P. 1
gráfico de pareto e curva abc

gráfico de pareto e curva abc

|Views: 1.268|Likes:
Publicado porBruno Carulla

More info:

Published by: Bruno Carulla on Jun 12, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/06/2013

pdf

text

original

GRÁFICO DE PARETO CURVA ABC

TECNOLOGOS

Ana

Carolina Gonçalves Karlai Carulla Pedroso

Bruno

Luiz

Jerônimo H. de Oliveira

GRÁFICO DE PARETO .

1897 realizou estudos sobre distribuição de renda.ORIGEM  Surgiu com o Mârques Vilfredo Pareto nascido em 1848.se em econômia e sociologia em 1870. a partir dai nascia o gráfico de pareto afirma que um número relativamente pequeno de causas normalmente produzirá a grande maioria dos problemas ou defeitos  Em  Pareto . foi educado na Itália. formou .

CONCEITO É uma ferramenta da qualidade em forma de gráfico de barras que dispõe a informação de forma a tornar evidente e visual a priorização de temas  É um tipo específico de histograma.  É usada para orientar as ações corretivas . que mostra quantos defeitos foram gerados por tipo ou categoria de causa identificada  A técnica de Pareto é usada principalmente para identificar e avaliar não-conformidades. ordenado por freqüência de ocorrência.

em que 80% dos problemas se devem a 20% das causas. .PRINCÍPIO É chamado de princípio 80/20. os diagramas de Pareto também podem ser usados para resumir todos os tipos de dados para análises 80/20.

e as causas menores são mostradas em ordem decrescente ao lado direito . apresentando a soma total acumulada. nos permite visualizar diversos elementos de um problema auxiliando na determinação da sua prioridade.  É representado por barras dispostas em ordem decrescente  Com a causa principal vista do lado esquerdo do diagrama.DEFINIÇÃO É um diagrama que apresenta os itens e a classe na ordem dos números de ocorrências.

GRÁFICO DE PARETO – VISUALIZAÇÃO .

) causas (operador. problema (erro.  Melhor visualização da ação.  Descobrir problemas e causas. retrabalhos.COMO UTILIZAR  Identificar os problemas. . etc.  Confirmar os resultados de melhoria.  Priorizar a ação. gastos.).  Achar as causas que atuam em um defeito. matériaprima. equipamento. falhas. etc.

 Estratificar a ação.  Detalhar as causas maiores em partes específicas. Verificar a situação antes e depois do problema.  Definir as melhorias de um projeto. devido às mudanças efetuadas no processo. em função de número de não conformidade. . eliminando a causa. tais como: principais fontes de custo e causas que afetam um processo na escolha do projeto.  Identificar os itens que são responsáveis por os maiores impactos. e outros.

REQUISITOS  Coleta de dados  Folha de verificação  A freqüência relativa e acumulada na ocorrência de cada item. .  Estratificação. separando o problema em proporções ou família.

tais como: horas.  Reunir os dados dentro de cada categoria . meses. semanas. etc. e o tipo de problema  Selecionar o método e o período para coletar os dados.  Estabelecer um período de tempo para coletar dados. dias. Coletar os dados de acordo com sua causa e assunto.COMO FAZER  Decidir o que vai ser analisado.

e na esquerda uma escala de 0% até o valor total. sendo que a acumulada será mostrada no eixo vertical e à direita.  Listar as categorias em ordem decrescente de freqüência da esquerda para a direita. No eixo vertical da direita. fazer uma escala de 0% a 100%.  Calcular a freqüência relativa e a acumulada para cada categoria. No eixo horizontal fazer uma escala de acordo com o número de itens. um vertical e um horizontal de mesmo comprimento. Os itens de menos importância podem ser colocados dentro de uma categoria "outros" que é colocada na última barra à direita do eixo.COMO FAZER  Traçar dois eixos. .

 Identificar aqueles itens que são responsáveis pelo maior impacto. .  Um número relativamente pequeno de causas normalmente produzirá a grande maioria dos problemas ou defeitos.  É usado para identificar e avaliar nãoconformidades.CONCLUSÃO – GRÁFICO DE PARETO É usado para orientar as ações corretivas.

CURVA ABC .

que concentrava a maior parte da riqueza.CURVA ABC ORIGEM . 20%. baseada nas quantidades utilizadas e no seu valor. num estudo sobre a renda e riqueza. 80%. de classificação estatística em que se considera a importância dos materiais. ele observou uma pequena parcela da população.CONCEITO É baseada no teorema de Vilfredo Pareto. Também pode ser utilizada para classificar clientes em relação aos seus volumes de compras ou em relação à lucratividade proporcionada.  Trata-se .

etc. ou valor de consumo anual quando se tratarem de produtos em processo ou matérias-primas e insumos.DEFINIÇÃO  Dedica-se a duas tarefas fundamentais: a organização das compras (aspetos como a política de fornecedores.) e a gestão de estoques.  Classicamente . em se tratando de produtos acabados. uma análise ABC consiste da separação dos itens de estoque em três grupos de acordo com o valor de demanda anual. a decisão de compra.

É um instrumento que gerencia seu estoque.  Garante o abastecimento correto e constante dos materiais necessários para a produção .

itens importantes para a produção e de maior impacto no orçamento. Controle baixo são itens de pouco consumo e baixo valor.TÉCNICA ABC 3 DIVISÕES: A B C Controle rigoroso para que não haja falta no estoque. mas não tanto quanto os da classe A. . Controle Médio são itens importantes.

 Curva  Curva . Curva A: Principais itens em estoque e de alta prioridade. C: 50% dos itens em correspondem a 5% do valor. 20% dos itens correspondem a 80% do valor. 30% dos itens correspondem a 15% do valor. B: itens que ainda são considerados economicamente preciosos.

CURVA ABC – VISUALIZAÇÃO DE GRÁFICO .

COMO UTILIZAR  Identificar quais itens requerem maior atenção  Definir melhor as ações e políticas de estoque  Corrigir desvios  Reduzir o custo do estoque  Reduzir despesas de transporte  Reduzir perca de materiais  Aumentar a disponibilidade de determinados itens para manutenção  Minimizar falta de itens críticos do processo .

 Verificação das técnicas de análise.  Normas e rotinas para o levantamento de dados.  Formulário para coleta de dados.  Uniformidade dos dados coletados é de primordial.  Discussão preliminar sobre a necessidade da curva e definição de objetivos.REQUISITOS PARA CONSTRUÇÃO DA CURVA ABC  Pessoal treinado e preparado para realizar levantamentos. . tratamento dos dados.  Determinar a classificação dos itens.

 Cálcular os percentuais relativos . Ordenar pela importância.

CONCLUSÃO CURVA ABC É fundamental para tomada de decisões  Busca priorizar o estabelecimento dos itens mais ou menos importantes  Estabelecer o que merece mais ou menos atenção por parte da administração na gestão de estoques  Requer capacidade de análise. abstração e correlação .

br/disserta96/rossato/cap3/capitulo3.com/doc/30639984/Curva-ABC http://pt.scribd.br/novo/colunas_ler.eps.wikidot.pt/$curva-abc .scribd.org/wiki/Gr%C3%A1fico_de_pareto http://wpm.com.htm http://www.ogerente.com/doc/52093010/Curva-ABC http://pt.infopedia.com/tecnica:diagrama-de-pareto http://www.ufsc.BIBLIOGRAFIA         http://pt.htm http://www.br/famat/statweb/historia/daestatistica/biogra fias/Pareto.pucrs.php?canal=11& canallocal=41&canalsub2=132&id=180 http://www.wikipedia.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->