Você está na página 1de 19

MODELOS DE CASOS DE USO

UM CASO DE USO É A ESPECIFICAÇÃO DE UMA SEQÜÊNCIA DE INTERAÇÕES ENTRE UM SIST. E OS AGENTES EXTERNOS QUE UTILIZAM ESSE SIST.

DEVE DEFINIR UMA PARTE DA FUNCIONALIDADE DE UM SIST.

PARA DESCREVER UM CASO DE USO PODEMOS UTILIZAR QUALQUER UM DOS FORMATOS A SEGUIR.

DESCRIÇÃO CONTÍNUA

DESCRIÇÃO NUMERADA

CASO DE USO- GRAU DE ABSTRAÇÃO

ESSENCIAL : É ABSTRATO E NÃO FAZ MENÇÃO À TECNOLOGIA.

REAL: É AQUELE CUJA DESCRIÇÃO CITA DETALHES DA TECNOLOGIA.

• CLIENTE

O

CLIENTE

FORNECE SUA IDENTIFICAÇÃO

INSERE SEU CARTÃO NO CAIXA

ELETRÔNICO

CASO DE USO- CENÁRIOS

CENÁRIO É A DESCRIÇÃO DE UMA DAS MANEIRAS PELAS QUAIS UM CASO DE USO PODE SER REALIZADO.

EXEMPLO: REALIZAR SAQUE 1)CLIENTE FORNECE SUA IDENTIFICAÇÃO 2)SISTEMA IDENTIFICA O USUÁRIO. 3)SISTEMA FORNECE OPERAÇÕES DISPONÍVEIS 4)CLIENTE SOLICITA O SAQUE DE UMA DETERMINADA QUANTIA 5)SISTEMA FORNECE A QUANTIA DESEJADA DA CONTA DO CLIENTE 6)CLIENTE RECEBE DINHEIRO E RECIBO

CASO DE USO- ATORES

ATOR: É O ELEMENTO EXTERNO QUE INTERAGE COM O SIST.

ATOR PRIMÁRIO: É O AGENTE PARA O QUAL O CASO DE USO TRAZ BENEFÍCIO DIRETO.

• EX: CLIENTE QUE SOLICITA FITA DE VÍDEO EMPRESTADA.

ATOR SECUNDÁRIO:

SÃO AQUELES QUE SUPERVISIONAM, OPERAM, MANTÊM OU AUXILIAM NA UTILIZAÇÃO DO SIST.

• EX: FUNCIONÁRIO QUE CADASTRA FITAS DE VÍDEO.

MODELOS DE CASOS DE USO- RELACIONAMENTOS

RELACIONAMENTO DE COMUNICAÇÃO: É O MAIS COMUM. REPRESENTA A INFORMAÇÃO DE QUAIS ATORES ESTÃO ASSOCIADOS A QUE CASOS DE USO;

RELACIONAMENTO DE INCLUSÃO: EXISTE SOMENTE ENTRE CASOS DE USO. ACONTECE QUANDO DOIS OU MAIS CASOS DE USO UTILIZAM UM CASO DE USO EM COMUM. EX: Obter extrato, realizar saque e realizar transferência são casos de uso que utilizam identificar usuário ;

RELACIONAMENTO DE EXTENSÃO: ACONTECE QUANDO UM OU MAIS DOS CENÁRIOS DE B PODEM INCLUIR O COMPORTAMENTO ESPECIFICADO POR A . EX: Corrigir ortografia e substituir texto são extensões de Editar documento;

RELACIONAMENTO DE GENERALIZAÇÃO: PERMITE QUE UM CASO DE USO OU UM ATOR HERDE CARACTERÍSTICAS DE UM CASO DE USO OU DE UM ATOR MAIS GENÉRICO OU

BASE.

Modelagem de Sistemas - Professora Rosa Motta.

5

MODELOS DE CASOS DE USO -GENERALIZAÇÃO

MODELOS DE CASOS DE USO -GENERALIZAÇÃO usuário Reservar livro Devolver livro professor Solicitar compra de título

usuário

Reservar livro
Reservar livro
DE CASOS DE USO -GENERALIZAÇÃO usuário Reservar livro Devolver livro professor Solicitar compra de título

Devolver livro

USO -GENERALIZAÇÃO usuário Reservar livro Devolver livro professor Solicitar compra de título Modelagem de Sistemas

professor

Solicitar compra de título

Modelagem de Sistemas - Professora Rosa Motta.

6

MODELOS DE CASOS DE USO -GENERALIZAÇÃO

MODELOS DE CASOS DE USO -GENERALIZAÇÃO Cliente pgto Realizar Realizar pgto com cartão de crédito Realizar
MODELOS DE CASOS DE USO -GENERALIZAÇÃO Cliente pgto Realizar Realizar pgto com cartão de crédito Realizar

Cliente

MODELOS DE CASOS DE USO -GENERALIZAÇÃO Cliente pgto Realizar Realizar pgto com cartão de crédito Realizar
MODELOS DE CASOS DE USO -GENERALIZAÇÃO Cliente pgto Realizar Realizar pgto com cartão de crédito Realizar
MODELOS DE CASOS DE USO -GENERALIZAÇÃO Cliente pgto Realizar Realizar pgto com cartão de crédito Realizar

pgto

Realizar

Realizar pgto com cartão de crédito

Realizar pgto com dinheiro

MODELOS DE CASOS DE USO- Identificando os atores

• Que órgãos, empresas ou pessoas utilizam o sistema?

• Que outros sistemas irão se comunicar com o sistema a ser construído?

• Alguém deve ser informado de alguma ocorrência no sistema?

• Quem está interessado em um certo requisito funcional do sistema?

MODELOS DE CASOS DE USO- Identificando os casos de uso

Casos de uso primários são aqueles que representam os objetivos dos atores. PERGUNTAS

• Quais são as necessidades e objetivos de cada ator em relação ao sistema?

• Que informações o sistema deve produzir?

• O sistema deve realizar alguma ação que ocorre regularmente no tempo?

MODELOS DE CASOS DE USO- Identificando casos de uso

• Oposto------Ex: cancelar pedido;

• Que precede outro caso de uso----Ex:

cadastrar cliente; fazer pedido de compra;

• Que sucede outro caso de uso----Ex: fazer pedido de compra; agendar entrega;

• Caso de uso temporal-----Ex: emitir folha de pagamento.

MODELOS DE CASOS DE USO- Identificando os casos de uso

Casos de uso secundários: são aqueles que não trazem benefícios diretos para os atores, mas são necessários para que o sistema funcione adequadamente.

Categorias: manutenção de cadastro (inclusão, exclusão, alteração ou consulta); manutenção de usuários; manutenção de informações provenientes de outros sistemas.

Modelagem de Sistemas - Professora Rosa Motta.

11

MODELOS DE CASO DE USO-Diagrama de caso de uso

• Pode-se fazer analogia com o diagrama de contexto da análise essencial;

• Contém os atores, os casos de uso (primários e secundários), os relacionamentos entre os atores e os casos de uso;

• A fronteira é representada por um retângulo.

MODELOS DE CASOS DE USO- Documentação

• Diagrama de caso de uso;

• Documentação ou descrição dos atores;

• Documentação dos casos de uso: nome, identificador, importância, sumário, ator primário, ator secundário, pré-condições, fluxo principal, fluxo alternativo, fluxos de exceção, pós- condições e notas de implementação.

MODELOS DE CASOS DE USO- Um caso de uso

Realizar inscrição

Sumário: aluno usa o sistema para fazer a sua inscrição.

Ator primário: aluno

Ator secundário: Sistema de faturamento

Pré-condições: o aluno está identificado pelo sistema

do caso de uso

nome

MODELOS DE CASOS DE USO- Realizar inscrição

Fluxo principal

1. O aluno solicita a realização da inscrição.

2. O sistema apresenta as disciplinas disponíveis para o

semestre corrente.

3. O aluno seleciona as disciplinas desejadas e as submete para

inscrição.

4. Para cada disciplina selecionada, o sistema aloca o aluno em

uma turma que apresente oferta para tal disciplina.

5. O sistema informa as turmas nas quais o aluno foi alocado.

6. O aluno confere as informações fornecidas.

7.O sistema envia os dados para o Sistema de Faturamento e o caso de uso termina.

Modelagem de Sistemas - Professora

Rosa Motta.

15

MODELOS DE CASOS DE USO- Realizar inscrição

Fluxo alternativo (4):inclusão em lista de espera.

a Se não há oferta disponível, então o aluno é avisado e o sistema fornece a possibilidade de inserir o aluno numa fila de espera.

b. Se o aluno aceitar, o sistema insere o aluno na lista de

espera e o informa em que posição foi inserido. O caso de uso

retorna ao passo 4.

c. Se o aluno não aceitar, o caso de uso prossegue a partir do passo 4.

MODELOS DE CASOS DE USO- Realizar inscrição

Fluxo de exceção (4): violação de RN01

a Se o aluno atingiu a quantidade máxima de inscrições (RN01), o sistema informa ao aluno a quantidade de disciplina que ele pode selecionar, e o caso de uso retorna ao passo 2.

Pós-condições: o aluno foi inscrito em uma das turmas de cada uma das disciplinas desejadas, ou foi adicionado a uma lista de espera.

Regras de negócio: RN01, RN01, RNO3.

MODELOS DE CASOS DE USO-Observações finais

•Somente os requisitos funcionais fazem parte do modelo de caso de uso.

•As regras de negócio, os requisitos de interface e os de desempenho não fazem parte desse modelo.

•Regras de negócio

estar lecionando disciplinas para as quais esteja

habilitado.

Ex:

Um professor só pode

TAREFAS PARA A TURMA

• FAZER A DESCRIÇÃO PARA OS SEGUINTES CASOS DE USO:

* SOLICITAR EMPRÉSTIMO EM UMA LOCADORA DE VÍDEO;

* SOLICITAR RESERVA EM UMA LOCADORA DE VÍDEO;

* TRANCAR DISCIPLINA PARA O SISTEMA DE CONTROLE UNIVERSITÁRIO;

* INSCREVER PROFESSOR EM DISCIPLINA PARA UM SISTEMA DE CONTROLE UNIVERSITÁRIO.

• FAZER UM MODELO DE CASO DE USO PARA UM SISTEMA DE LOCADORA;

• FAZER UM MODELO DE CASO DE USO PARA UMA CLÍNICA MÉDICA.

Modelagem de Sistemas - Professora

Rosa Motta.

19