P. 1
INSTALAR GEOVISION

INSTALAR GEOVISION

|Views: 403|Likes:
Publicado porCarlos Teles

More info:

Published by: Carlos Teles on Jun 18, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/26/2014

pdf

text

original

Como instalar o Sistema Geovision

Depois do artigo “Acesso Geovision pelo Internet Explorer”, muitas pessoas me perguntaram como instalar o sistema Geovision. Então resolvi escrever este pequeno tutorial. - Coloque o CD de instalação. - Irá aparecer a seguinte tela:

- Primeiro é necessário instalar os drivers da placa. - Escolha a primeira opção – Install or Remove Geovision GV-Series Driver - Irá aparecer a seguinte tela:

- Escolha a primeira opção – Install or Remove GeoVision GV-Series Cards Driver. - Irá aparecer a seguinte tela:

- Clique em Install e espere a instalação terminar depois clique em Exit. - Volte à primeira tela, clicando no ícone da casinha. - Irá aparecer a primeira tela. - Escolha a terceira opção – Install GeoVision V7.0.5.0 system. - Irá aparecer a seguinte tela:

- Escolha a primeira opção – GeoVision Main System - Irá aparecer à tela de Licença, é só clicar em Yes - Irá aparecer a seguinte tela:

- Aqui você escolhe a opção de acordo com o modelo da sua placa. - Irá aparecer a seguinte tela:

- Escolha a primeira opção – NTSC. - Irá aparecer a seguinte tela:

- Aqui você escolhe a opção de acordo com a resolução da sua tela. - Irá aparecer a seguinte tela:

- Clique em Next. - Irá aparecer a seguinte tela:

- Clique em Next. - Irá aparecer a seguinte tela:

- Aqui você escolhe se o sistema Geovision vai inicializar junto com o Windows. - Irá aparecer a seguinte tela:

- Clique em „Continuar assim mesmo‟ toda vez que está tela aparecer. - Irá aparecer a seguinte tela:

- Clique em Finish para reinicializar o Windows. - Após a inicialização do Windows, irá aparecer a seguinte tela:

- Aqui você cadastra o usuário que será o Supervisor do sistema. - Depois podem ser criados outros usuários. - Irá aparecer a seguinte tela:

- Esta é a tela principal do Sistema. - Embaixo da tela encontram-se os menus de configurações. - Clique no ícone que se parece com ferramentas. - Irá aparecer a seguinte tela:

- Escolha a primeira opção – System Configure(F9) - Irá aparecer a seguinte tela:

- Está e a tela de configuração do sistema. - Marque a opção Start Monitor (Ativa a gravação das imagens). - Marque a opção TCP/IP Server (Ativa o acesso remoto através do Remote View). - Marque a opção WebCam Server (Ativa o acesso remoto através do Internet Explorer). - Se quiser que o sistema abra automaticamente sem pedir usuário e senha, marque a opção Startup Auto Login e clique na setinha verde ao lado da opção. - Irá aparecer a seguinte tela:

- Aqui coloque o usuário que será usado para abrir o sistema automaticamente. - Clique em OK e volte à tela principal.

- Aqui vai uma dica importante. Se o seu IP da internet não for fixo a porta 80 que é utilizada para o acesso remoto através do Internet Explorer será bloqueada pelo provedor. - Para alterar a porta clique no último ícone (três computadores) e escolha a opção WebCam Server(W). - Irá aparecer a seguinte tela:

- Vá à guia Server e altere a porta 80 para alguma outra de sua escolha. - Clique em OK. - Pronto as principais configurações do sistema estão feitas. - Reinicialize o computador para testar se está tudo OK. - Após a inicialização do Windows, irá aparecer a seguinte tela:

- Repare que no lado direito abaixo da hora aparecem ativos os servidores TCP e Web. Essa é a instalação do Sistema Geovision, se surgir alguma dúvida durante processo de instalação e configuração entre em contato que terei o prazer em ajudar

Para acessar as câmeras existem duas opções: 1 – Através do programa Remote View que acompanha o CD da Geovision. - No servidor das câmeras é preciso ativar o servidor TCP. - No roteador é preciso direcionar a porta 3550 para o servidor das câmeras. - Ai é só instalar o Remote View no micro que vc quiser usar para acessar as câmeras. - A desvantagem do Remote View é que só uma pessoa por vez pode acessar as câmeras.

2 – Através do Internet Explorer. - No servidor das câmeras é preciso ativar o servidor WebCam. - No roteador é preciso direcionar as portas 4550 e 5550 para o servidor das câmeras. - Ai é só digitar o seu ip no IE e seguir as etapas. - Se o seu IP não for fixo vc precisa alterar a porta do servidor WebCam, a porta 80 é bloqueada pelo provedor da internet quando o IP não é fixo. Como o seu IP não é fixo altere a porta 80 do servidor WebCam para alguma outra e direcione no roteador. Use algum programa DDNS para criar um endereço para o seu IP. Qualquer dúvida me mande um email – tecnico@tecnicoinfo.com.br
Verifique se as portas estão realmente abertas, através do site www.meuip.com.br em Ferramentas de Networks em Check Ports. Além disso você pode usar o Active Ports e verificar se quais portas realmente utilizadas em uma conexão via rede local e depois abri-las no seu roteador.

GeoVision: Porta web: (visualização via navegador): 80 , 4550, 5550, 6550 Porta do cliente(software): 3550

Configurando e Utilizando o NO-IP
Publicado por Mpperes em 22/4/2007 (32795 leituras)

Após inúmeras solicitações estamos dando continuidade ao artigo referente ao uso de serviços de DNS dinâmico. Desta vez estaremos abordando o uso do sistema No-IP, desde a criação de uma conta, instalação do cliente de atualização de IP e conexão com o endereço criado. O No-IP é sem dúvida um dos melhores e mais utilizados serviços de DNS Dinâmico do mundo e por sua ampla utilização e recursos avançados será o primeiro serviço a ser analizado. Se você é iniciante na área, recomendamos a leitura de nosso artigo anterior sobre DNS dinâmico em http://www.guiadocftv.com.br/modules/smartsection/item.php?itemid=7 para um melhor entendimento do artigo. Visão Geral O acesso remoto a servidores e equipamentos baseados em IP via internet muitas vezes esbarra em limitações causadas pelo tipo de conexão utilizada. Como no Brasil os valores de conexões profissionais ainda são extremamente caros, a utilização de serviços de internet banda larga domésticos para aplicações profissionais acaba sendo muito comum. Muitas vezes é a melhor opção e a mais viável também, mesmo tendo certas limitações e problemas. Dentre os principais problemas causados pelo uso de conexões banda larga domésticas para operação de servidores e sistemas de CFTV, podemos citar a pequena largura de banda de upload disponível, instabilidade da conexão, eventual bloqueio de portas e também a troca do endereço IP da conexão. O uso de conexões com endereçamento IP dinâmico em conexões domésticas, não chega a ser um problema muito grave, caso não se tenha a necessidade de acessar

remotamente um computador ou dispositivo através desta conexão, pois a internet vai ser fornecida e vai permitir que a maioria dos aplicativos funcione corretamente via internet com a conexão de saída. Mas para a utilização de servidores de arquivos, Web, aplicativos remotos, conexões de controle tipo VNC e principalmente acesso remoto a dispositivos de CFTV e segurança como DVR's, placas de captura, câmeras IP ou Web Servers o uso de conexões com endereço IP dinâmico pode ser problemático. Felizmente, para resolver estes problemas, foram criados os serviços de DNS dinâmicos, também conhecidos por DDNS. Estes serviços criam nomes de domínio para os endereços IP's dinâmicos das conexões, utilizam pequenos aplicativos de supervisão, que periodicamente enviam a um servidor central uma conexão informando o IP da conexão atual. Além disso estes serviços criam nomes de referência, que na prática são muito mais fáceis de lembrar que os próprios endereços IP em si. Em uma conexão com um endereço IP fixo, a visualização remota do sistema de CFTV, seria feito digitando-se o endereço IP da conexão no navegador ou software cliente, caso houvesse troca no endereço IP da conexão seria necessário verificar manualmente no local, o novo IP da conexão. Com o nome de DDNS, a conexão será feita a partir do nome de domínio criado junto ao serviço de DNS Dinâmico e não mais pelo endereço IP, e toda a vez que houver troca no endereço IP o software de atualização informará ao servidor que apontará para o novo endereço IP. Existem inúmeros serviços de DNS Dinâmico, muitos genéricos, alguns gratuítos, outros não, alguns específicos de alguns fabricantes, mas dentre todos eles com certeza o mais utilizado é o No-IP. O No-IP combina uma excelente funcionalidade em seus serviços com uma boa facilidade de utilização. Além disso fornece um serviço básico gratuito, que normalmente atende a todas as necessidades de um sistema de CFTV, para sua visualização e acesso remoto. A partir de agora veremos os principais passos necessários para criar uma conta junto ao No-IP, para instalar o cliente de atualização, para configura-lo e como utilizar o serviço. 1: Criando uma Conta Abra a página do No-IP em www.no-ip.com.

Para criar uma conta clique no link "Sign-up Free!" no topo da página, ou clique aqui (http://www.no-ip.com/newUser.php).

Preencha os campos requeridos no formulário para criar uma nova conta. O e-mail solicitado para o cadastro, deve ser um e-mail válido, pois será necessário acessar o e-mail para clicar no link de confirmação. Confirme a criação da conta escrendo os caracteres de confirmação. Leia os termos de

uso do serviço. Para finalizar clique no botão I Accept. Create my Account para confirmar a criação da conta. Após a confirmação será mostrada a seguinte tela de confirmação.

2. Ativando sua Conta No momento em que o adastro é confirmado, o No-IP estará encaminhando um e-mail com um link de ativação para a sua conta. Para proceder com a ativação é necessário acessar sua conta de e-mail e verificar o e-mail enviado pelo No-IP, que terá um conteúdo similar ao mostrado abaixo:

Clique no link indicado para efetuar a ativação da sua conta. Será aberta uma página de

confirmação no seu navegador padrão, com a mensagem abaixo:

Após completar o processo de ativação, sua conta está ativada e pronta para o cadastro dos hosts e domínios.

3: Acessando sua Conta

Para acessar sua conta , acesse o site do No-IP em http://www.no-ip.com, informe seu e-mail e senha nos campos indicados na figura acima, que estão localizados no topo da página principal logo abaixo do logo do No-IP. Clique em "Login" para acessar.

4: Adicionando um Host ao seu Domínio Após acessar sua conta você pode adicionar um nome de domínio para seu de endereço de host. Para isso clique em "hosts/redirects" no lado esquerdo da página, conforme mostrado abaixo:

Clique em "add a host" para configurar o novo nome de domínio. Depois preencha o nome escolhido para o host no campo Hostname, como por exemplo guiadocftv e depois escolha o domínio na lista de domínios disponíveis.

São disponibilizados no serviço gratuito do No-IP os seguintes domínios: • bounceme.net • hopto.org • myftp.biz • myftp.org • myvnc.com • no-ip.biz • no-ip.info • no-ip.org • redirectme.net • servebeer.com • serveblog.net • servecounterstrike.com • serveftp.com • servegame.com • servehalflife.com • servehttp.com • servemp3.com • servepics.com • servequake.com • sytes.net • zapto.org No serviço pago do No-IP são disponibilizadas várias outras opções de domínios. Logo abaixo, temos a opção Host Type onde é feita a seleção do tipo de host, incluindo as seguintes opções: DNS Host (A) Nesta opção o nome é mapeado para seu endereço IP que será constantemente atualizado pelo No-IP DUC.

DNS Host (Round Robin) Similar a opção anterior, com a diferença que pode mapear o nome de DDNS para mais servidores, fazendo um balanço de carga, como web e e-mail por exemplo. DNS Alias (CNAME) Ou Apelido de DNS, mapeia seu host para outro nome de host de DNS, este método simplifica a atualização de múltiplos nomes de host para um mesmo endereço IP. Port 80 Redirect Redireciona o nome de DNS para um host em uma porta específica, muito útil em conexões onde a porta 80 é bloqueada, para não ter a necessidade de especificar o número da porta no acesso remoto ao host. Esta opção também é uma alternativa a ser utilizada em clientes que tem dificuldade de memorizar o endereço e porta da conexão. Web Redirect Redireciona um nome de domínio para uma URL específica (Somente HTTP, não pode ser usada para redirecionamentos para seu PC.) Para sistemas de CFTV o método de redirecionamento mais utilizado é o DNS Host (A) e dependendo da aplicação o Port 80 Redirect. Os demais normalmente não tem aplicação prática para sistemas de CFTV. O campo IP Address será preenchido automaticamente com o endereço da sua conexão atual, que posteriormente será atualizado pelo cliente No-IP DUC. O nome do host pode ainda ser associado a um grupo para, atualização de vários nomes de host em conjunto para um mesmo Endereço IP. A opção Allow Wildcards (permitir coringas) está disponível apenas nos planos pagos, onde poderemos utilizar por exemplo www.nomedehost.no-ip.com ou algum outro prefixo antes do nome. Para confirmar a criação do nome de host clique em “Create Host”. Será mostrada a pagina de resposta informando que o novo nome de host foi criado, o endereço IP que será apontado e uma previsão de 5 minutos para inicio da operação do redirecionamento. Conforme mostrado na figura abaixo:

Cada conta do no-ip pode efetuar até 5 redirecionamentos. Você pode criar várias contas, desde que sejam utilizados e-mails diferentes para o cadastramento das mesmas.

5: Instalando o No-IP DUC no Windows Uma vez que o host já tenha sido criado na conta, será necessário instalar o aplicativo cliente de atualização de endereço IP dinâmico, no computador que será o nosso host, ou ainda em qualquer outro que esteja conectado a mesma rede através da conexão de

internet compartilhada. Este software é o No-IP Dynamic Update Client ou No-IP DUC, que possui ainda versões para Windows, Linux e Mac. O arquivo de instalação do cliente para Windows, o ducsetup.exe, pode ser baixado gratuitamente na seção de downloads do No-IP ou ainda no Guia do CFTV em: http://www.no-ip.com/downloads.php http://www.guiadocftv.com.br/modules/wfdownloads/singlefile.php?cid=4&lid=14

Para instalar o No-IP DUC execute o arquivo ducsetup.exe e siga os seguintes passos:

Clique em Next para avançar para a próxima página, esta é a tela de apresentação do software. Na janela seguinte será indicado o caminho de instalação, que como padrão será a pasta C:\Arquivos de Programas\No-IP, mas poderá ser selecionado outro caminho manualmente.

Selecione também as opções de instalação, como adicionar Grupo de Programas ao Menu Iniciar e visualizar as modificações (mostradas na janela seguinte), além das opçoes de visualizar o arquivo Readme.txt e Iniciar o No-IP DUC após a instalação.

A instalação propriamente dita será então executada, com a extração e cópia dos arquivos, registro de aplicativos e criação de grupos de programas.

Uma vez que o processo de instalação estiver finalizado, a janela ao lado será mostrada, indicando que a instalação foi completada. Clique em Finish para fechar o programa de instalação.

6: Configurando o No-IP DUC e Tornando seu Host Dinâmico Após instalar o No-IP DUC, é necessário executa-lo e configura-lo de forma adequada, como mostramos nos passos a seguir. Será mostrada a seguinte tela de inicialização (splesh screen). Caso não queira que esta tela seja exibida quando o DUC for iniciado, selecione a opção “Do not display splash screen”.

Certifique-se de preencher corretamente o login com o e-mail e senha cadastrados na sua conta no site do No-IP, pois é a partir do login da conta que serão informados ao software cliente os dados referentes aos hosts e redirecionamentos.

Pressione Ok para salvar os dados de login da sua conta. A tela principal do No-IP DUC está dividida basicamente em 4 áreas. Na parte superior temos o e-mail de cadastro e o botão Edit para alteração da conta.

Logo abaixo temos a lista de hosts e grupos cadastrados em nossa conta do No-IP. Como indicamos anteriormente, em cada conta do No-ip podemos criar até 5 hosts. Estes hosts poderão ou não ser usados para a mesma conexão. Se forem utilizados vários nomes de host para a mesma conexão basta seleciona-las no check-box ao lado da nome de host. Caso utilizemos os nomes de host da nossa conta em diferentes conexões (clientes diferentes), devemos selecionar individualmente os hosts em cada uma das conexões e deixar as demais conexões desativadas. Com o nome de host não selecionado, o ícone de status (carinha amarela) ficará indiferente (óculos escuros). E para evitar que sejam habilitados os hosts de forma inadequada podemos inserir uma senha para proteger as configurações. Icone de Status das Conexões

Obs.: Existem outros ícones de status Na parte inferior da janela temos os registros de atualizações do endereço IP e dos nomes de hosts cadastrados. Como padrão a atualização é feita de 30 em 30 minutos,

mas este intervalo pode ser modificado nas opções de configuração. No botão Options, podemos configurar vários parâmetros de funcionamento e da forma de atualização do No-IP DUC. Na primeira Aba temos as opção Standard (Padrões), onde configuramos as opções de execução, inicialização e senha de configuração. Run on startup – Quando esta opção está marcada, será criado um atalho para a interface gráfica do No-IP DUC para o menu Inicializar do Windows, para que o aplicativo seja iniciado juntamente com o Sistema Operacional. Use alternate port – Utiliza porta alternativa para atualizar o endereçamento IP. Run as system service – Quando esta opção está marcada, o No-IP DUC será executado como um serviço do sistema, não será mostrado nos aplicatovos e não poderá ser fechado. Deve ser habilitada quando estivermos utilizando o Windows NT/2000/XP. Quando marcada a opção Run On Startup poderá ser desabilitada. Require password to restore windows from system tray – Esta opção permite configurar uma senha para abrir o No-IP DUC e alterar as suas configurações.

Clicando na Aba Connection, teremos a opção de configurar o tempo de atualização do endereço Ip da conexão, que por padrão é de 30 minutos podendo ser ajustado para um mínimo de 5 minutos deixando a seta totalmente para a esquerda. Para finalizar clique em Ok para salvar as alterações. Agora podemos fechar a janela do No-IP DUC, sem nenhum problema, pois ele estará rodando simultaneamente as demais aplicações do PC. Em sistemas Windows, o cliente ficará rodando em segundo plano, com o seu ícone ativo no Tray Bar, para abrir a janela do Cliente No-IP DUC, basta clicar duas vezes sobre o ícone.

Para o gerenciamento de múltiplas conexões, ou seja de vários clientes através do NoIP, é altamente recomendável que sejam criadas contas individuais para cada cliente, dessa forma não teremos problemas na atualização de informações, adicionamento de novos nomes de DDNS, gerenciamento, etc. Mas a principal razão é a questão de segurança de deixar cada cliente com sua respectiva senha de configuração e acesso ao serviço do No-IP independente das demais.

7. Configurando o Roteador / Servidor Se você já consegue acessar seu servidor ou sistema de CFTV na rede local, então agora basicamente precisamos apenas fazer o redirecionamento das portas utilizadas pelo seu

sistema. Em redes locais não é necessário verificar a abertura de portas, a não ser que seja utilizado um Firewal Pessoal no servidor a ser acessado, pois como padrão todas as portas estão abertas para a rede local. Normalmente a informação das portas utilizadas pelo sistema de CFTV está no manual do equipamento, será informada pelo fornecedor, ou ainda podemos fazer um PortScan para verificar as portas utilizadas. Para que o sistema seja acessado pela internet será necessário fazer o devido redirecionamento das portas necessárias no Roteador do sistema, seja ele o próprio modem ADSL, um Roteador ou um servidor.

8: Verificando o Funcionamento do Nome de Domínio Uma vez que o redirecionamento de portas tenha sido corretamente efetuado, já poderemos estabelecer uma conexão remota, através do endereço IP externo da conexão de internet. Uma vez que o sistema esteja acessível externamente através do endereço IP externo e o cliente No-IP DUC estiver rodando no servidor, a partir de agora poderemos fazer o acesso remoto via internet, através do nome de domínio de DDNS criado junto ao No-IP. Mas antes disso poderíamos verificar o funcionamento do DNS dinâmico através do comando tracert do Prompt do MS-DOS do Windows.

Lembramos que por tratar-se de um redirecionamento a partir de um serviço particular fornecido pelo No-IP, não poderemos utilizar o comando Ping, o qual irá verificar os servidores do No-IP. No nosso exemplo poderíamos acessar nosso servidor através do endereço http://guiadocftv.no-ip.info:porta, o qual é muito mais fácil de lembrar que 201.37.86.40 e além disso estará disponível, mesmo que ocorra a mudança no endereço IP da conexão.

9. Outras Configurações e Opções O serviço de DDNS No-IP não poderá ser atualizado diretamente por equipamentos baseados em hardware, como DVR's e Câmeras IP, e além disso, o Cliente No-IP DUC pode ser instalado em qualquer computador da rede que tenha acesso a internet, não

tendo também de estar rodando no computador que vai ser acessado remotamente. Como forçar uma atualização? Para forçar uma atualização, basta clicar com o botão direito do mouse sobre o host na janela de conexões e clicar em update now. Como atualizar a lista de hosts? Caso tenha sido feita alguma modificação nos hosts em sua conta no site do No-IP, é possível atualizar a lista de hosts, clicando com o botão direito do mouse na janela e clicando em Refresh.
Desativei o Direct Draw Overlay e reiniciei o programa e deu certo. Deixei no modo clone e desde sexta feira esta funcionando tudo perfeito, muito obrigado....

Como acessar as câmeras do Sistema Geovision através do Internet Explorer

Acompanhe os passos para acessar seu sistema de câmeras Geovision através do Internet Explorer:

1. Abra o internet explorer.

2. Vamos preparar o navegador para instalar o controlador do sistema de câmeras. Para isso, no menu do internet explorer vá em Ferramentas escolha Opções da Internet.

3. Na janela que se abre, escolha a guia Segurança e acesse Nivel personalizado.

4. Na lista Configurações de Segurança - Zona da internet vá até o grupo de Plugins e Controles ActiveX.

Você deve habilitar todas as opções deste grupo Plug-ins e controles ActiveX

5. Confirme ok. Confirme novamente a mensagem de alerta. Confirme ok na janela opções da Internet.

6. Entre com o endereço do seu sistema de câmeras:

http://suaempresa.dvrdns.org:8080

7. Em Selecionar Compressão escolha Visualizar Mpeg4 encoder e confirme em Enviar.

8. Em Selecione sua conexão com a Internet, escolha DSL/CABLE/T-1 e Multi-janelas e confirme em Enviar.

9. Aguarde a execução do aplicativo e entre com seu usuário e senha para ver as câmeras.

Retorne as configurações de segurança do Internet Explorer.

10. Vá ao menu Ferramentas e escolha Opções de Internet.

11. Na guia Segurança, em níveis de segurança desta zona, escolha Restaurar o nível padrão de todas as zonas.

12. Confirme as próximas janelas.

precisa direcionar no roteador as portas 4550, 5550 e a que você colocou no servidor WebCam para este IP.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->