Projeto: Competências e Habilidades de História no Ensino Médio: Interfaces da Educação.

A melhoria dos indicadores educacionais só é possível pelo desenvolvimento de ações focadas no alcance de metas estabelecidas para o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), que, entre outras coisas, se relacionam à “Formação Continuada” dos profissionais do Ensino.Por isso mesmo é primordial a capacitação profissional de todos os servidores ligados à Educação de nosso município, na busca por um Ensino adequado às mudanças, transformações e realidades presentes em nossa sociedade. OBJETIVO - Capacitar profissionais de história na educação básica para contribuir com a melhoria dos indicadores do ensino, servindo dessa maneira para a formação integral das crianças e adolescentes, proporcionando-lhes capacidade de enfrentar os desafios e as adversidades sociais da atualidade. OBJETIVOS ESPECÍFICOS: - Proporcionar aos profissionais de história por meio de diversas atividades a aquisição e construção crítica de conhecimentos, habilidades e valores, contribuindo assim para que se tornem competentes e se qualifiquem como pessoas, como cidadãos e como gestores de um determinado espaço escolar; - Discutir e desenvolver práticas pedagógicas eficazes que permitam o trabalho didático com estudantes do ensino médio; - Capacitar e aperfeiçoar os profissionais de história para que possam passar aos alunos conhecimentos, proporcionando a reflexão sobre a importância dos mesmos na formação de crianças e adolescentes; - Estimular a busca pela informação bibliográfica como método de ensino, favorecendo a promoção da cultura, das artes e das ciências de modo geral; - Proporcionar um conjunto de atividades teórico-práticas. JUSTIFICATIVA: É sabido que a qualificação profissional envolve, entre tantas coisas, a promoção de alternativas que possibilitem melhores condições de atuação para os professores. Deve-se respeitar as práticas pedagógicas e demais formas de atuação já desenvolvidas ao longo da experiência profissional de cada um dos envolvidos. Assim, a concepção de “Formação Continuada” que embasa o “Projeto” tem como

4) metodologia utilizando os PCNs. Sabemos que o aprendizado é um processo ativo. . psicológicas. para um novo padrão de conhecimento. RECURSOS: -Participação de todo corpo docente da escola. Diante dessa compreensão. com professores oriundos de toda a escola.referência as condições sociais. reflexão e revisão de valores e posturas. Em cada “Oficina temática” serão utilizadas técnicas e estratégias pedagógicas diversas. . e a carga total da capacitação será de 16 (dezesseis) horas. 2) estudo de casos. as sexta-feira.Equipamento de som. Sendo o total aproximado de R$2000. . destacamos que as atividades a serem desenvolvidas nas Oficinas propostas terão como meta a incorporação desses conhecimentos. simulações. que perpassa pela interpretação e compreensão da realidade. das 14:00 às 18:00 horas. A construção do saber implica na reconfiguração permanente de nossos conhecimentos e é influenciado pelas diversas experiências do dia-a-dia que nos trazem novos significados e valores. exercícios em grupos. que deverá ser custeado pela própria instituição. bem como para reconstrução e compreensão de significados e conceitos. históricas e cognitivas daqueles que atuam como professores de história do ensino médio. jogos.Aparelho de Data Show e computador portátil. . como por exemplo: aulas discursivas. culturais. brincadeiras. METODOLOGIA: Cada “Oficina” terá duração de 4 (quatro) dias. A carga horária diária será de 4 (quatro) horas. dinâmicas. visando a formação dos profissionais de história. sempre com foco na participação.00. com caixas e microfone.Aparelho de DVD e televisor tela plana. ORÇAMENTO: Para cada oficina será estipulado o valor de aproximadamente R$ 500.00. .Máquina fotográfica. 3) praticas pedagógicas. Estão previstas 4 (quatro) “Oficinas temáticas” que abordarão os seguintes temas:1)trocando experiências.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful