ACIDENTE DO TRABALHO DEFINIÇÃO LEGAL E TÉCNICA

DEFINIÇÃO DE ACIDENTE DO TRABALHO Há três aspectos a considerar: • Do ponto de vista legal • Do ponto de vista técnico • Conceito de Incidente crítico A) DO PONTO DE VISTA LEGAL “Acidente do trabalho é aquele que ocorre pelo exercício do trabalho, a serviço da empresa, provocando lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte, a perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho”. Obs: Esta conceituação gera direitos trabalhistas ao trabalhador segurado EQUIPARAM-SE AO ACIDENTE DO TRABALHO: 1) O acidente ligado ao trabalho que, embora não seja a causa única, haja contribuído diretamente para a morte, redução ou perda, ou produzindo lesão que exija atenção medica para a recuperação do segurado. EQUIPARAM-SE AO ACIDENTE DO TRABALHO: 2) O acidente sofrido pelo segurado, no local e no horário de trabalho, em consequência de: • Agressão sabotagem ou terrorismo, praticado por terceiros ou companheiro de trabalho; • Ofensa física intencional, inclusive por terceiro, por motivo de disputa relativa ao trabalho; • Ato de imprudência, negligência ou imperícia de terceiros ou companheiro de trabalho; • Ato de pessoa privada ou do uso da razão; • Desabamento, inundação, incêndio e outros casos fortuitos ou decorrentes de forca maior.

• Em viagem. 3. ainda que fora do local e horário de trabalho: • Na execução de ordem ou na realização de serviços sob autoridade da empresa. independentemente do meio de locomoção utilizado.-Obs.2) Doença do Trabalho “É aquela adquiria ou desencadeada em função de condições especiais em que o trabalhado é realizado e com ele se relacione diretamente. dentro de seus planos para melhor capacitação da mão de obra. é qualquer interferência que interrompa o andamento normal do processo de trabalho. a serviço da empresa. do qual possa resultar danos físicos ou a morte do trabalhador e/ou danos materiais ou econômicos à empresa”. . 3. Em resumo. que interfere ou interrompe o andamento normal do trabalho. inclusive veículos de propriedade do segurado. qualquer que seja o meio de locomoção. Nesta definição. B) DO PONTO DE VISTA TÉCNICO “Acidente do trabalho é toda ocorrência. constante da relação elaborada pelo Ministério do Trabalho”.1) Doença Profissional “É aquela produzida ou desencadeada pelo exercício do trabalho peculiar a determinada atividade e que conste de relação elaborada pelo Ministério do Trabalho”. o nexo causal (relação causa e efeito) não é presumido. • Na prestação espontânea de qualquer serviço à empresa para lhe evitar prejuízo ou lhe proporcionar proveito. é questão de prova tem que provar. EQUIPARAM-SE AO ACIDENTE DO TRABALHO 4) O acidente sofrido pelo segurado. Nesta definição o nexo causal (relação causa e efeito) é presumido. quando financiada por esta. inclusive para estudo. EQUIPARAM-SE AO ACIDENTE DO TRABALHO 3) Doença (profissional ou do trabalho) proveniente de contaminação acidental do empregado no exercício do trabalho. inclusive de propriedade do segurado (acidente “in itinere” ou de trajeto).: a automutilação (atitude dolosa ou intencional) não é considerada Acidente de Trabalho. não programada. • No percurso da residência para o local de trabalho ou deste para aquele.

ou simplesmente incidente é qualquer ocorrência não programada que. chama-se FMEA “Failure Mode and Effects Analisys”. poderia resultar em danos físicos ou à morte do trabalhador e/ou danos . O que é exercício do trabalho? R: é o registro na carteira e o seguro do trabalho (decorrer vinculo empregatício) que é o registro em carteira ou contrato de trabalho. então. Doença causal (perícia)  quem determina o nexo causal é o ambiente do trabalho.: Esta conceituação não gera direitos trabalhistas ao trabalhador. Engenheiro determina nexo causal cuida do indivíduo.materiais ou econômicos à empresa”. suas causas devem ser conhecidas e eliminadas. por circunstância algo diferente. por ex: a pessoa ser seqüestrada. Doença profissional (perícia) e Doença do trabalho (demanda) Não há diferença entre doença profissional e doença do trabalho (tecnicamente somente para o INSS que há a diferença de nomes para classificar.: O engenheiro tem que determinar as causas. C) CONCEITO DE INCIDENTE CRÍTICO “Incidente crítico. Uma das técnicas mais valiosas. “Análise dos Modos de Falhas e Efeitos”. a partir da analise de falhas. Os incidentes ocorrem inúmeras vezes. OBS. antes da ocorrência de um acidente e. Acidente e acidentado Prática da analise critica da leitura A função da lei é dar assistência ao acidentado.Obs. Terrorismo é considerado acidente de trabalho. Os incidentes são também chamados: quase acidentes. DORT não tem CID . ou seja. para tanto.

Prevenção e correção são medidas.LER tem CID Manutenção é feita para não gerar acidentes. GABARITO 1) B 2) C 3) C 4) B 5) C 6) C 7) E 8) E 9) E 10) C 11) E 12) E 13) E 21) E 22) C 23) E 24) E 25) E 26) C 27) C 28) E 29) E 30) D 31) C 32) B 33) A 15) 34) E C 35) A 16) C 36) C 17) C 37) A 18) C 38) D 19) 39) E C 40) D 20) C 41) E 42) C 43) A 44) E 45) A 46) B 47) C 48) A 50) A 51) B 52) B 53) B 54) C 55) B 56) D 57) D 58) E 59) D 60) E 61) D 62) B 63) A 64) A 65) D 66) B 67) A 68) D 69) B 70) B 71) C 72) C 73) V 74) B 75) E 76) E 77) C 78) A 79) A 80) D 81) C 82) C 83) D 84) A 85) C 86) B 87) D 88) C 89) C 90) D 91) E 93) C 94) C 95) E 96) A 97) C 98) B 99) E 100) E 101) E 102) C .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful