Aulas 1 e 2: Fonética Fonema: é todo som da língua capaz de estabelecer distinção de significado entre palavras.

Fonema ≠ letra: Por exemplo: A letra C pode representar sons diferentes: - na palavra ciúme - na palavra comprido Os fonemas podem ser: 1. Vogal 2.Semivogal 3.Consoante 1. 2. 3. Vogais são as letras: A, E, O; podendo ser também I e U Semivogais são as letras: I e U Consoantes: o resto do alfabeto como B, C, D, F, ....

Por exemplo: blusa glória clima placa #DÍGRAFO

drama atleta

trigo

livro

Conjunto de duas letras que servem para expressar um único som. São eles: rr – terra ss- isso; pássaro nh- ninho ch- chave sc- nascer qu- querer gu – guerra xc- excelente ACENTUAÇÃO GRÁFICA Sílaba tônica é pronunciada com mais vigor na palavra. Em algumas palavras são indicadas por acentos gráficos: agudo, circunflexo, trema, til, grave Classificação das palavras quanto a sílaba tônica: Proparoxítonas – Palavras que têm a antepenúltima sílaba tônica. Regra de acentuação: acentuam-se TODAS as proparoxítonas. Exemplos: lâmpada, matemática, sílaba, comprássemos, náufrago. Paroxítonas- Palavras que têm a penúltima sílaba tônica. Regra de acentuação: acentuam-se as paroxítonas terminadas em: i = júri, lápis us = bônus, vírus ã = ímã, órfã um = álbum, fórum ditongo = farmácia, série, infância, órgão l, n, r, x = fácil, hífen, açúcar, tórax on = íons ps = bíceps Oxítonas – Palavras que têm a última sílaba tônica. Regra de acentuação: acentuam-se as oxítonas terminadas em: a, e, o, em (ens) Exemplos: maracujá, café, acarajés, porém, parabéns, cipó Monossílabas – Acentuam-se os monossílabos tônicos terminados em a, e, o Exemplos: pá, lá, fé, pés, pó, nós Hiatos – Acentuam-se os –i e –u tônicos (vogais) seguidos ou não de –s. Exemplos: saída, saúde, baú, viúva, juízes, faísca

Obs: Toda vogal produz som completo !! Cada sílaba só pode apresentar uma vogal !! # ENCONTRO VOCÁLICO

Ditongo = 1 vogal + 1 semivogal índios espécie

Por exemplo : pai ameixa venceu Amazônia

a é a vogal i é a semivogal Tritongo = 1 semivogal + 1 vogal + 1 semivogal Paraguai

Por exemplo: iguais

u é semivogal a é vogal i é semivogal Hiato = 1 vogal + 1 vogal coelho rainha juiz

Por exemplo : saúde Saara

a é vogal u é vogal (neste caso) # ENCONTROS CONSONANTAIS Separáveis digno

Por exemplo: aspecto ficção subnutrido absoluto expulso Inseparáveis

ATENÇÃO !! Se o i for seguido de –nh não haverá acento !! rainha : ra-i-nha ATENÇÃO !! a palavra juiz não tem acento, note que o –i é seguido de –z e não de –s! Exercícios:

01.(UFMG- Adaptado) Assinale a alternativa que ocorre erro na acentuação: a) A festa aconteceu no apartamento dúplex do industrial. b) Nada pôde fazer para que saíssem de lá. c) Todos têm vontade de participar do safári na África. d) Aquele professor era muito austéro com seus discípulos. e) Naquele ínterim, muita gente sentiu sede. 02.(ITA-SP Adaptado) Assinale a alternativa cujas palavras devem ser graficamente acentuadas, respectivamente, pelas mesmas regras de feiúra, paranóico e têxteis a) ruido, fosseis, pudico b) juiz, parabens, amem c) substituidas, escarceu, nevoa d) baus, onomatopeico, biotipo e) enxague, caracois, heroico 03.Marque as alternativas que não apresentam qualquer erro de acentuação: 01-É proibido pôr o pé no assento 02-Atirou-se o pássaro num voo cego sobre a lagoa 03-Todos rezam pêlo sucesso no concurso. 04-Lá em casa á a empregada quem côa o café.

05-“Vê se pára de me aporrinhar!” 06-Muitos não creem em fantasmas, mas se pelam de medo ao passarem pelos cemitérios. 04.Leia o texto abaixo: Leio, logo existo Não falta quem considere o americano Harold Bloom, de 70 anos, o mais importante literário em atividade. Autor de mais de 20 livros sobre literatura e professor há mais de 40 anos – leciona nas universidades Yale e de Nova York-, ele é, no mínimo, uma figura polêmica.
Veja. 31 jan. 2001.

Assinale as justificativas corretas para os acentos empregados no texto: 1) Há três palavras acentuadas por serem proparoxítonas. 2) Duas palavras são acentuadas por serem paroxítonas terminadas em ditongos crescentes. 3) Existem dois erros de acentuação. 4) Há duas palavras acentuadas por serem monossílabas tônicas. 5) Três palavras são acentuadas pela mesma razão. 6) Há uma palavra acentuada por ser paroxítona terminada em ditongo crescente.

____________________________________________________________________________
Aulas 3, 4 e 5 Semântica Homônimos – palavras faladas ou escritas da mesma forma. Parônimos – palavras com pronúncia e escrita semelhantes. Principais homônimos e parônimos: PORQUÊS Por que = por (preposição) + que (pronome) - possui o mesmo significado de por qual/pelo qual ou por qual motivo Exemplos: Os momentos por que passei ao seu lado foram inesquecíveis. Ou Os momentos pelos quais passei ao seu lado foram inesquecíveis. Desejo saber por que me desprezas. Ou Desejo saber por qual motivo me desprezas. Porque = é uma conjunção que introduz orações subordinadas - equivale as expressões uma vez que, visto que, pois exemplos: Contei tudo a você porque já não suportava guardar segredo. Ou Contei tudo a você uma vez que não agüentava mais guardar segredo. Porquê = é um substantivo - equivale ser trocado por motivo/razão exemplos: Todos queriam saber o porquê daquelas lágrimas em seu rosto. Ou Por quê = grafados em perguntas isoladas ou antes de ponto-final, ponto-de-interrogação ou ponto-deexclamação. exemplos: Ela não nos telefonou e nem nos falou por quê. Conversamos muito e não nos entendemos. Por quê?

Todos queriam saber o motivo daquelas lágrimas em seu rosto. ESTE/ESSE Este ou esta ou isto -indicam proximidade daquilo que fazemos referência -estão sempre relacionados com a 1ª pessoa do singular (eu) e outras palavras que fazem referência a essa pessoa: mim, comigo, meu, minha,... -estão sempre relacionados com o advérbio de proximidade: aqui Esse ou essa ou isso -indica proximidade da pessoa com quem se fala - estão sempre relacionados com a 2ª pessoa do singular (tu) e outras palavras que fazem referência a essa pessoa: você, contigo, teu, tua,..... - estão sempre relacionados com o advérbio aí. Observação: Aquele/aquela/aquilo é usado para se referir de algo distante das duas pessoas que conversam (eu e tu), logo refere-se à 3ªpessoa (de quem se fala). - estão sempre relacionados com advérbio lá. Exemplos: Este objeto que está aqui não me pertence. Isso que está aí não sei o que é. Aquela roupa que está com ele não é sua? ONDE/AONDE Onde -indica lugar -é utilizado com verbos que exigem a preposição EM. Exemplos: A cidade onde resido é bela. (residir -quem reside, reside em algum lugar) O hotel onde me hospedei era bem localizado. (hospedar –quem se hospeda, se hospeda em algum lugar) Aonde -indica lugar -é utilizado com verbos que exigem a preposição A Exemplo: Aonde vais com tanta pressa? (ir –quem vai, vai a algum lugar) MAL/MAU Mal -contrário de BEM Exemplo: Ele vive mal-humorado.

Mau -contrário de BOM Exemplo: Ela está sempre de mau humor. HÁ/A/À Há -verbo haver -refere-se a tempo passado, então possui o mesmo significado de faz -pode significar também existe/existem Exemplos: Há dois anos não os encontrava por aqui. Ou Faz dois anos que não os encontrava por aqui. A -refere-se a tempo futuro Exemplo: Daqui a alguns meses estarei bem preparado para a prova. Outros significados do A: -artigo -------------------------------- A menina chegou (uma) -pronome oblíquo ------------------- Encontrou-a numa festa. (ela) -preposição -------------------------- Estava disposto a abrir o presente. (para) -pronome demonstrativo ----------- Sumiram três alunas, inclusive a que eu conhecia. (aquela) -substantivo -------------------------- O a é a primeira letra do alfabeto. À -contração da preposição a com o artigo a, recebe portanto o nome de crase. Exemplo: A criança foi à fazenda de seus avós. Alguns homônimos e parônimos: Acender – pôr fogo Ascender – subir Acento – sinal gráfico, tom de voz Assento – lugar onde se senta Acostumar – contrair por hábito Costumar – ter por hábito Afim – semelhante A fim – com intensão Cavaleiro – aquele que anda a cavalo Cavalheiro – homem educado Cela – pequeno quarto de dormir Serrar – cortar Cerrar - fechar Sela – arreio Cessão – ato de ceder Sessão – reunião Seção – corte, divisão Conserto – reparo

As pessoas buscam a televisão. a ou à: Não podia aliar-se _______turma e ir ______festa. Leia os versos de Herbert Viana e responda a questão 06: Lanterna dos Afogados Quando tá escuro E ninguém te ouve Quando chega a noite E você pode chorar Há uma luz no túnel Dos desesperados Há um cais de porto Pra quem precisa chegar (. l) ( ) Você foi mal paga pelo que fez? Então porque reclama? m) ( ) Verei você daqui a uma semana. d) __________presente que ganhei é unicamente meu. j) ( ) Não sei por que eles não reagem ao que você diz. eu direi ________________________. Empregue esse/este ou aquele. não respeitar Lactante – que amamenta Lactente – que ainda mama Mandado – ordem Mandato – período político Peão – pessoa Pião – brinquedo Precedente – antecedente Procedente – oriundo. convinha ______ela que seguisse _______recomendação do técnico quem muito devia.. Vai _____________? d) _____________você mora? 03. g) ( ) Se não queres sete bolo aqui. c) Alcance-me __________blusa que está em cima da sua perna. 04. b) ( ) Era expectador do luar no momento em que choveu. Complete com onde ou aonde: a) Não tenho espaço ________________plantar minhas folhagens. Nos versos “há um cais de porto pra quem precisa chegar”. Hoje as relações do homem com o mundo são cada vez mais construídas pela mídia. d) Eu direi daqui a pouco. d) partida. Analise as orações abaixo de acordo com as normas da língua portuguesa e marque V ou F: a) ( ) A sessão de terapia educacional teve resultados excepcionais. o jornal e a revista para .. a expressão destacada adquire o sentido de: a) desencontro. c) ( ) Foi preso em fragrante. só não sei dizer ____________________. começou a reclamar de tudo. b) ___________________não sei encontra-la triste e cabisbaixa? c) Todos gostariam de saber o _______________de ainda estar desempregado. que tal esse que está lá? h) ( ) Onde vocês vão com tanta pressa? i) ( ) Mal chegou. b) Estive em sua casa e _________não me fez bem. 05. compareceram os mais eminentes convidados. d) ( ) O xá de hortelã fez mau ao estudante. f) ( ) Conheci-as há alguns anos em Genebra. 02. proveniente Tráfego – movimento Tráfico – comércio ilícito Exercícios: 01. que _______muito tempo esperava. (Fasp-SP Adaptada)Complete corretamente o texto abaixo com há. b) _____________poderemos ir? c) Ele corre tanto. e) Dizia sempre __________: Fique mais um pouco.) 06. f) Todos os dias levanto-me às cinco da manhã e __________não me cansou nunca. g) A dificuldade __________________passei trouxe-me até aqui. ou suas derivações: a) Estou acostumado a cruzar _________rio aqui. b) destino. f) Sempre tive muito medo.Concerto – sessão musical Espectador – aquele que assiste ao espetáculo Expectador – aquele que tem expectativa Flagrante – evidente Fragrante – perfumado Infligir – aplicar pena Infringir – violar. e) ( ) No concerto da orquestra. o rádio. pois ______vésperas da competição. Complete com porquês: a) Não entendo ____________________não vens mais aqui. Exercício 07 (Cefete 2006) “Os meios de comunicação de massa são um fator central de sociabilidade contemporânea. e) O rapaz _________________se apaixonara não lhe dava a mínima atenção. face ______dedicação e competência. c) separação.

d) As pessoas buscam a televisão. . o rádio. 339) Assinale a alternativa em que o período destacado foi reescrito de acordo com a norma culta da língua: a) As pessoas buscam a televisão. pássaro. Ou O nascer do sol é belíssimo.informarem-se sobre a realidade que as cerca.” (MÜLLER. couve. c) As pessoas buscam a televisão. calor. Mariana. Elena PRIMITIVO -------------------. __________________________________________________________________________ Aula 6 Substantivo Conceito: palavra que serve par nomear. Ou Ninguém sabe como será o amanhã. frio Flexões dos substantivos: Flexão de gênero: femininos ou masculinos. canzarrão .: beija-flor -----beija-flores. p. comum-de-dois (somente o artigo varia para designar o gênero) Exemplos: menina. Alfredo Eurico V. o jornal e a revista como um modo de informarem-se sobre a realidade que as cerca.ferro. pianista Flexão de número: singular ou plural ATENÇÃO aos substantivos compostos!! -quando formados por dois substantivos ou adjetivo e substantivo. . Exemplos:Cacho (banana. o jornal e a revista para informarem-se sobre a realidade que as cerca.José. pianista CONCRETO ---------------.: amor-perfeito ----------------amores-perfeitos -somente o primeiro elemento varia quando há preposição: ex. Classificação: SIMPLES ------------------flor. o rádio. o rádio. Karla Maria & PEREIRA JR. menino. caridade.: pé-de-moleque ------pés-de-moleque -nos compostos formados por verbos ou palavras invariáveis. e) As pessoas buscam a televisão. vice-rei -----vice-reis Flexão de grau: os substantivos podem ser: Substantivo Coletivo: é o substantivo comum que. criança. demonstrativo. rua ABSTRATO ----------------. só o substantivo ou adjetivo vai ao plural: ex. Petropólis: Vozes. as duas palavras vão ao plural: ex.advérbio para substantivo Espanhóis decidem amanhã se farão greve. como forma de entretenimento e como maneira de organizarem suas vidas. entreterem-se e para organizarem suas vidas. 2a ed.2003. designa um conjunto de seres. possessivo. cão Diminutivo – corpinho. como uma forma de entretenimento e para organizarem suas vidas. piano DERIVADO ------------------. Ou Começa hoje a 20ª Festa do Verde. Par isso elas precisam vir acompanhadas de artigo ou pronomes (pessoal. sobrecomuns (designam tanto seres masculinos como seres femininos). o rádio. o jornal e a revista para informarem-se sobre a realidade que as cerca. ônibus) Manada (boi..verbo para substantivo O bebê demorou a nascer. girassol COMUM --------------------------pessoa. o rádio. o jornal e a revista para informarem-se sobre a realidade que as cerca. uva) Cardume (peixe)Esquadrilha (avião) Frota (navio.faz papel de: sujeito objeto direto ou indireto complemento nominal Normal – corpo. no singular. o jornal e a revista como meio de informarem-se sobre a realidade que as cerca. b) As pessoas buscam a televisão. In: Os construtores da informação. cãozinho Aumentativo – corpanzil. como uma forma de entretenimento e como uma das maneiras de organizarem suas vidas. FUNÇÃO DO SUBSTANTIVO NAS ORAÇÕES: . entreterem-se e organizarem suas vidas. O mundo acadêmico e as estratégias discursivas da revista Veja. como uma forma de entretenimento e para organizarem suas vidas. humildade.ferreiro. elefante)Molho (chave) Multidão (pessoas) Nuvem (inseto) Resma (folha de papel) Ramalhete (flores) Constelação (estrela) SUBSTANTIVAÇÃO DE PALAVRAS: Qualquer palavra de outra classe gramatical pode virar um substantivo. Exemplos: -adjetivo para substantivo Ela usava uma saia verde. amor COMPOSTO ----------------couve-flor. indefinido). país PRÓPRIO -----------------.beleza.árvore.. sol.

certo ou errado: a) ( ) Ancião. São Paulo. no Oriente Médio. . 03. f) ( ) Apresentam mais de uma forma para o plural os substantivos aval. que fosse – alguns cachos de uva que.) 04. c) ( ) Os substantivos aldeão. A princípio. abaixo-assinado e saláriofamília fazem. III. vilão. II. Josimar. IV.(UCSal-BA) Complete adequadamente e marque a alternativa correta: As _______vestiam casacos _______e exibiam ______coloridos. V. como se sabe. desde a Era Terciária. mel e gol. Uma vez ocorrido o ‘acidente’ com o saco de uvas. III b) II. infelizmente. o plural em anciãos. É o que deve ter acontecido com o vinho. a) porta-bandeiras / furta-cores / chapeuszinhos b) portas-bandeiras / furta cor / chapéizinho c) porta-bandeiras / furta-cores / chapeuzinhos d) portas-bandeiras / furta-cores / chapeizinhos e) portas-bandeiras / furtas-cores / chapeuzinhos 02. uma vez que a uva já existia neste local.) Caetano Veloso. Ipiranga. por isso é pôr em prática. Estão corretas as alternativas: a) I. da água do mar até ervas e mel. É correto afirmar: I. os gregos costumavam misturar de tudo.” (MELO. Há no texto referências a substantivos próprios. II. Publifolha. capitalista e doente têm a mesma forma para o masculino e feminino. d) ( ) Os substantivos adeus. corridão e anão apresentam mais de uma forma para o masculino e feminino. júnior e Júpiter ocorre hiperbibasmo na formação do plural. o título da música Sampa refere-se à cidade de São Paulo. Leia o fragmento a seguir para responder a essa questão: Sampa Alguma coisa acontece no meu coração Que só quando cruza a Ipiranga e a avenida São João É que quando eu cheguei por aqui eu nada entendi Da dura poesia concreta de tuas meninas Ainda não havia para mim Rita Lee A tua mais completa tradução Alguma coisa acontece no meu coração Que só quando cruza a Ipiranga e a avenida São João (. também mudança de sentido. IV d) I. V c) I. que utilizou para simbolizar seu sangue e que. Deselegância. isto 3 mil anos antes de Cristo. foi também um cultuador da bebida. a seus vinhos (hábito retomado na Idade Média). sênior. IV e) II. há deslocamento da sílaba tônica. fel. e) ( ) Nos substantivos caráter. girassol. II. IV. respectivamente.. personagem. Não se sabe se faziam isso para conservá-lo ou para disfarçar o seu sabor. vírus e ananás são invariáveis quanto à flexão de número. mais do que uma invenção. ou seja. III. sultão. Coração. provavelmente não demorou muito para que a humanidade percebesse o valor desse achado..Adaptada) Marque C ou E. Tudo isso pode ter acontecido há cerca de 7 ou 8 mil anos. Vinhos: um guia básico. que. foi uma descoberta. avenida São João. Aliás. Cristo. obus. Visto que é um produto tão natural que independe da mão do homem. III. poesia e esquinas são alguns dos substantivos que figuram no texto. o valor etílico: deve ter sido mais fácil acostumar-se à idéia de ter à mão uma bebida alcoólica tão simples de fazer do que apreciar um sabor tão novo e diferente. tenham virado vinho. é possível que um belo dia alguém tenha armazenado – num saco. A alternativa em que as expressões ou palavras foram utilizadas neste texto para substituir vinho é: a) bebida / achado b) acidente / invenção c) milagre / invenção d) achado / invenção 05. estudante. reproduziu por meio de um milagre (desses que. Identifique a alternativa que completa corretamente a frase: “A do setor administrativo da empresa causou muitos prejuízos. girassóis. A região do Mediterrâneo foi o grande centro de cultura e difusão do vinho. com rapidez. não acontecem mais hoje em dia). abaixo-assinados e salários-família b) ( ) As palavras sentinela. Se houver inversão de adjetivo anteposto ao substantivo no fragmento entendi da dura poesia concreta haverá. dura e concreta são adjetivos utilizados para alguns substantivos no decorrer do texto. V Exercício 4: A Primeira Taça “Muitas das grandes invenções do homem se deram por acaso.(UFSC. cós. Os egípcios usavam a bebida inclusive nas cerimônias religiosas dos funerais. dizse.agente da passiva vocativo Exercícios: 01. como um substantivo concreto. esmagados e fermentados ao acaso.

de inferioridade ex.: A garota é tão bela quanto a mãe. Exemplos: menino mal-educado ------------------meninos mal-educados Exceção ao adjetivo surdo-mudo que ambos vão ao plural -----------------------surdos-mudos Se o último elemento for substantivo nenhum vai ao plural: blusas cor-de-rosa. A fera. e) Homem magro.: Maria é a mais bela de todas. com cerca de um metro e oitenta centímetros de comprimento. ____________________________________________________________________________ Aula 8 Artigo Conceito: é a palavra que se antepõe ao substantivo para definir ou indefinir o ser nomeado por esse substantivo. Exemplo: homem corajoso. surdo-mudo. que caçava acompanhado de seu cão. atacou-o quando ele estava fazendo uma caçada na mata.” que a)paralização – imprescindível . que mora no município de Jacundá.fazem referência a algo indeterminado FUNÇÃO: . atribuindo uma característica aos seres nomeados por eles. d) Material atóxico e reciclável. b) Caixa vermelha. Emílio. 54 anos. triste. por muita sorte não foi morto por uma onça. Locuções adjetivas Expressões equivalentes a adjetivos. conseguiu matar a onça. Considerando o texto. redonda. Flexão de grau Designa maior ou menor intensidade característica.contensão – despezas – espectativas b)paralisação – imprescindível – contenção – despesas – expectativas _________________________________________________________________________________________ Aula 7 Adjetivo Conceito: é a palavra variável que modifica substantivos. quadrada. Podem ser simples (um só radical) ou compostos.um projeto de reverta as de pessimistas.sentido genérico b) uma onça c) a onça As palavras uma e a são artigos. Caçador é atacado por onça O lavrador Emílio C. Ele também teve as duas mãos dilaceradas pelo animal. M. Há duas classificações: Comparativo : da Igualdade ex. c) Toalha estampada. Exemplos: surdo. alto.material escolar Exercício 01 (Escola Técnica UFPR): Em qual alternativa os adjetivos expressam opinião? a) Espetáculo teatral deslumbrante. loiro. fantástico e envolvente. Geralmente formadas por preposições e substantivos. por exemplo: feliz. Atenção aos adjetivos compostos!! Porque só o último elemento varia. c)paralisação – imprecindível – contenção – despezas – expectativas d)paralização – imprecindível – contenção despezas – espectativas e)paralização – imprescindível – contensão – despesas – espectativas Superioridade ex. o substantivo onça aparece três vezes: a) onça (título) ------------. verde.. verde-musgo Flexão de gênero Podem variar entre masculinos e femininos. Os artigos podem ser: • definidos -------------. alegre Flexão de número Variam de singular ao plural. Exemplos: homem sem capacidade -----------.homem incapaz material de escola ------------------. grande.fazem referência a algo determinado • indefinidos ----------.: A garota é mais bela do que a mãe Inferioridade ex: A garotaé menos bela do que a mãe. mulher corajosa Existem alguns adjetivos que não variam de gênero. porém está na iminência de ficar cego do olho esquerdo. nova. Superlativo: de superioridade ex.: Maria é a menos bela de todas.

Vossa Senhoria. Ele beijou a boca . nossa. naquela. -m -----completase com no ou na.. entre outros. Existem sete tipos de pronomes na língua portuguesa: pessoal do caso reto e do caso oblíquo. minha. -z ---------retira-se as letras e completa-se com lo ou la. algo. Exemplos: meu. nos.. a) verbos terminados em –r.. vos.Pronome substituindo pronome: Exemplos: Beijou-lhe a boca. Exemplos: quem.de quem??? ------------dele (substituído por lhe) ATENÇÃO!! . eles. quem.Emprega-se geralmente o artigo definido quando o Emprega-se o artigo indefinido quando o ser ou ser ou objeto que se quer situar é conhecido ou já foi objeto de que se fala não é conhecido do falante nem mencionado anteriormente..As preposições DE e EM contraem-se com os pronomes retos da terceira pessoa do singular (ele/ela) dando dele e dela. porém. nós. Portanto. indefinidos. Exemplos: Damos os braços ----------------damo-nos Observações: 1. É normal.. 2. _________________________________________________________________________________________ Aula 9 e 10 Pronome PRONOMES DE TRATAMENTO Conceito: palavras que substituem nomes ou os acompanham.. se. Exemplos: você. comigo. conosco.. Vossa Eminência. Exemplos: Encontrei os sapatos e não os devolvi. quanto PRONOMES INTERROGATIVOS São utilizados para questionar. isso. Exemplos: algum. vários. me.Cuidado com preposições contraídas com artigos: Exemplos: É hora da empresa lucrar. nada. 3. quanto PRONOMES POSSESSIVOS Indicam posse em relação às três pessoas do discurso. teu. seu. si. te. Exemplos: Põe o sapato -------------põe –no Perdoam a vítima --------perdoam-na c) verbos terminados em –nos --------------retira o –s e completa-se com no ou na. fazem função de substantivo ou adjetivo. vosso.. senhor. aquilo. vós. outro.. -õe.. ele. cujo.. lhe. a.. PRONOMES INDEFINIDOS Expressam sentido vago ou quantidade indefinida. Em vez de eles virem pela estrada. Servem para se dirigir a alguém formalmente ou não. Exemplos: Refiz o teste -----------refi-lo Amar o filho ----------amá-lo b) verbos terminados em –ão. PRONOMES RELATIVOS Referem-se ao termo anterior na oração. onde. qualquer. relativos.. bastante. nisso. PRONOMES PESSOAIS Do caso reto: desempenham papel de SUJEITO nas orações. todo. mim. que. É hora de a empresa lucrar. ti... pouco. tomaram o atalho. tanto. cada. tua. estabelecem relação entre as orações. do ouvinte. tu. cuja. tudo. Vossa Santidade. muito. -s. alguém. -Gostaria de comprá-lo. qual. esse. qual. Exemplos: Em vez deles virem pela estrada. Exemplos: este.. quanto. não haver contração quando as preposições se relacionam com o verbo no infinitivo e não com o pronome. Quem beijou? (ele) – sujeito indeterminado “ele” beijou o quê? A boca Logo. tomaram o atalho. e suas variantes: neste. sua. certo. interrogativos e de tratamento. o. contigo. nosso. vossa e plurais. aquele. possessivos. PRONOMES DEMONSTRATIVOS Servem para demonstrar e situar algo no tempo e espaço.. Encontrei os seus sapatos. essa. Do caso obliquo: desempenham papel de objetos (complementos) Exemplos: eu. consigo. demonstrativos. Exemplos: que. ninguém. convosco. Vossa Majestade. #Os pronomes oblíquos são utilizados como objetos e podem ser contraídos com o verbo que complementam: Gostaria de comprar o doce.

c) Nunca houve brigas entre ___________ e ela. complemento Para mim. 04. d) Já é tempo de ________ criar juízo. os pronomes EU e TU só podem ser sujeitos!! Outra observação!! Os sujeitos nunca são precedidos por preposições!!! Exemplos: É para eu compreender isso. Explique pelo menos dois dos vários sentidos que podem ser atribuídos à frase abaixo: Vi uma foto sua no metrô. __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ 02. Empregue com nós. b) Os alunos estavam ______________. __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ b) Quando entraram em casa. c) Vós gostaríeis de ir ao cinema __________________. substituindo as palavras destacadas pelos pronomes pessoais correspondentes: a) Ela traz a mala e põe a mala no armário. ou preferis que fiquemos _______________. h) Amas teus pais. esse livro que está com José é meu. nem mesmo _________________três. e) Sem ____________ler. (UFBA. __________________________________________ __________________________________________ c)Faz o dever. complemento Exercícios: 01. b) Trazem livros para ______________ler. __________________________________________ __________________________________________ g) Quis o tomate maduro. sujeito Entre mim e você há compreensão. f) Fazem os deveres. viram os malandros saltarem o muro. __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ 05. __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ d) Assistiu ao jogo em companhia do pai. f) Sem ____________ você não vai! g) Para __________viver em paz. Complete com eu ou mim: a) Entre ___________ e Felipe nada houve. eles vieram ________________ mesmos. Então. 03. __________________________________________ __________________________________________ 06. necessito sossego. h) Para ___________. subir é fácil. d) Quem é este que está com você ? . __________________________________________ __________________________________________ e) Tenho que fazer o dever. Reescreva os períodos. Substitua o complemento verbal pelo pronome oblíquo e coloque depois do verbo. a) Põe a mão no bolso.Os pronomes pessoais do caso reto são apenas usados como sujeitos nas orações. b) Luís o que é isto que você leva na sua bolsa? c) Não estou de acordo com todos aqueles recursos utilizados por ela. conosco. não assino.Adaptada) Está corretamente empregado o pronome em: a) Pedro. viver em paz é preciso. com vós ou convosco: a) Ninguém quis passear _________________. __________________________________________ __________________________________________ i) Tens o dinheiro? j) Entregamos a eles. __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ __________________________________________ c) A mulher irrita a mulher quando vê a filha lavar a filha com água suja. as crianças vão e tiram a mala do armário. d) Fazes o dever. b) Pões a mão no bolso.

Convidarei eles para jantar. II. d) Eles me pediram a conta e eu dei-lhas. ( )Apreciava a paisagem. III. 07. d) A face _______________ mostrava todas as suas preocupações. numa declaração assinada diante do delegado Sérgio Alves. ( ) Não a conheço. o ‘maníaco do parque’. Estão corretas: a) I. A polícia só conseguiu obter a confissão de Pereira após saber que ele havia admitido sua culpa na presença de uma repórter de Veja. um investigador de polícia e uma terceira pessoa não identificada receberam 300. 11“É isso que garante sua credibilidade perante os leitores. Marque a alternativa em que há erro na utilização dos pronomes: a) Viram os filhos na rua àquela hora e deixaram-nos ficar. e) Não aceito a idéia ______________ partir tão cedo. alguns leitores entraram em contato com a redação de Veja em busca de esclarecimentos a respeito de uma suposta denúncia feita pelo motoboy Francisco de Assis Pereira. obstinada.” (Revista Veja. Complete os espaços em branco com as formas dele ou de ele: a) Passava do tempo __________________ ter voltado. Esse lápis que está aí com você é meu. c) Vinte e oito de maio de 2005! Foi um dia significativo para mim esse dia. Há pronomes adjetivos em: I. A palavra de Pereira não vem muito ao caso. e) Propus uma solução.Preposição ( ) Correu até a janela. Veja jamais paga – e jamais pagou – pelas informações usadas em suas reportagens. O termo A pode receber diversas classificações. Exercício 11 (CEP): Nota do Editor “Na semana passada. IV d) I. 08. d) Você conhece o novo professor de Física? Você lho conhece? e) Fizeram João desistir da viagem. b) Já era a vez __________________ e ainda não tinha aparecido. b) Suas vontades. d) a revista Veja sempre esclarece os leitores.000 reais para obter a confissão. II. 10. num interrogatório conduzido pelos policiais que cuidavam da investigação. V. Alguns rapazes não compareceram ao teste. Segundo a versão publicada nos jornais. c) Veja é uma revista séria e suas reportagens são resultado do esforço dos repórteres. Apresentei-las no tribunal. Aqui estão os seus livros. preste mais atenção. IV e) I.e) Tome esse contrato aqui e examine-o muito bem. c) Apresentei as provas no tribunal. ( ) Fui a Salvador. IV 09. IV. o próprio Pereira negou tudo. Uma revista séria não apela para esse expediente. As reportagens que Veja publica são resultado unicamente do esforço semanal de seus repórteres na apuração das notícias. fi-las todas e hoje me arrependo. 1998) 1 Contumaz: pessoa teimosa. Pereira teria dito que sua advogada. III. 12. É isso que garante sua credibilidade perante os leitores. c) Em vez de ele prosseguir no curso. Complete ao parênteses de acordo com a seguinte legenda: 1.000 reais para obter uma confissão. ( )Abriu-a. por favor. IV. ( )Refiro-me a elas ( ) Abriu a do meio. desistiu _________________. V b) II.Artigo 2. Isto está horrível. . III. ela é uma suposição absurda. a) Já pagaram ao empregado o salário do mês? Já o pagaram? b) Convidarei João e Maria para jantar.Pronome demonstrativo 4. Ele é um mentiroso contumaz1. b) os repórteres de Veja são sempre os primeiros a obter informações sobre um assassinato.Pronome oblíquo átono 3. ele passou sete horas dizendo-se inocente. V c) II. Quanto à história de que a revista pagou 300. Alguém está me prejudicando por aqui. II.(Escola Técnica UFPR): Assinale a alternativa em que se efetuou adequadamente a substituição da expressão grifada por pronome pessoal. Maria Elisa Munhol.” A palavra sublinhada resume o fato de que: a) a revista Veja jamais pagaria 300.000 reais para facilitar o acesso de um repórter de Veja ao encontro em que ele confessou seus crimes pela primeira vez. Na quarta-feira. que acompanha o inquérito. 23 set. Mesmo depois de admitir à Veja que era o assassino do Parque do Estado. mas ao propô-la fui mal interpretado.

corrijam-as e) entregarem-lhes. as corrijam 04.Hoje. você pode colocar o pronome antes. Deus me ajude ! Em se tratando de negócio. disse-me.________ vendo_________. Com atração: nunca colocar no meio da locução verbal. procurei-o 03. (UEM. logo que se vê a beleza da vida.Pronome pessoal do caso reto atrai ou não o pronome. Exercícios: 01. corrijam c) lhes entregarem. (FCC-SP) Nem se quer ________ das coisas que __________ quando __________.________ visto __________. no meio ou depois. OBSERVAÇÕES: . Exemplos: Ela te tinha amado. ______ imediatamente. só pode colocar antes ou depois da locução.Próclise é a mais importante!! . A realidade é esta.Eu amo-te. Explique-se por favor. a) lhes entregarem. • Com atração: a única opção de colocação pronominal é antes da locução verbal. procurei-o b) se lembra. é necessário algo atrair o pronome para a frente do verbo. no meio ou depois da locução verbal. você decide!! Exemplos: Eu te amo.Adaptado) Assinale a alternativa cujo emprego de próclise obedece à mesma regra de Deus me livre ! a) Quem me explicou esse assunto? . Logo. Colocação pronominal em locuções verbais: Verbo no INFINITIVO ou GERÚNDIO • • Sem atração: qualquer lugar. não confio em você.Vírgula elimina atração !! .________ vendo________. A colocação pronominal é denominada de: PRÓCLISE – pronome ANTES do verbo Para isso. Exemplos: Dar-te-ei um beijo. o procurei e) lembra-se. Dar-te-ia um abraço. o procurei d) se lembra. Aqui se trabalha. 02. Verbo no PARTICÍPIO • Sem atração: colocar o pronome antes ou no meio da locução. Algumas palavras na língua portuguesa exercem essa função. ------ou ------. Complete com o pronome em local adequado: a) Eu ________ estou. me disse.Fizeram-no desistir da viage Aula 11 e 12 Colocação pronominal Os pronomes podem ocupar três lugares em relação ao verbo: antes.(FCC-SP) Quando ______ as provas. quando ela chegar. e) Ela nunca ________tinha ________ amado ________. corrijam-as b) lhes entregarem. ---. me disse. b) Eu não ________ estou. d) Ela ________ tinha ________ olhado __________. Ela tinha-te amado. me disse. a) se lembra. Quero abraçá-la e beijá-la muito. c) Eu ________ havia. Exemplos: Eu te quero abraçar. trabalha-se muito. disse-me. Eu quero te abraçar Eu quero abraçar-te. Hoje se trabalha muito. procurei-o c) lembra-se. JAMAIS usar o pronome depois da locução verbal com verbo no particípio. ou seja. MESÓCLISE – pronome no MEIO do verbo Só é utilizado com verbos no futuro do presente e futuro do pretérito. Não te vejo a meses. corrijam-nas d) entregarem-lhes. São elas: • Pronome • Expressões negativas • Advérbio • Conjunção • Orações exclamativas • Em + gerúndio Exemplos: Todos me amam. se você não fosse embora. ÊNCLISE – pronome DEPOIS do verbo. Exemplos: Corri para defendê-la.

Exemplos: A Terra realmente continua a ser um planeta de descobertas.. Estão corretas quanto à colocação pronominal : a) todas as frases. tão. • Modo: assim. indicando uma circunstância. embora pouca atenção lhe demos.. d) No Brasil. Ninguém chegou a convencelo da necessidade de descanso. e) A frase B está correta. trabalha-se muito e ganha-se pouco. aqui. meio. se o pressionássemos mais.. 07. não para eliminar erros. acaso. -O advérbio tão está intensificando o significado do adjetivo ruins. A reescrita da frase é simplesmente uma opção estilística. João construiu seu arraial popular ali. um adjetivo. apenas... neste caso mal. • Intensidade: bastante.Assinale a alternativa incorreta quanto à colocação pronominal: a) Todos sentiram-se um pouco culpados. _______________________________ . provavelmente. realmente. Grande parte da população adulta lê mal. de forma alguma. Grande parte da população adulta lê muito mal..Que os céus nos protejam! Na desventura. -O advérbio está intensificando o outro advérbio. b) c) d) e) B) Bebo-o porque é líquido. Pode-se reescrevê-la por uma opção de estilo. Estradas tão ruins. pior.. Sua forma correta é: Bebo-o porque é líquido. Exemplos: João construiu seu arraial popular. nunca. lá.. muito. pouco. comeriao. frente a frente. b) I. se fosse sólido. III.. assim sendo: • Afirmação: sim. • Dúvida: talvez. excessivamente.. c) A frase B pode ser reescrita como: Bebo-o porque é líquido. ____________________________________________________________________________ Aula 13 Advérbio Conceito: Palavra que modifica o verbo. com certeza. • Tempo: hoje.. d) O segundo pronome da frase B deve ser eliminado. Contaria-nos tudo. III. b) Deus nos livre de sua presença! c) Tal atitude não se deve elogiar. Não sabemos quem telefonou-nos ontem à noite. vê-lo-ia após o jantar. como. se fosse sólido. de fato. bem.. IV e) IV. se fosse sólido. b) A colocação pronominal em A está correta. jamais. I... Muito se ouviu falar das novas medidas do governo. outro advérbio ou uma oração inteira. ________________________ Talvez caiam pancadas de chuva na região Sudeste. V 06. II. IV. Indique a afirmação correta quanto à colocação pronominal: a) Uma forma possível de reescrever corretamente a frase A é: Fiz-lhe porque quis.. sempre. Afaste-se daqui ! Deus nos convida. (UFPR. Lamentavelmente o Brasil ainda tem 19 milhões de analfabetos. -O advérbio modifica o verbo dando a ele uma circunstância. comeria. de repente. Estradas ruins. quase. III d) I. comê-lo-ia. lado a lado..Adaptado) Observe o uso dos pronomes nas frases abaixo atribuídas a Jânio Quadros: A) Fi-lo porque qui-lo.. ontem. • Lugar: abaixo. longe. -O advérbio destacado está modificando a oração inteira. junto. certamente. 05 (Cefet): Observe os períodos a seguir: Entregar-lhe-emos todos os comprovantes. muitos se entregam a Deus... suavemente. II. perto. V. • Negação: não. mal. II c) I.. e) O filme. amanhã.. CLASSIFICAÇÃO: Os advérbios podem ser classificados de acordo com as circunstâncias que eles desempenham. de jeito nenhum. acima.

ainda não concluído. Modo Indicativo --------------. é incontestável Futuro do pretérito -------------. Nessa relação. São elas: A PER ATÉ PERANTE ANTE POR APÓS SEM COM SOBRE CONTRA SOB DE TRÁS DESDE EM ENTRE PARA ___________________________________________________________________________________________ Pretérito mais-que-perfeito ------------. ____________________________________ Preposição Conceito: é a palavra invariável que relaciona dois termos. jogado. no tempo.indica Fatos. _____________________________ As águas atrasadas derramavam-se em desordem pelo mato.FARIA. Exemplo: Amanhã vamos ao cinema. Modo Imperativo ------------ORDEM (função de linguagem: apelativa. texto pupblicitário) .AÇÃO Aula 14. avise-me. um termo completa o outro ou explica o sentido do outro.SE/QUANDO -Apresenta fato anterior ao momento atual e -exemplo: Quando ela vier aqui.indica hipótese.SE na -exemplo: Se saíssemos cedo. 15 e 16 MAIS VELHA ACABADA Verbos -Apresenta um fato anterior a outro no passado. _________________________ De jeito nenhum vou mudar de colégio. vamos jantar fora.AMANHÃ TEMPOS E MODOS VERBAIS -Fatos que irão acontecer.ONTEM INACABADO Presente -------. Modo Subjuntivo -------------. João construiu sua casa. é o TALVEZ Pretérito imperfeito ----------.ONTEM ACABADO Futuro ---------. ___________________________________ Os pardais acordavam de manhã. Exemplo: Quando cheguei ao aeroporto. MAS NÃO FEZ NEM FARÁ Presente -------. Exemplo: Isabela Exemplo: Ganharíamos na mega sena.QUE -Apresenta fato anterior ao momento atual. ___________________________________ Foi ali perto que. a montanha mais alta do planeta. Pretérito perfeito ------------. Exemplo: Viajaremos ao exterior nas férias. -Usado para enunciar fatos atuais. os meninos adoravamPretérito imperfeito --------.Turistas arriscam a vida para escalar o Monte Everest.__________________________________ Comem doces em excesso. mas -exemplo: para que elas estudem. não teríamos provado seu bolo. Futuro do presente --------------. -Futuro próximo.AGORA -Expressa um fato futuro condicionado a outro. há 100 anos. concluído Exemplo: Esqueci o mundo naquele momento. Exemplo: Isabela era linda. o avião já Conceito: palavras que expressam ações situando-as partira. dúvida. Os meninos adoram-na. __________________________________ Sul e Sudeste terão hoje dia nublado. se tivéssemos é linda.

a) sê / ponha / vem b) sê / põe / venha c) sejas / põe / vem d) sejas / ponhas / venha e) seja / põe / vens 03. uma ambigüidade gerada pela locução sua mãe. Exemplo: Alugam-se casas. Assinale a alternativa em que as frases 1 e 2 se relacionam da mesma forma que as do modelo abaixo: 1 . Vozes do verbo VOZ ATIVA – Sujeito é ativo Exemplo: Eu obedeci a lei. retirando-se o s. o que deixou sua mãe extremamente preocupada. e) Trabalha-se muito. c) Lêem-se livros. Eu sou amada por ele.O governo federal desapropriou aquela faixa de terra. no enunciado.Exemplos: . Exemplo: verbo: CANTAR Eu __________________________________________ Tu __________________________________________ Ele __________________________________________ Nós __________________________________________ Vós __________________________________________ Eles __________________________________________ Negativo – todas as pessoas derivam do presente do subjuntivo. haja prejuízo do significado. VOZ PASSIVA – Sujeito sofre a ação = Sujeito paciente Exemplo: A lei foi obedecida por mim. VOZ REFLEXIVA – o sujeito faz e sofre a ação Exemplo: A criança machucou-se ao cair. d) A forma verbal havia partido pode ser substituída por partira sem que.Saia da sala agora ! . 3. exceto as segundas pessoas(tu e vós) que provêm do presente do indicativo. A poesia foi decorada pelo menino. A partícula –se está indeterminando o sujeito. Os alunos compraram os livros. (Fesp-PR) Observe os processos de transformação das orações: 1. ou seja.Não coma isso ! Formação do imperativo: Afirmativo – os verbos vêm do presente do subjuntivo. -Utiliza-se Tempo Composto. 02. Não é voz passiva sintética. Sintética Analítica O pai havia partido sem deixar nenhum recado ao filho. verbo auxiliar + particípio -NÃO existe objeto direto na voz passiva! -SÓ verbos transitivos diretos podem ser empregados na voz passiva! A voz passiva pode ser analítica ou sintética: Na sintética utiliza-se a partícula –se depois do verbo. Atenção!! No caso de: Precisa-se de empregados (por exemplo). Processos absolutamente idênticos parecem nos seguintes pares: a) primeiro e segundo b) primeiro e terceiro c) primeiro e quarto d) segundo e terceiro e) terceiro e quarto 04.Casas são alugadas. 4. e) Há. c) O enunciado é composto de duas orações que encerram uma relação de causa e conseqüência. O vento fechou a porta. A porta fechou com o vento. ______ os livros nessa mesa e _____ logo começar o trabalho. ---.(PUC-PR) Considere a frase abaixo e responda: 05. Os alunos os compraram. 2. . O menino decorou a poesia. Exercícios: 01. com isso. Assinale a alternativa falsa: a) As formas verbais havia partido e deixou expressam ações simultâneas. d) Precisa-se de empregados. Ele me ama.(PUC-PR) O período Consertam-se calçados é sintaticamente equivalente a: a) Conserta-se calçados. b) A forma verbal havia partido expressa uma ação anterior à forma verbal deixou. b) Calçados são consertados. Não _____ preguiçoso.

. nós. tu . 2. fenômenos da natureza Oculto ou desinencial – eu.Aquela faixa de terra foi desapropriada pelo governo federal. ____________________________________________________________________________ Aulas 17.Analise sintaticamente as orações abaixo: a) O povo o elegerá seu representante. São os complementos. INTEGRANTES e ACESSÓRIOS. Aqui analisaremos os períodos simples. Eles podem ser complementos verbais ou nominais. ---------. 2. 2.O velhinho foi ajudado por algumas pessoas. 2. Exercícios: 01.A presença de um objeto não identificado é detectada pelas Forças Armadas. f) O alvo foi atingido por uma bomba formidável.Um mendigo agrediu a si mesmo esta madrugada.I. -------.Termos Integrantes g) Esqueci o recado. Jorge necessitava de ajuda para resolver os deveres da escola. 2. a)1.ele. 18. .Termos Essenciais São aqueles termos que sem eles não existiria oração. c) Não havia público para o espetáculo.Estão realizando uma nova pesquisa social. faremos a análise sintática.predicado nominal A aluna anda pelo parque.Os radares da Aeronáutica detectaram a presença de um objeto não identificado. Compreendem os SUJEITOS e PREDICADOS SUJEITO Podem ser classificados como: Simples – 1 núcleo – 1 substantivo Composto – 2 ou + núcleos – 2 ou + substantivos Indeterminado – 3ªpessoa plural / VTI-se com preposição Inexistente – haver (existir). d) 1. c) 1. e) 1. 19 e 20 Sintaxe Os períodos podem ser classificados como simples ou compostos. O. Toda sentença é composta por termos ESSENCIAIS.Está se realizando uma nova pesquisa social.predicado verbo-nominal .2 . – termo que completa verbo transitivo direto (VTD) • O.Agrediu-se um mendigo esta madrugada. b) Chegaram cartas e telegramas.D.Demitiram o ministro do planejamento.Algumas pessoas ajudaram o velhinho.I. e) Encontrei a bolsa perdida.D.O ministro do planejamento demitiu-se.predicado verbal A aluna saiu triste. • O. – termo que completa verbo transitivo indireto (VTI) Já o complemento nominal é o termo da oração que completa o sentido de um nome (substantivo. Os objetos completam o sentido do verbo nas orações. vós PREDICADO Pode ser: verbal VTD / VTI / VTDI / VI nominal – verbo de ligação + predicativo do sujeito verbo-nominal – VTD / VTI / VTDI / VI + predicativo do sujeito ou do objeto Exemplos: A aluna anda triste. Os complementos verbais são classificados como objetos diretos e indiretos. -------------. O. adjetivo ou advérbio) Exemplos: Maria ganhou presentes em seu aniversário. Logo. b) 1. d) Os assalariados estão descontentes.

2.numeral 90% sofreram.núcleos unidos por ou Ele ou Luís será eleito presidente. choveu e ventou. ( ) Vazios foram aqueles momentos. Sujeito simples . Os Estados Unidos importam matéria –prima. minha prima. 2. (sujeito) a) b) c) d) e) F. 1. F ____________________________________________________________________________ Aula 21 Concordância Verbal Regra Geral: o verbo concorda com o sujeito a que se refere em pessoa e número. 2 1. . d) A noite estava agradável. espero Marina. c) Mauro. assinale a alternativa que corresponde à seqüência correta à função sintática dos termos destacados.fundador do grêmio escolar. a) b) c) d) e) 1. Exemplo: Maria! Desça logo! Agente da passiva – termo da oração na voz passiva que representa o ser que pratica a ação. está desanimado. c) Precisa-se de professores. COLUNA A 1. 2. V. 3 3. Exemplo: A banda tocou boleros inesquecíveis. 03.3 • 04. vocativo e aposto: a) Paulo disse que José. Vem sempre regido por preposição. (UFPR. Exercícios: 01. meu vizinho João comprou uma televisão.(UFPA) Numere a coluna B de acordo com os códigos da coluna A e. 1. 2.: Vossa Excelência está indisposto. telefone-me assim que Teresa chagar. 2. Os animais não devem ser caçados pelo homem. . 02. 3. Vocativo – termo utilizado para chamar ou invocar alguém. e) Júlio. b) Ninguém se apresentou. está doente. F F. 1. V. 2. aposto e vocativo. 3.Termos acessórios São termos que podemos desprezar sem mudar o sentido da oração. Exemplo: Nossos desejos serão atendidos pelo gênio. (sujeito) ( ) Esqueceu-me o passado. • COLUNA B ( ) O dinheiro tornou-os insensíveis.núcleos formados por nome próprio no plural Campinas é uma bela cidade. V V. 2. ( ) Frágeis eram seus argumentos. . 3. 2. agente da passiva. V.Adaptado) Qual a oração sem sujeito? a) Falaram mal de você. avião das 8 horas. ( ) O céu nublado prenunciava chuva. 3 3. b) Joana. Exemplo: O aluno. a seguir. ( ) Considero duvidosa sua posição. V F. • Aposto – esclarecimento ou explicação. Concordâncias Especiais: Sujeito composto .(Unimar-SP) Assinale a alternativa correta.h) Esqueci-me do recado. ex. em que a frase cujas palavras destacadas são. e) À noite. Ex. d) Maria. F.pronomes de tratamento Verbos sempre na terceira pessoa do singular. respectivamente. no i) Aos chefes da tribo ofereceram os bandeirantes objetos valiosos. estava distante e alheio de tudo. (sujeito) ( ) Um dia de tufão abateu-o pela raiz. F V. treinador do time. F. São eles: adjuntos adnominais. 3. Adjunto adnominal Predicativo do sujeito Predicativo do objeto j) . 2. adverbiais. 2 3. 3. com ansiedade. 90% da população sofreu. Marque V ou F e assinale a alternativa correta: ( ) Mas de há muito não há pássaros.

---. Verbo SER Concorda ora com o sujeito. abandonou b) faz. a) Já não (existir) razões para temer novo incêndio. Aluga-se casa. o verbo concorda com o sujeito Ex. Analise os termos grifados e marque a alternativa correta quanto à norma culta.: A vida são os problemas que temos.(Fempar) Marque a alternativa em que o verbo entre parênteses deve tomar forma da terceira pessoa do singular. 02. escolhendo uma das formas entre parênteses: a) A vida _______________ as lutas de todos os dias. pessoas perigosas.: Faz dias que não chove. 06.(é/são) e) A criança _____________ as alegrias dos pais. desenvolvido . c) Quarenta famílias moradoras de áreas rurais isoladas já têm acesso à luz elétrica. telefonia e bombeamento de água. (Cefet-2006) Assinale a alternativa correta quanto à concordância verbal: a) Uma única plataforma. as muitas manifestações populares de rua. abandonou d) fazem.(era/eram) c) Aquilo não _____________condições de vida humana.(era/eram) d) A resposta _____________ dois números. não se (admitir) discriminações raciais. existiram.(Santa Casa-SP) Não chove ___________ meses. Ex.. vão darmais segurança e precisão aos vôos de aviões de pequeno porte.Preencha as lacunas das frases a seguir. aqui (haver) muitos animais silvestres. a) Atrai investimento estrangeiro os programas mais voltados à área social. c) Num país civilizado. e) Devem existir por lá. Sujeito inexistente Verbo sempre na terceira pessoa do singular. existiu. concepções absurdas. b) A educação em todos os níveis precisa de muita atenção do governo. Para sujeito formado de nome próprio ou que designa pessoa. foi concebida para suprir falhas que possam existirem nos dois sistemas quando usados isoladamente.(é/são) b) Pedrinho _____________ as desgraças da família. d) Imaginei que houvessem pessoas educadas por aqui.: Deram oito horas no relógio. c) Existem. (realizou/realizaram) b) _____________________-se maiores informações sobre o próximo congresso. c) Foi observado. (Unesp-SP) Assinale a alternativa que contém erro de concordância verbal: a) Eu havia perdido a tranqüilidade. b) Deve haver erros na redação. prevalece a concordância com o predicativo. Precisa-se de empregados.(era/eram) 05.(solicita/solicitam) c) _____________________-se de engenheiros com experiência de cinco anos na área. d) Parece-nos (estar) eles dispostos a qualquer coisa. televisão.Deu oito horas o relógio. rádio. Precisa-se de empregado. b) Antigamente.partícula -se Alugam-se casas. abandonar 07. chamada de Sistema Modular de Altitude e Navegação. existiu. Escolha a forma verbal adequada entre parênteses e transcreva-a: a) _____________________-se grandes obras no governo de Juscelino. a) faz. e) Há tempos existe colaborações por parte dos alunos interessados. Se o sujeito for coisa. Ex. e) Os Estados Unidos (produz) enormes quantidades de trigo. b) A plataforma integrada. ATENÇÃO!! **Cuide com os sujeitos. como por aqui.(necessita/necessitam) 04. com muito interesse. abandonaram c) fazem. 03. graças a um novo modelo de utilização de energia solar. Exercícios: 01. existiu. existiram. d) Não se divulgará as causas desse problema ainda que você implore. ora com o predicativo.: O homem é as alegrias do mundo. abandonaram e) fazem. Ex. onde estão integradosdois sistemas de navegação – sistemas inerciais e Sistema de Posicionamento Global (GPS) -. mas a esperança e o vigor que sempre ____________ no sertanejo não o ______________. em sua imaginação.

passe os resultados por telefone ou internet a um banco de dados da IDVida.(Cefet-PR) Assinale a alternativa que apresenta erro de concordância nominal: a) Segundo o oficial. IV.anexo. o aluno e a aluna. incluso.dia e meia (metade de uma hora) . desabitados) IV. V II. abafados) V. das famílias pesquisadas. empresa que trabalha com cartões de identificação e informação na área da saúde. alto = essas palavras são invariáveis quando funcionam como advérbio.Adaptado) Assinale a alternativa em que qualquer uma das formas colocadas entre parênteses preenche adequadamente a lacuna: I. meio anexo. considerando que o adjetivo em função de predicativo deve concordar no plural: a) O caipira e a sua mulher ficaram desconfiados. pois era a primeira vez que ficavam sós diante do examinador.Eram bastantes pratos sobre a mesa. meias anexas. mesmo. Estou meio tonta.(UMC-SP) Seguem _________as cópias e nelas há __________letras __________ apagadas. bastantes.: É proibido entrada. Recebi a carta anexa.é proibido. . Mas. devido à gravidade do momento. lado a lado. como querosene. obrigado. bastantes. O avião sobrevoava vales e montanhas __________(desabitadas. longe.a expressão em anexo é invariável.: Li os trabalhos em anexo. é preciso = expressões que variam somente se o sujeito vier acompanhado de palavra determinativa (artigo. III. III III. e) Julguei-os capacitados. importados) II. III. meias e) Um aplicativo permite que diabéticos. bastante.: Leia o trabalho anexo. 03-(UFPR. V I. quando são adjetivos na oração elas variam concordando com o substantivo que acompanham. Exemplo: Tinha feito uma prova difícil.É proibida a entrada Bebida alcoólica não é bom.A bebida alcoólica não é boa. bastantes. b) As alunas estavam meio nervosas com a prova. 70% gastavam cerca de US$10 com energias não renováveis. b) Tenho o réu e seu comparsa como mentiroso. A aluna disse obrigada em voz alta. numerais.) b) c) d) e) anexo. Ex. p. Encontrou janelas e porta __________(aberta.São sapatos caros. Presenteou-o com vinho e champanhe ________(importado. Aula 22 Concordância Nominal Regra Geral: artigos. 2004. é necessário. vela de parafina e pilhas. mas em excesso pode ser perigoso. enormes) III.(um pouco) ----.Era meio. Exercícios: 01. dez. d) Um estudo do Ideaas. é bom. II. (Trechos adaptados da revista Pesquisa. Ex. meio. Sucederam-se noites e dias_________ (abafadas. Apoderou-se dele. bastante. meia anexas. ao mesmo tempo. . Essas roupas custam caro.o nível de acúcar no sangue . a tropa permaneceria alerta. c) Água tônica é bom para a digestão. ---.: São exercícios bastante difíceis. Ex. de Porto Alegre. d) Tenho por mentirosos o réu e seu cúmplice. a) anexas. ________temor e ódio. meio 02. no 106.(FVG_ RJ) Assinale a frase incorreta. c) Lúcio e Vera caminhavam amuados. --. barato. (enorme.pelo engenheiro gaúcho Fábio Luís de Oliveira Rosa.bastante. apontou que. quite = Esses adjetivos concordam com os nomes a que se referem. V 04. pronome) Ex. Concordâncias especiais: . abertas). adjetivos e pronomes concordam em gênero e número com o substantivo. ---. IV. V II. ---. numeral. após fazer as medições de glicemia . caro. a) b) c) d) e) I. d) Você escolheu mau lugar e hora para tratar de assunto tão sério! e) Estamos quite queridinha! ____________________________________________________________________________ .

A -ASSISTIR – VTD (prestar assistência) . será farta considerável belos 02-Indique a alternativa na qual a regência utilizada desobedece ao padrão da gramática normativa: a) Esta alternativa obedece o padrão da gramática. No entanto. nem todos esses verbos são regidos por preposições. . são chamados verbos transitivos.Alguns verbos necessitam de complemento.A -CHAMAR – VTD (convocar) .EM -PAGAR – VTD (coisa) .VTD -LEMBRAR-SE/ESQUECER-SE – VTI .VTI (ter afeto a) -A/LHE -RESPONDER – VTI – A/LHE -VISAR – VTD (fazer pontaria) . respirar) .Alguns verbos e suas regências: -AJUDAR .DE -NAMORAR .VTI (ver) .VTD -ASPIRAR – VTD (sorver.VTI/VTD (apelidar) . d)Guimarães Rosa é o escritor que mais aprecio.VTI (desejar) .VTI (objetivar) .( Aula 23 Regência Verbal .A -IMPLICAR – VTD (acarretar) -LEMBRAR/ESQUECER .LHE -CHEGAR – VI . c)Esse foi um ponto que todos se esqueceram. Apenas os verbos que se completam com o uso de objetos indiretos.A Praticando: Assinale F para as falsas e V para as verdadeiras: Exercícios: 01-Assinale a frase correta quanto à regência: a)A peça que assistimos foi muito boa. b) Estes são os livros que precisamos.VTI (pessoa) – A/LHE -PREFERIR – VTI (algo a alguma coisa) -A -QUERER – VTD (desejar) . . ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ( ) Visamos um futuro melhor em que a felicidade ) Visou o animal que estava a uma distância ) Esqueceu-se de apagar a luz ) Lembrou da amiga que não via há anos ) Perdoei-lhe as ofensas ) Perdoei-o as ofensas ) Chegamos aonde sempre desejávamos ) Chegamos onde sonhávamos ) Chamei-lhe ladrão ) Quero-o muito bem ) Quero-lhe muito bem ) Os filhos obedecem aos pais ) Prefiro água a sucos ) O médico assiste o doente ) Tenho assistido as aulas ) O teste não agradou aos alunos ) Preferimos isto àquilo ) Ele aspira a uma posição maior no governo ) Ela aspira os aromas das flores ) A mentira implicou a sua prisão ) Namorei a menina durante meses ) Quer namorar comigo? ) Estamos na casa de uma amiga ) Fui à festa ) Simpatizo com esse garoto cujos olhos são ) Essa caneta custou caro ) Comunicou aos colegas o ocorrido ) Informou os colegas do ocorrido ) Avise a Elaine da aula à tarde ) Proíbo você de estudar tanto ) Pagou-lhe o que devia ) Pague suas dívidas e)O ideal que aspiramos é conhecido por todos.VTD -NECESSITAR – VTI -DE -OBEDECER – VTI – A/LHE -MORAR – VTI .

Casal procura via Internet seu filho seqüestrado. 2.Lembrei o nome do funcionário que foi 05. c) Que ele tinha passado no concurso. Exercícios: 01. 03. achei c) Cheirou a flor antes de me oferecê-la preferível mais ir ao jogo do que sair com d) Os detidos cheiravam a entorpecente. d) O João disse ao Jorge que ele. e) Um livro aberto é um cérebro que fala. ___________________________________________________________________________________________ III. tinha passado no concurso. d) Só lhe faltou mandar-me embora de casa. 2. c) Quando o doente escapa. c) Peri ficou imobilizado por centenas de lanças que visavam o meu peito. sem a qual era impossível conseguir os documentos. d) 1. um coração que chora. 2. 2.Marque a alternativa correta quanto à pontuação: a) Em casa a mulher é. 2.A cidade de que me referi é a mesma cujo centro foi armado um grande circo. o verbo rege admitido na semana passada.Em se tratando de esporte.Os enunciados abaixo têm casos de ambigüidade: I. o João disse ao Jorge. uma alma que perdoa. 2. d) Jamais me esquecerei daquele fato marcante em minha vida. Em que alternativa não acontece o c) 1. II. um amigo que espera. de acordo com a norma culta. quando o doente morre. sem a Aula 24 chave dele era impossível conseguir os Pontuação e Ambigüidade documentos. b) Ele cheira a farsante. e) Avisaram-no que a reunião começaria no horário marcado? . esquecido. b) 1. dizendo ao treinador que a sua bola tinha ficado no armário dele.O pai proibiu o filho de sair com o carro dele. b) Orelha quente alguém fala da gente. fechado. O João disse ao Jorge que ele tinha passado no concurso. b) Raul ligou ao treinador dizendo que a bola dele tinha ficado no seu armário. 02. destruído. a sogra o ministério da defesa e o homem o ministério da despesa. 04. 03.As idéias que simpatizamos foram expostas na reunião. achei mesmo? preferível ir ao jogo do que sair com os a) Isso me cheira a desonestidade. preposição. não costuma haver distúrbios na fila.Casal procura o filho dele seqüestrado via Internet.A cidade que me referi é a mesma cujo centro foi armado um grande circo. e) A enxofre cheirava a mina. Em tudo o que cheira a comida. e) 1. e) Marcos perdeu a chave sem a qual era impossível conseguir os documentos do arquivo. Raul ligou ao treinador dizendo que a sua bola tinha ficado no armário dele.Assinale a alternativa em que a segunda frase corrige a primeira.As idéias de que simpatizamos foram expostas na reunião.Em se tratando de esporte. e) Quando Lígia entrou. Assinale a alternativa em que a regência do verbo destacado contraria a norma culta da língua: a) Ele queria aos pais. amigos. falam mal então. d) Quem quiser aprender a amar. sempre será discípulo quem quiser ensinar a amar será mestre. 2. Indique aquela(s) que elimina(m) a ambigüidade: a) Raul ligou.b) Entretanto. a) 1. governo. foi o médico que o matou. b) 1. Abaixo são sugeridas novas redações.Lembrei do nome do funcionário que foi admitido na semana passada.Posso informar aos senhores de que ninguém ousou desmenti-lo. bateram onze horas no relógio da sala. Jorge.O pai proibiu o filho de sair com o seu carro. os amigos. b) A vida a que aspirava era uma ilusão. f) Marcos perdeu a chave do arquivo. contudo não queria os livros. Marcos perdeu a chave do arquivo. foi Deus que o salvou. c) Jamais poderão existir tantos recursos para tantos planos.Posso informar os senhores que ninguém ousou desmenti-lo. se é a esquerda paixão se é a direita.Em que alternativa a ambigüidade contida na primeira frase é desfeita na segunda? a) 1.

d) Vírgula / dois-pontos / ponto-e-vírgula / ponto-e-vírgula.Considere a oração: A vizinha do sapateiro chamou seu primo. as mais adiantadas absorvendo as mais atrasadas. A merenda. as mais adiantadas absorvendo as mais atrasadas.Estivemos no navio do porto o qual foi interditado. c) Na realidade. c) Ponto-e-vírgula / ponto-e-vírgula / ponto-evírgula / ponto-e-vírgula. De quem pode ser o primo? I. embora se lhes reconheça a origem africana. originando uma verdadeira simbiose ou sincretismo religioso. deverá haver queda na safra de cereais.O ministro. 2. umas se fundindo a outras. A partir daquele dia ( ) o filho assumia várias responsabilidades familiares ( ) a de levar o irmão à escola ( ) a de buscar a mãe na loja ( ) a de fazer todas as compras do dia. aos poucos foi reforçada. umas se fundindo a outras.O velhinho esbarrou no homem com seu guarda-chuva. Outra forma correta de pontuar o período é: a) Na realidade. 04. A merenda que era distribuída. foi reforçada. I.2001. Exercício 07 (Cefet-2006) “Na realidade. originando uma verdadeira simbiose ou sincretismo religioso. III. II. depois de uma cirurgia cardíaca. originando uma verdadeira simbiose ou sincretismo religioso. são a resultante de uma mescla curiosa. regressou a Brasília com cerimonial de chefe de Estado. deverá haver queda na safra de cereais – afirmam especialistas. Arthur.De outra pessoa Estão corretas: a) Apenas a I. Maria. Devido à ausência de chuvas. as mais adiantadas absorvendo as mais . são a resultante de uma mescla curiosa: várias formas míticas entraram em contato.O velhinho esbarrou no homem com o guardachuva. chegou. b) Vírgula / dois-pontos / dois-pontos / vírgula. pontuadas de duas maneiras diferentes. onde várias formas míticas entraram em contato. e) 1. III d) Apenas a II. embora se lhes reconheça a origem africana. b) Apenas a I e II. O negro brasileiro. Devido à ausência de chuvas. 2. Do sapateiro III. p.Estivemos no navio do porto que foi interditado. b) Na realidade.” (RAMOS. as religiões e cultos do negro e do mestiço brasileiros contemporâneos. umas se fundindo a outras. III 06. e) Dois-pontos / ponto-e-vírgula / vírgula / vírgula.c) 1. embora se lhes reconheça a origem africana. onde várias formas míticas entraram em contato. que era distribuída aos poucos. houve alteração de sentido em: a) I b) II c) III d) I e III e) I. Da vizinha II. as religiões e cultos do negro e do mestiço brasileiros contemporâneos. 5a ed. c) Apenas a I. II. são a resultante de uma mescla curiosa: onde várias formas míticas entraram em contato. IV e) todas 05-(Unifor-CE) Leia com atenção as frases abaixo.. 2. Com a mudança na pontuação. III. são a resultante de uma mescla curiosa. na seqüência. 114). Os espaços foram preenchidos. II. Maria. com: a) Ponto-e-vírgula / vírgula / vírgula / vírgula. as religiões e cultos do negro e do mestiço brasileiros contemporâneos. Da pessoa a quem se fala. as religiões e cultos do negro e do mestiço brasileiros contemporâneos. IV.O ministro regressou a Brasília depois de uma cirurgia cardíaca com cerimonial de chefe de Estado. a moça que esperávamos chegou. afirmam especialistas. a moça que esperávamos.(PUC-SP) Observe o enunciado e preencha os parênteses com os sinais de pontuação adequados. as mais adiantadas absorvendo as mais atrasadas. umas se fundindo a outras. embora se lhes reconheça a origem africana. d) 1. Rio de Janeiro: Graphia.

contemplaram a verdade. pela simples razão de que elas se e) III. aqueles que não estão convictos de ser Existem. de audição. Por que escutar? Somente expressivos não se restringe às palavras. Mas quem está convicto não d) A fala é indispensável na mediação entre se dá conta da própria bobeira. Absolutamente certo. onde reconheça a origem africana. umas se fundindo a outras. Fayga. existe um centro neural responsável III. se atrofiam. Peço perdão aos professores. 1999. IV.. são a várias formas míticas entraram em resultante de uma mescla curiosa. 1999. Quem não está convicto nosso mundo interno e o externo. Interpretação de texto V. se todos almejam ficar esguios e sabem que a II. Rubem. IV. se agigantam. E o problema é que não há c) II. dizendo é um engano. são a contemporâneos.) forma de comunicação. da própria. umas se fundindo a outras..Adaptado) Fico logo arrepiado quando ouço alguém afirmar: Assinale a alternativa que contempla somente “Estou convencido de que.atrasadas. e) Para comunicar conteúdos expressivos. III.. as atrasadas: originando uma verdadeira mais adiantadas absorvendo as mais simbiose ou sincretismo religioso.) Por que razão é tão difícil manter o peso tudo. V alojaram. II. originando uma verdadeira simbiose ou sincretismo religioso. ataques cardíacos e derrames cerebrais? sinal de sabedoria. onde contato. a fala.. IV potencial!” Convicções são entidades mais perigosas b) II. Quem está convicto não tem o que aprender – é um Petrópolis: Vozes. Os convictos pensam ter encontrado a verdade Aula 25 e 26 ao defender uma idéia. isso? Não. negro e do mestiço brasileiros d) Na realidade. é ALVES.) mestre de catecismo.” OSTROWER. Porque quem mente c) A fala não é o único elemento a considerar sabe que está mentindo... Estranho limita-se às linguagens não-verbais. órgãos da favor fundamental de humanidade no homem. além das verbais. São Paulo. nem são prestam atenção nas opiniões dos outros. as várias formas míticas entraram em mais adiantadas absorvendo as mais contato. embora se lhes negro e do mestiço brasileiros reconheça a origem africana. Conquanto a fala seja da maior importância. O autor discorda tanto da postura dos convictos Texto 03 (UEL-PR/2003) quanto daquela dos não-convictos. ideal. Daí a “As línguas constituem sistemas de comunicação transformação por que passam: seus ouvidos. atrasadas. Milhões de sua capacidade de escutar opiniões diferentes da sua. verbais.. (. as religiões e cultos do simbiose ou sincretismo religioso. 01-Com relação ao texto: I. Aqueles que se dizem convictos de algo perdem pelo controle da fome e da saciedade. Entre a ciência e a sapiência – o prioritário dominar as linguagens nãodilema da educação. Os recémconvertidos estão sempre convictos de que. III. ensina a arte de a) Nada pode substituir as palavras como desconfiar de si mesmo. A diferença entre um convicto e um não-convicto obesidade aumenta o risco de hipertensão. diabetes. Texto 01 (Cefet. embora se lhes resultante de uma mescla curiosa. V apresentam como dádivas dos deuses. Texto 02 finalmente. enquanto bocas. que duvidam de “(. acima de 01-Segundo o texto é correto afirmar: todas as coisas que ensina. Quem está convicto de verdade nossa capacidade de comunicar conteúdos não precisa escutar. O convicto sempre nosso mundo interno e o externo. anos de seleção natural forjaram a fisiologia desse . permanente (eu ia dizer “professor”. O professor verdadeiro.” Digo logo para mim afirmativas verdadeiras: mesmo:”Cuidado! Lá vai um inquisitor em a) I. sabe que aquilo que está em situações de comunicação simbólica. outras linguagem está pronto a escutar – é um permanente aprendiz. IV exorcismo capaz de expulsá-las da cabeça onde se d) I. as religiões e cultos do contemporâneos. V que os demônios. originando uma verdadeira e) Na realidade. ___________________________________________________________________________________________ IV. é que o primeiro acredita que tudo o que diz ou faz é osteoartrite. diferentes elas o único modo de comunicação simbólica. órgãos verbal. A convicção é a capacidade de criticar a si mesmo e às suas idéias. No cérebro. Dizia Nietzsche que “as convicções são piores b) A capacidade humana de comunicação inimigos da verdade que as mentiras”. pensa que sua bobeira é sabedoria.. na faixa de mediação significativa entre possuidores da verdade. Criatividade e processos de criação.

PR Folha Equilíbrio.. diabetes. Quando as paredes do estômago são distendidas. diabetes. osteoartrite. d) Aponta a causa do que vem referido antes. comemos mais quando estamos entre amigos.. 8 mar. ataques cardíacos e derrames cerebrais. ataques cardíacos e derrames cerebrais. para assegurar a ingestão de um número de calorias compatível com as necessidades energéticas do organismo. evitando assim futuros conflitos que venham a desgastar nosso namoro. visuais e olfatórios são permanentemente sensoriados pelo centro da saciedade e explicam a fome que subitamente sentimos diante do cheiro e da visão de certos alimentos. por que é tão difícil manter o peso ideal. Fenômenos psicológicos também interferem permanentemente com o mecanismo de fome e saciedade. nosso remete o leitor à relação do autor do texto com sua namorada.M. mesmo sabendo que a obesidade aumenta o risco de hipertensão.F. se todos almejam ficar esguios e sabem que a obesidade aumenta o risco de hipertensão.. osteoartrite. osteoartrite. assinale o que for correto: a) Em . 27 jul.. e) Estabelece uma comparação entre as duas frases. agindo assim.2.. osteoartrite. c) Em .Adaptado) Solidão a dois “Formidável a coluna de Rosely Sayão de 22/2 acerca da solidão que acomete casais. mas sei que discussões e desentendimentos virão. “seja infinito enquanto dure” (faço até planos de passar a quarta idade em Copacabana. Faz frio. Guardarei a reportagem e tentarei seguir essas dicas.. diabetes.2002 e) que têm tanta dificuldade em manter o peso ideal? Tendo em vista que todos querem ficar esguios. ouvi-la e entendê-la. porque os centros cerebrais são especialmente sensíveis aos neurotransmissores envolvidos nas sensações de prazer. a taxa de glicose na circulação aumenta. Texto 04 (UEM.. e a fome aumenta. e menos em ambientes hostis ou sob estresse psicológico.. o neurônio responsável pela condução dos estímulos térmicos enviam informações para o”. diabetes. osteoartrite. como todos almejam ficar esguios. seção Correio.” M. osteoartrite. 2001 01-“Por que razão é tão difícil manter o peso ideal. b) Propõe uma alternativa àquilo que foi exposto inicialmente.centro..evitando assim futuros conflitos que venham a desgastar nosso namoro. c) Indica a conseqüência da idéia expressa anteriormente. Qual das alternativas abaixo descreve corretamente o tipo de raciocínio presente nessa relação? a) Enfatiza a oposição entre as frases. ataques cardíacos e derrames cerebrais? d) Apesar de todos querem ficar esguios e saberem que a obesidade aumenta o risco de hipertensão... ataques cardíacos e derrames cerebrais. . Drauzio. Folha de São Paulo. Estímulos auditivos. as benesses que o local proporciona para os idosos. como se justifica a dificuldade em manter o peso ideal? 02-“Por isso. o local refere-se à capa da Folha Equilíbrio de 22/2. Folha de São Paulo. Nessa área cerebral são integradas as informações transmitidas pelos neurônios que conduzem sinais recolhidos no meio externo. nas vísceras. se todos almejam ficar esguios? b) O fato de todos almejarem ficar esguios sabendo que a obesidade aumenta o risco de hipertensão. o pronome essas refere-se às informações apresentadas na capa da Folha Equilíbrio de 22/2. por 01-Sobre as funções dos vocábulos no texto Solidão a dois. Tenho 17 anos e estou começando um relacionamento com uma garota de mesma idade e que me completa muito. ataques cardíacos e derrames cerebrais justifica a dificuldade de manter o peso ideal? c) Se manter o peso ideal é tão difícil.)” VARELLA. na circulação e no ambiente bioquímico que serve de substrato para os fenômenos psicológicos.Guardarei a reportagem e tentarei seguir essas dicas.. b) Em . sem alterar-lhe o sentido: a) Como todos sabem que a obesidade aumenta o risco da hipertensão.. ao mesmo tempo em que a obesidade aumenta o risco da hipertensão. (. mecanismo que evoluiu em resposta às maiores necessidades energéticas dos animais para manter constante a temperatura corporal. o centro da saciedade bloqueia a fome e interrompe a refeição. Espero que. diabetes. porém tenho me esforçado ao máximo em dialogar. Maringá. Estamos muito bem. certos neurotransmissores são liberados no aparelho digestivo ou quando determinadas enzimas digestivas atingem os limites de sua produção. conforme as benesses que o local proporciona para os idosos e que vocês mostraram na capa de 22/2). no inverno. ataques cardíacos e derrames cerebrais?” Assinale a alternativa que substitui corretamente esse período. diabetes.. centro. p. Por isso. e menos em ambientes hostis ou sob estresse psicológico.. comemos mais quando estamos entre amigos.” O termo sublinhado serve para relacionar as duas últimas frases do texto.L...

que se mantém fiel à definição clássica de que um planeta é um objeto que percorre órbita fixa em torno de uma estrela. III metros de comprimento e chega a pesar 45 toneladas – passou novamente a ser vista no Arquipélago de Abrolhos. Veja. c) Ameaçada de extinção em todo o mundo. O mais fascinante é que ele está. A existência de planetas fora do sistema solar. III. Ela chega a pesar 45 toneladas. A maioria dos astrônomos prefere classificá-los como estrelas anãs marrons. pois está ameaçada de extinção. passou novamente a ser vista no Arquipélago de Abrolhos. uma baleia que mede até 15 metros de comprimento e chega a pesar 45 toneladas. a jubarte – uma baleia que mede até 15 metros de comprimento e chega a pesar 45 toneladas. Eles têm o aval da União Astronômica Internacional. e) 02-Marque a alternativa que apresenta só afirmativas corretas: O texto: I. . c) A União Astronômica Internacional ainda não tem um conceito definido de estrela. a) b) c) d) e) Somente I Somente I. São planetões do tamanho de Júpiter. no título do texto.indica que o editor da seção Correio publicou o texto com o objetivo de apresentar uma avaliação de um de seus leitores. onde passou novamente a ser vista no Arquipélago de Abrolhos. justificado na terminação em el da palavra paroxítona. b) Estão vagando na nebulosa de Órion. Ela passou novamente a ser vista no Arquipélogo de Abrolhos. contudo. Na semana passada. já deixou o plano teórico. trata-se de uma expressão constituída pela forma verbal ouvi e o complemento verbal objeto direto representado pelo pronome la. ao sul do litoral da Bahia. no campo gravitacional de uma estrela. ou seja. que mede até 15 metros de comprimento e chega a pesar 45 toneladas – passou novamente a ser vista no Arquipélago de Abrolhos. Há também um planeta que mantém uma órbita muito semelhante à da Terra em torno do sol.apresenta-se entre aspas para enfatizar a opinião de um adolescente sobre a solidão que acomete casais. Texto 06 (UEL) Mais onze planetas Ainda não somos capazes de responder à questão crucial – se há ou não vida fora da Terra. ao sul do litoral da Bahia..diz que Copacabana oferece aos idosos prazeres que tornam a sua vida mais feliz. ao sul do litoral da Bahia. Até a contenda ser esclarecida. Em Solidão a dois. que passou a ser vista no Arquipélago de Abrolhos. Texto 05 (UFPR..Adaptado) A jubarte A jubarte é uma baleia que mede até 15 metros de comprimento. astrônomos ingleses anunciaram ter encontrado evidências de pelo menos uma dúzia deles vagando pela nebulosa de Órion. Entre as descobertas. Ela está ameaçada de extinção em todo mundo. os quais ficam ao sul da Bahia. o maior do sistema solar. IV.. b) A jubarte é uma baleia que está em extinção em todo o mundo. o autor antecipa a visão de que Copacabana é o lugar ideal para um jovem de 17 anos viver com sua namorada. (. d) A jubarte. onde está ao sul do litoral da Bahia. categoria intermediária entre as definições de estrelas e de planetas.) Há outra novidade no ramo dos planetas. quando se refere às benesses que o local proporciona. aquela que teoricamente reúne as condições de temperatura e luminosidade compatíveis com a existência de vida. a jubarte –uma baleia que mede até 15 01. cuja característica principal é não estarem presos ao campo gravitacional de uma estrela. onze novos planetas foram acrescentados aos 52 identificados nos últimos seis anos. 11 abr. Eles os chamaram de “planetas errantes”. II Somente III Todas estão corretas Somente II. II.. cada um com dois astros girando em torno da estrela central. 2001. em relação a sua estrela. 01-Qual(is) a(s) alternativa(s) conserva(m) as informações contidas nas cinco orações acima e está(ao) gramaticalmente correta(s)? a) Ameaçada de extinção em todo o mundo. dentro da chamada zona habitável.d) Em . ouvi-la. há dois sistemas planetários. e) Uma baleia ameaçada de extinção – a jubarte. os errantes estão fora da lista oficial de planetas.Apresenta um acento gráfico na palavra formidável. O Arquipélago de Abrolhos fica ao sul do litoral da Bahia.Os “planetas errantes” trazem dificuldades para sua classificação porque: a) Não percorrem órbita fixa em torno de uma estrela. ela mede até 15 metros de comprimento e chega a pesar 45 toneladas.

mas a revista se recusa a pagar por informações.Sobre o emprego de “onde” do texto acima é correto afirmar: a) todos foram empregados corretamente.br. pela concorrente. d) Apenas o terceiro “onde” está correto. A arbitragem é a técnica onde um terceiro de confiança é escolhido pelas partes para dar uma sentença sobre a questão em litígio.. b) Todos foram incorretamente empregados. Também pegou a cópia de um documento. A mediação é a técnica não adversarial onde um terceiro. O trecho sublinhado remete para a publicação.. (.. ex-diretor dos Correios. Disponível em http://www. por exemplo. auxilia as partes a buscar seus interesses e a reconhecer o conflito. II.com. quem indiretamente lança a pedra contra os métodos da revista é sua concorrente Época. II c) I. 11/04/2000) 01. mediação e arbitragem. Texto 09 (CEP-2006): Época levanta dúvida sobre a concorrente Veja: o documento que denuncia Severino foi comprado? “A revista Veja está novamente posta sob suspeição1 de empregar outros instrumentos para obter informação. no qual o deputado garante a Buani a renovação por três anos do contrato de concessão do restaurante explorado por ele na Câmara. A menção de Época deixa a dúvida no ar: Veja teria guarnecido2 sua reportagem com um documento comprado?” (CONTRAPAUTA. e) Não apresentam temperatura e luminosidade compatíveis com a existência de vida. As conversas com ele foram gravadas e deram origem à reportagem da semana passada.. e sim um de seus empregados. Quem divulgou a denúncia não foi Buani. e) Os erros do cartaz constituíram uma estratégia para atrair possíveis consumidores.. d) As incorreções gramaticais do segundo quadro vão da ortografia à sintaxe. c) Apenas o primeiro “onde” está correto.Veja publicou seu fac-simile. (apoio) II.) Assinale a alternativa em que se faz um comentário inaceitável aos quadrinhos de Ziraldo: a) O menino tinha idéia clara acerca da finalidade apelativa do seu texto. até agora se mantém envolto na neblina. objetivando um acordo onde todos satisfação seus desejos. neutro. chamado ‘A história de um mensalinho’. Nesta semana. sem sucesso.. (controvérsia) III . (Gazeta do Povo. no qual estavam relatados os principais movimentos do golpe. em: a) somente I b) I. A negociação caracteriza-se pelo relacionamento direto entre as partes ou com auxílio de um ou mais negociadores. Eles têm o aval da União Astronômica Internacional.. III Texto 07 (Cefet-PR) Os métodos privados de resolução de conflitos são compostos por: negociação. do documento que Izeilton teria tentado vender. (adequadas à) As palavras entre parênteses poderiam substituir as grifadas. Ele se apropriou de um texto escrito pelo empresário.. III e) I. em reportagens de Época e Veja. Durante a semana passada. quando Severino Cavalcanti disse que o documento não existia – agora ele argumenta que foi forjado . primeiro no site e agora na edição desta semana. assinado por Severino. à Época.observatoriodaimprensa. O caso da gravação de corrupção explícita de Maurício Marinho.. Izeilton Carvalho. Izeilton tentou vender os documentos à Época. Texto 08 (Cefet-PR) . reúne as condições de temperatura e luminosidade compatíveis com a existência de vida.) A história veio a público na semana passada.. 02-Observe: I. sem alterar o sentido da frase. III d) II.. em abril de 2002. b) Os termos do cartaz reproduzem a sintaxe típica desse gênero de texto.d) Pertencem a sistemas planetários diferentes. Até a contenda ser esclarecida . c) O menino demonstra inabilidade para ajustar-se às exigências de textos publicitários.

” Texto 11 (CEP-2006): O Espírito da Floresta “O trabalho de Orlando Villas Bôas é respeitado no mundo inteiro. alguns testemunhados por ele e sua equipe de pesquisadores. O conceito de civilização no mundo ocidental abarca estilos de vida distintos. Num jornal. Por não entender esse universo. da obrigação de procurar ser o mais objetivo possível. A opinião de um jornal se expressa formalmente em seus editoriais. o jornalista toma uma série de decisões que são em larga medida subjetivas. ou seja. fala com autoridade. mas o jornalismo deve ser ágil. Ao redigir um texto e editá-lo. desconfiança. cultivado pelos nativos. um órgão formador de opinião pública. fortalecido. A Arte dos Pajés contém pequenas pinceladas da história desses povos desde a chegada na região Xingu. 01. hábitos e emoções. Revista Época. d) a revista Época não costuma pagar por informações e a revista Veja sim. Isto não o exime1. São relatos saborosos. mas dizer que as outras matérias são isentas de subjetividade é errado: não existe objetividade em jornalismo. desobriga. O homem ‘civilizado’ tende a considerar os povos da floresta incompatíveis com essa definição. 2 Guarnecido: provido do necessário. influenciadas por suas posições pessoais. A busca de informações corretas e completas é a primeira obrigação de cada jornalista. O editor deve mobilizar a equipe para obter informações ou para modificar toda uma edição (a qualquer momento) para incluir novos fatos ou reorganizar a hierarquia das notícias. lendas. É comum os veículos furarem uns aos outros. bem como suas circunstâncias e repercussões. Os fatos são matéria-prima de qualquer tipo de jornalismo. mas é incapaz de incluir os indígenas. por isso este meio de comunicação é. 01. segundo eles.1 Suspeição: suspeita. mas para mostrá-la à opinião pública de um ponto de vista crítico. com certeza. Rio de Janeiro. A Arte dos Pajés não surpreende pela qualidade. reproduzindo a forma em que ocorreram. indica que: a) Izeilton tentou vender documentos para Época e esta se recusou a pagá-lo. 02. as celebrações de vida e o modo de enfrentar a morte. mesmo para quem considera esses rituais meras curiosidades. irá depararse com textos diferentes daqueles que costuma ler nos livros de contos.. Os índios. Texto 10 (CEP-2006): O lema é informar! “Ao abrir um jornal você. 01.) 1 Exime: isenta. d) Veja não é uma revista confiável e não é a primeira vez que é acusada de comprar informações. Para retratar os fatos com fidelidade.” d) “O jornalista que não correr contra o relógio pode perder a oportunidade de ter uma informação exclusiva. que. os brancos costumam rejeitá-los.. 10 jul. 1987. mas a revista se recusa a pagar por informações”. É impossível ficar indiferente às duas dimensões dos índios descritas por Villas Bôas: aquela em que tentam apenas sobreviver em meio a um mundo que se tornou diferente e aquela na qual se valem da comunicação com os espíritos.) 1Premissa: ponto de que se parte para armar um raciocínio. mas a sua maneira. por isso. A leitura do texto acima permite deduzir que: a) a revista Época acusa a revista Veja de pagar para obter informações. O uso da conjunção em “. Jornais não existem para adoçar a realidade. .” (Manual Geral de Redação.. conduzem à parte mais interessante do livro. transmitem informações. O jornalista que não correr contra o relógio pode perder a oportunidade de ter uma informação exclusiva publicada em destaque. porém. b) Izeilton gravou as conversas de seu patrão.” b) “A busca de informações corretas e completas é a primeira obrigação de cada jornalista. Quando o sertanista de 86 anos põe no papel impressões sobre a vida e os costumes dos índios. por excelência. Elizário Goulart.. tudo o que possa ser notícia deve ser investigado. A obra de Orlando Villas Bôas relata: a) o conceito de civilização no mundo ocidental e o universo dos brancos.. 2000. as peculiaridades de cada dialeto. regem a vida.” c) “A opinião de um jornal se expressa formalmente em seus editorias.” (ROCHA. Por ter a assinatura de Villas Bôas. evoluíram. As relações familiares. diferentemente do senso comum. Mas zelar todos os dias pela qualidade e quantidade de informações publicadas é mais importante que dar ou levar furos. Folha de São Paulo. mitos ou romances.. fábulas. c) Veja é uma revista que não compra documentos para ilustrar suas reportagens. O furo é a informação importante e correta que apenas um veículo de comunicação edita. O trecho que contém a idéia principal do texto é: a) “O furo é a informação importante e correta que apenas um veículo de comunicação edita. c) Izeilton quis vender documentos para a revista Época que não costuma pagar por informações. as divisões de tarefas. os textos apresentam caráter informativo. Villas Bôas mostra quanto a premissa1 é equivocada. b) Veja nunca esteve envolvida nesse tipo de prática. sim. e sim pela simplicidade do autor ao discorrer sobre o universo Xingu – tanto o visível quanto o imaginário. o jornalista deve procurar vê-los com frieza e distanciamento. Villas Bôas conta lendas preservadas por muitas gerações e reproduz depoimentos sobre fatos incríveis.

então. do crânio ou do abdome. E isso para uma simples extração de dente. há muita coisa roubada e pouco espaço para armazenar. todos os assaltantes eram presos por Sherlock Holmes. o cujo discurso me provoca aversão. secretamente. reproduz a fala de umapessoa em que fica marcado o registro coloquial dalinguagem. c) Aqui tem um funcionário que o seu convencimento provoca que eu não goste de sua conversa. nem perca o seu tempo imaginando. nós lhe contamos: doía pacas. b) O médico Willian Thomas Green Morton foi o primeiro a demonstrar publicamente uma cirurgia com o uso do éter. c) Quando o autor fala em “deputado sem fins lucrativos”. que foi muito utilizado como anestésico. muitos dos quais eram amarrados. Os mais sortudos desmaiavam”. Texto 13 (Cefet-2006): O dramático aumento. ele está elogiando a atitude de alguém que entra na política sem visar qualquer vantagem. O segundo entrou para a história da medicina por protagonizar a primeira demonstração pública do éter numa cirurgia. é assustador. há. “A qualidade básica do cirurgião era a rapidez”. quadros e outras Assinale a alternativa correta sobre o texto. a) Antes do advento das anestesias mais eficientes. d) Aqui há um funcionário convencidíssimo. secretamente. Era um tipo de cirurgia raramente praticado até o final do século 19. me disse um interceptador. como os assaltantes não são presos. “Ele tinha que lutar com a agitação dos pacientes. d) Horace Wells inventou o óxido nitroso. E era impossível simplesmente porque não havia anestesia.. conta o médico Moacyr Scliar em seu texto na revista Aventuras na História de setembro. de modo que a solicitação ao esforço físico e psíquico dos interceptadores não era tão grande. c) os hábitos e rituais dos povos indígenas do Xingu. aliás deputado sem fins lucrativos. d) a rejeição dos brancos que não entendem o universo indígena Texto 12 (Cefet-2006): E aí? Vamos ao dentista dar uma geral naquele dente que dói há tempos? Não? Por quê? Medo do motorzinho? Acha que vai doer? Vai não. os pacientes ficavam muito agitados e por isso a rapidez era a qualidade básica dos cirurgiões que.) (Superinteressante 205 – outubro/2004) preciosidades. os métodos anestésicos conhecidos naquela época permitiam que o cirurgião fosse muito rápido. acabam depositando tudo nos próprios bancos assaltados. conhecido como gás hilariante. Para abrir a barriga. Abra a boca.b) as particularidades de cada dialeto de geração em geração. “Operar dentro do crânio. Nos tempos de Sherlock Holmes todos os assaltantes eram presos no final da história. relaxe e imagine como seria pouco menos de 200 anos atrás. a qual conversa eu não gosto devido ao seu convencimento. Já temos anestesia. “Aqui tem um funcionário que se acha e que eu nãogosto da conversa dele. Texto 14 (Cefet-1006): O período. Imaginou? Pois bem. a seguir. b) O dramático aumento. (. . 27. desmaiavam. sério problema de armazenagem. do tórax ou mesmo do abdome era praticamente impossível”. prossegue Scliar.10. Ou melhor. de cuja conversa não me agrada porque ele é convencidíssimo. Os pacientes só deixaram de ser amarrados e desmaiar graças a dois dentistas norteamericanos: Horace Wells e Willian Thomas Green Morton. E ponderou: “Muitos. o que deixava as coisas menos estressantes. e) Aqui há um funcionário. no mundo inteiro. joalherias e museus. de assaltos a bancos. acabam depositando tudo nos próprios bancos assaltados” revela um certo arrependimento por parte dos assaltantes.. c) Antes da anestesia. Mas tem também o efeito colateral – a vida dos receptadores tornou-se estressante. O primeiro ficou conhecido por utilizar o óxido nitroso – também chamado de gás hilariante – como anestésico. e) Segundo o médico Moacyr Scliar. Hoje. no século 18.” a) Aqui há um funcionário muito convencido. às vezes. a) Antigamente.04) Assinale a alternativa correta sobre o texto. de assaltos a bancos. de cuja conversa não gosto. entre os profissionais. joalherias e museus tem deixado os proprietários muito estressados. ou a qualquer lugar em que haja fortunas em jóias. e) O que tem preocupado os receptadores nos dias de hoje é que. Leia-o e assinale a alternativa que apresenta o mesmo conteúdo em um registro formal. d) O fato de que “muitos. nenhum método anestésico conhecido até então era eficiente o bastante para permitir tal intervenção. (Millôr – Veja. era praticamente impossível uma cirurgia dentro do tórax. por exemplo. b) Aqui existe um funcionário. no mundo inteiro.

IV são corretas e) I. III são corretas b) II. (São Paulo. III. se não adversas. é o fato dominante e mais rico em conseqüências nas origens da sociedade brasileira. o processo de reabilitação se dá tranqüilamente. II. largamente estranhas à sua tradição milenar. Raízes do Brasil. Perder um braço. se não adversas. mas a sensação de que a vida acabou é comum. IV. os grilos e as dúvidas de como se pode ter uma vida feliz sem um braço. “Perdi o meu braço”. nossas instituições. 02. IV. um acidente muda a sua vida. b) a implantação da cultura européia no Brasil. b) Nas origens da sociedade brasileira. A vida não acabou. elevar à perfeição o tipo de civilização que representamos: o certo é que todo o fruto de nosso trabalho ou de nossa preguiça parece participar de um sistema de evolução próprio de outro clima e de outra paisagem. “Não vou mais enxergar”. De acordo com o texto é correto afirmar: I. nas origens da sociedade brasileira. quando há boa estrutura de personalidade e respaldo familiar.” Assinale a alternativa que. cheia de sonhos. sobreviver e ter de se ajustar às perdas? Tente imaginar. dotado de condições naturais – se não adversas. não enxergar são alguns dos problemas que tornam a vida diferente. A família e a personalidade de quem sofreu algum acidente são fatores que influenciam na reabilitação. largamente estranhas à sua tradição milenar. não mais andar. Num dia você é uma pessoa normal. dotado de condições naturais. e timbrando em manter tudo isso em ambiente muitas vezes desfavorável e hostil. largamente estranhas à tradição milenar da cultura européia. e) Fato dominante e rico em conseqüências (nas origens da sociedade brasileira) é a tentativa de implantação da cultura européia em extenso território. Com ela. Segue o Texto 16 base para as questões 01 e 02: A vida por um fio Como é a experiência de enfrentar o limite. como outra qualquer: jovem. adversas. o extenso do 4 / Ensino Médio TécnicoIntegrado 2006-1 território tornou a tentativa da implantação dessa cultura aqui um fato dominante e rico em conseqüências para as origens da sociedade brasileira. aliás. dotado de condições naturais.” (HOLANDA. vêm o desânimo. V. São Paulo:Companhia das Letras. E.Texto 15 (Cefet 2006): “A tentativa de implantação da cultura européia em extenso território. largamente estranhas à sua tradição milenar. Podemos construir obras excelentes. somos ainda hoje uns desterrados em nossa terra. Colocou-se na situação? A maioria das pessoas arregala os olhos diante de histórias como essas. alterou-lhe o sentido. dotado de condições naturais. nas origens da sociedade brasileira. é que. sem uma perna ou em uma cadeira de rodas. mesmo depois de um acidente que muda a nossa vida. V são corretas c) I. p. III. também. dotado de condições naturais. II.. um dos fatores essenciais para a reabilitação global. Cada um reage a seu modo. III. inclusive. “meu rosto não será como antes”. e) a ausência de uma cultura brasileira. é. d) Dominante e rico em conseqüências é. largamente estranhas à sua tradição milenar. se não adversas. O que se sabe. o fato dominante e mais rico em conseqüências. d) as formas de convívio. 07/04/03) 01. IV. ficou diferente. nossas idéias. mas não acabem com ela. A reabilitação sexual é. o fato dominante e mais rico em conseqüências. senão . 31). A palavra-chave para essas questões todas é reabilitação. Mas você está vivo. Não se pode generalizar. a) Dotado de condições naturais. A idéia central do texto é(são): a) as origens da sociedade brasileira. tão largamente estranhas à sua tradição milenar –. de uma hora para outra. “A tentativa de implantação da cultura européia em extenso território. a) I. O processo de reabilitação depende. c) Tentar implantar a cultura européia em extenso território. 26a ed. V são corretas 01. c) o aperfeiçoamento da civilização brasileira. 1995. A reabilitação global. aceitando e sabendo lidar com suas limitações. saúde perfeita. da reabilitação sexual. Folha de. ao reescrever o período. Trazendo de países distantes nossas formas de convívio. das condições financeiras daquele que acredita que a vida acabou. de modo que possa viver bem. porém. se não adversas. nas origens da sociedade brasileira. É importante ainda derrubar o mito de que paraplégicos – e tetraplégicos – não têm vida sexual ativa. o fato da tentativa de implantação da cultura européia em extenso território. O que o trabalho de reabilitação faz é recolocar essa pessoa de volta na sociedade. se não adversas. V são corretas d) II. é. largamente estranhas à sua tradição milenar. o fato dominante e mais rico em conseqüências é a tentativa de implantação da cultura européia em extenso território. depende. instituições e idéias do Brasil. Devemos manter-nos normais. dotado de condições naturais. Sérgio Buarque de. enriquecer nossa humanidade de aspectos novos e imprevistos. Suplemento Folhateen. dizendo: “Melhor nem pensar!”. “Não vou mais andar”.

Exemplo: Os serviços públicos são muito deficientes. contudo.” . Convém lembrar ainda que os serviços públicos são extremamente deficientes. vêm o desânimo. ele ficará à vontade para negociar com qualquer um que venha a vencer. c) “Com ela. => embora. esse é o Cinema Novo. Caso não acrescente nada novo. um novo jeito de fazer cinema. Além de tudo são considerados como renda e taxados com impostos. é considerado repetição e o uso do e deve ser evitado. mas não o suficiente para se começar o plantio. b) “.. Glauber Rocha nasceu a 14 de março de 1938. com produções mais simples e acentuada preocupação com temáticas sociais. porém. o Neo-Realismo foi um movimento extremamente influente.(Cefet-2006) “CINEMA NOVO [1] Se existe um cinema no Brasil que. => e: introduz um segmento que acrescenta uma informação nova. além de tudo. quer dizer. desse modo: têm valor exemplificativo e complementar. em Vitória da Conquista. => mas.” .. O próximo segmento serve para explicitar..Marque a alternativa que faz a correta ligação das expressões que retomam ou antecipam outras para garantir coesão ao texto: a) “A maioria das pessoas arregala os olhos diante de histórias como essas” . => isto é. por excelência. Fecundado durante a Segunda Guerra Mundial e apresentado ao público no pós-guerra. e) “.. Exemplo: Ainda que a ciência e a técnica tenham apresentado ao homem abrigos confortáveis. reflete nossa natureza e experiência como povo e nação. os grilos. confirmar ou ilustrar o que se disse anteriormente. ___________________________________________________________________________ Coesão textual Elementos de coesão são palavras ou expressões que servem para estabelecer elos entre segmentos do discurso. (uso correto) Ele permaneceu imóvel e sem mudar de posição.02..” . Vejamos alguns desses elementos com o seu significado: => assim..” . Exemplo: O nível de vida dos brasileiros é baixo porque os salários são pequenos.sensação de que a vida acabou. as chanchadas. [3] No Brasil. o => além do mais. para ser um de seus principais criadores e teóricos. ou seja: introduzem esclarecimentos.. Exemplo: Choveu a semana passada.de que a vida acabou é comum. Exercícios: 01. as dúvidas. NeoRealismo contrapunha aos melodramas e superproduções bíblicas.. Assim. de Nelson Pereira dos Santos.quem se encontra cheio de sonhos..reabilitação tranqüila. (uso incorreto) => ainda: serve para introduzir mais um argumento a favor da conclusão. Exemplo: O deputado resolveu não se aliar a nenhum outro candidato... d) “. mesmo que: estabelecem ao mesmo tempo uma relação de contradição e de concessão. . Embora tenha tido vida curta e não tenha atingido grande sucesso de público. não oferecem o apoio necessário para a população.. entretanto: definem oposição entre dois argumentos ou segmentos do texto.aceitando e sabendo lidar com suas limitações. retificações ou desenvolvimentos do que foi dito anteriormente. todavia. O Cinema Novo nasceu em 1955 com Rio 40 Graus. não resolveu a injustiça.personalidade e respaldo familiar. a produção cinematográfica estava dividida em dois pólos: de um lado.faz é colocar essa pessoa de volta. Exemplo: Os salários estão cada vez mais baixos porque o processo de inflação diminuiu significativamente seu poder de compra. além disso: acrescentam um argumento decisivo justamente para dar o golpe final no argumento contrário. ainda que.. ou seja. na década de 50. então dominantes. Exemplo: Esta máquina serve para arar a terra e fazer a colheita. Os cineastas do Neo-Realismo voltaram-se principalmente para o dia a dia dos trabalhadores urbanos e rurais italianos. aliás. um dos fatores essências para a reabilitação global. [2] A origem do Cinema Novo brasileiro pode ser associada a outro cinema novo: o Neo-Realismo italiano..

de outro. 1991: 101). os quais representam 27% dos casos. Paulo César Seraceni.” (WOOD JR. São Paulo: Atlas. A palavra destacada expressa uma idéia de : a) explicação b) concessão c) comparação d) modo e) conseqüência 03. e os casos de acidentes de carro representam 40% dos casos. encabeçando 40% dos casos. b) Em segundo lugar. Sua contribuição foi marcante não somente no campo do cinema. de acordo com a língua culta. O Cinema Novo influenciou a sensibilidade de gerações e ajudou a mudar a forma como nos percebemos como povo e nação. Assinala a alternativa que reescreve as informações abaixo. por parte da elite cultural do país. O Cinema Novo marcou a descoberta. • • • • Acidentes de carro são os principais vilões entre os acidentes Os acidentes de carro encabeçam 40% dos casos Em segundo lugar estão os ferimentos com armas de fogo Os ferimentos com armas de fogo representam 27% dos casos Sobre a coesão entre os parágrafos do texto acima é INCORRETO afirmar que: a) o 1o e o 2o ligam-se por uma mesma idéia: a origem do Cinema Novo. que encabeçam 40% dos casos de acidentes. o desenvolvimento de uma linguagem cinematográfica própria. [4] Cinco características fizeram o Cinema Novo: uma preocupação fundamental em pensar o Brasil.voltadas para um público popular. coesão com o 2o.. e) Os acidentes de carro. perdendo apenas para os acidentes de carro. Joaquim Pedro de Andrade e o próprio Glauber Rocha. encabeçam 40 % dos casos. de 1955 a 1975. em um único período claro e conciso. pp. com a expressão “No Brasil”. que são os principais vilões entre os acidentes. e) o 5o retoma isto do 2o: a influência do cinema novo sobre a sensibilidade de gerações. e foi marcado por nomes como Nelson Pereira dos Santos. Utilize a charge e responda as questões 04 e 05: a) Os ferimentos com armas de fogo. b) o 3o cria. um ideal de fazer um cinema que levasse o público a refletir sobre as questões sociais. o que aumentou sua legitimação interna. embora com menos entusiasmo. vêm os ferimentos com armas de fogo. estão os ferimentos com armas de fogo cujos acidentes representam 27% dos casos. d) Esses ferimentos com armas de fogo encabeçam os casos. Terra em transe. . Ruy Guerra. com 40% dos casos. In: Cultura organizacional e cultura brasileira. cujos são os principais vilões. c) Os ferimentos com armas de fogo. 1997. já os acidentes de carro ficam em primeiro lugar.No período Da própria garganta saiu um grito de admiração. já os acidentes de carro cujo lugar ocupam o segundo. estão em segundo lugar. 145-146). que Cirino acompanhou. em seguida. e produções simples e orçamentos relativamente baixos. [5] O movimento durou aproximadamente 20 anos. que representam 27% dos casos. as produções dos Estúdios Vera Cruz. representando 27% deles. Além de encontrar uma faixa de público no Brasil. sem alterar-lhes o sentido. focado no cinema na Itália. a prática de um cinema de autor. estão em segundo lugar. c) o 4o e o 3o conectam-se por aparecer em ambos o caráter nacionalista do Cinema Novo. estéticas e antropológicas (Bernardet. d) o 2o e o 4o vinculam-se entre si por caracterizarem as produções cinematográficas. que procuravam emular o cinema de qualidade europeu e os melodramas norte-americanos. o Cinema Novo conseguiu alguma repercussão na Europa. Thomaz. de uma nova força cultural para exprimir suas inquietações políticas. Luis Sérgio Person. 02 .

. um problema ... predicativo. . qualidade ou defeito: Ex... indique o valor semântico que a conjunção depois que acrescenta ao verbo contar em: “Mas como ficou pequeno depois que contei para você!” a) exprime comparação c) estabelece proporção b) exprime concessão d) indica tempo TABELAS PARA CONSULTA Classes de palavras e suas funções: SUBSTANTIVO O QUE É? O QUE FAZ NA ORAÇÃO? • É núcleo do sujeito.. nº 3. complemento nominal. aspecto.: O homem é pretensioso.. um problema .. agente da passiva.. .. . um problema . Apesar disso como ficou pequeno depois que contei pra você!” b) “Sim... Portanto como ficou pequeno depois que contei pra você!” 05. .. Nomeia qualidades.. um problema ... a) Gênero (masculino/feminino) b) Número (singular/plural) c) Grau (aumentativo/diminutivo) ADJETIVO O QUE É? O QUE FAZ NA ORAÇÃO? • É núcleo do predicado quando exerce Caracteriza os seres indicando modo de função de predicativo do sujeito. homem aposto e vocativo.. ações: • Compõe locuções adjetivas e adverbiais vaidade. objeto. estados. no último quadrinho: “Sim. • • • • . ser. pretensão que exercem função de adjunto adnominal Flexiona-se em: e adverbial.. lugares.. Nomeia seres (pessoas.. . . Bem como ficou pequeno depois que contei pra você!” d) “Sim.) 04. Pois como ficou pequeno depois que contei pra você!” c) “Sim. Considerando o papel de elemento coesivo desempenhado pelas conjunções. Aponte a alternativa que mantém o mesmo valor semântico da fala de “Pepê”.. Mas como ficou pequeno depois que contei pra você!” a) “Sim. .. estado. animais. vaidoso....(Revista Cidade Nova. pretensioso.. . ... objetos): cadeira. .. um problema .. março 2005. São Paulo.

. nele. • É adjunto adnominal quando acompanha o substantivo. negação. modo. dúvida e • É adjunto adverbial de intensidade do intensidade adjetivo e do próprio advérbio. pronomes: • Liga objetos a seus verbos. Caminha bem devagar. dela. um terço. Ex. Ex.: dele. primeira fase. uma dúzia • O QUE FAZ NA ORAÇÃO? É núcleo quando exerce as funções do substantivo.: Os dois homens fugiram. ordem.: O homem é muito pretensioso.: o homem/ um homem • • O QUE FAZ NA ORAÇÃO? É adjunto adnominal dos termos com base substantiva PRONOME • • O QUE É? Substitui ou acompanha o substantivo Pode ser pessoal. voz. deste..:dois homens. Ex. intensificam adjetivos e advérbios.• Flexiona-se em: a) Gênero (masculino/feminino) b) Número (singular/plural) c) Grau (comparativo/superlativo) • É adjunto de termo com base substantiva. definindo-o ou indefinindo-o. cuja . Os advérbios de intensidade também Ex. número • e pessoa • • • ADVÉRBIO O QUE É? O QUE FAZ NA ORAÇÃO? Traz circunstâncias ao verbo: tempo. divisão ou multiplicação Ex. tempo. Ex. possessivo.: Os dois fugiram..: Todos fugiram. PREPOSIÇÃO O QUE É? O QUE FAZ NA ORAÇÃO? • Combina-se com artigos. relativo e interrogativo O QUE FAZ NA ORAÇÃO? É núcleo quando exerce as funções do substantivo Ex. àquilo. • NUMERAL O QUE É? Indica quantidade. ARTIGO O QUE É? Indica o gênero e o número do substantivo. • É adjunto adnominal quando acompanha o substantivo Ex.: O homem é animal racional. afirmação. • É adjunto adverbial do verbo lugar. demonstrativo. • Liga complemento nominal aos termos regentes • Introduz o agente da passiva • Transforma substantivos em locuções. Ex. • O QUE FAZ NA ORAÇÃO? É a base da oração Exerce função de núcleo do predicado quando é significativo Liga o sujeito ao seu predicativo • • VERBO O QUE É? Expressa um fato representado no tempo • Flexiona-se em modo.: Todos os homens fugiram. indefinido. dupla ação.

Muitos cirurgiões plásticos são procurados para melhorar a imagem pessoal desses adolescentes.função é de adjunto adnominal e adverbial. Eles transformam madeira em energia. Seu suor está na carroceria dos automóveis. REDAÇÃO Temas para as redações trabalhadas em aula: TEMA 01 Hoje. E usa-se a forma irregular com os auxiliares SER e ESTAR na voz passiva. uma nuvem que gruda na pele. é alta a freqüência de adolescentes em consultórios médicos em busca do corpo ideal. É o carvão fabricado por ele que queima o oxigênio do minério de fero nos altos-fornos das siderúrgicas. nas estruturas metálicas dos edifícios. nas torres de transmissão que levam a luz para as residências. Vive neste planeta.: Situação deste planeta. E você? Gostaria de modificar algo em seu corpo? Em caso afirmativo qual seria a maneira para alcançar essa mudança? TEMA 02 A maior parte daquele carvão que se compra no supermercado para o churrasco sagrado dos domingos nas famílias brasileiras saiu das mãos de 8 mil adultos e 2 mil crianças que sobrevivem num pedaço do país onde não existem escolas nem hospitais e as crianças passam o Natal sem peru nem brinquedo. Mato Grosso do Sul. metal puro que pode ser . Alguns verbos com particípio regular e irregular: verbo ACEITAR ACENDER BENZER ENTREGAR GANHAR GASTAR LIMPAR MATAR PAGAR PEGAR regular Aceitado Acendido Benzido Entregado Ganhado Gastado Limpado Matado Pagado Pegado irregular Aceito Aceso Bento Entregue Ganho Gasto Limpo Morto Pago Pego ***Em geral: usa-se a forma regular com os auxiliares TER e HAVER na voz ativa. São os carvoeiros da região de Ribas do Rio Pardo. faz mel aos olhos. Ex. homens e mulheres cinza-escuro que vivem no meio de uma fumaça permanente.: Cuidem do planeta porque ele é nossa casa. produzindo o ferro-gusa. Ex. irrita a garganta. arrebenta os pulmões. CONJUNÇÃO • O QUE É? Liga termos ou orações O QUE FAZ NA ORAÇÃO? • É conectivo.

bem apresentáveis. TEMA 09 (Cefet-PR) A partir da leitura do texto abaixo. Homens da fumaça. até para fazer aquela famosa palha de aço que proclama ter 1001. ou ali. entre 06 e 10 linhas.. p. produza um texto. um personal trainer para esculpir o corpo. Ou.” (G. pessoas com conta bancária recheada ficam. TEMA 08 Duelo trapalhão. Vários são os candidatos para concorrer ao poder de governar toda a população brasileira. Então. A tomada de consciência é fundamental. 19.) Kaíke Nanne. vocês nunca mais se viram. A única forma de conseguir alguma coisa é por meio de uma mobilização nacional. Como seria um candidato ideal para assumir nosso governo? TEMA 07 Um amigo seu foi estudar na Holanda. Você está com muita saudade e curioso para saber notícias dele. Veja. 1999) TEMA 11 (Escola Técnica – UFPR2006) Escreva um manual com. entre 6 e 10 linhas.F. vaidosas e ricas.. 16 nov. a pele tratada com potes de ouro. transcreva-o de forma definitiva para a Folha de Redação. São Paulo.. comentando o problema da pirataria de produtos no Brasil. Após leitura desse texto escreva uma redação que expresse sua opinião sobre o tema abordado. Mas financia a beleza. TEMA 06 É ano de eleição. na hipótese mais conservadora. da odontologia e da cosmiatria. Época. As manifestações e as movimentações estudantis. TEMA 12 (CEFET 2006) Leia o texto abaixo e produza um texto.. Você acredita que o jovem tem condições de mudar o país? SIM – “O jovem tem um papel importante no panorama político do país. São Paulo.. pelo menos. enfim. 5 abr. Com os avanços da medicina. 01/07/02) TEMA 10 Leia as opiniões de dois estudantes paulistanos sobre a seguinte questão. com dinheiro para gastar a transformação é garantida. SP) NÃO – “O jovem é muito acomodado. respondendo à seguinte pergunta: A busca da beleza vale qualquer sacrifício? “Dinheiro pode não comprar felicidade. não são levadas a sério e morrem logo. de fato.. Paulo. As evidências são muitas: uma plástica aqui. Super atraentes. mulheres protagonizam esse fenômeno ao investir o que têm para retardar rugas e pés-de-galinha. chamam a atenção e ganham repercussão nacional. mas existem outros que não executam seu poder de forma legal. já que daqui a alguns anos nós é que vamos estar no poder. Após concluir seu texto.” (A . . cinco cuidados que o viajante brasileiro precisa ter se pretende ir trabalhar nos Estados Unidos. 22.L.” (Ainda Veiga. mas o jovem não está interessado em se mexer. qual é a melhor herança? TEMA 04 – Redija um texto contando sobre uma aspiração frustrada que você já teve. bonitas. (. 1994.F.. escreva uma carta para ele.. TEMA 05 Descreva o lugar dos seus sonhos. SP) (Folha de S. por exemplo. a gente não faz nada para mudar o país. Desde então. Muitos são eficientes.96. Pequenas manifestações ou ações individuais não adiantam.S. TEMA 03 “As boas maneiras são a melhor herança!” “Pois para mim a melhor herança é mesmo muito dinheiro!” E para você.transformado em aço ou ter ainda outras utilidades.

) (Época. A INDEPENDÊNCIA JUVENIL Época ..Talvez o telefone móvel esteja fazendo com que as pessoas tenham menos amizades.AO GOSTO DO FREGUÊS Veja a que nível de requinte chegou a falsificação de produtos industrializados no Brasil. A partir das considerações levantadas pelo entrevistado. Os adolescentes estão num período nômade da vida. (.Por quê? Rich Ling . O adolescente passa a ter o próprio número de telefone e sua caixa postal. Aos 10 anos. Atualmente. Mas. parece algo bastante lógico. É comum pais separados darem celular aos filhos para poder entrar em contato com eles sem ter de lidar com o ex-companheiro. mas hoje são mal usados por adolescentes. A emancipação nada mais é que sair de uma esfera em que seus pais decidem tudo por você para uma esfera em que você é parte do grupo que toma as decisões. mas muito mais intensas e integradas.04) TEMA 13 (CEFET 2006) A seguir encontram-se trechos de uma entrevista concedida pelo sociólogo americano Rich Ling. Na Noruega. 27. nos tamanhos menores. Já os piratas – que são vendidos até por um quarto desse valor – podem ser encontrados em qualquer tamanho e cor. Época . e. com preço em torno de 400 reais. Por quê? Rich Ling . produza um texto a respeito da relação dos jovens com o celular. O badalado tênis Nike Shox. 100% dos adolescentes entre 15 e 20 anos têm celular.. 2005.. 1o ago. que faz sucesso entre a garotada mais abonada.10. Seu texto deve ter entre 06 e 10 linhas. olhando agora. o celular é o elemento que mais auxilia na emancipação dos jovens em relação aos pais. quando estão muito interessados em interação social.. 60% já têm um aparelho. adaptado) .Esse foi um dos aspectos mais inesperados da tecnologia.Celulares foram criados para homens de negócios.O celular aumenta o círculo de amizades? Rich Ling . só é fabricado no original a partir na numeração 34.O aparelho dá a eles acesso fácil a seu grupo de amigos. Uma das causas é o divórcio. (Revista Veja. (.) Época . a maioria das cores se adapta mais ao público feminino.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful