Ponto dos Concursos www.pontodosconcursos.com.

br

Atenção. O conteúdo deste curso é de uso exclusivo do aluno matriculado, cujo nome e CPF constam do texto apresentado, sendo vedada, por quaisquer meios e a qualquer título, a sua reprodução, divulgação e distribuição. É vedado, também, o fornecimento de informações cadastrais cópia,

inexatas ou incompletas – nome, endereço, CPF, e-mail - no ato da matrícula. O descumprimento dessas vedações implicará o imediato

cancelamento da matrícula, sem prévio aviso e sem devolução de valores pagos - sem prejuízo da responsabilização civil e criminal do infrator. Em razão da presença da marca d’ água, identificadora do nome e CPF do aluno matriculado, em todas as páginas deste material,

recomenda-se a sua impressão no modo econômico da impressora.

USO DE OUTROS SINAIS DIACRÍTICOS (principalmente o HÍFEN e o TREMA) Nas provas do Cespe. Lembro que. formação e classe das palavras. j/g. Nessa aula. Aquilo que aconteceu com uma acontecerá com a outra também. para que sejam cobradas as novas regras em um concurso público. ou seja. tomando o cuidado de observar se esta sofreu o mesmo processo daquela. escolhemos o tema que sempre dá início ao nosso trabalho – ORTOGRAFIA. a banca trata de uso de letras e hífen.ACENTUAÇÃO GRÁFICA 3 . além dos aspectos ortográficos. Chega de “lero-lero”. a seu critério. Em relação ao item 1 (emprego de letras). Na aula 1 do curso. ponto a ser explorado no decorrer das aulas. para que o aluno. mas serve perfeitamente a todos que se preparam para qualquer outra prova a ser elaborada pelo Cespe/UnB. será apresentada a lista com todos os exercícios nela comentados. pois temos um quadro que – espero – irá ajudá-lo a acertar todas as questões que envolvem acentos gráficos). Nosso encontro de hoje será para que você tenha uma idéia de como serão abordados os assuntos em aula. comentaremos três questões de prova que envolvem o assunto tendo por base os ensinamentos AINDA atuais. uma vez que a Reforma Ortográfica ainda não se encontra em vigor.CURSO ON-LINE – PORTUGUÊS P/ ANATEL PROFESSORA: CLAUDIA KOZLOWSKI Olá. devemos lembrar que a palavra derivada costuma conservar a grafia da palavra primitiva. Vamos às questões. os resolva antes de ver o gabarito e ler os comentários correspondentes. Veja os exemplos. Por isso. estudaremos os principais aspectos gramaticais da Língua Portuguesa a partir de questões dessa banca. apesar de “parecidas” não são sinônimas – são os PARÔNIMOS. antes do implemento do novo Acordo Ortográfico. sc/sç/ss. Ao fim de cada aula. é preciso que o edital assim preveja. busque a grafia de outra palavra conhecida sua (que servirá de paradigma). Outra dica preciosa: na dúvida com relação à grafia de uma palavra que sofreu algum processo de transformação (substantivo derivado de verbo ou substantivo derivado de adjetivo). www. uma vez que. Muitos alunos estão em dúvida sobre as mudanças que virão. pessoal Este curso é voltado para os candidatos ao concurso da ANATEL.br 1 . izar/isar.EMPREGO DE LETRAS (s/z. etc) 2 . extraídas inclusive dos certames mais recentes. compreender -> compreensão / pretender -> pretensão permitir -> permissão / emitir -> emissão conceder -> concessão / retroceder -> retrocessão Também podem ser objeto de prova as palavras que. o que mais se explora nesse ponto é a ACENTUAÇÃO (graças a Deus. veremos questões que tratam da estrutura. Mais raramente. O estudo da ORTOGRAFIA abrange: 1 .pontodosconcursos.com. em 10 aulas.

por favor.. pseudo. infra.º 9.. contra-regra. 13-5. intra.. arqui.: (vacina) anti-rábica. que fazia parte de um conjunto de questões. Ex. O emprego de hífen com prefixos. R. dez. neo. Assim. mas deixemos essa preocupação para outro momento. se o candidato não soubesse o erro em “hipercomplexidade”. ultra Emprega-se hífen antes de H. Isso porque não há uma regularidade. para infelicidade geral da nação. publicado na UnB Revista. está a exigir que possibilite-se a incorporação permanente das camadas excluídas da população. acerca da forma de ver e agir dos operadores jurídicos. “s” nem vogal. n. sobre Emprega-se hífen antes de H. “r”. anti. por uma questão de “custo-benefício”. contra. proto. uma vez que “novo” não começa com “h”. R e S (notou que já são menos os casos? Agora. em especial. S e vogal (é o que chamamos de HoRaS). Adianto que. supra. 2) ante. as vogais se ligam diretamente ao prefixo). ante-sala.CURSO ON-LINE – PORTUGUÊS P/ ANATEL PROFESSORA: CLAUDIA KOZLOWSKI ORTOGRAFIA 1 . iremos estudar as regras ainda de acordo com a ortodoxia gramatical (gostou dessa. extra-oficial (a única exceção fica por conta de “extraordinário”. Agora você entende por que aquele carro caindo de tanto podre é anunciado pelo vendedor como um “seminovo” – sem hífen.(UnB CESPE/STJ – Analista / 2005) O item abaixo é reescrituras adaptadas de fragmentos do texto Dilemas do judiciário na democracia. raramente cobrado em provas. ultrasonografia. Comentário.pontodosconcursos. arqui-rival (mas arquiinimigo é junto!). apresentamos a tabela de emprego de hífen para que vocês dêem uma olhadinha dias antes da prova. cuja aglutinação já se consagrou com o uso). a coisa vai ficar ainda mais complicada quando estiverem vigentes as novas regras ortográficas. p. Como falamos na introdução desta aula. é um dos pontos que dependem basicamente de memorização do candidato.rs. à sintaxe da oração e do período e à pontuação./2003-mar. 1) auto. veremos o significado de alguns destes prefixos./2004. infra-estrutura. Na aula 1.com. certamente veria o erro na colocação do pronome oblíquo. extra. ao emprego das classes de palavras e do sinal indicativo de crase. semi. A hiper-complexidade da sociedade contemporânea.. Julgue-o quanto à grafia.) Em uma questão como essa. Item ERRADO. já que há casos de emprego de hífen nem sequer foram tratados pela reforma. hem?.br 2 . Exemplos: auto-escola. Este item. explorou aspectos de ortografia e de colocação pronominal (assunto a ser tratado na aula sobre PRONOMES). sobre-saia www. anti-herói.

Ex. a palavra mercado inicia com “m”. sob Usa-se o hífen antes de palavras iniciadas por R. pan-americano (essa ficou fácil.. o Dicionário Eletrônico Aurélio já registra a forma “arquisseguro” (sem hífen). “micro” e “macro” nunca se ligam por hífen ao vocábulo. pan.com. ab-rogar.. 6) ad. “microssaia”. recém. (Não me xingue.... ab. Então. soto-almirante. dobra-se essa letra para manter o aspecto fonético).. Dada a proximidade semântica de “arqui” com “super” (que veremos mais adiante). Já a grafia do “bem-me-quer” será objeto de comentário na aula 1. sobressalto / sobressaltar.: além-mar. inter-relacionamento. Ex. www. 4) sub Emprega-se hífen antes de B e R. 3) hiper. Assim. perguntei a você: como fica quando esse prefixo “sub” se liga à palavra “humana”. Vimos há pouco que o prefixo “sub” só exige o hífen ao se ligar com vocábulos iniciados por B e R. o início e fim de “hiper”). ex (=anterioridade) Liga-se por hífen antes de todas as palavras.) 5) circum.academia. Nada de “h” nem de “vogal” na lista.: ad-renal. inter-regional.. sub-raça. inter Emprega-se hífen antes de H e R (por coincidência. aquém. super.. sob-rojar 7) além.. Vai pensando aí..).. quando falarmos sobre formação de palavras. soto. ex-marido. mal Emprega-se hífen antes de H e vogal. sem-terra. perguntando a ela se nosso pretendente estaria interessado em nós? Malmequer (tudo junto). (algum palpite? Daqui a pouco. Aguardem e verão (suspense. E como é que chamamos a condição “abaixo do nível humano” – é uma condição .org. Bem-me-quer (separado por hífen).br ).: circum-adjacência.: hiper-reativo. mal-acostumado.. mas esse registro não é encontrado na versão ainda em vigor do Vocabulário Ortográfico da Língua Portuguesa (disponível para consulta no sítio da Academia Brasileira de Letras – www.). sota. não fui eu quem inventou isso!!!). “macrorregião” (se o encontro for com palavra iniciada por “s” ou “r”. sem. Os prefixos “multi”. Ex. formam “multiinflacionário”. conversamos sobre isso. recém-nomeado.pontodosconcursos. vice. dispensando o hífen). Ex. bem-me-quer.. O porquê da grafia do “malmequer” você já sabe agora – o prefixo “mal” se liga com hífen somente se o vocábulo iniciar por “h” ou vogal.CURSO ON-LINE – PORTUGUÊS P/ ANATEL PROFESSORA: CLAUDIA KOZLOWSKI O prefixo sobre apresenta algumas exceções: sobressair. malhumorado Como costumávamos falar ao desfolhar a margarida. Ex.br 3 . super-herói (em supermercado. sobressalente. por favor.: (categoria de) sub-base. malmequer.

(UnB CESPE / PMES / 2007) Com referência a aspectos gramaticais do texto. princesa.rs. Foi isso o que aconteceu com “pobreza”.CURSO ON-LINE – PORTUGUÊS P/ ANATEL PROFESSORA: CLAUDIA KOZLOWSKI Vamos raciocinar juntos: palavras que não iniciam por B ou R se ligam diretamente ao prefixo. por acaso... www. acha estranho o encontro do mesmo vocábulo (humano) com o prefixo “des-". condição. inglesa.pontodosconcursos. tímido / timidez. elimina-se o h do segundo elemento: anarmônico. Que cara é essa de horror? Por que tanto susto? Você. formando “desumano”? Acredito que não. a ser tratado na aula específica de PRONOMES. agora.com. Assim acontece com submarino (iniciada por “m”). exausto. O sufixo –ez / -eza formam substantivos abstratos derivados de adjetivos: ácido / acidez. 2 . estado. lobisomem. como é que fica? Simples: subumano. procedência ou formam títulos de nobreza: camponês. Nas duas formações. Já o sufixo –ês / -esa indicam naturalidade. coonestar.. Por ora. A essa altura. Comentário.com “s” ou com “z”? Se lembrarmos que o vocábulo indica a procedência.. desumano.br 4 . subsolo (iniciada por “s”). Item CERTO. marquês.. a letra “h” cai e o prefixo se liga diretamente à vogal seguinte – subumano.. .a . Esse sufixo indica qualidade. inabilitar. desarmonia. julgue o seguinte item. E como é o nome da pizza coberta com lingüiça e cebola? É a famosa pizza calabre.” Nossa. conversamos tanto até agora que já estava me esquecendo da questão da prova. subcategoria (iniciada por “c”). biebdomadário. mas esse é outro assunto. outras questões que tratam do assunto de hoje. japonês. neste último caso.O termo “pobreza” é um substantivo abstrato terminado pelo sufixo –eza. uma vez que o vocábulo inicia com “c” e não com “h” ou “r” (regra 3). Vejamos. a regra que ele mesmo cita: “Nos compostos sem hífen. basta-nos saber que a única posição que o pronome poderia ocupar seria antes do verbo (caso de próclise obrigatória): “. etc. O outro erro é de colocação pronominal. Então. reaver. você já notou que “hiper-complexidade” não tem hífen. que indica estado e condição. contrariando. que provém do adjetivo “pobre”. suburbano (iniciada por vogal = urbano). Em tempo: o Vocabulário Ortográfico registra duas formas: subumano e subhumano. propriedade.. A diferença é que a letra “h” irá cair. que se possibilite a incorporação permanente”. sabemos que é com a letra “s”: pizza calabresa..

. na América Latina. LOCAL Î LOCALIZAR AMENO Î AMENIZAR IMUNE Î IMUNIZAR. Se não havia a letra “s” na primitiva. Item ERRADO. Será que você notou? Veja como a banca pode ser cruel em uma prova: é a falta de acento agudo no vocábulo “político”. Já falamos que uma palavra normalmente conserva a grafia da palavra primitiva. a palavra derivada irá manter essa letra.CURSO ON-LINE – PORTUGUÊS P/ ANATEL PROFESSORA: CLAUDIA KOZLOWSKI Aproveitamos esse comentário para reforçar a lição sobre a grafia de palavras derivadas.. social e politico do país. na hora da prova. abreviatura de diclorodifeniltricloretano (ninguém merece.rs. na verdade. essa é uma prática bastante comum nas provas de concursos públicos – o erro pode ser a falta de um acento agudo na letra “i”.): catequese Î catequizar (com “z”).(UnB CESPE /TRE PA – Analista/ 2005) Julgue a opção abaixo quanto a grafia. o vocábulo provém. Como é que fica? Bem. foi a vez do Cespe. 3 .pontodosconcursos. A ESAF já fez isso (se não me engano. com o vocábulo “indivíduos”).. passaria despercebido ao candidato. estão relacionados com sua eficácia para resolver os problemas econômico. Esse conceito é importante para sabermos se um vocábulo termina com “-isar” (com “s”) ou “-izar” (com “z”). ANÁLISE Î ANALISAR AVISO Î AVISAR REPRISE Î REPRISAR PARALISIA Î PARALISAR (não é derivado de “parar” mas de “paralisia”) Exceções (eu falei “maioria”. substância inseticida. de uma sigla: DDT. a FCC também. .).. Além de um problema de concordância.br 5 . havia um erro de ortografia que provavelmente... você tem de dedet. a palavra derivada irá receber um “z”. morfologia e sintaxe. O www. formaram-se as palavras derivadas com a letra “z”: dedetizar.A satisfação ou insatisfação com a democracia. Dica que dá certo na maioria esmagadora das palavras: se a palavra já apresentava a letra “s” em sua grafia.. dedetização.. que será objeto de comentário na correspondente aula.. Comentário.com. Aliás. Agora. E para matar as baratas. Como “DDT” não possui “s”. segundo conclusões de pesquisa encomendada pela ONU.

todo cuidado é pouco.CURSO ON-LINE – PORTUGUÊS P/ ANATEL PROFESSORA: CLAUDIA KOZLOWSKI único (e maior) problema é que.pontodosconcursos. quem sabe. Talvez. em vez de pingo. aquele “i” deveria ser grafado com o acento agudo. uma dica preciosa para resolver qualquer questão sobre ACENTUAÇÃO GRÁFICA. Assim. inclusive. www.br 6 .com.. daremos prosseguimento ao estudo de ORTOGRAFIA... nas provas desta banca.. com outras questões de prova do Cespe. por hoje é só. ::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::: Bem. Não percam! Grande abraço e até lá. apresentando.. uma opção errada anula uma certa. permitam usar lupas na hora da prova. Verifique se. No próximo encontro.

p. 3 . em especial.pontodosconcursos.º 9. 2 . estão relacionados com sua eficácia para resolver os problemas econômico.A satisfação ou insatisfação com a democracia.CURSO ON-LINE – PORTUGUÊS P/ ANATEL PROFESSORA: CLAUDIA KOZLOWSKI LISTA DAS QUESTÕES COMENTADAS 1 . Julgue-o quanto à grafia. . social e politico do país. publicado na UnB Revista. acerca da forma de ver e agir dos operadores jurídicos. ao emprego das classes de palavras e do sinal indicativo de crase./2004. n. www. A hiper-complexidade da sociedade contemporânea.(UnB CESPE/STJ – Analista / 2005) O item abaixo é reescrituras adaptadas de fragmentos do texto Dilemas do judiciário na democracia.com.O termo “pobreza” é um substantivo abstrato terminado pelo sufixo –eza. . morfologia e sintaxe. julgue o seguinte item. à sintaxe da oração e do período e à pontuação. na América Latina. 13-5. que indica estado e condição.br 7 ./2003-mar. segundo conclusões de pesquisa encomendada pela ONU.(UnB CESPE /TRE PA – Analista/ 2005) Julgue a opção abaixo quanto a grafia.(UnB CESPE / PMES / 2007) Com referência a aspectos gramaticais do texto. dez. está a exigir que possibilite-se a incorporação permanente das camadas excluídas da população.

CURSO ON-LINE – PORTUGUÊS P/ ANATEL PROFESSORA: CLAUDIA KOZLOWSKI GABARITO 1) E 2) C 3) E www.com.pontodosconcursos.br 8 .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful