Você está na página 1de 21

Índice

1 Introdução………………………………………………………….3

2 Planta Baixa da Residência……………………………………… 4

3 Normas NBR 5410

 

5

3.1

Recomendações da NBR 5410

5

3.1.1

Quantidade Mínima de Pontos de

Luz

5

3.1.2

Potência Mínima de Iluminação

5

3.1.3

Levantamento de Cargas de Tomada

5

3.1.4

Quantidade Mínima de Tomadas de Uso Geral (TUG´s)

6

3.1.5

Potência Mínima de Tomadas de Uso Geral (TUG´s)

6

3.1.6

Quantidade de tomadas de Uso Específico (TUE´s)

6

3.1.7

Levantamento da Potência Total……………………………………

6

3.1.8

Tipo de Fornecimento e Tensão…

6.

3.1.9

Divisão da Instalação Elétrica em Circuitos Terminais

6

4 Dimensionamento das Cargas da Instalação

6

4.1 Sala 1

 

7

4.2 Suíte

7

4.3 Quarto 1

8

4.4 Quarto 2

8

4.5 Sala 2

8

4.6 Escritório

9

4.7 Copa

9

4.8 Cozinha

9

4.9 Área de Serviço

10

4.10 Dispensa

10

4.11 Varanda

11

4.12 Hall

11

4.13 Banheiro 1

11

4.14 Banheiro 2

11

4.15 Dimensionamento das Tomadas de Uso Específico (TUG´s)

12

5 Divisão dos Circuitos

 

12

6 Calculo da Potência do Circuito de Distribuição

17

7 Representação Gráfica (Legenda)

 

19

8

Planta Baixa da Instalação

20

9 Referências Bibliográficas

21

10 Anexos

22

10.1 Planta Baixa da Residência

10.2 Planta Baixa de Locação dos Interruptores e Pontos de Iluminação

10.3 Planta Baixa de Locação das Tomadas

10.4 Planta Baixa das Instalações Elétricas

1- Introdução

Este trabalho aborda um projeto de instalação elétrica desde os primeiros dimensionamentos dos cômodos, pontos de luz, interruptores, tomadas de uso geral e

uso específico, fator de demanda, corrente do circuito, cálculo da potência do circuito de distribuição e entre outros. O projeto é essencial para que todos os equipamentos sejam utilizados de forma correta garantindo o conforto e a segurança para os usuários. Quanto melhor forem as projeções, maior será a garantia de que o usuário não terá desperdícios, podendo usufruir de todas as vantagens que a energia elétrica disponibiliza. Todo o dimensionamento foi seguido a partir das normas da ABNT e estão explicados em seguida de maneira simples e coerente. Toda e qualquer decisão particular do projetista que não seguem as normas são ressaltadas a partir de fundamentos práticos. São apresentadas plantas baixas para facilitar o entendimento e a distribuição de tomadas, interruptores e pontos de luz.

O objetivo foi o dimensionamento de um projeto elétrico de uma residência de médio

porte, sendo composto de uma suíte e dois quartos, escritório, sala, copa, cozinha, banheiro social, área de serviço e dispensa. A área total é de 220m 2 . Ao concluir a planta baixa com todas as representações da instalação elétrica e todos os

dimensionamentos, confere-se para o caso de algum detalhe faltando e parte-se para a construção, por isso existe uma grande importância em projeto estar correto e seguindo

as normas.

2. Planta Baixa da Residência

2. Planta Baixa da Residência FIGURA 1 – PLANTA BAIXA 4

FIGURA 1 – PLANTA BAIXA

3. Normas NBR 5410

Levantamento das potências (cargas) a serem instalados na residência (previsão das potencias mínimas de iluminação e tomadas a serem instaladas).

A previsão das cargas deve obedecer à norma NBR 5410.

3.1 Recomendações da NBR 5410 para:

3.1.1

Estabelecer a Quantidade Mínima de Pontos de Luz

Prever pelo menos um ponto de luz no teto para cada cômodo.

Arandelas no banheiro devem estar distantes de 60 cm do boxe.

3.1.2

Estabelecer a Potência Mínima de Iluminação

Para área igual ou inferior a 6m² estabelecer 100VA.

Para área superior a 6m² estabelecer 100VA para os primeiros 6m² e 60VA para cada aumento de 4m² inteiros.

A iluminação de áreas externas fica por conta do projetista.

A Tabela 2 a seguir fornece os dados para calcular, de uma maneira prática, a carga de

iluminação incandescente para cômodos, com área variando de 6 a 30 m².

para cômodos, com área variando de 6 a 30 m². TABELA 1 IMPORTANTE: Os valores apurados

TABELA 1

IMPORTANTE: Os valores apurados correspondem à potência destinada a iluminação para o efeito de dimensionamento dos circuitos elétricos e não necessariamente à potência nominal das lâmpadas.

3.1.3 Levantamento de Cargas de Tomada.

Cada cômodo de uma residência deverá ter tantas tomadas, quantos forem os aparelhos elétricos a serem instalados/ligados dentro do mesmo. Uma sala de estar, por exemplo, deve ter tomada de uso geral para individuais: o televisor, os aparelhos de som, vídeo, abajures, aspirador de pó, etc.

3.1.4

Estabelecer Quantidade Mínima de Tomadas de Uso Geral (TUG´s)

Para área igual ou inferior a 6m² no mínimo uma tomada.

Para área superior a 6m² no mínimo uma tomada para cada 5m ou fração e perímetro espaçadas das uniformemente.

Copas / Cozinhas: uma tomada para cada 3,5m ou fração e perímetro espaçadas das uniformemente.

Banheiros pelo menos uma tomada próximo ao lavatório com uma distância mínima de 60 cm do limite do boxe.

Uma tomada em subsolos, sótãos, garagens e varandas;

3.1.5

Estabelecer Potência Mínima de Tomadas de Uso Geral (TUG´s)

Banheiros, copas, cozinhas, áreas de serviço etc.: atribuir no mínimo 600VA, por tomada ate três tomadas. Atribuir 100VA para excedentes.

Demais cômodos atribuir 100VA por tomada.

3.1.6

Estabelecer Quantidade de tomadas de uso específico (TUE´s)

Designados a aplicação de equipamentos fixos e estacionários.

Obs. O termo tomada, não significa necessariamente que o aparelho irá ser ligado a instalação elétrica por meio de tomada, isso poderá ser feito diretamente utilizando os fios conectores.

Atribuir a potencia nominal do aparelho a ser alimentado.

3.1.7

Levantamento da Potência Total

Fator de potencia para iluminação = 1

Fator de potencia para Tomadas de uso geral (TUG´s) = 0.8

3.1.8

Tipo de Fornecimento e Tensão

Nas áreas de concessão da ELEKTRO, se a potência ativa for:

Até 12000 W

Monofásico (Fase e Neutro – 127 V)

1200 W – 25000 W

Bifásico (Duas fases e um neutro – 127 V e 220 V)

25000 W - 75000 V

Trifásico (Três fases e um neutro – 127 V e 220 V)

3.1.9

Divisão da Instalação Elétrica em Circuitos Terminais

Prever circuitos de iluminação separados dos circuitos de tomadas de uso geral (TUG´s).

Prever circuitos independentes, exclusivos para cada equipamento com corrente nominal superior a 10A.

4. Dimensionamentos das Cargas da Instalação

Tendo como base as normas previstas pela NBR 5410 as cargas da Instalação Elétrica serão determinadas para cada cômodo:

4.1 Sala 1:

Área: 14,52 m 2 Perímetro: 15,30 m

4.1.1 Iluminação:

Como vimos na Tabela 1 para essa área de 14,52 m 2 , a carga de iluminação deverá ser de 280 VA. Pelas dimensões da Sala, optou-se por dois pontos de Iluminação, para uma melhor distribuição da luz:

2 Pontos de 140 VA = 280VA

4.1.2 Número Mínimo de Tomadas de Uso Geral:

É calculado dividindo o perímetro da Sala, por 5 m (ver subitem 3.1.44):

15,30 m / 5 m = 3,06 = 4 Tomadas de 100 VA

4.1.3 Número de Tomadas de Uso Geral Instaladas:

Projeta-se a inclusão de mais duas tomadas devido às dimensões e dos aparelhos elétricos (como TV, som, etc.):

6 Tomadas de 100 VA

4.2 Suíte:

Área: 15,00 m 2 Perímetro: 16,00 m

4.2.1 Iluminação:

Para essa área de 15,00 m 2 , a carga de iluminação deverá ser de 280 VA.

1 Ponto de 280 VA

4.2.2 Número Mínimo de Tomadas de Uso Geral:

16,00 m / 5 m = 3,2 = 4 Tomadas de 100 VA

4.2.3 Número de Tomadas de Uso Geral Instaladas:

Projeta-se a inclusão de mais duas tomadas caso queira colocar rádio relógio, abajur, etc.:

6 Tomadas de 100 VA

4.3

Quarto 1:

Área: 9,18 m 2 Perímetro: 12,20 m

4.3.1 Iluminação:

Para essa área, a carga de iluminação deverá ser de 160 VA.

1 Ponto de 160 VA

4.3.2 Número Mínimo de Tomadas de Uso Geral:

12,20 m / 5 m = 2,44 = 3 Tomadas de 100 VA

4.3.3 Número de Tomadas de Uso Geral Instaladas:

Projeta-se a inclusão de mais duas tomadas caso queira colocar computador, impressora, etc.:

5 Tomadas de 100 VA

4.4 Quarto 2:

Área: 13,60 m 2 Perímetro: 14,80 m

4.4.1 Iluminação:

Para essa área, a carga de iluminação deverá ser de 220 VA.

1 Ponto de 220 VA

4.4.2 Número Mínimo de Tomadas de Uso Geral:

14,80 m / 5 m = 2,96 = 3 Tomadas de 100 VA

4.4.3 Número de Tomadas de Uso Geral Instaladas:

Projeta-se a inclusão de mais duas tomadas:

5 Tomadas de 100 VA

4.5 Sala 2:

Área: 14,99 m 2 Perímetro: 15,00 m

4.5.1Iluminação:

Para essa área, a carga de iluminação deverá ser de 280 VA.

2 Pontos de 140 VA = 280VA

4.5.2 Número Mínimo de Tomadas de Uso Geral:

15,00 m / 5 m = 3,00 = 3 Tomadas de 100 VA

4.5.3

Número de Tomadas de Uso Geral Instaladas:

Projeta-se a inclusão de mais duas tomadas caso queira colocar eletrônicos:

5 Tomadas de 100 VA

4.6 Escritório:

Área: 6,21 m 2 Perímetro: 10,00 m

4.6.1 Iluminação:

Para essa área, a carga de iluminação deverá ser de 160 VA.

1 Ponto de 160 VA

4.6.2 Número Mínimo de Tomadas de Uso Geral:

10,00 m / 5 m = 2,00 = 2 Tomadas de 100 VA

4.6.3 Número de Tomadas de Uso Geral Instaladas:

Projeta-se a inclusão de mais três tomadas caso queira colocar computador, impressora,

luminária, etc.:

5 Tomadas de 100 VA

4.7 Copa:

Área: 20,43 m 2 Perímetro: 18,90 m

4.7.1 Iluminação:

Para essa área, a carga de iluminação deverá ser de 340 VA.

1 Ponto de 340 VA

4.7.2 Número Mínimo de Tomadas de Uso Geral:

18,90 m / 3,5 m = 5,40 = 3 Tomadas de 600* VA 3 Tomada de 100 VA

4.7.3 Número de Tomadas de Uso Geral Instaladas:

3

Tomadas de 600 VA

3

Tomadas de 100 VA

4.8 Cozinha:

4.8.1

Iluminação:

Para essa área, a carga de iluminação deverá ser de 340 VA.

1 Ponto de 340 VA

4.8.2 Número Mínimo de Tomadas de Uso Geral:

18,40 m / 3,5 m = 5,25 = 3 Tomadas de 600 VA

3 Tomada de 100 VA

4.8.6 Número de Tomadas de Uso Geral Instaladas:

Projeta-se a inclusão de mais tomadas já que os equipamentos previstos para uso na cozinha são: geladeira, liquidificador, grill e tostadeira:

3

Tomadas de 600 VA

6

Tomadas de 100 VA

4.9 Área de Serviço:

Área: 11,60 m 2 Perímetro: 18,90 m

4.9.1 Iluminação:

Para essa área, a carga de iluminação deverá ser de 220 VA.

2 Pontos de 110 VA = 220VA

4.9.2 Número Mínimo de Tomadas de Uso Geral:

18,90 m / 3,5 m = 5,40 = 3 Tomadas de 600 VA

3 Tomada de 100 VA

4.9.3 Número de Tomadas de Uso Geral Instaladas:

Os equipamentos previstos para uso na área de serviço são: máquina de lavar roupa, máquina de secar e ferro elétrico:

3

Tomadas de 600 VA

3

Tomadas de 100 VA

4.10 Dispensa:

Área: 4,50 m 2 Perímetro: 9,00 m

4.10.1 Iluminação:

Para essa área, a carga de iluminação deverá ser de 100 VA.

1 Ponto de 100 VA

4.10.2 Número Mínimo de Tomadas de Uso Geral:

9,00 m / 5 m = 1,80 = 2 Tomadas de 100 VA

4.10.3 Número de Tomadas de Uso Geral Instaladas:

Projeta-se:

2 Tomadas de 100 VA

4.11 Varanda:

Área: 41,20 m 2 Perímetro: 28,60 m

4.11.1 Iluminação:

Para essa área, a carga de iluminação deverá ser de 120 VA.

2 Pontos de 60 VA = 120VA

4.11.2 Número Mínimo de Tomadas de Uso Geral:

1 Tomada de 1000* VA

4.11.3 Número de Tomadas de Uso Geral Instaladas:

1 Tomada de 1000 VA

4.12 Hall:

4.9.1Iluminação:

Para essa área, a carga de iluminação deverá ser de 100 VA.

1 Ponto de 100 VA

4.13 Banheiro 1:

Iluminação:

Para essa área, a carga de iluminação deverá ser de 120 VA.

2 Pontos de 60 VA = 120VA

4.13.1Número Mínimo de Tomadas de Uso Geral:

1 Tomada de 600 VA

4.13.2Número de Tomadas de Uso Geral Instaladas:

1 Tomada de 600 VA

4.14 Banheiro 2:

4.14.1Iluminação:

Para essa área, a carga de iluminação deverá ser de 120 VA.

2 Pontos de 60 VA = 120VA

4.14.2 Número Mínimo de Tomadas de Uso Geral:

1 Tomada de 600 VA

4.14.3 Número de Tomadas de Uso Geral Instaladas:

1 Tomada de 600 VA

4.15 Dimensionamento das Tomadas de Uso Específico

Além destas cargas dimensionadas, deverão ser consideradas, ainda, as Tomadas de Uso Específico, os dois chuveiros elétricos, com a carga de aproximadamente 4.400 VA para cada um, bem como os condicionadores de ar da suíte e do quarto 2, a iluminação externa, a geladeira, a máquina de lavar e o microondas.

4.15.1 Banheiro 1

Chuveiro elétrico = 4.400 W

4.15.2 Banheiro 2.

Chuveiro elétrico = 4.400 W

4.15.3 Área Externa Iluminação = 1 ponto de 100 W

4.15.4 Suíte

Condicionador de ar (10.000BTU/h) = 1.650 W

4.15.5 Quarto 2

Condicionador de ar (10.000BTU/h) = 1.650 W

4.15.6 Cozinha

Forno de Micro ondas = 1.000 W Geladeira = 500 W

4.15.7 Área de Serviço

Máquina de Lavar Roupa = 1.000 W

5. Divisão dos Circuitos da Instalação Elétrica

Circuito 1 - Iluminação

Varanda:

2 Pontos

120 VA

Suíte:

1 Ponto

280 VA

Banheiro 1:

2 Pontos

120 VA

Escritório:

1 Ponto

160 VA

Quarto 1:

1 Ponto

160 VA

Subtotal:

7 Pontos

840 VA

Corrente:

6,61 A

Circuito 2 - Iluminação

Hall:

1 Ponto

100VA

Sala 2:

2 Pontos

280VA

Copa:

1 Ponto

340VA

Dispensa:

1 Pontos

100VA

Banheiro 2:

2 Pontos

120VA

Área Externa:

1 Ponto

100 VA

Subtotal:

8 Pontos

1.040 VA

Corrente:

8,19 A

Circuito 3 - Iluminação

Sala 1:

2 Pontos

280 VA

Cozinha:

1 Ponto

340 VA

Quarto 2:

1 Ponto

220 VA

Área de Serviço:

2 Pontos

220 VA

Subtotal:

6 Pontos

1.060 VA

Corrente:

8,34 A

Circuito 4 - Tomadas de Uso Geral

Sala 1:

5 Pontos

500 VA

Suíte:

4 Pontos

400 VA

Banheiro 2:

1 Ponto

600 VA

Copa:

3 Pontos

300 VA

Quarto 2:

2 Pontos

200 VA

Subtotal:

15 Pontos

2.000 VA

Corrente:

15,7 A

Circuito 5 - Tomadas de Uso Geral

Sala 2:

5 Pontos

500 VA

Quarto 1:

4 Pontos

400 VA

Banheiro 1:

1 Ponto

600 VA

Cozinha:

3 Pontos

300 VA

Escritório:

2 Pontos

200 VA

Subtotal:

15 Pontos

2.000 VA

Corrente:

15,7 A

Circuito 6 - Tomadas de Uso Geral

Dispensa:

2 Pontos

200 VA

Varanda:

1 Ponto

1000 VA

Quarto 2:

3 Pontos

300 VA

Subtotal:

6 Pontos

1.500 VA

Corrente:

11,82 A

Circuito 7 - Tomadas de Uso Geral

Sala 1:

1 Ponto

100 VA

Suíte:

2 Pontos

200 VA

Quarto 1:

1 Ponto

100 VA

Escritório:

3 Pontos

300 VA

Cozinha:

3 Pontos

300 VA

Área de Serviço:

3 Pontos

300 VA

Subtotal:

13 Pontos

1.300 VA

Corrente:

10,23 A

Circuito 8 - Tomadas de Uso Geral

Copa:

3 Pontos

1800 VA

Subtotal:

3 Pontos

1.800 VA

Corrente:

14,20 A

Circuito 9 - Tomadas de Uso Geral

Cozinha:

3 Pontos

1800 VA

Subtotal:

3 Pontos

1.800 VA

Corrente:

14,20 A

Circuito 10 - Tomadas de Uso Geral

Área de Serviço:

3 Pontos

1800 VA

Subtotal:

3 Pontos

1.800 VA

Corrente:

14,20 A

Circuito 11 - Tomadas de Uso Específico – Chuveiro Elétrico (220V)

 

Banheiro 1:

1 Ponto

4400 W

Subtotal:

1 Ponto

4.400 W

Corrente:

20,00 A

Circuito 12 - Tomadas de Uso Específico – Chuveiro Elétrico (220V)

 

Banheiro 2:

1 Ponto

4400 W

Subtotal:

1 Ponto

4.400 W

Corrente:

20,00 A

Circuito 13 - Tomadas de Uso Específico – Condicionador de Ar

 

Suíte:

1 Ponto

1650 W

Subtotal:

1 Ponto

1.650 W

Corrente:

12,76 A

Circuito 14 - Tomadas de Uso Específico – Condicionador de Ar

Quarto 2:

1 Ponto

1650 W

Subtotal:

1 Ponto

1.650 W

Corrente:

12,76 A

Circuito 15 - Tomadas de Uso Específico – Geladeira e Máquina de Lavar

 

Cozinha:

1 Ponto

500 W

Área de Serviço:

1 Ponto

1000 W

Subtotal:

2 Pontos

1.500 W

Corrente:

11,81 A

Circuito 16 - Tomadas de Uso Específico – Forno de Micro Ondas

 

Cozinha:

1 Ponto

1000 W

Subtotal:

1 Ponto

1.000 W

Corrente:

7,87 A

Cozinha: 1 Ponto 1000 W Subtotal: 1 Ponto 1.000 W Corrente: 7,87 A TABELA 2 –

TABELA 2 – RESUMO DOS DADOS

15

TABELA 3 – RESUMO DOS CIRCUITOS 16

TABELA 3 – RESUMO DOS CIRCUITOS

FIGURA 1 – CIRCUITO X DEMANDA 6. Cálculo da Potência do Circuito de Distribuição Somam-se

FIGURA 1 – CIRCUITO X DEMANDA

6. Cálculo da Potência do Circuito de Distribuição

Somam-se os valores das potências ativas de iluminação e tomadas de uso geral TUG´s

Potência Ativa de Iluminação Potência ativa de Tomadas de uso Geral (TUG´s)

2840 VA

+12200 VA

 

15040 VA

Multiplica-se o valor calculado pelo fator de demanda correspondente a essa potencia de acordo com a Tabela 4.

correspondente a essa potencia de acordo com a Tabela 4. TABELA 4 O fator de demanda

TABELA 4

a essa potencia de acordo com a Tabela 4. TABELA 4 O fator de demanda representa

O fator de demanda representa uma porcentagem do quanto das potências previstas serão utilizadas simultaneamente no momento de maior solicitação da instalação. Isso é

feito para não superdimensionar os componentes dos circuitos de distribuição, tendo em vista que numa residência nem todas as lâmpadas e tomadas são utilizadas ao mesmo tempo.

Multiplicam-se as potências de tomadas de uso específico (TUE´s) pelo fator de demanda correspondente de acordo com a Tabela 5.

fator de demanda correspondente de acordo com a Tabela 5. TABELA 5 Potencia Ativa da iluminação

TABELA 5

Potencia Ativa da iluminação e TUG´s Potencia ativa de TUE´s

Ativa da iluminação e TUG´s Potencia ativa de TUE´s 4060,8W + 9490,0W 13.550,8W Dividindo o valor

4060,8W

+ 9490,0W

13.550,8W

Dividindo o valor obtido pelo fator de potência médio de 0,95 obtendo assim o valor da potência do circuito de distribuição.

13.550,8 / 0,95 = 14264 W

Uma vez obtida a potência do circuito de distribuição pode-se efetuar o calculo da corrente do circuito de distribuição.

14264/220 = 64,83 A

do circuito de distribuição pode-se efetuar o calculo da corrente do circuito de distribuição. 14264/220 =

18

7. Representação Gráfica (Legenda)

7. Representação Gráfica (Legenda) 19

19

8.

Planta da Instalação Elétrica.

8. Planta da Instalação Elétrica. 20

9. Referências Bibliográficas

Manual de Instalações Elétricas Residenciais – RC/UE - 001/2003

Instalações Elétricas Residencias Vol.3 1996 ELEKTRO/PIRRELI

NISKIER Instalações Elétricas 2º Edição

Manual de Instalação Elétrica Residencial