incluido dentro do carogo da manga. A_EVOLUCAO DOS SERES VIVOS - Ha milhoes de anos, quando a terra ainda esta va quente, envolta em nuvens espessas de onde. caiam chuvas de agua fervente, os primeiros seres vivos apareceram no mar. Eram seres minusculos como micrébios e que logo se multiplicaram e cresce~ ram, se modificaram e se transformaram. No inicio, nao era somente a luta pela sobrevivéncia que fazia desaparecer os seres mais fracos. Nio era somente o acaso que fazia brotar em cada espécie novos seres com capacidades diferentes. NA MATERIA VIVA, QUE DEUS ESTAVA CRIANDO, ATUAVAM FORCAS ESPIRITUAIS, cri ando em cada espécie novos Grgaos, tratando de solucionar cada problema: Srgaos para viver, sentir, correr, nadar e voar. A vida @ obra de um Deus livre e inteligente: Como tornar o animal um ser mais livre e mais inteligente? ~ Colocando no animal um CEREBRO. Sabe-se que os animais mais primitivos possuiam apenas alguns nicleos de nervos, porém em uma de suas familias se formou uma verdadeira CENTRAL DE COMANDO: 0 cérebro. 0 Cérebro foi se aperfeicoando durande uns quinhentos milhoes de anos. Novas espécies apareceram com cérebro maior e mais organizados. Vieram os REPTEIS, depois os MAMIFEROS, e dentro destes os ANTROPOMORFOS, ou seja, ANTROPOIDES = animais de forma humana. Ha mais de um milh@o de anos, os animais antropomorfos se desenvolveram tanto que seu cérebro e seu corpo podiam ser os de um ser livre e inteligente. Deus entao deu o seu "SOPRO", isto @, comecou a comunicar a cada individuo um espirito (ALMA) pessoal, indestrutivel, a sua imagem que € ESPIRITO. 0 homem € obra direta de Deus, pois sua alma que lhe da inteligéncia e liberdade vem de Deus. © INICIO DO HOMEM - durante milhares de anos o homem nao mudou muito a face da terra, Seu espirito levava a imagem de Deus, porém seu corpo e sua maneira de viver,mal o diferenciavam desses antropomorfos (de onde provinha). Familias, Grupos humanos, viviam em estado primitivo, se alojavam em cavernas, cacavam nas selvas, semelhantes a algumas tribos de indios que existem ainda hoje. Lentamente o homem inventava sua linguagem, fazia armas e ferramentas, aprendia a usar o fogo, porém n&o se interessava apenas pelo Util e visivel. 0 homem era também artista: desenhava nas ca- vernas, celebrava rituais magicos, pintava e cagava. 0 Homem era um animal religioso. Enterrava seus mortos com ritos destinados a assegurar-lhes uma vida feliz no OUTRO MUNDO. Tendo sido criado 4 imagem de Deus, sua inteligéncia instintivamente pensava que continuaria vivendo depois da morte. Por mais primitivo que fosse, este homem tinha uma consciéncia, era capaz de amar. Nada sabia de Cristo, porém o CRISTO (luz e vida) j@ estava presente em seu espirito. Mas o homem era livre e decidiu lutar contra a LUZ DE DEUS, No Homem primitivo ja havia o egoismo, a violéncia e o ddio. CURSO DE INTRODUGAO A_BIBLIA - continuagao - AS PRIMEIRAS CIVILIZAGOES - Ha uns 10.000 anos houve mudangas na humani- dade. Os homens se agruparam, em maior nime- ro, nas planicies férteis. Em alguns séculos, descobriram a forma de cultivar a terra, de criar o gado, de modelar e cozer o barro. Construfram aldeias que por sua veg se uniram para defender-se e aproveitar melhor os recursos da terra. Nascia entao a primeira civilizagao. A partir dai tudo se fez com imensa rapidez sobre a terra os cinco primeiros grandes centros de civilizagao. No Médio Oriente (onde mais tarde nasceria o Povo da BY blia), ha uns 3.500 anos AC, formaram-se dois impérios: 0 EGITO e a CALDEIA(donde saiu Abraao). Na Caldéia ja existia um perfeito sistema de irrigagag, feito com tijolos cozidos. Havia também a escrita, leis e administragao centralizada. 0 EGITO tinha seus progressos: construia templos grandiosos para seus deuses e levantava as Piramides para tumulos de seus faraés. Apareceram H& uns 2.000 anos antes de Cristo na CHINA e na INDIA e na AMEKICA CENTRAL, nasceram outras civilizacoes, as quais se desenvol- veram separadamente devido as grandes distancias entre os continentes. No Médio Oriente, EGITO e CALDEIA mantinham relagoes entre sie o caminho entre um império e outro atravessa um pais pequeno chamado PALESTINA. Apesar de muito adiantados, o progresso material dos dois impérios nao era suficiente para conduzir o homem 4 Verdade e & Justica. Basta lembrar que os setores mais cultos desses impérios eram os SACERDOTES DE [DOLOS (adoravam vaca, cachorro, gato, etc.). La a escra- vidao era coisa normal e a mulher era uma simples escrava do honem. PARTIDA DE ABRAAO - 1.800 anos AC, varias tribos némades partiram com seus rebanhos da CALDEIA para o EGITO. Eram tao numerosos que alguma delas tomaram o poder no Egito, onde se mantiveram por alguns séculos. Chamamos esses chefe de REIS~PASTORES. Dentre as tribos que foram para _o Egito estavam as tribos hebréias, uma das quais tinha como chefe a ABRAAO. Abraao era igual aos outros pastores, contudo ele tinha outro pensamento a respeito desta marcha: "DEUS 0 HAVIA CHAMADO e lhe havia prometido uma recompensa extraordindria: "ABRAAO, TODAS AS NAGOES DA TERRA TE PERTENCERAO " (Gen 12,1-3) GENESIS Primetra narrativa da crlagéo © principto, .Deus crtou os céus e a terra. 2A terra, porém, estava informe e vazia; as tre- vas cobriam o abismo ¢ o Esp{- tito de Deus palrava sobre as Aguas. 3 Deus disse: “Faca-se a luz!” E a luz fot feita. Deus viu que a luz era boa, e separou a luz das treva $Deus chamou & luz DIA, e As tre vas NOTTE, Houve uma tarde e uma manh&: fol o primeiro dia. 6 Deus disse: “Faga-se um firma- mento entre as Aguas, @ separe éle umas das outras”. 7Deus féz 0 fir mamento e separou as 4guas que es~ tio debatxo do firmamento daquelas que estéo por cima. *E assim se féz. Deus chamou ao firmamento CEUS. Houve uma tarde e uma manhfi: fol © segundo dla." 9 Deus disse: “Que as Aguas que esto debaixo do firmamento se ajun- tem num mesmo lugar, e apareca o elemento drido. E assim se fez. 10 Deus chamou ao elemento érido TER- RA, e no ajuntamento das éguas MAR. E Deus viu que isto era bom. 11 Deus disse: “Produza a terra ver- dura, ervas que contenham: semente e drvores frutiferas que déem fruto segundo a sue espécie, ¢ o fruto con- tenha a sua semente”, E assim fol feito. 12A terra produziu verdura, erva que contém semente segundo a sua espécte, e arvores que produzem {ruta segundo a sua espécle, contendo © fruto a sua semente. E Deus viu que {sto era bom. 13 Houve uma tarde e uma manhé: fol o tercefro die. Deus disse: “Fagam-se luzelros no firmamento dos céus para separer o dia da nolte; sirvam éles de sinais € marquem o tempo, os dias e os anos; 15e resplandecam no firma~ mento dos céus para fluminar e ter- ra”, E assim se fz, 16Deus f8z 08 dots grandes luzeiros: 0 mator para presidir ao dia, e 0 menor para pre- sidir & noite; e féz também as estré- las. 17 Deus colocou-os no firmamen- to dos céus para que fluminassem a terra, 18 presidissem ao dia e & nolte, © separassem a luz das trevas. E Deus viu que isto era bom, 19Houve uma tarde e uma manhéa: fol o quarto dia, 20Deus disse: “Produzam as aguas uma multidéo de séres vivos, e voem pdssaros sdbre a terra, debaixo do fir- mamento dos céus" 21 Deus criou os monstros marinhos e téda a multidio de séres vivos que enchem as aguas, segundo e sua espécle, e tédas as aves, segundo a sua espécle. E Deus viv que isto era bom. 22 E Deus os aben- goou: “Frutificai, disse éle, e multi-* plicai-vos, ¢ enchel ax Sguas do mar, e que os passaros se multipliquem #5 bre a terra", 23Houve uma tarde e uma manhé: fol o quinto dia. 24Deus disse: “Produza a terra sé- res vivos segundo a sua espécie: ani- mais domésticos, répteis e animais selvagens, gundo @ sua espécie”. E assim se fz.* 25 Deus féz os animals selvagens segundo a sua espécle, os animals domésticos igualmente, e da mesma forma todos os animals, que se arrastam sobre a terra, E Deus viu que isto era bom, 26Entho Deus disse: “Facamon 0 homem & nossa imagem e semelhan- Ga. Que éle reine sdbre os peixes do mar, sObre os péssaros dos céus, a0- bre os animals domésticos € sobre tO- dao terra, © sdbre todos os réptels que se arrastam sdbre a terra”, 27 Deus criou o homem & sua imagem; éle criou-o & imagem de Deus, e criou- os ,homem e mulher.' 18 Deus. os abencoou: “Frutificai, disse éle, e mul- tiplical-vos, enchel « terra e subme- ap. 1 24. Réptets: todos os pea 27. Texto citado em Mt, 19,4; 2. stim se jee: este frase teria, sun colocagto, normal no fim do vera 6, Tgualmente, seria preciso supri-l no fon "animate que correin edbre 0 solo, ‘Mo, 10,6,