Você está na página 1de 1

Contato com a vida nova Quando a Evelyn falava sobre viver de luz, que ela no tinha mais estmago

e que ia ao banheiro de 15 em 15 dias, para expelir algo do tamanho de um gro de feijo, por um simples movimento orgnico, achava aquilo simples mente Divino, e de fato foi uma grande inspirao, um impulso muito forte, em direo a vertentes csmicas de pura ene rgia. Minha vivncia tem sido diferente pois o que ingiro em sua maioria em estado lquido contendo o gengibre que a base dos sucos que tomo e prepara o solo que sou para nova SEMEADURA, evidenciou-se que viver de luz um trabalho que embora Divino, no me prepara para o que Sou, ou para desempenhar meu papel no jogo. Meus contatos ocorrem pela manh quando estou acordado, antes aconteciam quando es tava dormindo, hoje acontecem em estado de viglia pelo simples fato de partes de mim em nvel csmico Terem me DESPERTADO. Pela manh tomo banho e entro em meditao, em conscincia conecto meus ps ao corao de Gai ( terra) e o alto da cabea ao centro do cosmos ( divino criador, vertente divina csmica, deus, o nome no importa) e me dirijo ao meu DNA, l removo tudo que est l que no SOU EU, fao uma fogueira com tudo e devolvo aquilo pra onde veio pois no me per tence e no quero. Principalmente o medo deve ir pra esta fogueira, pois ele definitivamente no nos pertence ( queime o medo de qualquer espcie, quantas vezes por dia se fazer neces srio, faa disso uma rotina, como a ato de respirar ou comer), ( de forma alguma se permita sentir medo). Coloque l em seu DNA em potencia mxima a CORAGEM, DE TERMINAO, AMOR FRATERNO, DISPOS IO, FORA, ALEGRIA, ABUNDNCIA ETC. Faam esta meditao todos os dias pela manh, que com a rotina, ela se incorporar ao seu dia. Olhem para dentro de vocs e queimem seus medos, eles so agregados que no lhes perte ncem, no espere que faam por vocs eliminem seus medos agora, j. A humanidade una. No precisamos de nada para sermos o que somos, porm para no sermos o que no somos pr incipalmente temos ns mesmos que acionarmos aquilo que realmente somos. Esperar que outros faam por ns no DIVINO, no vem daquilo que SOMOS. Acione seus botes de impulso e DECOLEM. Atinjam as DIVINAS realidades que So. sendoluzmaior (sidney santos das neves)