Você está na página 1de 18

Escola Secundária de Alcochete

11.º Ano – Matemática A


Geometria no Plano e no Espaço II
Investigação Operacional

Surge no final da II Guerra Mundial, no âmbito das forças


aliadas, distinguindo-se por ter como objectivo investigar a
melhoria das decisões tomadas relativamente aos recursos
logísticos e às operações das forças armadas.

Daí as designações:
• Operational Research, no Reino Unido;
• Operations Research, nos EUA;
• Investigação Operacional, em Português.
Problemas de Optimização

Num problema de optimização pretende-se


maximizar ou minimizar uma quantidade
específica, designada por objectivo, que depende
de um número finito de variáveis

Estas variáveis podem ser independentes


umas das outras ou estar relacionadas através
de uma ou mais restrições.
Problemas de Programação Matemática

São problemas de optimização em que o


objectivo e as restrições são dadas como
funções matemáticas e relações funcionais.

Têm a forma
Exemplo
O problema

É um problema de optimização As variáveis são x1 e x2 que estão


relativo ao objectivo z. restringidas de dois modos:

•x1 tem de exceder x2 em três unidades;


•x2 tem de ser maior ou igual a 2

Dejesam-se encontrar valores para as variáveis que minimizem a soma


dos seus quadrados, sujeito às limitações impostas pelas restrições.
Problemas de Programação Linear

São os problemas de Programação Matemática da


forma em que a função objectivo f(x1, x2 ,..., xn ) e
cada restrição gi(x1, x2 ,..., xn ) (i=1,2,...,n) são lineares
relativamente às variáveis, isto é, se

onde cj e aij (i=1,...m; j=1,...,n) são constantes conhecidas.

Qualquer outro tipo de Programação Matemática é não linear. O


! exemplo anterior é um problema de Programação não Linear.
Problemas de Programação Linear Inteira

São problemas de Programação Linear


com a restrição especial de todas as
variáveis serem inteiras.

Não é necessário que os coeficientes e as


constantes da função objectivo e das
restrições sejam inteiros, ainda que tal
possa ocorrer.
Formulação de Problemas
A resolução de um problema de
optimização começa pela sua
modelação.

Segue-se, depois, a procura de uma solução


óptima, utilizando algoritmos.

Porém, a fase de modelação é bastante


sensível, pelo que poderão surgir erros que
comprometam a resolução do problema.

Alguns matemáticos sugerem a utilização de uma abordagem em três passos para se


passar do enunciado de um problema de optimização para o respectivo modelo.
Passo 1 Determinar a grandeza que se pretende optimizar e expressá-la
como função matemática. Ao fazê-lo, ter-se-á que definir as
variáveis.

Passo 2 Identificar todos os requisitos, condicionalismos e limitações, e


expressá-los como funções matemáticas. Assim, definir-se-ão as
restrições.

Passo 3 Expressar todas as condições implícitas. Tais condições não são


estipuladas explicitamente no problema mas são evidentes face à
situação física que se está a modelar. Geralmente envolvem a não
negatividade das variáveis, ou a exigência de que as variáveis só
assumam valores inteiros.
Convenção Relativa à Solução Óptima

Ao resolver-se um problema de Programação


Matemática procura-se uma solução óptima...

Se existirem múltiplas soluções


óptimas (associadas ao mesmo valor
óptimo da função objectivo), qualquer
uma dessas soluções pode ser
adoptada.

Numa situação de multiplicidade de soluções óptimas não há

! qualquer preferência entre elas, se nenhuma preferência for


estipulada nas restrições.
Exemplo

O Talho da Vila comercializa uma mistura de carne picada à confecção de “rolo de carne”.
Esta mistura á feita a partir de carne magra de vaca picada e de carne de porco picada. A
carne de vaca é constituída por 80% de carne e 20% de gordura, custando 80 unidades
monetárias (u.m.) por kg; a carne de porco picada é constituída por 68% de carne e 32%
de gordura, custando 60 unidades monetárias por kg.
Sabe-se que se pretende que a mistura para o “rolo de carne” não contenha mais do que
25% de gordura e que se pretende minimizar o custo. Que quantidades de cada tipo de
carne devem ser utilizadas para o “rolo de carne” do Talho da Vila?
O objectivo é minimizar o custo (em u.m.), z, de 1kg de “rolo de carne” . Sabendo-se que

Definindo

Pode-se exprimir o objectivo de modo seguinte:


Cada kg de “rolo de carne” terá 0,20χ1 de gordura (devida à carne de vaca) e 0,32χ2 de
gordura (devida à carne de porco) . Assim, sabendo que o conteúdo de gordura por kg
de “rolo de carne” não deverá exceder 0,25kg, tem-se

De acordo com a definição apresentada para as variáveis, a soma das duas variáveis
deverá ser igual a 1 (kg). Assim

Finalmente, as quantidades de carne são obviamente não negativas, pelo que as


condições implícitas são x1≥0 e x2≥0.
Combinando todas as condições, obtém-se

De notar que tem-se um problema de Programação Linear. Como só há duas variáveis


pode-se resolver graficamente este problema.
Comece-se por representar a região admissível, isto é, o conjunto de pontos (x1;x2) que
satisfazem todas as restrições.

Pelas condições de não-negatividade, tem-se

y
1

x
-1 1

-1
Aplicando a restrição

tem-se
y
1,0

0,2

x
0,2 1,6
E pela restrição

A região admissível será:


y
1,0

0,2

x
0,2 1,0
Para determinar z*, o valor mínimo de z, escolhemos arbitrariamente valores de z e
representamos os gráficos correspondentes aos objectivos associados. Escolhendo, por
exemplo, z=70 e, em seguida, z=75, obtêm-se os objectivos

respectivamente. As duas rectas que se encontram representadas na figura abaixo (a


preto e vermelho) correspondem a esses dis valores da função objectivo. Pode-se ver
que o valor óptimo resulta da intersecção das linhas
y
1,0

Resolvendo o sistema de duas equações a duas


incógnitas, determina-se x1*=7/12 e x1*=5/12.
Assim

0,2

x
0,2 1,0