Você está na página 1de 3

______________________________________________________________________

Guapor-RS: Rua Julio Campos, n. 480, Sala 04, Centro, CEP: 99200-000 Fone/Fax: 54-3443-5391 Celular: 54-9183-6095
E-mail: drvilson@tl.com.br

______________________________________________________________________

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA COMARCA DE GUAPOR-RS

ARTERFATOS DE METAIS TRAMONTINA LTDA, pessoa jurdica de direito privado, estabelecida na Rua Agilberto Maia 788, centro de Guapor-RS com CNPJ n 94.070.752/0001-72, por seu scio JEFERSON LUIS TRAMONTINA, brasileiro, solteiro, inscrito, CPF/MF n 700.017.230-49, residente e domiciliado na Rua Julio Campos, n 555, em Guapor-RS com fundamento no artigo 1.102 "a" e seguintes do Cdigo de Processo Civil, vem ajuizar AO MONITRIA c/c MEDIDA CAUTELAR Contra: R.A. MOURA CAMARA ME, pessoa jurdica de direito privado com CNPJ n 94.070.752/0001-72, estabelecida na Rua Baro do Rio Branco 1071 S/518 5, centro Fortaleza- CE pelos fatos e fundamentos de direito a seguir expostos: 1 - DOS FATOS O exeqente credor dos requerido, na importncia de R$ 88.602,79 (oitenta e oito mil, seiscentos e dois reais e setenta e nove reais ), referente a notas fiscais em anexo n 171, 169, 165, 180, 205, 208, 216, 217, 218, 226, 229. Ocorre, MM. Dr. Juiz, que at a presente data o valor referente s compras efetuadas devidamente comprovadas por notas fiscais, no foi saldado junto ao autor.

______________________________________________________________________
Guapor-RS: Rua Julio Campos, n. 480, Sala 04, Centro, CEP: 99200-000 Fone/Fax: 54-3443-5391 Celular: 54-9183-6095
E-mail: drvilson@tl.com.br

______________________________________________________________________

O autor por diversas vezes procurou o requerido para que efetuasse os pagamentos, porm o mesmo no os fez, causando o prejuzo no valor acima nominado. No resta outra alternativa, seno recorrer Justia, para que seja o Requerido compelido a cumprir sua obrigao. 2 - DO DIREITO A ao monitria disciplinada pelo CPC, artigo 1.102 "a" e seguintes, que assim dispe: "Art. 1.102a - A ao monitria compete a quem pretender, com base em prova escrita sem eficcia de ttulo executivo, pagamento de soma em dinheiro, entrega de coisa fungvel ou de determinado bem mvel." Esto presentes, no caso "sub judice", todos os requisitos estabelecidos na lei, portanto a presente deve ser recebida e autuada, prosseguindo-se conforme determinao legal. 3 REQUERIMENTO EXPOSTO, requer-se a citao do requerido, no endereo j declinado anteriormente, para que pague ao Requerente a importncia de R$ 88.602,79 (oitenta e oito mil, seiscentos e dois reais e setenta e nove reais ), que deve ser corrigido monetariamente, desde a emisso da nota fiscal e mais juros legais de 12% ao ano, no prazo de quinze dias, conforme determinao legal ou querendo apresente Embargos no prazo legal sob pena de revelia.

______________________________________________________________________
Guapor-RS: Rua Julio Campos, n. 480, Sala 04, Centro, CEP: 99200-000 Fone/Fax: 54-3443-5391 Celular: 54-9183-6095
E-mail: drvilson@tl.com.br

______________________________________________________________________

Caso no haja a satisfao do dbito e nem a oposio de embargos, requer-se o prosseguimento do feito, transformando-se o mandado inicial em mandado executivo. Seja os requeridos condenados ao pagamento de custas processuais e honorrios advocatcios no inferiores a 20% do valor da condenao conforme tabela da OAB. D se causa o valor de R$ 88.602,79 (oitenta e oito mil, seiscentos e dois reais e setenta e nove reais). NESTES TERMOS PEDE DEFERIMENTO Guapor- RS, 20 de Agosto de 2012.

Você também pode gostar