P. 1
CALDEIRARIA-SOLDAGEM

CALDEIRARIA-SOLDAGEM

|Views: 6.931|Likes:
Publicado porDener Tellini

More info:

Published by: Dener Tellini on Jun 24, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/15/2015

pdf

text

original

Como já foi descrito anteriormente, o aço expande ao ser aquecido e contrai ao
ser resfriado, numa proporção definida para cada temperatura. Partindo desses
princípios, é possível desempenar peças através da aplicação do calor, con-
traindo o lado oposto do já contraído por calor da soldagem e oxicorte ou do
lado dilatado devido à compressão nos cortes a frio como os de guilhotina etc.

Figura 12.44

X= -0,5 a 1 mm/metro linear
Y=+0,5 a 1 mm/metro linear

Figura 12.45

Soldagem
____________________________________________________________

117

____________________________________________________________

CALDEIRARIA

Ver exemplos de como deve ser aplicado o calor para desempenar as peças
mostradas nas Figuras 12.46 a 12.51

O material sofre um aquecimento localizado,
pois a região não aquecida do material está
dilatada sobre tensões.

No resfriamento, forças de tração atuam na região aquecida. Essas forças atu-
am no sentido de trazer o material para a forma plana. O aquecimento localiza-
do produz, de acordo com o trabalho de desempeno, formas pontuais, cônicas
ou retilíneas.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->