P. 1
Aula 6 - Hipotonia Tissular[1]

Aula 6 - Hipotonia Tissular[1]

4.0

|Views: 1.416|Likes:
Publicado porDocedoris

More info:

Published by: Docedoris on Jul 03, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/27/2013

pdf

text

original

Disciplina: Patologias da Pele

Curso de Estética e Cosmética
Prof.: Esp. Igor Lustosa Dias

É uma dermo paniculopatia caracterizada por uma diminuição e desorganização da quantidade dos elementos do tecido conjuntivo: proteoglicanas, colágeno e elastina.

São proteínas responsáveis pela retenção da água no tecido, logo na hidratação do mesmo.  Sua principal função, é a grande capacidade de atrair água de todo o corpo, para o tecido (manto hidrolipídico) mantendo a pele hidratada.

 Encontrada

no tecido conjuntivo, é a proteína mais abundante de todo o corpo humano, onde corresponde a 25% de todas as proteínas.  Sua função é primordialmente estrutural, ou seja, proporciona sustentação aos tecidos, mantendo-os unidos, sendo o principal componente protéico de órgãos como a pele, ossos, cartilagens, ligamentos e tendões.

 Proteína

responsável pela elasticidade e resistência dos tecidos.  Também encontrada no tecido conjuntivo, são proteínas que se distendem com facilidade, representam 5% do total do tecido conjuntivo.  Encontrada principalmente nos ligamentos, nas paredes das artérias e envolvendo vários órgão, inclusive os músculos.

Derme caracteriza-se pela concentração de tecido conjuntivo sobre a qual se apóia a epiderme, comunicando com a hipoderme. Na derme situam-se algumas fibras elásticas e reticulares, bem como muitas fibras colágenas e o manto hidrolipídico.

A hipotonia tissular também está associada ao envelhecimento cutâneo, do qual constitui o conjunto de modificações fisiológicas irreversíveis e inevitáveis a pele, onde constitui um tecido que começa a perder:

Tônus;  Turgor;  Elasticidade;  Brilho;  Cor (própria da juventude). Esse processo de perda caracteriza principalmente o aparecimento de rugas finas e fissuras.

INTRÍNSECO, VERDADEIRO CRONOLÓGICO.

OU

Esperado, previsível, inevitável, progressivo – as alterações estão na dependência direta do tempo de vida.

 EXTRÍNSECO

OU FOTOENVELHECIMENTO.

Surge nas áreas fotoexpostas devido ao efeito repetitivo da ação do raios ultravioleta – as modificações surgem a longo prazo e se superpõe ao envelhecimento intrínseco - a pele mostra-se precocemente alterada, lembrando a pele senil.

 QUANTO
 Grau

AO GRAU:

I:

-

Leve redundância da pele, alteração do contorno facial e corporal, com leve abaulamento submandibular (face).

 Grau
-

II:

-

Queda lateral das pálpebras superiores, formação de bolsa em pálpebras inferiores com redundância de pele. Perda parcial do contorno e abaulamento acentuado acima dos sucos nasogenianos. Leve ptose da bola de Bichat e formação de duas asas pequenas na borda anterior do platisma.

 Grau
-

III:

-

Aumento das bolsas palpebrais inferiores e redundância acentuada da pele tanto das pálpebras superiores como das inferiores. Perda total do contorno facial por hipotonia (ptose) acentuada do SMAS (sistema musculoaponeurótico superficial) e do platisma quem formam um só bloco.

-

A bola de Bichat forma concavidade logo abaixo do osso malar por ptose acentuada.

Foto 1 – Desenhos que representam as mudanças faciais nas diferentes idades. (FANDOS, 2005)

Foto 2 – Desenhos que representam as mudanças faciais nas diferentes idades. (FANDOS, 2005)

Foto 3 – Presença de hipotonia e manchas senis facial. (FANDOS, 2005)

Foto 4 – Ptose em pálpebra decorrente de obesidade. (FANDOS, 2005)

Foto 5 e 6 – Presença de hipotonia em dobras cutâneas acompanhada de lipodistrofia localizada e celulite. Situação comum em mulheres depois dos 40, especialmente as que tiveram vários filhos. (FANDOS, 2005)

Foto 7 – Flacidez de braço, próximo das axilas. Problemas frequente depois dos 40 anos. (FANDOS, 2005)

 Genética

e hereditariedade;  Disfunção hormonal;  Alimentação inadequada (desnutrição);  Efeito sanfona;  Pós gravidez;  Hábitos de vida (Fumo, álcool, stress e etc.);  Meio ambiente (Poluição, sol, vento e etc.)  Idade;

 Prisão

de

ventre

(metabolismo

das

toxinas);  Medicamentos (efeito tóxico ou indireto sobra a pele, acelerando o envelhecimento ou até mesmo desenvolvendo patologias específicas).

Foto 8 – Mão com terceiro grau de envelhecimento. As manobras da dobra demonstram uma flacidez inicial. (FANDOS, 2005)

ATIVOS Isoflavona

ATIVIDADE Hidratação, reestruturação de fibras, estímulos aos fibroblastos.
Antioxidante, hidratante potente, inibidor da MMP – metaloproteinases. Estímulo aos fibroblastos, ação membrana celular, inibidor Metaloproteinases. estabilizadora da MMP da –

Polihidroxiácidos

DMAE

Flavonóides

Proteção às fibras colágenas e elásticas.

ATIVOS
Matrixyl Silício orgânico

ATIVIDADE
Pentapeptídeo reestruturador da pele. Oligoelemento colágenas. essencial à rede de fibras

Hidroxiprolina
Vitamina C Raffermine

Aminoácido principal constituinte do colágeno.
Estimulo ao fibroblasto e é anti-oxidante. - Reorganização das fibras de colágeno; - Proteção das fibras elásticas; - Contração dos fibroblastos.

ATIVOS
Ácido glicólico

ATIVIDADE
Compactação do estrato córneo e deposição de colágeno na derme. Estimula a síntese de colágeno e inibi a as metaloproteinases, responsáveis pela degradação da matriz extracelular.
Ação queratolítica

Ácido retinóico

Ácido láctico

Ácido mandélico

Agente que reduz significativamente pigmentações anormais da pele.

as

 Recursos
-

disponíveis:

-

-

IONIZAÇÃO (CORRENTE GALVÂNICA); MICROCORRENTE; ELETROPORAÇÃO; LUZ INTENSA PULSADA (LIP); LASER; RADIOFREQUÊNCIA; INFRA-VERMELHO.

 KEDE,

Maria Paulina Villarejo; SABATOVICH, Oleg. Dermatologia estética. São Paulo: atheneu, 2004. Luis S. Alta cosmética I e II. Buenos Aires: o autor, 2005.

 FANDOS,

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->