Ciência Hoje

Estudante de 16 anos resolve problema matemático com 350 anos
Shouryya Ray encontrou solução para duas teorias da dinâmica das partículas
2012-05-29

Shouryya Ray

Um adolescente de 16 anos conseguiu resolver um enigma matemático proposto por Isaac Newton há mais de 300 anos. Shouryya Ray, estudante de indiano que estuda numa escola secundária em Dresden, Alemanha, supreendeu a comunidade científica, com a resolução da duas teorias dinâmicas de partículas que até agora os físicos só conseguiam calcular de forma aproximada. Graças às suas equações, poderá calcular-se com exactidão a trajectória de um projéctil afectado pela gravidade e pela resistência do ar (o problema proposto pelo físico inglês) e também prever como vai bater e fazer ricochete numa parede. Shouryya Ray emigrou de Calcutá há quatro anos sem saber falar alemão. Os seus professores aperceberam-se em pouco tempo de que possuía uma inteligência muito acima do normal e permitiram que saltasse dois ano para o nível adequado às suas capacidades. O pai de Ray, engenheiro, desafiou o seu filho desde tenra idade a resolver problemas aritméticos . Este 'treino' fez com que, mesmo antes dos 10 anos de idade, fosse capaz de resolver equações complexas. O jovem descobriu os problemas propostos por Newton durante uma visita de estudo à Universidade de Dresden, onde os professores explicaram que os enigmas era irresolúveis. Ofereceram dados experimentais com os quais seria possível analisar a trajectória de lançamento de uma bola. Os métodos existentes para a resolução eram aproximações. Ray decidiu, então, “por curiosidade e ingenuidade de estudante”, confessou ao jornal inglês «Sunday Times», procurar uma

solução definitiva. “Não podia acreditar que não existia uma solução. Então pensei, porque não tentar?”.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful