O MITO NAS CIVILIZAÇÕES ANTIGAS Características

Sociedades mais complexas A. Sociedades não igualitárias: estabelecimento de hierarquias entre segmentos sociais, inclusive introduzindo a escravidão. B. O mito era componente importante da cultura, mas as instituições religiosas, por se tornarem mais elaboradas, provocaram a separação entre o espaço sagrado dos santuários (RELIGIÃO) e o espaço profano da vida cotidiana (MITO). C. O poder era exercido pela classe sacerdotal ou por seu representante máximo. D. O poder, em alguns casos, tornava-se teocrático. E. O culto exigia monumentos grandiosos.

Exemplo: Grécia
A Grécia era conhecida por Hélade e era constituída por diversas regiões autônomas, mas que mantiveram a língua e a unidade cultural. Religião grega: politeísta; os deuses eram imortais e tinham comportamentos humanos; ocorriam obrigações a eles devidas. Os mitos surgiram quando ainda não havia escrita e eram transmitidos oralamente por poetas ambulantes chamados de aedos e rapsodos. (Nem sempre é possível identificar a autoria desses poemas, por serem produção coletiva e anônima).

HOMERO (Ilíada e Odisséia) As duas epopéias representam fatos e mitos recolhidos por diversos autores. As epopéias desempenharam um papel pedagógico significativo; transmitiam os valores culturais mediante o relato das realizações dos deuses e dos antepassados. Decoradas pelas crianças: revelam concepção de vida. As ações heróicas relatadas nas epopéias mostram a constante intervenção dos deuses ora para auxiliar o protegido, ora para perseguir o inimigo. Os indivíduos são presas do Destino, que é fixo, imutável. Os indivíduos não possuem vontade pessoal, liberdade.

sobretudo no campo de batalha. A virtude se destacava igualmente na assembléia dos guerreiros. que se manifestava pela coragem e pela força. Relato das origens do mundo e dos deuses. pelo poder de persuasão do discurso. . HESÍODO (Teogonia) Produziu uma obra com particularidades que tendem a superar a poesia impessoal e coletiva das epopéias.O MITO NAS CIVILIZAÇÕES ANTIGAS O herói ao depender dos deuses não os diminuía diante das pessoas comuns. em que as forças emergentes da natureza vão se transformando nas próprias divindades. (características do período arcaico) Ainda reflete o interesse pela crença nos mitos. em nada desmerecia a VIRTUDE (valor supremo) do guerreiro belo e bom. Narra como todas as coisas surgiram do Caos para compor a ordem do Cosmo (Cosmogonia).

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful