Você está na página 1de 29
www.gyptec.eu geral@gyptec.eu
www.gyptec.eu geral@gyptec.eu

www.gyptec.eu geral@gyptec.eu

Gyptec

Fábrica na Figueira da Foz, capital exclusivamente nacional.

na Figueira da Foz, capital exclusivamente nacional. Toda a produção é destinada à exportação ou

Toda a produção é destinada à exportação ou substituição de importações.

à exportação ou substituição de importações. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

de importações. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Lisboa, 9 de Maio 2012

de importações. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Gyptec

Aposta na sustentabilidade

Tecnologia de ponta, desenvolvida e adaptada à nossa realidade

de ponta, desenvolvida e adaptada à nossa realidade A Gyptec utiliza como combustível o gás natural,

A Gyptec utiliza como combustível o gás natural, além de energias renováveis tais como painéis solares.

Rentabiliza a energia consumida produzindo electricidade em regime de cogeração.

consumida produzindo electricidade em regime de cogeração. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

em regime de cogeração. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Placas de Gesso Gyptec

Aposta na sustentabilidade

Matéria prima:

- Gesso FGD (termoeléctrica de Sines)

- Papel reciclado

- Gesso FGD (termoeléctrica de Sines) - Papel reciclado Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação
- Gesso FGD (termoeléctrica de Sines) - Papel reciclado Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

de Sines) - Papel reciclado Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Placas de Gesso Gyptec

Aposta na sustentabilidade

Gesso FGD (desulfurização dos gases de combustão)

Quimicamente idêntico ao gesso natural: CaSO4 ·2H20. Elevado grau de pureza. Evita a exploração do minério de gesso e o seu respectivo impacto ambiental. Resolve o problema da deposição em aterro de um sub-produto.

o problema da deposição em aterro de um sub-produto. http://www.gypsumsustainability.org/ Construção
o problema da deposição em aterro de um sub-produto. http://www.gypsumsustainability.org/ Construção

http://www.gypsumsustainability.org/

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Placas de Gesso Gyptec

Aposta na sustentabilidade

Boas práticas:

Uso de FGD

Utilização de transportes marítimos ou ferroviários

Recolha selectiva de restos de placa

Fabrico de produtos com maior valor acrescentado:

térmico, acústico, fogo, etc

Preocupação com a segurança no manuseamento (etiquetagem, manual de normas)

a segurança no manuseamento (etiquetagem, manual de normas) Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação
a segurança no manuseamento (etiquetagem, manual de normas) Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação
a segurança no manuseamento (etiquetagem, manual de normas) Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

(etiquetagem, manual de normas) Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Placas de Gesso Gyptec

Utilização de transportes ferroviários

Recentemente o método de transporte apresentado pela GYPTEC Ibérica - Gessos Técnicos, S.A. na participação do projeto da AEP foi considerado pelo júri um “Caso de Excelência de Boa Prática Ambiental”, sendo uma das dez melhores práticas recebidas.

, sendo uma das dez melhores práticas recebidas. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação
, sendo uma das dez melhores práticas recebidas. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação
, sendo uma das dez melhores práticas recebidas. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

melhores práticas recebidas. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Placas de Gesso

Recolha seletiva de restos de placa

Placas de Gesso Recolha seletiva de restos de placa Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável
Placas de Gesso Recolha seletiva de restos de placa Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

seletiva de restos de placa Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Placas de Gesso Gyptec

Reciclagem e reintegração no processo de produção

Gyptec Reciclagem e reintegração no processo de produção Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação
Gyptec Reciclagem e reintegração no processo de produção Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação
Gyptec Reciclagem e reintegração no processo de produção Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação
Gyptec Reciclagem e reintegração no processo de produção Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

no processo de produção Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Placas de Gesso Gyptec

Gyptec membro da Eurogypsum

A associação europeia dos fabricantes de produtos à base de gesso, Eurogypsum, tem como objetivo assegurar o crescimento sustentável do mercado, contribuindo para a qualidade da construção e sustentabilidade ambiental.

Os membros desta associação europeia distinguem-se pelo uso de produtos 100% recicláveis e pelo desenvolvimento de soluções de maior valor acrescentado.

desenvolvimento de soluções de maior valor acrescentado. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação
desenvolvimento de soluções de maior valor acrescentado. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

de maior valor acrescentado. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Placas de Gesso Gyptec

Placas de Gesso Gyptec Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012
Placas de Gesso Gyptec Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

Placas de Gesso Gyptec Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Placas de Gesso Gyptec

Placas de Gesso Gyptec Aposta na qualidade Certificações da empresa e do produto. Construção Sustentável Sistemas

Aposta na qualidade

Certificações da empresa e do produto.

Aposta na qualidade Certificações da empresa e do produto. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação
Aposta na qualidade Certificações da empresa e do produto. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

da empresa e do produto. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Reabilitação

O aumento da eficiência energética é chave fundamental para a estratégia de crescimento do sector da construção, isso traduz-se na necessidade de poupança energética.

Enquanto nas construções novas esta realidade é abordada através de regulamentos de construção, na reabilitação de edifícios urge esta necessidade de poupança energética.

Neste contexto, devido à adaptabilidade, facilidade de aplicação e desempenho, o isolamento pelo interior é altamente recomendado como uma solução bastante competitiva e eficaz.

como uma solução bastante competitiva e eficaz. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

bastante competitiva e eficaz. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012
Ideal para Reabilitação Placa de Gesso Gyptec + Sistema Lambourdé Placa de Gesso Laminado Gyptec

Ideal para Reabilitação

Placa de Gesso Gyptec + Sistema Lambourdé

Placa de Gesso Laminado Gyptec

A placa de gesso laminado Gyptec é formada por duas lâminas de papel com gesso de alta qualidade no seu interior. Está disponível em vários tipos e formatos, apropriados para as diversas situações.

Placa Lambourdé

Produto 100% natural e ecológico, constituído por uma placa em aglomerado de cortiça expandida, com duas tiras de madeira embutidas.

de cortiça expandida, com duas tiras de madeira embutidas. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação
de cortiça expandida, com duas tiras de madeira embutidas. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

tiras de madeira embutidas. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012
Ideal para Reabilitação O conjunto das duas placas permite obter resultados espantosos no que toca

Ideal para Reabilitação

O conjunto das duas placas permite obter resultados espantosos no que toca à

performance do isolamento.

Uma solução ecológica e sustentável, totalmente nacional.

O sistema Lambourdé com placa Gyptec é uma solução nacional e de fácil aplicação

que permite renovar as cidades e requalificar os edifícios degradados.

Aplicação sem Estrutura Metálica Esta solução amiga do ambiente é ideal para o isolamento térmico e acústico de edifícios, proporcionando um ótimo conforto e desempenho.

edifícios, proporcionando um ótimo conforto e desempenho. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação
edifícios, proporcionando um ótimo conforto e desempenho. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

ótimo conforto e desempenho. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012
Paredes Exteriores Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012
Paredes Exteriores Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Paredes Exteriores

Paredes Exteriores Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012
Paredes Exteriores Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

Paredes Exteriores Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012
Paredes Exteriores Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012
Paredes Exteriores Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Paredes Exteriores

Paredes Exteriores Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012
Paredes Exteriores Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

Paredes Exteriores Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012
Paredes Interiores Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012
Paredes Interiores Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Paredes Interiores

Paredes Interiores Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012
Paredes Interiores Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

Paredes Interiores Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012
Aplicação 1000 mm 200 mm 500 mm Fixação direta à Parede da placa Lambourdé com

Aplicação

Aplicação 1000 mm 200 mm 500 mm Fixação direta à Parede da placa Lambourdé com Recurso

1000 mm

200 mm 500 mm
200 mm
500 mm

Fixação direta à Parede da placa Lambourdé com Recurso a buchas Tapit.

Aplicar 2 parafusos e bucha Tapit por ripa de madeira afastados 200 mm das extremidades.

600 mm

ripa de madeira afastados 200 mm das extremidades. 600 mm Fixação da placa de gesso laminado

Fixação da placa de gesso laminado Gyptec ao sistema Lambourdé com recurso a parafusos PM aplicados em pontos coincidentes com as tiras de madeira para melhor suporte.

coincidentes com as tiras de madeira para melhor suporte. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

de madeira para melhor suporte. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012
Ideal para Reabilitação Principais Vantagens: • Fixação sem estrutura metálica; • Correcção de pontes

Ideal para Reabilitação

Principais Vantagens:

Fixação sem estrutura metálica;

Correcção de pontes térmicas planas;

Redução da propagação de sons aéreos e de percussão;

Características inalteradas ao longo do tempo;

Solução ecológica e sustentável;

Acabamento perfeito, sem fissuras ou deformações.

• Acabamento perfeito, sem fissuras ou deformações. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação
• Acabamento perfeito, sem fissuras ou deformações. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

sem fissuras ou deformações. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012
Ideal para Reabilitação Todo o sistema foi devidamente testado com a colaboração do Instituto de

Ideal para Reabilitação

Todo o sistema foi devidamente testado com a colaboração do Instituto de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico em Ciências da Construção – ITeCons.

Testes à Acústica

Ensaio de Arrancamento

• Testes à Acústica • Ensaio de Arrancamento Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação
• Testes à Acústica • Ensaio de Arrancamento Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação
• Testes à Acústica • Ensaio de Arrancamento Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

• Ensaio de Arrancamento Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012
Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012
Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012
Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Placa GYPCORK

A nova placa GYPCORK reune dois produtos portugueses de excelência:

As placas de gesso laminado Gyptec produzidas na Figueira da Foz, utilizando matérias primas ecológicas e métodos não poluentes e o aglomerado de cortiça expandida, excelente isolamento térmico e acústico produzido pela Amorim Isolamentos, através de um processo 100% natural e sem desperdícios.

através de um processo 100% natural e sem desperdícios. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação
através de um processo 100% natural e sem desperdícios. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

natural e sem desperdícios. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Placa GYPCORK

Reabilitação Sustentável

GYPCORK é um produto de baixa energia incorporada, com elevada percentagem de subprodutos de outras indústrias e materiais renováveis que contribuem para a absorção de CO2.

Esta nova solução construtiva multicamada para paredes com recurso a subprodutos sustentáveis, resulta de um estudo em desenvolvimento pela Gyptec Ibérica com o Instituto de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico em Ciências da Construção (ITeCons), no âmbito de um Vale I&DT.

O produto final, desenvolvido internamente pela Gyptec Ibérica, cumpre as exigências da norma EN-14190.

Gyptec Ibérica, cumpre as exigências da norma EN-14190. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

exigências da norma EN-14190. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Placa GYPCORK

Reabilitação Sustentável

Placa GYPCORK Reabilitação Sustentável Dimensões da placa: Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação

Dimensões da placa:

GYPCORK Reabilitação Sustentável Dimensões da placa: Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação
GYPCORK Reabilitação Sustentável Dimensões da placa: Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Dimensões da placa: Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Lisboa, 9 de Maio 2012

Dimensões da placa: Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Placa GYPCORK

Aplicações

Fixação com cola

As placas GYPCORK são coladas diretamente à parede. Neste processo de forma a garantir uma execução correta de todo o sistema, aconselha-se o uso de cola adesiva GA Gyptec.

o sistema, aconselha-se o uso de cola adesiva GA Gyptec. Aplicar os pontos de cola afastados
o sistema, aconselha-se o uso de cola adesiva GA Gyptec. Aplicar os pontos de cola afastados
o sistema, aconselha-se o uso de cola adesiva GA Gyptec. Aplicar os pontos de cola afastados

Aplicar os pontos de cola afastados 40 cm, reforçando no perímetro de cada placa. A cola pode ser aplicada na placa ou diretamente na parede.

Dependendo das condições do suporte, o consumo de cola varia entre os 2,5 e os 5 kg/m 2 .

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

os 2,5 e os 5 kg/m 2 . Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9

Placa GYPCORK

Aplicações

Fixação Mecânica

Aparafusar perfis auxiliares à parede para fixação posterior das placas. Neste processo de forma a garantir uma execução correta de todo o sistema, aconselha-se o uso de acessórios Gyptec.

de todo o sistema, aconselha-se o uso de acessórios Gyptec. Aplicar os perfis Omega na vertical
de todo o sistema, aconselha-se o uso de acessórios Gyptec. Aplicar os perfis Omega na vertical
Aplicar os perfis Omega na vertical ou horizontal seguindo um afastamento máximo de 60 cm.
Aplicar os perfis
Omega na vertical ou
horizontal seguindo
um afastamento
máximo de 60 cm.

Podem-se aplicar nas zonas superior e inferior perfis horizontais para facilitar a aplicação de remates e rodapés.

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

de remates e rodapés. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012

Placa GYPCORK

Principais Vantagens:

Aumenta o conforto interior;

Contribui para a poupança de energia;

Aumenta o isolamento acústico a sons aéreos e de percussão;

Elevado desempenho térmico;

Sistema de aplicação rápida e fácil;

Suporta todo o tipo de revestimentos (tinta, papel de parede ou azulejos);

Mantém o acabamento perfeito sem fissuras ou deformações;

Produto 100% Sustentável e Português.

deformações; • Produto 100% Sustentável e Português. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação
deformações; • Produto 100% Sustentável e Português. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação

Construção Sustentável

Sistemas para Reabilitação Sustentável

Lisboa, 9 de Maio 2012

100% Sustentável e Português. Construção Sustentável Sistemas para Reabilitação Sustentável Lisboa, 9 de Maio 2012
Obrigado Parque Industrial e Empresarial da Figueira da Foz Lote 3 - S. Pedro, 3090-380
Obrigado Parque Industrial e Empresarial da Figueira da Foz Lote 3 - S. Pedro, 3090-380

Obrigado

Parque Industrial e Empresarial da Figueira da Foz Lote 3 - S. Pedro, 3090-380 Figueira da Foz

Tel: (+351) 233 403 050

www.gyptec.eu geral@gyptec.eu