EXERCÍCIOS DE CÁLCULO FINANCEIRO (Regime de juros simples e compostos

)
1. 2. 3. 4. 5. a) b) c) 6. 7. Qual o juro produzido por um capital de 5.000 €, colocado à taxa anual de 5%, durante 3 anos, em regime de capitalização simples? (R: 750 €) Qual o capital acumulado nas mesmas condições? (R: 5.750 €) Qual o valor acumulado por um capital de 3.000€, em regime de juros simples, durante 7 meses à taxa anual de 8%? (R: 3. 140€) Qual o capital que colocado à taxa anual de 6,4% produziu durante 63 dias, em regime de juros simples, um juro de 94,08€? (Co: 8.400€) Um determinado indivíduo investiu 1000€, durante 5 anos, à taxa de 4%, em RJS, pretende-se: Capital acumulado? (R:1.200 €) Juros produzidos? (R: 200 €) Juro do 3º período? (R: 40 €) Um capital de 20.000€ esteve aplicado à taxa anual de 8% em RJS, de 18 de Fevereiro a 28 de Abril de 2009. Qual o juro produzido? (R:306,67 €) Um determinado comerciante contraiu uma dívida de 9.000€, no dia 15/01/2007. No dia 18/03/2007, liquidou 2.500€, no dia 22/06/2007 liquidou 4.000€ e, por fim, no dia 17/09/2007, pagou o que restava da dívida. Sabendo que foram cobrados juros simples à taxa de 6%, qual o montante de juros? (R:233,25 €) Quanto tempo demora um capital aplicado em RJS, à taxa de 8%, a tornar-se duplo de si próprio? (R: 12,5 anos) Calcule o capital acumulado em RJS, resultante de um capital inicial de 1.000€, nas seguintes condições: 9 meses à taxa de 28%? (R:1.210 €) 15 meses à taxa de 30%? (R:1.375 €) 1 semestre à taxa anual de 21,5%? (R:1.107,5 €) 3/2 meses à taxa anual de 17,5%? (R:1.021,8 €) Qual o juro produzido por um capital de 5.000 €, colocado à taxa anual de 5%, durante 3 anos, em regime de capitalização composta? (R: 788,13 €) Qual o capital acumulado nas mesmas condições? (R:5.788,13 €) Qual a taxa de juro, em RJC, que converte 1.000€ em 2.800€ ao fim de 4 anos? (R: 29,36%) A que taxa de juro mensal, em RJC, se deve aplicar 300€ para atingir 776,12€ ao fim de 4 anos? (R: 2 anos)

8. 9. a) b) c) d) 10. 11. 12. 13.

a) b) c) .14. Qual o juro produzido no 4º ano de empréstimo? A quantia de 25. a) b) 24.500€. 19. Sousa depositou 5. qual o capital acumulado ao fim de 5 anos? (R: Co = 2.000€ foi aplicado em RJC.60€.5 €) Um capital de 10. A taxa aplicada foi de 3% nos 2 primeiros anos.25% no 3º ano. tendo o remanescente mantido a mesma taxa.000€ à taxa de 6%.75%. no 1º ano.957 €.500 €) e (Cn: 4. durante 8 anos é de 6. o total de juros produzidos ? o valor dos juros no 3º período? Sabendo que o valor acumulado em RJC é de 4.15% por cada um dos 2 anos subsequentes.1 €) Sabendo que o capital acumulado a uma determinada taxa trimestral. durante 6 anos. Passados 2 anos reforçou com 3. calcule. Sabendo que a taxa de juro praticada foi de 4. tendo sido produzido juros no valor de 5. à taxa de 14.000€ produz um juro de 749€ à taxa semestral composta de 15%? Calcule o capital acumulado por 680 € durante 7 anos.700. 21. 3.739. tendo a taxa de juro sido de 3% nos 2 primeiros anos.3%? (R:1. Passado algum tempo a taxa baixou para 4.729. 4% nos dois últimos e 3. durante 3 anos. Qual a taxa média da aplicação? Qual o capital acumulado pela quantia de 50. determine: Quanto tempo esteve aplicado o capital a cada uma das taxas? Taxa média da aplicação? O Sr. qual o valor inicialmente aplicado? Há um prémio de 0. Sabendo que no total dos 6 anos os juros foram de 972. 3% no 2º ano e 2.95€. 8 meses após o depósito inicial levantou a totalidade do dinheiro. 7 meses e 13 dias.18€ A taxa de juro efectiva é de 2.000€ à taxa mensal de 0.5%. Qual o valor acumulados? Taxa média nos últimos 3 anos? 17. 16. 18. tendo inicialmente sido acordado uma taxa de 5%.2% ao semestre.5%.5% nos dois anos subsequentes e 4. 1 mês depois depositou 800€. a) b) 22. 20.000€ que esteve aplicada em RJC.2%.000€ esteve aplicada durante 6 anos. RJC. em. Qual o capital acumulado? Um capital de 3. qual o valor acumulado no final? Certo capital esteve aplicado durante 6 anos. 23.733. à taxa anual de 5%. 2 meses depois da aplicação inicial depositou 4.000€. 15.5% nos anos intermédios. em RJC. Ao fim de quanto tempo uma aplicação de 1. Após o 5 ano retirou 2. ao fim de 10 anos quanto capitalizou? Um indivíduo aplicou 1.5% nos últimos dois.000€ esteve aplicado durante 3 anos em RJC.000€ à taxa de 4.

que corresponde à taxa nominal de 7%. à taxa de 8% ao ano. referida para um período de 8 meses e que capitaliza quando decorrido cada período de 15 meses? (R: 6. 29. Um outro capital esteve aplicado durante 6 anos. 36.6825%? (R: 12%) Qual a taxa nominal com capitalização ao trimestre.6%? (R: 12.000€ à taxa trimestral de 3. Taxas de juros 27.659%) 37.96%) Qual a taxa correspondente a um período de 5 semestres que equivale à taxa anual de 14. sendo que a capitalização ocorre ao biénio? (R:5.14%) Qual a taxa efectiva anual correspondente à taxa anual nominal de 6%.5% ( R : 40. 34. 28.5%. 30. Um determinado capital esteve aplicado durante 7 anos.2858%) Qual a taxa mensal efectiva que corresponde a uma taxa trimestral efectiva de 2%? (R: 0.25. Quanto deve ser entregue ao colaborador mais antigo quando ele atingir 25 anos de casa de modo a que possa ser entregue igual valor ao mais novo também quando atingir 25 anos de casa? 26. 38. que corresponde à taxa efectiva de 3. Para o efeito depositou a quantia de 500. 31. Sabendo que ambos os capitais perfazem a quantia de 25.66227%) Qual é a taxa efectiva ao biénio que corresponde à taxa efectiva de 7% referida para um período de 8 meses? (R: 22.5% ao trimestre? (R : 20%) Qual a taxa semestral proporcional à taxa de 15% referida a um período de 2.5043%) Qual a taxa efectiva anual correspondente à taxa anual nominal de 6% no caso de a capitalização se efectuar ao trimestre? (R:6. 33.5 anos? (R : 3%) Qual a taxa quadrimestral que equivale à taxa semestral de 6%? (R : 3.000€. em RJS.83%) Qual a taxa nominal com capitalização mensal que corresponde à taxa efectiva anual de 12.95%) Qual a taxa anual nominal com capitalização ao trimestre que corresponde à taxa anual nominal com capitalização diária de 12. 35. em RJC. à taxa de anual de 6%. Qual a taxa bienal proporcional à taxa de 2. determine ambos os capitais? Um certo empresário decidiu recompensar dois dos seus melhores funcionários com 15 anos e 19 anos de casa. referente a um período de 15 meses. .75% para um período de 8 meses? (R: 6.79828%) Qual a taxa nominal com capitalização ao trimestre. 32. tendo produzido o mesmo valor acumulado que o anterior.

75% no segundo? (Juro real : 576.924. sabendo que no primeiro ano a taxa de inflação foi de 3% e de 1.469%) Anual (R:10.C. no montante de 500.B.109. 46. sabendo que a taxa de inflação é de 20% ano? (Juro real : -113. a) b) 40. sabendo que a capitalização se processa mensalmente? Admita 16% como taxa efectiva (R :4. uma taxa de rendimento real de 14%? (R:0.000€ foi colocado em RJC. durante 5 anos. Em que momento de tempo são equivalentes? Um depósito no montante de 8. nas condições do exercício anterior.000€ à taxa efectiva bienal de 12.D) oferecem as seguintes condições de remuneração de depósitos: Taxa de 5% referida a um período de 9 meses com capitalização quadrimestral Taxa de 6% efectiva ao ano Taxa de 12%nominal bienal com capitalização ao semestre.89€) Qual o rendimento real que proporciona uma aplicação de fundos. a) b) c) 43.632.868. O senhor A aplicou 5. ambas as aplicações em RJC.36%. Qual será o valor real de juros produzidos.368) 45.53) Qual deverá ser a taxa de juro corrente que proporciona ao investidor. 47.000€ à taxa anual nominal com capitalização trimestral de 8%.43)? Admita 16% como taxa nominal (R :4.742%) Taxa efectiva ao biénio (R 18.36)? Para uma taxa efectiva de 5% ao semestre. com capitalização semestral (R :12%) Anual com capitalização mensal (R 11. calcule as seguintes taxas nominais: Anual. calcule as taxas equivalentes para os seguintes períodos de capitalização: mensal (R :0. a) Um capital de 500.760. . Taxa de 1.71%) Considere a taxa efectiva anual de 9% e determine: Taxa anual nominal com capitalização quadrimestral (R :8. Qual o juro produzido por esse capital. a) b) c) 41. a) b) 42. enquanto o senhor B colocou ao mesmo tempo 7.25%) Dada a taxa efectiva semestral de 6%.81%) Taxa anual nominal (R 9%) Quatro instituições bancárias (A.5% efectiva ao trimestre Resposta a>d>c>b b) c) d) 44. à taxa de 6%.39.8164) trimestral (R 2. à taxa anual de 14%.000€ esteve colocado durante 2 anos em regimes de juros compostos. à taxa anual de 16%.000€.

64) 49.000€.86€ o montante do desconto por dentro. Necessidades de tesouraria levaram a propor o seu desconto. 3% e 4% em cada ano.26%.48.000€. Considerando uma taxa de 4. Dois anos antes do seu vencimento propôs a liquidação do capital em dívida. a) Qual a alternativa mais vantajosa? b) Qual a taxa de inflação média que tornaria indiferente as 2 alternativa? Desconto 51.8% (Juro real : -155. Um empresário comprou um equipamento no valor de 900.90€). Admita duas alternativas de remuneração financeira.000€. corrigida no final de cada ano pela inflação. determine a importância do desconto e o seu valor nominal (R: 64. Um empresário colocou 500. Sabendo que a taxa de juro é de 15. com valor inicial de 80. . Ao fim de 5 anos os juros reais ascenderam a 221.60€.000€.000€.000 €. 92. apresentadas a seguir: A B taxa de juro corrente de 4% taxa de juro real anual de 1.000€ vai ser descontado 2 anos antes do prazo. Quanto deve pagar se a taxa de juro fixada para a operação for de 14% ano? (R: 500. Para uma taxa de 7. 50. Df. desconto por fora e desconto composto) – (R – Dd 26. 55. que esteve aplicado durante 1 ano. Qual o desconto sofrido por um capital de 2. Qual foi o montante real de juros proporcionado por um capital de 5.153. Sabendo que o valor actual é de 200. calcule: a) Calcule a taxa de juro corrente (R 11.000€ excede em 3. b) No fim dos 10 anos o indivíduo recebeu do banco 1. O montante do desconto por fora sofrido por um capital de 25. 54.000€).480.750€.000€ e prometeu pagar o restante ao fim de 4 anos. Um determinado crédito.5%. Pagou a pronto 250. vencível dentro de 6 meses. 2 anos antes do seu vencimento foi descontado por dentro à taxa anual de 16%. Dc).48€) Um capital de 10.000€ por um prazo de 3 anos. A taxa de inflação foi de 2%. 264. Uma dada empresa possui em carteira um título de valor nominal 100.5% determine: 52. 53. Sabendo que a taxa de inflação média foi de 3.124%). à taxa de 7% quando faltavam 50 dias para o seu vencimento (desconto por dentro. calcule o montante de desconto em cada uma das seguintes possibilidades (Dd. Determine o desconto por fora e o valor efectivamente recebido? (R 7. à taxa de 6%.25%.5%. 56.000€ em regime de juros compostos durante 10 anos.625€ . determine o momento em que se deu essa alteração. (R: n= 6).375€). sabendo que a inflação foi de 2.679. sabendo que a taxa de juro foi alterada para 12%.

durante o prazo de 6 meses.023.691. . Desconto de letras 61. 60. d = 3%.651. Em 5/12/2003. Sabendo que foi acordado o desconto por fora.62€ e 493.Portes = 2€ (PLDB=2.a) Prazo da operação? (R – 60 dias) b) Produto líquido do desconto? (R – 24.000€.Imposto do Selo = 6%.000.5€ por cada letra (VN = 928.comissão de cobrança =1%. taxa = 38. por um prazo de 2 anos.800 €) c) Calcule a taxa real associada a esta operação? (R – 8. tendo assumido os seguintes encargos: juro de 6%.000€. com os seguintes encargos: taxa de desconto = 9%. uma empresa contraiu um empréstimo de 5.comissão de cobrança =0. 64. Qual o custo efectivo da operação.699. em regime de juros simples (desconto por dentro). B constatou que não vai conseguir pagar a dívida e solicita a A a substituição da letra anterior por uma letra com vencimento em 30/01/2005 que lhe seja equivalente em regime de desconto por fora.comissão de cobrança =2%. Uma pessoa vai comprar uma televisão que custa 4. Qual o valor nominal da 2ª letra se a taxa de juro for igual a 28%? (R – 1. Portes = 0€ (PLDB=9. Uma letra com valor nominal de 2. 63.36€) 57. uma taxa de 15% e que o valor nominal de 2 letra é tripla da 1. O empréstimo foi concedido à taxa anual de 8%. vencendo juros à taxa de 11%. B deve a A 1.333%) 59.750 € foi descontada 31 dias antes do fim do prazo. Uma letra de valor nominal igual a 1. A TV está com uma promoção de 10%.IS= 6%.5%. sabendo que taxa de desconto = 7.86€). Uma companhia adquiriu a crédito à empresa WT um equipamento por 10. sabendo que a letra foi descontada em 22/06/2009 e que: taxa de desconto = 12%. O aceitante da letra propôs substituí-la por duas novas letras com vencimento daqui por 6 e 8 meses. comissão de cobrança =0. 62. cujo valor nominal é de 620€.71€). a) Calcule o valor que o mutuante recebeu do mutuário no final do prazo de empréstimo? (R – 5. determine o valor nominal das letras? (R – 164. Em 30/3/2007. determine os juros a pagar em 30/3/2009 e 30/3/2007? (R – 1100€ e 858€).76).000€. cuja dívida foi titulada por uma letra A. com data de vencimento em 31/12/2004. A dívida está titulada por uma letra que não será submetida a desconto bancário.786.69€) – 365 dias.750€ encontrava-se datada para 30/08/2009.5%. A pessoa propõe pagar 50% a pronto e 50% aceitando duas letras de igual valor nominal daí a 60 e 120 dias.000€.67%).Portes = 2€ (PLDB=1. No âmbito de um empréstimo concedido com “juros à cabeça” o mutuário pagou ao mutuante 200 € de juros. 58.000€) b) Calcule o capital efectivamente recebido no momento da contracção do empréstimo? (R – 4.09€. Utilizando o desconto por fora. Um comerciante tem uma letra a receber daqui por 3 meses.Portes = 1. A 90 dias do seu vencimento. a WT descontou a letra no banco.890€). Qual o valor creditado na conta.5%.

5v) Taxa real do desconto? 69. 67. Uma entidade tinha em carteira as seguintes letras que nesta data resolveu descontar: Uma de 1500€ com vencimento daqui por 60 dias Uma de 2.000€. Uma letra de valor nominal igual a 7.000€ e com vencimento para 12 de Fevereiro de um certo ano. Reconsidere os dados do exemplo anterior. com um mínimo de 10 e um máximo de 50€.05€. PLDB – 2415. As condições de pagamento são as seguintes: juro de 9%. sendo conhecidas. Os encargos com a nova letra são as seguintes: juro de 8%. tendo liquidado 30% desse valor.50€. Portes = 2€ (VN=5. tendo procedido ao aceite da letra com valor nominal correspondente ao montante da dívida. Um certo comerciante adquiriu mercadoria no valor de 3. (ano 360 dias).Imposto do Selo = 4%.5€). comissão de cobrança = 0.46€) – 360 dias. O restante será pago a 90 dias.25%. 68. O sacado de uma letra de valor nominal de 5.65.Para pagamento de 2 máquinas de igual valor adquiridas à empresa Alfa. Portes = 0. Portes – 1.000€. verificou não dispor de meios financeiros para proceder à sua liquidação. 72. Determine: a) b) c) d) (1. – Uma letra foi apresentada a desconto antes do seu vencimento. Imposto do selo à taxa de 4% . As condições praticadas foram as seguintes: juro de 8%. comissão de cobrança =2.20€. Taxa de juro = 12%. a respeito dessas operações as seguintes informações: Juros – 42.5v) Valor nominal da letra? (1.25%. 70.78€) – 365 dias.41€. Determine: a) O valor nominal da letra b) Passados 18 dias.5€/letra (PLDB=9.5%. Qual o montante que recebeu. comissão de cobrança =0. Portes = 2€ (VN=5.5%.780.Imposto do Selo = 4%. atendendo a que na data do vencimento o sacado procedeu à entrega de 40% do valor da dívida (VN = 3. o sacador apresentou a letra a desconto.179. em 19/10/2008. comissão de cobrança =1. acrescido de juros a taxa de 10% calculados em regime de juros simples.108. (1. Imposto do Selo = 4% e portes = 3€. cujo vencimento ocorre hoje.Imposto do Selo = 4%. . devido a dificuldades financeiras. sabendo que as condições praticadas foram: taxa de desconto=18%. o Senhor A aceitou 2 letras (uma para cada máquina) diferidas de 9 meses e 15 .3.216.5v) Data de vencimento da letra.46€) – 360 dias a) Data em que foi realizada a operação? b) Custo efectivo anual da operação? 71. Solicitou. possibilitou um PLDB=6.179. então.75€.000€ com vencimento daqui por 75 dias Uma de 2500€ com vencimento daqui por 90 dias Uma de 3500€ com vencimento daqui por 120 dias 66. (1. a reforma integral da mesma por um período de 45 dias.5v) Taxa de comissão de cobrança cobrada.

255. sabendo que se destina a substituir os seguintes capitais: 5.500€ e 3.000€. vencíveis daqui por 1 ano. 1. determine o custo do equipamento.A empresa A adquiriu equipamento informático que liquidará através do aceite de 2 letras de valor nominal igual a 1. vencíveis daqui por 2 anos.* (4. vencíveis daqui por 18 meses. CC = 1% e qua taxa de juro é de 6.52 €) 79.000€.7 anos respectivamente são substituídos por 2 prestações iguais vencíveis daqui por um ano e 2 anos respectivamente. 7. 12. Quando deverá ser efectuado um pagamento de 12.000€.25 anos) .5 anos que substitui diferentes capitais: 8. 15 meses e 18 meses respectivamente. que seja equivalente aos pagamentos que vai substituir? (T= 290. Qual o pagamento único a ocorrer daqui por 1.99€) Equivalências 74. vencíveis daqui por 6 anos. o que foi aceite pelo seu credor. 3.000€. Calcule o prazo deste último para que à taxa de 9%. admitindo juro composto e uma taxa anual de 6%? ( R = 558.500€. vencíveis daqui por 15 meses. O valor nominal da 1ª letra inclui os respectivos juros simples à taxa anual de 21% e o valor nominal da 2ª letra inclui juros compostos à taxa anual nominal com capitalização trimestral de 22%.5%. Um comerciante pretende substituir dois pagamentos (um de 120€ a 90 dias e outro de 80€ a 120 dias) por um único de 210€. vencíveis respectivamente em 30/03/2006. – Três capitais de 950€. com vencimento a 60 e 90 dias respectivamente. cujos valores nominais diferem de 747.3€.407. 76. A pretende substituir os pagamentos por apenas 2.000€. A empresa Alfa ficou com as letras em carteira até ao vencimento da 1ª letra. Determine essas quantias. vencíveis daqui por 3 anos.000€. Com i = 18. À data da compra ficou estabelecido que a 1ª letra seria descontada de imediato. A empresa F1 deve as importâncias de 150. (i=7% ano)? (n= 3.000€)* 73. 3.000€.000€ e 7. 4. 190. vencíveis daqui por 25 meses (i=5% ano)? (Cc=20.meses. Determine o preço de cada máquina (Co= 5.000€. vencíveis daqui por 8 meses. com capitalização anual e que a 1ª quantia seja dupla da 2ª. determine cada uma das prestações.000€.26€) 77. 5.000€.66€) 78. 30/06/2006 e 30/12/2006. 1400€ e 1000€ com vencimento daqui por 3. .510€ e C2 = 7.000€. À data de vencimento da 1ª prestação propôs pagar a totalidade da dívida a 30/09/2006.000€ e 200. e em regime de desconto por fora.755 €) 75. Quanto deverá a empresa nesta data. enquanto que a 2ª permaneceria em carteira até ao seu vencimento.A tem para com B as seguintes dívidas: 5.600€. . B aceita desde que a taxa praticada seja de 12% (nominal bienal).5%. (C1 = 15. Sabendo que a taxa de desconto é de 11%. data em que descontou a 2ª em regime de desconto por fora à taxa anual nominal com capitalização anual de 18%.

qual o valor das entregas? (C1 = 48.000€ daqui por 5 anos.30 e Rn=544.* 88. qual o valor de cada entrega? (C = 7000€) 82.5%. qual a taxa de juro? (i=17.745€). pela quantia de 111.000€.5%)* . sendo a 2ª dupla da 1ª.675. Considerando uma taxa de 5% ano.000€ (Ro= 126. com vencimento para 6 e 2 anos respectivamente.496.63€) 90. Sabendo que em alternativa poderá aplicar o capital que pretende investir a uma taxa de 3. (capitalização mensal) sabendo que para essa aplicação foram efectuadas entregas mensais no montante de 100€? (Rn = 23. cujo valor actual é de 50. a quantia de de 150. cujo termo da renda ascende a 33. no montante de 500€.000€ daqui por 5 anos. bem como o seu valor acumulado. calcule a anuidade correspondente (T=35. Calcular o valor de uma renda.68) 86.000€ e 2 entregas.80. a ocorrerem daqui por 3 e 9 meses respectivamente. considerando que o 1º termo vence no início do 1º período da renda? (Ro=5. se cifra em 221.74€ e C2 = 96. Prevê-se que o investimento permita o retorno de 80.* 87. Sabendo que o valor actual de 5 anuidades constantes de 70. Quanto terá sido acumulado por uma dada aplicação financeira ao fim de 10 anos.010. Qual o valor de uma renda de 18 termos constantes.75%.003.021.037. daqui por 2 anos. à taxa de 6% / ano. por 1 só vencível a 3 anos.67€) 83. qual o valor do último pagamento? (CC: 710.69 € com vencimento daqui por 3. Em alternativa o comprador propõe a entrega imediata de 10. cujos valores são de 35.48€) Rendas 85. Para uma taxa de juro igual a 5%. Para uma taxa de 12% ano (RJC).5% / ano (T=5830.5 anos? (X=15.25%) 81.738. um imediato de 150. à taxa de 20%.626. à taxa nominal de 12%.000€. durante 8 anos. Um capital no valor de 22.067. qual a melhor opção? (X= 4. vai ser substituído por 3 entregas de igual valor. Calcular o termo de uma renda de amortização de 16 termos. Suponha que é director(a) financeiro(a) e pretende propor a substituição de 3 pagamentos.000€ e 70. Qual a taxa de avaliação praticada na seguinte operação: substituição de 2 capitais.4476%) 84.2.3 anos.47€.000€. outro de 300. Um apartamento é vendido a pronto pagamento pelo preço de 150.000€. que ocorrerão daqui por 1.404.5€ com vencimento daqui por 3 anos.000€ daqui por 4 anos e 90. Sabendo que o valor actual de uma renda constituída por 24 anuidades é de 200.000€ e a taxa de juro de 17. Um determinado indivíduo pretende investir.000€.80).87€) 89.000€ a 3 anos e um terceiro de 250. à taxa de 8.000€.

5% ao mês. Uma determinada empresa adquiriu material informático que irá liquidar através de 4 prestações trimestrais.000€ pagáveis no início de cada mês. pretende ter acumulado na conta bancária a quantia de 5.50€)* 93. quanto deverá ser depositado no início de cada semestre. A taxa de juro praticada é de 0. o montante de 915. Um computador. Uma viatura no montante de 13. determine o valor actual e o valor acumulado da conservação do prédio.66€). sabendo que as entregas capitalizam à taxa anual nominal de 6% ? (T= 100€) 99.65%? (Rn=12519.28€) 92.500€. (Ro= 1637. O proprietário de uma moradia arrendou-a por tempo indeterminado pela quantia de 500€ / mês. através de prestações constantes a pagar no início de cada mês. Determine o valor actual dos fluxos se: a) A quantia mensal ocorrer no início de cada mês. determine o custo do equipamento. Por razões de programação financeira negociou com o credor um . Calcule o valor actual de uma renda perpétua. b) A quantia mensal ocorrer no final de cada mês. cujo preço era de 1000€ foi adquirido em 1-03-2001. ocorrendo a 1ª daqui por 3 meses.15€) 95.91€.96) 98.133.00€)* 100. hoje adquirida vai ser liquidada ao longo dos próximos 4 anos. 101. sabendo que a 1ª ocorrerá daqui por 4 meses? (T= 215. O aluguer mensal de um prédio é de 30. Quanto terá acumulado passado um ano. De modo a perfazer. Pato. sendo pago por intermédio de 24 prestações mensais no montante de 46. Determinado prédio recentemente construído não precisará de quaisquer reparações nos próximos 5 anos. Sabendo que a taxa efectiva anual é de 15%. Qual o valor da prestação? (T= 375. Daqui por 2 anos o Sr. daqui por 4 anos.91. (Ro= 916. Qual o valor dessas entregas. Depois desse período e durante 20 anos precisará de reparações anuais que ascenderão a 700€.6% ao mês.05€. para o efeito procederá a depósitos mensais à taxa mensal de 1%.5€)* 97.82€ e Rn=102.4% ano. 96. sabendo que as anuidades que a compõem são iguais a 60€ e a taxa de juro de 20% (Ro=300.639. Um cliente deposita no início de cada mês 1000€. determine o rendimento anual equivalente. c) O recebimento da 1ª quantia ocorrer daqui por 4 meses.000€. sabendo que o banco pratica uma taxa de 0. no montante de 250€. quando ocorreu o 1º pagamento? (R = 2 meses) 94. Certo empresário assumiu o compromisso de liquidar 10 anuidades de 200€. Sabendo que a taxa de juro é de 18% ao ano. Por razões de natureza comercial a primeira prestação ocorre daqui por 6 meses. Sabendo que a taxa de juro é de 1. (Ro=332. A taxa de juro no mercado é de 9% /ano nominal. Sabendo que a taxa de juro foi 8.

O Senhor A tem um PPR para o qual efectua entregas de 1. Calcule o valor deste equipamento.500€ no final do aluguer.023.19€).80€)* 102. O primeiro pagamento é devido no dia em que o cliente retira o automóvel do “stand”. Um indivíduo comprou uma motorizada. O aluguer inclui uma opção de compra por 7.pagamento único a efectuar daqui por 12 anos. a) Se fosse paga a pronto qual o valor da mota? b) Se o indivíduo não pagasse as 12 primeiras prestações. calculados à taxa anual nominal com capitalização mensal de 9.000€ no final de cada ano.75%. Porém o Sra. A tinha 54 anos e que poderá levantar o montante do fundo aos 65 anos.18% ao ano. qual o valor do aparelho? Se o aparelho pudesse ser pago numa única vez após 10 meses. A quantia de 5.75% e o capital seria devolvido no final do prazo. admitindo a mesma taxa de juro. A já não sabe ao certo o valor acumulado no presente.000€. supondo que em K o Sr. Para o efeito contraiu um empréstimo que liquidará nos próximos 5 anos.130. O Senhor X realizou obras no seu apartamento que montavam a 25. 105. A taxa de juro aplicada é de 14% ao ano composto mensalmente. qual o valor dos pagamentos? (T=289. recordando apenas que um extracto referente a um dado momento K apontava para um valor de 20.500€ por 3 anos.311. A taxa de juro é de 4% a) Determine o momento K.11€).75€) 103. a) Qual o valor mensal que o Sr. por meio de prestações mensais constantes. qual seria o valor? Empréstimos 107. durante os próximos 10 anos.59€. b) Apure o valor acumulado no final. o indivíduo pretende liquidar a dívida. quanto teria de pagar para repor a situação na altura do 13º pagamento? c) Depois de pagar a 8ª prestação. O vendedor calculou juros a uma taxa anual nominal de 29% com capitalização semestral. X deverá pagar? (T= 528. (K = 15 anos). Um cliente deseja alugar um automóvel no valor de 13. tendo sido combinado que seriam pagos juros mensais à taxa de 0. comprometendo-se a pagar todos os 3 meses 200€. 104. Calcule o valor da nova renda. (Rn=44. Um aparelho é vendido em 5 prestações de 2.000€ foi emprestada por um ano. Sendo a taxa de juro efectiva de 3% /mês.000€ a serem pagas a cada 2 meses. qual o valor a pagar na altura da 9ª prestação? d) E se o indivíduo não pagasse as 10 primeiras prestações e na 11ª pretendesse pagar toda a dívida? 106. Calcule o montante de juros a entregar . sabendo que a taxa de juro acordada foi de 17% ao ano (Rn=6. b) Após o pagamento da 38ª prestação a taxa de juro desceu para 9.

Sabendo que a taxa é de 6. vai ser liquidado nos próximos 3 anos.000€. Construa o quadro de amortizações. Para fazer face ao montante da dívida decidiu colocar no fim de cada período uma quantia correspondente à taxa de 18. Sabendo que se observa um período de carência de 2 meses e que a taxa praticada vai ser de 0.854.123. 5. Um empréstimo.42€) 110. .75% 7 mês. um empréstimo no montante de 50. Um empréstimo. determine o montante do empréstimo.000€. no montante de 50.02€) 114. (103. o valor total pago a título de juros e o montante a entregar na última prestação? (37. (i = 6%.77€) 113.284.5%. Certo empréstimo vai ser amortizado através de 10 prestações anuais constantes de capital. Uma empresa contraiu. com uma taxa de 7. hoje. (T = 4.26247696 da quota de capital contida na 4ª prestação e que a diferença entre ambas é de 185. sabemos que o capital contido na 8ª prestação corresponde a 1.000€.16€) 111. M1= 592.90 €. Relativamente a um empréstimo que se encontra a ser amortizado através de prestações anuais constantes. sendo os juros cobrados à taxa de 6%.000€. (63. indique o montante de cada prestação. a) Quadro de prestações constantes b) Quadro de amortizações constantes 115.no final de cada mês. Um empréstimo.5%. vai ser amortizado durante os próximos 5 anos. Determine a taxa de juro praticada e o montante da 1ª prestação.000€.5€) 108. no montante de 500.908. Uma empresa contraiu um empréstimo no montante de 19.85€) 109. vai ser amortizado ao longo de 10 anos com prestações mensais constantes à taxa de 0. Determine a parcela anual do fundo. 450€. Um certo empréstimo vai ser amortizado através de 24 mensalidades constantes no valor de 1. no montante de 500. Qual o valor da dívida após o pagamento da 78ª prestação? (D = 223. comprometendo-se a pagar o capital e os juros acumulados à taxa de 18%.000€) 112.941. 7 anos depois da data da entrega do dinheiro.037. bem como juros acumulados de acordo com o regime de capitalização composta à taxa de 6% ao ano. Daqui por 4 anos liquidará o montante de capital. Calcule o montante a entregar ao fim de 4 anos.5% ao semestre.5€. Sabendo que os juros que integram a 8ª anuidade ascende a 630€. através de prestações semestrais constantes. (40.31€.7% / mês.

(6.41€) 119. um fundo. 4.50€. Determine o montante das entregas trimestrais a efectuar pela empresa XPTO? (CC = 143.20€) Calcule o capital em dívida no final do 8ª ano.150.614. (considere 360 dias) .321. SA contraiu um empréstimo junto de uma instituição bancária os seguintes créditos: . vencíveis daqui por 15 meses. Para o efeito. . A empresa acordou com o banco liquidar todas as dívidas daqui por 2 anos.760€) 116.40€ 6ª amortização – 4. 118.060 € 12ª amortização – 6. recorrendo a uma taxa de 14%. . imposto do selo = 4%.determine o montante do empréstimo.000€ vai ser liquidada do seguinte modo: . Sabendo que 3ª amortização – 4.830 € a) Calcule a taxa de juro i. (11. . determine o montante do empréstimo.5509%.373.70. cujo valor nominal é de 6.000O €. portes: 1.207. T = 16.5%. Sabendo que a instituição bancária junto da qual se realiza a operação de desconto pratica as seguintes condições: Taxa de desconto = 12%.60. vencíveis daqui por 3 anos.373. Uma dívida de 10. Um empréstimo é amortizável em 10 anos através de prestações constantes.520€ 6ª amortização – 5. as amortizações apresentam os seguintes valores 1ª amortização – 4.000€) Calcule o valor da prestação.60€) Calcule o quadro de amortização relativamente aos últimos 3 anos.60 € a) b) c) d) e) Calcule a taxa de juro. vencíveis daqui por 18 meses.870.000 €. (48. para o qual efectuará entregas trimestrais postecipadas que capitalizam anualmente à taxa de 12.000€.732. (35.85€.000 €. o montante da 5ª anuidade. à taxa anual nominal de 7. (75. bem como do produto líquido do desconto de uma letra que se encontrava em carteira. Determine o valor de cada prestação mensal. 45 dias antes do seu vencimento. (4%) b) Sabendo que a prestação é de 7.000€.A empresa XPTO.95€.entrega imediata de 15% do valor da dívida. decidiu constituir.5%. Num empréstimo por prestações constantes.558. junto do mesmo banco.216. (5%) Calcule o capital emprestado. bem com. comissão de cobrança = 1.o valor remanescente será liquidado através de uma renda mensal.15.000€) 117. de 24 termos constantes e antecipados.

à taxa anual nominal de 7.120. determine: a) b) c) d) nº de prestações? Capital inicial? Prestação constante? 40ª linha do quadro de amortizações? .2% com capitalização mensal. Sabendo que a 20ª amortização é de 389.21€ e que a razão entre a última amortização e a primeira é de 1.423242. Um determinado empréstimo vai ser amortizado através de prestações mensais constantes.

708. 600.50.000 12 . 2000.640 5 . .1800 10 . .4%.000 7 .15% 3 .3 4 .175000~ 9 .4% .22.000. . 750 2 .288 6 .600.5% 11 .500.400.resultados dos exercícios Exercícios 1 .120 000 e 180 000 8 .550. 3000.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful